pode

  • O cigarro industrial, dependendo da marca, pode conter de 8 a 20 mg de nicotina, mas nosso corpo absorve somente cerca de 1 mg quando fumamos um cigarro. (blogspot.com)
  • A nicotina também pode bloquear a liberação de insulina, deixando as pessoas com o nível de glicose alto. (blogspot.com)
  • Os cientistas também elaboraram um mecanismo molecular que pode ajudar a explicar algumas patologias, como algumas formas de epilepsia, doenças de Alzheimer e Parkinson, dependência de nicotina e depressão. (wikipedia.org)
  • Os especialistas lembram qual a bupropiona Pode vir a ser posta em uzo em Argumento utilizando outras terapias do reposição, como o chiclete do nicotina, contudo independente por ser ministrada individualmente ou não, pede este acompanhamento médico. (blog5.net)

tabaco

  • Existem milhares de substâncias tóxicas na planta do tabaco (e na fabricação do cigarro ainda são adicionados muitos outros), mas o mais expressivo é a nicotina. (blogspot.com)
  • Da massa total do tabaco, pelo menos 5% é composto por nicotina, um número bastante expressivo! (blogspot.com)
  • O Commons possui imagens e outras mídias sobre Nicotina Nicotina é o nome de uma substância alcaloide básica, líquida e de cor amarela que constitui o princípio ativo do tabaco. (wikipedia.org)
  • A nicotina, presente no tabaco, também está associada à redução da ingestão alimentar e peso por meio da ativação, no hipotálamo, de um grupo de neurônios que controlam a saciedade. (wikipedia.org)
  • O vício do tabaco é causado pelo aumento de dopamina nos circuitos de recompensa do cérebro tal como nas outras drogas viciantes, actualmente põe-se a hipótese que outros compostos no fumo do tabaco que não a nicotina sejam inibidores da Monoamina Oxidase (MAO), que é a enzima responsável pela degradação da dopamina no cérebro, incluindo no circuito de recompensa. (wikipedia.org)
  • A nicotina induz à liberação do neurotransmissor glutamato, que é um neurotransmissor excitatório envolvido na plasticidade sináptica, sendo esta uma das possíveis causas para o efeito da nicotina em melhorar a memória (normalmente não pela forma de tabaco, que reduz a oxigenação cerebral). (wikipedia.org)

receptor

  • Eles identificaram um novo receptor, chamado de receptor nicotínico, que leva esse nome por ser ativado pela nicotina. (wikipedia.org)
  • Este receptor, normalmente, ativa-se com acetilcolina, mas na presença de nicotina é ativado também por esta. (wikipedia.org)
  • Um novo estudo da Universidade Médica de Taipei (Taiwan),descobriu que a nicotina, ao se combinar com seu receptor (acetilcolina) faz mais do que promover o vício: influencia diretamente a formação de câncer de mama. (hypescience.com)
  • Como este neurotransmissor é alterado principalmente quando funciona como receptor da nicotina, a relação é direta. (hypescience.com)

fumantes

  • Ao contrário do que esperavam, os pesquisadores descobriram que, para satisfazer o desejo por nicotina, os fumantes precisavam não apenas fumar o cigarro, mas acreditar que estavam fumando nicotina. (dicascidade.com.br)
  • Diferente das terapias do reposiçãeste de nicotina citadas supra, os fumantes devem iniciar o uso da bupropiona uma somana previamente da abstinência. (blog5.net)

fumar

  • Mas, ao fumar cigarros de nicotina, acreditando estar fumando placebo, o cérebro não emitia os mesmos sinais. (dicascidade.com.br)

desejo

  • Agora, cientistas revelaram um novo fator para a ocorrência do vício: acreditar nos efeitos da nicotina aumenta o desejo por cigarro. (dicascidade.com.br)

Inicialmente

  • Inicialmente, a nicotina causa uma rápida liberação de adrenalina causando o aumento da frequencia cardíaca e pressão arterial e respiração rápida. (blogspot.com)
  • Pequenas doses de nicotina agem nos gânglios do sistema nervoso autônomo, inicialmente como estímulo à neurotransmissão e, subsequentemente, como depressor. (wikipedia.org)

estudo

  • Ainda em fase de estudo, porém já com resultados relevantes, a nicotina tem sido apontada como de possível uso no tratamento de doenças degenerativas do cérebro, como o Alzheimer e Parkinson. (wikipedia.org)
  • O estudo revelou que, se essas pessoas não acreditam que estão recebendo nicotina, essa carga de dopamina não é liberada. (dicascidade.com.br)
  • O estudo foi feito com 24 viciados em nicotina. (dicascidade.com.br)

ainda

  • Assim, a nicotina se torna um vilão ainda mais nocivo do que já era, já que cumpre o papel duplo de agente viciador/cancerígeno. (hypescience.com)

cigarro

  • Outros estudos discordam que a nicotina em si seja prejudicial à saúde, apontando que os reconhecidos males do consumo do cigarro são causados pelas demais substâncias tóxicas presentes no produto, como o monóxido de carbono, alcatrão e elementos radioativos. (wikipedia.org)

dopamina

  • Todo fumante recebe uma carga de dopamina quando a nicotina contida nos cigarros entra em seu corpo. (dicascidade.com.br)

acetilcolina

  • A nicotina age sobre os receptores nicotínicos de acetilcolina. (wikipedia.org)

corpo

  • O poder da nicotina não é pouco, é uma droga psicoativa, ou seja, causa dependência, pois altera o funcionamento do nosso cérebro e de todo corpo podendo tanto estimular quanto relaxar um fumante, dependendo de quanto e com que freqüência ele fuma. (blogspot.com)

ocorre

  • Nicotina é um alcalóide líquido que ocorre espontaneamente na natureza, cuja fórmula química é C10H14N2. (blogspot.com)
  • A nicotina provoca cancro nos pulmões devido à metilização que ocorre no DNA (liga um radical metila, CH3). (wikipedia.org)

efeito

  • O uso de altas doses de nicotina tem rápido efeito estimulante seguido de efeito depressor duradouro possivelmente tóxico. (wikipedia.org)