• Tumores
  • O documento relaciona as principais massas abdominais de acordo com a idade do paciente, as situações em que se deve suspeitar de malignidade e a estratégia para o diagnóstico de tumores abdominais. (sprs.com.br)
  • Tumores dos tecidos hematopoiéticos e linfoides, também conhecidos como neoplasias hematológicas ou, mais vulgarmente, cânceres do sangue são tumores malignos originadas das células do sangue, medula óssea e sistema linfático. (wikipedia.org)
  • Tumores renais ou Neoplasias nefríticas são crescimentos celulares anormais na estrutura renal, que podem formar uma massa palpável na lombar ou nos flancos. (wikipedia.org)
  • tratamento
  • tem como objetivo estimular a detecção precoce das neoplasias, fator determinante no sucesso do tratamento. (sprs.com.br)
  • Os quimioterápicos utilizados para o tratamento de neoplasias são drogas de ação bastante agressiva, pois suas aplicações visam combater as células de crescimento anômalo que compõem a base de um câncer. (ultrassomveterinario.com)
  • Um dos efeitos indesejáveis possíveis durante um tratamento prolongado com medicações tão fortes é a diminuição ou até perda da motilidade intestinal, ocasionando dores abdominais, tenesmo e consequente prostração e apatia. (ultrassomveterinario.com)
  • Os sinais e sintomas relacionados às neoplasias hematológicas incluem: Febre persistente de origem desconhecida Cansaço e fraqueza persistente Nódulos linfáticos inchados, duros e indolores Perda de apetite e de peso inexplicada Suor noturno Dores nos ossos/articulações Desconforto abdominal Dor de cabeça Falta de ar Infecções frequentes Coceira pele ou erupção cutânea O tratamento para neoplasias hematológicas depende do tipo de câncer, evolução, local afetado, condições do paciente e outros fatores. (wikipedia.org)
  • A oncologia urológica diz respeito ao diagnóstico e tratamento cirúrgico de doenças genitourinárias malignas como câncer de próstata, câncer de bexiga, câncer de rim, câncer de ureter, câncer de testículos e câncer de pênis, câncer de adrenal, bem como a pele e tecido subcutâneo e músculo e fascia dessas áreas e áreas relacionadas de oncologia, como tratamento de obstruções urinárias causadas por câncer ginecológicos, abdominais e outros pélvicos. (wikipedia.org)
  • Geralmente
  • Em medicina, desmoplasia é o crescimento de tecido conjuntivo ou fibroso geralmente associado a neoplasias malignas.Pode ocorrer à volta de uma neoplasia, causando fibrose densa em volta do tumor, ou tecido cicatricial no abdómen após cirurgia abdominal. (wikipedia.org)
  • Geralmente são uma complicação que aparece algumas semanas após uma pancreatite, mas em crianças freqüentemente ocorrem após um traumatismo abdominal. (wikipedia.org)
  • Os pequenos geralmente são assintomáticos, mas conforme crescem podem causar sangramento urinário (hematúria), dor abdominal, perda de peso, mal estar, anemia e pressão elevada. (wikipedia.org)
  • Entre os possíveis medicamentos responsáveis estão: Anticolinérgicos Antidepressivos Agonistas dos receptores adrenérgicos beta Agonistas da dopamina Bloqueador dos canais de cálcio Opióides Pode ser assintomático mas seus sintomas costumam ser: Sentir-se cheio sem ter se alimentado Sentir-se saciado mais rápido que o usual Vômito pouco digerido Nausea Azia Arrotos (eructações) Dores abdominais E como consequência geralmente ocorre emagrecimento em casos mais graves ou prolongados desnutrição. (wikipedia.org)
  • sintomas
  • Os sinais e sintomas gastrointestinais são diversificados, porém comumente encontramos: Dor e desconforto na parte superior do abdome, Saciedade precoce, Queimação, Gases, Náuseas, Sensação de distensão abdominal. (wikipedia.org)
  • Sintomas de alarme A presença de sintomas de alertas exigem exames laboratoriais e endoscopia para investigar uma possível úlcera péptica ou neoplasia. (wikipedia.org)
  • Emagrecimento inexplicado Anemia Sangramento digestivo Disfagia progressiva Vômitos persistentes Cirurgia gástrica prévia Vísceras aumentadas Icterícia (pele amarelada) Tumor ou adenopatia abdominal Sintomas sistêmicos Idade maior a 55 anos Uso prolongado de anti-inflamatórios Segundo os critérios do Consenso de Roma III, a dispepsia funcional é caracterizada por sintomas dispépticos com duração mínima de 12 semanas, contínuos ou recidivantes, durante os últimos seis meses, sem causa orgânica demonstrável. (wikipedia.org)
  • Sintomas como anorexia, perda de peso, puberdade precoce (por exemplo, crescimento de pênis e testículos), anemia, hemorragia interna e dor abdominal podem aparecer com a progressão da doença. (wikipedia.org)
  • Intestinal
  • Outra possível patologia de quem possui doença do refluxo gastroesofágico é o esôfago de Barrett onde o epitélio esofágico acaba por sofrer uma metaplasia para tecido intestinal, caso o estresse causado pela acidez do refluxo permaneçam, é possível que essa metaplasia evolua para uma neoplasia esofágica. (wikipedia.org)
  • utilizado
  • O uso da tomografia computadorizada (TC) em crian as tem aumentado, consideravelmente, nos ltimos anos, sendo, atualmente, o m todo mais utilizado na avalia o de neoplasias. (uerj.br)
  • Sua última sessão de quimioterapia havia sido a duas semanasdo dia desse exame e as mesmas vêm acontecendo há aproximadamente 6 meses, respeitando-se oprotocolo utilizado para tal neoplasia. (ultrassomveterinario.com)
  • Foi bastante utilizado a esofagectomia trans-hiatal, realizada por via abdominal e abrindo o diafragma, porém a necessidade de dissecção linfonodal da cirurgia oncológica trouxe novamente esofagectomia com incisão abdominal, torácica e cervical. (wikipedia.org)
  • Hemorragia
  • Esses danos celulares podem ser provocados por fatores autoimunes, complicações secundárias à infecção por tuberculose, fungos ou vírus, infiltração por neoplasias primárias ou metastáticas, hemorragia ou trombose adrenal, amiloidose, sarcoidose, hemocromatose ou terapia medicamentosa. (wikipedia.org)
  • Tuberculose
  • Os derrames pleurais são classificados em : Líquidos: quanto à etiologia (tuberculose, pneumonia, neoplasia) quanto ao caráter (serofibrinoso, hemorrágico, purulento ou quiliforme) quanto à localização (grande cavidade, interlobar, mediastínico) Gasosos: Pneumotórax Mistos: hidropneumotórax, hemopneumotórax, piopneumotórax. (wikipedia.org)
  • Normalmente
  • Assim como são agressivos à neoplasia, os quimiotérapicos acabam trazendo também muitos efeitos colaterais indesejáveis, que normalmente passam desapercebidos num paciente veterinário,já que a queda de pêlo não é observada, com excessão dos bigodes, e as náuseas e episódios eméticos não aparecem com tanta frequência como nos pacientes humanos. (ultrassomveterinario.com)
  • Sugere normalmente processo maligno abdominal (p.ex. (wikipedia.org)
  • conforme
  • Neoplasia, conforme já referimos acima, é um crescimento de células que proliferam automaticamente sem controlo, se assemelham em grau variável, às células normais das quais se originou, não possuem padrão ordenado de crescimento, não tem função útil ao hospedeiro e decorre de diversas causas (JONES et al. (blogspot.com)
  • casos
  • Pólipos podem estar presente tanto na cistite polipóide crônica, como em casos de neoplasia. (ultrassomveterinario.com)
  • Em 15% dos casos o responsável é uma dentre as seguintes doenças : Hipotiroidismo Hipoparatireoidismo Esclerose Uremia Doenças auto-imunes Influenza tipo A Anorexia nervosa Bulimia Mal de Parkinson Citomegalovírus Mononucleose Herpes Neoplasias Miopatias Amiloidose Déficit de cálcio, potássio ou magnésio. (wikipedia.org)
  • crescimento
  • Todas as neoplasias são compostas de dois elementos básicos: um parênquima, de origem epitelial ou mesenquimatosa, constituído pelas células neoplásicas e de um estroma não neoplásico, de natureza fibrovascular, que proporciona a estrutura de sustentação para o crescimento, o sangue e os nutrientes necessários para o sustento da célula neoplásica (JONES et al. (blogspot.com)
  • arterial
  • As artérias gástrica esquerda e artéria frênica inferior esquerda fazem a vascularização arterial da porção abdominal do esôfago. (wikipedia.org)
  • Cistite
  • Não se pode diferenciar macroscopicamente a cistite da neoplasia de células transitórias, já que ambas causam alterações muito parecidas, inclusive irregularidade e ulceração da mucosa. (ultrassomveterinario.com)