• metabolismo
  • Células anucleadas são incapazes de se dividirem e possuem vida curta já que o núcleo coordena todo o metabolismo celular. (uol.com.br)
  • Johannes Friedrich Miescher, (nasceu em 13 de Agosto de 1844 em Basiléia na Suíça - Morreu em 26 de Agosto de 1895 em Davos) foi um suíço estudante do metabolismo celular e descobridor do ácido nucléico. (wikipedia.org)
  • Em citologia, o termo receptores (AO 1990: receptores ou recetores) designa as proteínas que permitem a interação de determinadas substâncias com os mecanismos do metabolismo celular. (wikipedia.org)
  • Os ligantes típicos dos receptores nucleares são hormônios lipofílicos como os hormônios esteróides, por exemplo a testosterona, a progesterona e o cortisol, derivados da vitamina A e vitamina D. Estes hormônios desempenham uma função muito importante na regulação do metabolismo, nas funções de muitos órgãos, no processo de desenvolvimento e crescimento dos organismos e na diferenciação celular. (wikipedia.org)
  • processo
  • 4 É a fase em que a célula não está se dividindo, A Interfase É a fase em que a célula não está se dividindo, mas, está em intensa atividade se preparando para o processo de divisão celular. (slideplayer.com.br)
  • Antes da divisão celular os cromossomas são duplicados por meio de um processo chamado replicação. (wikipedia.org)
  • presente
  • Os resultados do presente trabalho indicaram, através do uso do BrdU como marcador de proliferação celular, que a mesma encontra-se de fato alterada nas fêmeas manipuladas, sendo menor na área pré-óptica medial, núcleo paraventricular e locus coeruleus e maior na região CA1 da formação hipocampal. (ufrgs.br)
  • apresenta
  • Cada cromossomo tem um centrômero e, durante a divisão celular, apresenta dois braços (que representam, inicialmente, cópias idênticas) saindo do centrômero, os cromatídeos ou cromátides-irmãs. (wikipedia.org)
  • outras
  • Os receptores são proteínas ou glicoproteínas presentes na membrana plasmática, na membrana das organelas ou no citosol celular, que unem especificamente outras substâncias químicas chamadas moléculas sinalizadoras, como os hormônios e os neurotransmissores. (wikipedia.org)
  • interior
  • A união de uma molécula sinalizadora a seus receptores específicos desencadeia uma série de reações no interior das células (transdução de sinal), cujo resultado final depende não só do estímulo recebido, senão de muitos outros fatores, como o estado celular, a situação metabólica da célula, a presença de patógenos, o estado metabólico da célula, etc. (wikipedia.org)
  • encontra
  • 2 Possui duas funções básicas: regular as reações químicas armazenar as informações genéticas Período em que a célula não se encontra em divisão é denominado interfase (núcleo interfásico). (slideplayer.com.br)
  • sendo
  • 2011). A integração dos constituintes celulares do DNA pode ser visualizada pela técnica de Espectroscopia Infravermelha por Transformada de Fourier (FT-IR) que se baseia na absorção das vibrações moleculares, permitindo visualizar a integração dos constituintes celulares do DNA além de permitir a distinção entre tecidos normais e tumorais, sendo atualmente considerada uma técnica com grande potencial diagnóstico. (docplayer.com.br)
  • representado
  • Isso pode ser evidenciado na foto de microscopia de transmissão eletrônica ao lado (colorida artificialmente), onde o núcleo está representado em verde, o retículo endoplasmático em vermelho, os ribossomos em pontos pretos em volta do retículo e as mitocôndrias em turquesa. (qieducacao.com)
  • Outros
  • Além disso, segundo a International Society for Cellular Therapy deve apresentar elevada expressão de marcadores para células tronco e baixa expressão de marcadores para células hematopoiéticas e outros tipos celulares. (wordpress.com)
  • forma
  • Como a taxa de formação desse tipo de RNA é muito alta, ele se acumula no núcleo e forma uma massa densa, o nucléolo. (qieducacao.com)
  • O registro de um menor número de células nestas estruturas não extingue a possibilidade de morte celular ocorrendo de forma concomitante a esta diminuição da proliferação celular observada neste trabalho. (ufrgs.br)
  • muitas
  • Franz Meyen era um forte opositor a esta teoria, tendo já descrito células a multiplicar-se por divisão e acreditando que muitas células não teriam núcleo. (wikipedia.org)
  • Por exemplo, os genes com funções similares estão muitas vezes juntos no núcleo, mesmo que estejam bastante distanciados no cromossoma. (wikipedia.org)
  • Muitas espécies apresentam paredes celulares ou intrincados esqueletos siliciosos ou orgânicos. (wikipedia.org)
  • fatores
  • A produção de matrizes sintéticas a partir de biomateriais pode ser uma alternativa viável, especialmente quando combinada com as terapias celulares e com fatores de crescimento. (wordpress.com)
  • possui
  • Uma molécula de ADN do ser humano possui aproximadamente dois metros de comprimento, encapsulada em um núcleo celular de 6 µm, o equivalente a acomodar uma linha de 40 km de comprimento em uma bola de tênis. (wikipedia.org)
  • dois
  • mononucleadas (contém apenas um núcleo), binucleadas (contém dois nucleos), multinucledas (mais de dois núcleos) e anucleadas (sem núcleo). (uol.com.br)
  • atividade
  • Os ensaios in vitro tem sido realizados para verificar a viabilidade celular, a atividade proliferativa, a atividade de síntese, a diferenciação celular e a expressão gênica. (wordpress.com)
  • chamou
  • Brown estava a estudar orquídeas ao microscópio quando observou uma região opaca, que chamou de auréola ou núcleo, existentes nas células da camada exterior, em flores. (wikipedia.org)
  • denominada
  • Miescher descobriu então no núcleo celular uma substância desconhecida dos químicos, rica em átomos de fósforo e de nitrogênio, que foi denominada nucleína, e depois ácido nucléico. (wikipedia.org)
  • densa
  • É uma formação densa não delimitada por membrana e facilmente identificada no núcleo por corar mais intensamente na presença de corantes específicos. (uol.com.br)