Loading...
  • quais
  • A equipe examinou 67 adultos HIV-positivos da área de Los Angeles, 48 dos quais realizaram algum tipo de meditação. (blogspot.com)
  • A infeção por VIH provoca a diminuição do número linfócitos T CD4+ através de diversos mecanismos, entre os quais a apoptose de células espectadoras, a morte viral direta de células infectadas, e morte de linfócitos T CD4+ através de linfócitos T citotóxicos CD8 que reconhecem as células infetadas. (wikipedia.org)
  • carga viral
  • Os fatores associados à apenas uma resposta foram: uso de drogas ilícitas, história de câncer, CD4 no início da TARV acima de 350 cel/mm3, carga viral acima de 100.000 cópias e esquema de TARV inicial com duas drogas da classe de inibidoras de transcriptase reversa nucleosidea mais uma droga da classe de inibidoras de protease (2ITRN+IP). (ufpe.br)
  • Os resultados dos dois estudos evidenciaram contagens crescentes de CD4 ao longo do tempo e redução da carga viral nos 12 primeiros meses de TARV. (ufpe.br)
  • A decisão sobre o melhor momento para iniciar o tratamento antirretroviral deve ser tomada de acordo com os resultados dos dados laboratoriais, nomeadamente a contagem de linfócitos T CD4, a carga viral, a história clínica, a resistência a medicamentos e a preferência do doente. (wikipedia.org)
  • A prova ACTG 5095 demonstrou que a potência do efavirenz se mantinha constante independentemente da carga viral ou da contagem de linfócitos T CD4. (wikipedia.org)
  • AIDS
  • A contagem de linfócitos CD4 é um importante preditor de risco de progressão para a AIDS e monitorar a resposta ao tratamento antirretroviral (TARV) em Pessoas Vivendo com HIV (PVHIV). (ufpe.br)
  • Ao desenvolver a Aids, o HIV inicia um processo de destruição de um dos tipos de glóbulos brancos do organismo da pessoa doente, os linfócitos T CD4 (ou simplesmente CD4). (sc.gov.br)
  • Apesar dos dados positivos, Santa Catarina apresenta a segunda maior taxa de detecção (casos/100 mil habitantes) de Aids do país, de acordo com o Ministério da Saúde, com 31,9 casos a cada 100.000 habitantes, atrás apenas do Rio Grande do Sul, que apresenta taxa de detecção de 34,7. (sc.gov.br)
  • comum
  • Após a identificação do HIV, em 1983, e depois de uma série de estudos sobre o HTLV-1, concluiu-se que ambos, além das mesmas formas de transmissão (sexual, sangüínea e vertical) tinham também como característica comum o tropismo pelos linfócitos T, causando destruição dessa células, linfopenia e inversão da relação CD4/CD8. (blogspot.com)
  • foram
  • Verificou-se que a idade, o tabagismo, o uso de drogas ilícitas, o serviço no qual o paciente é acompanhado, a condição de mudança de médico, assim como o uso de TARV, foram fatores que interferiram na variação da contagem do CD4 ao longo do tempo. (ufpe.br)
  • linfoma
  • Micosis fungoide (MF) es el linfoma cutáneo primario más común, caracterizado por el epidermotropismo de linfocitos T monoclonales. (iec.gov.br)
  • Sua relação com algumas doenças em seres humanos permaneceu obscura até 1980, quando um novo retrovírus, chamado vírus T-linfotrópico humano tipo 1 (ou, em inglês, human Tlymphotrophic viruses 1, HTLV-1) foi identificado em um paciente com linfoma cutâneo. (blogspot.com)
  • linhagem
  • A LLA constitui um grupo de neoplasias linfoides que se assemelham às células precursoras de linhagem B ou T do ponto de vista morfológico e imunofenotípico. (medicinanet.com.br)
  • fatores
  • Os pesquisadores também ficaram entusiasmados porque os efeitos globais das células CD4 T permaneceram mesmo depois do controle de vários fatores que poderiam ter influenciado nos resultados do estudo. (blogspot.com)
  • anticorpos
  • As células do sangue periférico (PBMC) foram separadas e submetidas às marcações com os anticorpos monoclonais anti-CD5, anti-CD4, anti-IgM, anti-CD14, anti-MHCII, anti-CTLA-4 (CD154) e anti-IL-2R para avaliação das células T circulantes, células B, linhagem monocítica/macrofágica e parâmetros de estimulação, expansão clonal e regulação da expansão clonal, respectivamente. (radioterapiamineira.org)
  • Os principais actores do sistema imunológico são os linfócitos B e T. Os linfócitos B são células que produzem anticorpos ou imunoglobulinas, as proteínas que reconhecem zonas específicas (os epítopos) de bactérias, vírus e outros invasores externos (antígenos). (blogspot.com)
  • Existem vários tipos de linfócitos T, sendo que as células T citotóxicas são muitas vezes designadas por células T assassinas já que a sua função é destruir esses invasores, nomeadamente os identificados pelos anticorpos. (blogspot.com)
  • Fazendo incidir luz nas zonas afectadas, os anticorpos iluminados activam células T assassinas que destroem as células cancerígenas apenas nessas zonas, minimizando os danos a tecido saudável. (blogspot.com)
  • Para quem já trabalha com citometria de fluxo, a revisão pode parecer básica, mas há informações úteis como os coquetéis padronizados de anticorpos para estudos de células T, B, NK, DC, monócitos, assim como marcadores de ativação. (blogspot.com.br)
  • aids
  • A infecção pelo HIV evolui para Aids quando a pessoa não é tratada e sua imunidade vai diminuindo ao longo do tempo, pois, mesmo sem sintomas, o HIV continua se multiplicando e atacando as células de defesa, principalmente os linfócitos TCD4+. (minhavida.com.br)
  • Por definição, a pessoas que tem aids apresentam contagem de linfócitos TCD4+ menor que 200 células/mm3 ou têm doença definidora de aids, como neurotoxoplasmose, pneumocistose, tuberculose extrapulmonar etc. (minhavida.com.br)
  • Entre as células de defesa estão os linfócitos T CD4+, principais alvos do HIV, vírus causador da AIDS, e do HTLV, o vírus causador de outro tipo de doença sexualmente transmissível. (gazetadebeirute.com)
  • Resultados
  • A decisão sobre o melhor momento para iniciar o tratamento antirretroviral deve ser tomada de acordo com os resultados dos dados laboratoriais, nomeadamente a contagem de linfócitos T CD4, a carga viral, a história clínica, a resistência a medicamentos e a preferência do doente. (wikipedia.org)