Alguém conhece uma pessoa que faça balé e não tenha o pé deformado?


Tem como eu prevenir isso?Com quanto tempo eu vou adquirindo essa"joanete" no pé? Existe alguma massagem ou algo que não deixe o meu pé fk mt feio?Gente eu tô querendo fazer balé,mas tenho medo de como o meu pé vai fk depois,entende?Obrigada. E qm souber de algma coisa,me fle,por favor. Bjs
----------

Eu não conheço os pes da minha prima são terriveis  (+ info)

Cirurgia no peh (Joanete) quanto tempo demora a recuperação ?


Boa tarde estarei fazendo uma cirurgia no meu pé, possuo joanete nos 2 pes, mas de inicio faria apena em um dos pés. Gostaria de saber quanto tempo seria a recuperacao?
E como estou fazendo facudade, se seria possivel ir para a faculdade de cadeiras de rodas ou algo do tipo ?
Obrigada
----------

Cirurgia para correção do joanete
Alterar o tamanho da letra:



Publicado em: 22/09/2009
Autor: Núcleo Educacional Científico

Imprimir | Recomende esta página


O joanete, denominação popular da deformidade do hálux valgo, caracteriza-se pelo desvio lateral do 1º dedo do pé, conhecido usualmente como “dedão”. Devido a uma combinação de fatores genéticos do próprio paciente e de fatores externos – especialmente o uso de calçados inadequados – ocorre um desbalanço mecânico das estruturas estabilizadoras da articulação, ocasionando a deformidade.

» Dicionário da Saúde: saiba tudo sobre o joanete

O problema, que afeta uma fração significativa da população urbana, atinge mais as mulheres que os homens, na proporção de oito para um. Não por acaso, o principal fator externo para o aparecimento da deformidade é o uso de sapatos inadequados, geralmente de salto alto e/ou bico fino.

“Quando a pessoa usa salto, a pressão plantar fica concentrada abaixo do primeiro e do segundo dedo, levando à sobrecarga destas articulações e ao surgimento das deformidades”, explica Cibele Réssio, mestre em Ortopedia e Traumatologia pela Unifesp.

“A diminuição da altura dos saltos, a escolha de calçados sem bico fino e o estímulo ao uso de sandálias e a andar descalço são medidas que auxiliam na prevenção do problema”, completa André Yamada, médico da área de Diagnóstico por Imagem do Fleury.

Tanto para o diagnóstico quanto para um tratamento conservador ou cirúrgico do problema, os exames de imagem são importantes. “O estudo radiográfico de ambos os pés (frente e perfil, com carga) são essenciais. No caso de dúvida diagnóstica ou na suspeita de patologias associadas – por exemplo, as artrites – a Ressonância Nuclear Magnética é o método de escolha”, esclarece Yamada.

O tratamento conservador, no entanto, restringe-se apenas à melhora da sintomatologia do paciente e não traz a correção da deformidade. Modificações no tipo de calçado, uso de protetores na área de atrito e dor, além das órteses (dispositivos que ajudam no alinhamento e apoio da articulação) são alternativas de tratamento não-cirúrgico. Na falha do tratamento conservador, a cirurgia é a opção. A técnica é escolhida de acordo com a gravidade da deformidade e a presença ou não de outras patologias associadas.

“No caso das mulheres, se a menina ainda não menstruou, seu esqueleto é imaturo, ou seja, há a possibilidade de tratamento conservador, sem cirurgia. Então se coloca uma órtese noturna, que impede a progressão da deformidade. Após a menarca, o pé não cresce mais e, com a maturidade do esqueleto, o único tratamento resolutivo passa a ser o cirúrgico”, finaliza Cibele Réssio.

Confira a seguir mais detalhes da cirurgia para correção do joanete:

Indicações – O estudo radiológico pormenorizado é que determina a indicação cirúrgica, além da sintomatologia. A pessoa tem que estar com sua condição clínica totalmente estável para passar pelo procedimento.

Contraindicações – Doenças sistêmicas sem controle adequado, distúrbios da coagulação sanguínea, osteoporose grave e a impossibilidade de ficar em repouso no pós-operatório.

Cuidados no pré-operatório – Exames de rotina, como coagulograma, Rx de tórax e Ecocardiograma.

Preparação – No dia da cirurgia, o paciente deve estar em jejum de 8 horas antes do procedimento. Recomenda-se que a internação seja feita 2 horas antes da cirurgia, para que o anestesista e o paciente se conheçam e seja feita a avaliação da anestesia mais apropriada para o caso. Quinze minutos antes do procedimento, é dado ao paciente um comprimido pré-anestésico para relaxamento.

Técnicas – Atualmente, os cirurgiões dispõem de técnicas que, além de diminuírem a angulação da articulação, promovem a fixação das estruturas ósseas por meio de placas e parafusos, o que aumenta a segurança do procedimento e diminui o risco de recorrência do problema.

Tempo de duração do procedimento – Joanete leve: 40 minutos; Joanete moderada: 1 hora; Joanete grave: 1h30 a 2h.

Possíveis complicações – Por se tratar de uma cirurgia de pequeno a médio porte – dependendo da gravidade do caso – as complicações referem-se àquelas das cirurgias de pouca complexidade, ou seja, reações alérgicas, sangramentos de fácil controle e os episódios de dor, comuns aos pós-operatórios ortopédicos.  (+ info)

Quem está interessado em um tratamento alternativo para joanetes?


Sofro com o problema há alguns anos, e descobri um método chines que reduz o joanete. Gostaria de juntar pessoas interessadas, para que a terapeuta possa vir da China realizar o procedimento. Me passem seus e-mails, que envio mais informaçoes.
----------

Graças à Deus não tenho, se souber alguém que tenha interesse te falo.  (+ info)

Joanete regride sem cirurgia? Existe algum tipo de fisioterapia ou somente o uso de ortese é suficiente?


Precaução afinal o joanete é hereditário...
----------

´Vc pode usar umas bolinhas nos dedos da joanete, deixa o dedo aberto sabe como é? mas tem que usar sempre e quanto antes melhor..
Em algumas lojas com artigos para os pés( meias elasticas, sapatos especiais..) vc acha.  (+ info)

o que devo fazer para desinchar meu pé de uma cirurgia de joanete?


o que devo fazer para desinchar meu pé de uma cirurgia de joanete?
----------

repousar  (+ info)

Tem como acabar com a joanete logo no inicio?


Faz dois meses que comecei a usar sapato social. Infelizmente é difícil achar um que não seja mais fino. EU costumo usar os mais redondinhos, porém hoje percebi que está surgindo uma joanete. Só de pensar já doí. QUando fico sem sapatos, ou quando fico no frio ela doí muito.

Alguém sabe se tem como tratar a joanete, sem cirurgia, quando ela ainda é jovem? Outra "doenças" podem curar se agente tratar no começo. É o caso da joanete?

*passo mal só de pesquisar doença no google. Por isso, se alguém tiver uma resposta eu agradeço muito. Se me falarem pra fazer cirugia eu desmaio XD*
----------

Há exercícios (alguns no livro Antiginástica de Terese Berterat) .
Observe que o dedo do pé (halux) vai se"torcendo"para o lado ,de modo que parece que o "osso" vai crescendo, mas na verdade é o dedo torcido .Com a ajuda das mãos ,faça movimentos nos pés de dis
torce-los , como se estivesse "desparafusando" dedo por dedo.Você
já vai notar algo, depois , sentada ou no chão, cama ou sofá , estique
as pernas a frente e toque um pé no outro, lado a lado ,dedo grande com dedo grande e agora tente fazer o movimento de "desparafusar"
os dedeos sem a ajuda das mãos para ambos se tocarem, no começo
é novidade, mas depois fica mais fácil. Eu corrigi bastante.
E NÃO USE SAPATOS QUE DEFORMEM O PÉ, do tipo bico-fino,
são bonitos , mas o preço na saúde é grande. Boa Sorte.  (+ info)

o formato do pé influencia para uma pessoa ter lesões no tornozelo?


uma pessoa que tem joanetes é mais propensa a ter lesões no tornozelo do que uma outra que não tem? Quais são os cuidados básicos para se evitar essas lesões no tornozelo? Quais os cuidados para curar as lesões? Quais tratamentos tem dado resultado satisfatórios? Muito obrigado!
----------

Mauro,
O formato dos pés interfere sim na propensão a lesões no tornozelo e também em outras articulações como joelhos e coluna. Sugiro que vc faça o teste da pisada com um fisioterapeuta. Esse teste faz uma leitura, como está a distribuição de pressão na planta do seu pé. O resultado do teste poderá indicar o uso de palmilhas, confeccionadas sob medida pra vc. Entendo que vc tem joanetes (halux valgo) e provavelmente terá indicação de palmilhas.
Sobre o teste da pisada, mais informações neste site: http://physiotherapias.com.br/site/?p=216  (+ info)

O que acontece se o joanete não for operado?


Não dói, o problema é apenas estético. Recomenda-se a operação mesmo assim? Qual seria o período de recuperação? Quantos dias sem poder pisar? E dirigir??
----------

Entre as dicas para evitar o joanete, o ortopedista destaca:
- evitar o uso de sapatos de bico fino ou salto alto;
- privilegiar o uso de calçados adequados ao tipo de pé e que sejam folgados;
- fazer diariamente uma ginástica para os pés, contraindo os dedos para frente como se fosse pegar um objeto com os pés. Apoiar o calcanhar no chão e levantar o pé, formando um ângulo reto. Depois, relaxe e inicie novamente.

O tratamento do joanete pode ser conservador ou cirúrgico, dependendo do grau da deformidade e do desconforto da pessoa. No tratamento não cirúrgico, medidas como uso de sapatos confortáveis e almofadas colocadas entre o artelho e o segundo dedo ou embaixo do antepé podem ser úteis. O tratamento cirúrgico depende de uma correta avaliação do ortopedista. “Existem muitas técnicas para a correção operatória do hallux valgus e da severidade da deformidade. É importante consultar um ortopedista para que ele indique a melhor opção para cada caso”.

Boa Sorte!!  (+ info)

1  2  3  4  5  6  

  Fazer uma pergunta: