• adquirida
  • Síndrome da imunodeficiência adquirida (SIDA - em inglês: acquired immunodeficiency syndrome - AIDS) é uma doença do sistema imunológico humano causada pelo vírus da imunodeficiência humana (VIH - em inglês: human immunodeficiency virus - HIV). (wikipedia.org)
  • No entanto, depois de determinar que a AIDS não estava restrita à comunidade homossexual, percebeu-se que o termo GRID estava errado e a sigla AIDS, de acquired immunodeficiency syndrome (em português: síndrome da imunodeficiência adquirida, SIDA), foi introduzida em uma reunião em julho de 1982. (wikipedia.org)
  • Apenas as que não se tratam ou sofrem algum tipo de problema na terapia não conseguem reduzir essa replicação e desenvolvem Aids, que a síndrome da imunodeficiência adquirida, um conjunto de sinais e sintomas relacionados à falência do sistema de defesa, caracterizada por uma série de infecções oportunistas e câncer. (sincofarma.org.br)
  • Desde o aparecimento dos primeiros casos e a identificação do vírus da imunodeficiência humana (HIV), a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) constitui um dos grandes problemas de saúde pública no plano mundial. (scielo.br)
  • Aids, também conhecida como Sida (principalmente em Portugal), é a sigla em inglês de síndrome da imunodeficiência adquirida (acquired immunodeficiency syndrome). (minhavida.com.br)
  • Uma infecção hospitalar é definida como toda infecção adquirida durante a internação hospitalar, desde que sem indícios de estar presente no momento da admissão no hospital ou também relacionada a algum procedimento hospitalar como cirurgias. (wikipedia.org)
  • Hipótese de Duesberg é a alegação, por parte do professor Peter Duesberg da Universidade da Califórnia, de que a causa da síndrome da imunodeficiência adquirida (SIDA/AIDS) são vários fatores não infeciosos, como o uso de drogas recreativas e uso de fármacos, e de que o vírus da imunodeficiência humana (VIH/HIV) é apenas um vírus passageiro. (wikipedia.org)
  • O Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH ou HIV, do inglês Human Immunodeficiency Virus) é um lentivírus que está na origem da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, uma condição em seres humanos na qual a deterioração progressiva do sistema imunitário propicia o desenvolvimento de infeções oportunistas e cancros potencialmente mortais. (wikipedia.org)
  • mortalidade
  • Os indicadores de mortalidade por AIDS sofreram alterações acentuadas com o advento da terapia anti-retroviral combinada, particularmente nos países em que a disponibilidade desses medicamentos é universal e gratuíta, como no Brasil. (scielo.br)
  • A elevada mortalidade desta doença deve-se ao colapso progressivo do sistema imunitário, ao qual está associado o aparecimento de infeções oportunistas ou tumores malignos. (wikipedia.org)
  • outras
  • Esse dado é muito preocupante, pois hoje o vírus HIV adquiriu características de uma doença crônica, como a pressão alta e o diabetes, mas para isso a infecção deve ser diagnosticada e tratada de maneira adequada e precoce, não permitindo que a imunidade chegue a níveis muito baixos, fazendo com que outras doenças graves, chamadas de oportunistas, apareçam e causem risco de vida ao paciente. (minhavida.com.br)
  • Os cuidados para não ocorrer elevado número de infecções e sua prevenção e controle envolvem medidas de qualificação da assistência hospitalar, de vigilância sanitária e outras, tomadas no âmbito do município e estado e também do antigo e simples costume de lavar as mãos, já que grande parte das pessoas não o fazem nos hospitais. (wikipedia.org)
  • pacientes
  • Em 1983, dois grupos de pesquisa independentes liderados por Robert Gallo e Luc Montagnier declararam que um novo retrovírus poderia ter infectado os pacientes com AIDS e publicaram suas descobertas na mesma edição da revista Science. (wikipedia.org)
  • Estima-se que 5 a 15% de todos os pacientes hospitalizados adquirem algum tipo de infecção hospitalar. (wikipedia.org)
  • Foto: Tyler Olson / Shutterstock.com O hospital é um importante reservatório de microrganismos levando em consideração a quantidade de pessoas adoecidas no local e embora existam medidas e esforços para manter ou impedir o crescimento de microrganismos, até os microrganismos da microbiota normal do corpo que permanecem de forma benéfica são oportunistas e apresentam riscos para os pacientes internados. (wikipedia.org)
  • A prevenção de infecções hospitalares por todo o mundo depende muito mais da instituição hospitalar e de seus trabalhadores do que dos pacientes, já que ninguém se interna com intenção de contrair doenças dentro do hospital. (wikipedia.org)
  • Estudos
  • Como a soropositividade pode implicar grande variabilidade da condição clínica, uma tendência clara dos estudos sobre QV tem sido a comparação entre pessoas assintomáticas e aquelas sintomáticas/doentes de AIDS. (scielo.br)
  • Pesquisadores que realizaram estudos de larga escala com AZT, concluíram que a droga não causa a AIDS. (wikipedia.org)
  • disso
  • Além disso, a infecção pelo HIV não é só uma questão de saúde, mas também reflexo da falta de acesso à educação, da discriminação e violência. (sincofarma.org.br)
  • A partir disso, novos exames serão solicitados para confirmar ou não a infecção pelo HIV (só um exame rápido de saliva não confirma o diagnóstico da infecção pelo HIV). (minhavida.com.br)
  • Além disso, os pesquisadores reconheceram que drogas recreativas causam anormalidades imunológicas, embora não do tipo da imunodeficiência vista na AIDS. (wikipedia.org)
  • primeira vez
  • A AIDS foi reconhecida pela primeira vez em 1981, pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, e a sua causa - o HIV - foi identificada na primeira metade da década. (wikipedia.org)
  • A AIDS foi observada clinicamente pela primeira vez em 1981, nos Estados Unidos. (wikipedia.org)
  • Foi o que ocorreu com a AIDS que foi descrita pela primeira vez durante a vigência da nona revisão, que não apresentava categoria específica para essa síndrome. (scielo.br)
  • vida
  • A pesquisa testou modelo sobre as relações entre qualidade de vida (QV), condição clínica, escolaridade, situação conjugal, enfrentamento e suporte social, em pessoas portadoras do HIV/AIDS. (scielo.br)
  • Discutem-se implicações para as práticas de saúde referentes às ações profissionais propiciadoras do bem-estar psicológico e da qualidade de vida em pessoas vivendo com HIV/AIDS. (scielo.br)
  • pode ser
  • Há muitos equívocos sobre o HIV/AIDS, tais como a crença de que ela pode ser transmitida pelo contato casual não-sexual. (wikipedia.org)
  • O exame garante mais de 99% de resultados corretos e a janela imunológica estimada pode ser de até três meses (tempo entre a possível infecção e o exame vir positivo). (minhavida.com.br)
  • A aids é uma doença crônica e que pode ser potencialmente fatal. (minhavida.com.br)
  • O HIV é uma infecção sexualmente transmissível, que também pode ser contraída pelo contato com o sangue infectado e de forma vertical, ou seja, a mulher que é portadora do vírus HIV o transmite para o filho durante a gravidez. (minhavida.com.br)
  • Brasil
  • Dados mais recentes do Brasil afirmam que existem 718 mil pessoas vivendo com HIV no Brasil, sendo que 20% delas (144 mil pessoas) não sabem do diagnóstico da infecção. (minhavida.com.br)
  • No Brasil, de acordo com o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (UNAIDS), a incidência do HIV em pessoas de 15 a 49 anos é de 0,6%, segundo última atualização em 2013. (minhavida.com.br)
  • exames
  • Nos Estados Unidos, isto é alcançado por um algoritmo usando dois exames para detectar anticorpos, que são a resposta do corpo à infecção. (wikipedia.org)
  • deve ser
  • Para minimizar os riscos de uma infecção, além da higienização, outra medida importante que deve ser tomada durante o período de internação do paciente, é a nutrição adequada, para evitar qualquer tipo de imunossupressão. (wikipedia.org)
  • sido
  • Na imprensa geral, o termo "GRID", de gay-related immune deficiency (em português: deficiência imunológica relacionada aos gays - tradução livre), tinha sido inventado. (wikipedia.org)
  • papel
  • A comunidade científica rejeita os argumentos de Duesberg e afirma que eles são resultado de evidência suprimida de dados científicos, na sua maioria obsoletos, e da exclusão seletiva de provas sobre o papel do HIV na AIDS. (wikipedia.org)
  • A epidemia de Aids na Tailândia, citada por Duesberg como confirmação de sua hipótese, é na verdade uma prova do papel do HIV na AIDS. (wikipedia.org)
  • mesma
  • Da mesma forma, o rápido aumento da AIDS na década de '80 corresponde a uma epidemia de uso de drogas recreativas nos EUA e Europa. (wikipedia.org)
  • detectar
  • Buscamos desenvolver testes tão confiáveis e com tempos de janela imunológica tão baixos, que chegamos ao ponto de um exame conseguir detectar a infecção pelo HIV quinze dias após a suposta infecção com mais de 99% de chances do resultado estar correto. (minhavida.com.br)
  • Causa
  • O consenso científico é de que a hipótese de Duesberg é incorreta e de que o HIV é a causa da AIDS. (wikipedia.org)
  • homens
  • Duesberg explica a predominância da AIDS entre homossexuais nos países do ocidente tais como os EUA pelo fato do uso de drogas recreativas ser predominante entre os homens homossexuais nestes países. (wikipedia.org)
  • presente
  • A AIDS é considerada uma pandemia, um surto de doença que está presente em uma grande área e que está se espalhando ativamente. (wikipedia.org)