Loading...
  • problemas oculares
  • Também pode causar imunossupressão, artropatia infecciosa reumatoide crônica, problemas oculares como uveíte, dermatite infecciosa, xerostomia (boca seca, com fissuras e perda de papilas) e deixar o organismo mais vulnerável a infecções oportunistas como candidíase. (wikipedia.org)
  • crises
  • Esses distúrbios cerebrais incluem a esclerose múltipla, as fraturas cranianas, as crises convulsivas, as infecções e os tumores (especialmente aqueles localizados na base do cérebro ou em suas proximidades). (wikipedia.org)
  • risco
  • O uso de medicação imunossupressora (que diminui as defesas do corpo) pode causar um aumento na chance de desenvolver infecções e possível risco de linfoma (um tipo de câncer). (buladeremedio.com.br)
  • Pode ocorrer uma infecção disseminada, com risco para a vida do doente, em lactentes pequenos e imunocomprometidos. (wikipedia.org)
  • As crianças que recebem cuidados infantis em grupo, especialmente com idades entre os 6 meses e os 2 anos de idade, têm risco aumentado de infecções das vias respiratórias e gastroenterite por adenovírus. (wikipedia.org)
  • Os esteróides oculares são indicados nas condições inflamatórias das pálpebras e conjuntiva bulbar, córnea e segmento anterior do globo, onde se aceita o risco inerente ao uso de esteróides em certas conjuntivites infectadas para se obter diminuição do edema e inflamação. (callfarma.com.br)
  • vias
  • O local mais comum de infecção por adenovírus são as vias respiratórias superiores. (wikipedia.org)
  • Os adenovírus que causam infecção respiratória são, em geral, transmitidos através de secreções das vias respiratórias pelo contacto interpessoal, com objectos - são estáveis no meio ambiente - e aerossóis. (wikipedia.org)
  • Para infecções das vias respiratórias, além das precauções básicas, estão indicadas precauções de contacto e para gotículas. (wikipedia.org)
  • aguda
  • As infecções adenovirais são mais contagiosas nos primeiros dias da doença aguda, mas é frequente a excreção persistente e intermitente do vírus por períodos mais longos, que podem chegar a meses. (wikipedia.org)
  • Por exemplo, após a infecção aguda, o vírus do herpes simples de tipo 1 (HSV-1) replica-se nas células epiteliais e migra para os neurónios sensoriais através do terminal nervoso onde ele entra em numa fase latente da sua fortaleza, o gânglio trigeminal na dura-máter (8, 9). (infovacinas.com)
  • outras
  • As partículas virais do HTLV-1 tem baixa infecciosidade in vitro por suas células-alvo primárias, células T CD4+, assim como outras retroviroses, pois o número de partículas virais livres é muito baixo. (wikipedia.org)
  • Para o diagnóstico de DVE, são primeiro excluídas doenças com sintomas semelhantes, como a malária, cólera ou outras febres hemorrágicas virais. (wikipedia.org)
  • podem
  • Os adenovírus associados à patologia respiratória podem ser isolados a partir das secreções faríngeas, oculares e fezes, por inoculação das colheitas em diversas culturas celulares. (wikipedia.org)
  • Como os corticóides podem inibir o mecanismo de defesa do corpo contra infecções, pode ser aconselhável o uso concomitante de um antimicrobiano se essa inibição for considerada clinicamente significante em um caso particular. (callfarma.com.br)
  • bacteriana
  • Barton e os seus colegas (2007) descobriram que os ratos que abrigavam infecções latentes com o vírus herpesgamosa murino 68 ou citomegalovírus murino, análogos genéticos dos agentes patogênicos humanos, o vírus Epstein-Barr (o agente causador por detrás da mononucleose ou a "doença do beijo") e o citomegalovírus humano (CMV), respectivamente, eram resistentes à infecção bacteriana por Listeria monocytogenes e Yersinia pestis (10). (infovacinas.com)
  • viral
  • Após a remoção imune da infecção primária, o vírus do herpes adopta um estado dormente chamado de latência, ao expressar um conjunto de genes alternativos que inibe as suas funções líticas centrais, um dos dois ciclos de reprodução viral (8). (infovacinas.com)
  • As infecções mais frequentes são por infecção viral pelo rinovírus, adenovirus, vírus respiratório sincicial ou/e para-influenza. (wikipedia.org)
  • Para confirmar o diagnóstico são examinadas amostras de sangue para a presença de anticorpos virais, ARN viral ou do próprio vírus. (wikipedia.org)
  • adultos
  • Passando pelo inócuo até ao potencialmente letal, uma enorme variedade de elementos virais endógenos, ARN e vírus de ADN que infectam as células hospedeiras e vírus que infectam a microbiota estão presentes em todos os humanos adultos (14). (infovacinas.com)
  • incluindo
  • O envolvimento orbitário pelo herpes zoster oftálmico (HZO) é extremamente raro, e quando ocorre pode ser manifestado como vasculite extensa, processo hemorrágico, perineurite e processo inflamatório acometendo todo o conteúdo orbital incluindo músculos extra-oculares e nervo óptico (5) . (scielo.br)
  • aumento
  • O uso prolongado de dexametasona pode resultar em opacificação do cristalino (catarata), aumento da pressão intraocular em pacientes sensíveis e infecções secundárias. (medicinanet.com.br)
  • pois
  • As partículas virais livres também são poucos infectantes in vitro, pois requer o contato íntimo entre células. (wikipedia.org)