Sou alergica a insetos, recentemente tive uma urticária e fiz o exame de Ige imunoglobulina que deu alto?


918,2, o que faço agora? dermatologista ou alergologista? devo tomar algum cuidado?
----------

Alergologista com certeza.
IgE e eosinófilos altos são indicativos de processo alergico ou verminose, como não são exames especificos não se pode dizer com certeza o fator desincadeante, é necessário uma avaliação clinica, analise de sintomas e sinais que a pessoa possa apresentar. Abraços e BT  (+ info)

a minha sobrinha fez um hemograma deu alterado bastonetes 2%=160/ml ,linfocitos 53%=4251/ml, o que significa?


ela tem 5 anos e teve pneumonia a imunoglobulina E deu 140,6 ku/l
----------

Amiga, não tem nada de errado no hemograma de sua sobrinha. Bastões só têm valor diagnóstico quando dão acima do normal. Estando abaixo, não significa nenhum problema e a linfocitose na idade dela é fisiológico. Ela ainda está sob a ação do esquema de vacinação e por isso o sistema imunológico está ativado. Quanto à IgE, é indicativo de alergia. Boa sorte.  (+ info)

Após o nascimento do primeiro filho toma-se a injecao anti rh e depois do segundo tem que tomar novamente?


A mae tem que tomar a injecao anti rh após o nascimento do primeiro filho, gostaria de saber se após o nascimento do segundo ela tem que tomar novamente??
----------

A mãe Rh NEGATIVO, Coombs indireto também NEGATIVO, que tenha um filho Rh POSITIVO necessita tomar a injeção de imunoglobulina anti-Rh logo após o parto e antes das primeiras 72 horas EM TODAS AS SITUAÇÕES em que o Coombs indireto (durante a gravidez, no sangue da mãe) e o Coombs direto (no sangue do cordão umbilical) sejam NEGATIVOS e o sangue do recém-nato seja POSITIVO.

Quando o recém-nato tiver seu Rh também NEGATIVO, não há necessidade de tomar a imunoglobulina anti-Rh no pós parto.

Boa sorte.  (+ info)

Quais os riscos que ocorre quando a mulher tem o sangue B negativo?


Se no caso ela quer ter filhos.Uma mulher do sangue B negativo ocorre algum risco?
----------

se você for Rh negativo e o pai do bebê for Rh positivo, então muito provavelmente seu bebê irá herdar o tipo de sangue do pai, causando incompatibilidade entre você e o feto.
vamos simplificar... Na incompatibilidade de Rh, se um pouco de sangue fetal entrar em contato com sua corrente sangüínea seu corpo irá produzir anticorpos. Esses anticorpos podem voltar para a placenta e danificar o desenvolvimento dos glóbulos vermelhos do bebê, causando uma anemia no feto que pode ser de muito suave a muito grave. A doença do Rh é muito mais comum na segunda gestação (e nas subseqüentes) que foram Rh incompatíveis pois os sangues fetal e maternal normalmente não se misturam até o parto.
Como posso tratar? (Tratamentos)
Durante os cuidados pré-natais, o médico normalmente irá fazer medições que previnem uma mãe Rh negativa de desenvolver anticorpos em resposta ao sangue Rh positivo do feto.

Se os anticorpos estiverem presentes e for detectada anemia no feto, é realizada uma transfusão de sangue para substituir o suprimento de sangue do feto com sangue Rh negativo, que não será danificado pelos anticorpos que seu corpo criou. A transfusão é feita pelo cordão umbilical enquanto o feto ainda estiver no útero, começando nas 18 semanas ou mais de gestação. Este procedimento pode ser um pouco arriscado, portanto alguns cirurgiões preferem induzir um trabalho de parto prematuro. A transfusão de sangue então é administrada após o nascimento do bebê.

Como posso prevenir? (Prevenção)
A prevenção do desenvolvimento de anticorpos Rh durante os cuidados pré-natais é a melhor forma de proteção para seu feto. Na verdade, as transfusões de sangue só são usadas em 1% desses tipos de gestações. Se você for Rh negativo, seu médico irá lhe prescrever uma dose de imunoglobulina anti-Rh (RhoGAM) na 28ª semana de gestação, independentemente do tipo sangüíneo do feto. Essa vacina irá destruir quaisquer glóbulos sangüíneos vermelhos que tenham entrado em sua corrente sangüínea antes de seu corpo ter a chance de criar novos anticorpos. Se seu bebê nascer Rh positivo, será administrada outra dose dentro de 72 horas após o parto. Isso irá evitar que que seu corpo crie futuros anticorpos que poderia causar danos durante uma subseqüente gestação Rh incompatível.
  (+ info)

onde consigo imunoglobulina hiperimune?


Tive um acidente perfuro-cortante, sou dentista, procurei o serviço especializado da minha região em Divinopolis mas eles não tem a imunoglobulina, m agendaram para um infectologista daqui a dois dias... O paciente tem hepatite b crônica e diz que está em estagio não infectante...
----------

Bom ai em Divinópolis eu não sei te informar!
Mais em Paracatu você encontra!
No Hospital Municipal!
Melhor seria se conseguisse um encaminhamento para tomar lá!
Ai seria completamente sem burocracia!
Um Abraço!  (+ info)

Como está a Imunoglobulina?


Fiz o exame de Imunoglobulina E - IgE e o resultado foi: 8,80 UI/mL. Gostaria de explicações, obrigado.
----------

Está baixa
Quanto mais baixos os valores de IgE, melhor.
IgE é um tipo de anticorpo que está ligado a processos alérgicos e parasitas helmínticos (vermes). Altas concentrações de IgE podem significar que a pessoa está passando por um processo alérgico ou está com vermes. Recém nascidos possuem taxa baixa pois ainda não se depararam com nada que lhes dê alergia nem nunca tiveram vermes. Adultos geralmente têm uma taxa em torno de 100. Mas é excelente que você tenha uma taxa baixa  (+ info)

Quem tem alergia a pelo de gato, tem tb alergia a pelo de cachorro?


Olá pessoal! Bom, eu já ouvi falar que as pessoas que tem alergia a pelo de gato, consequentemente também são alérgicas a pelo de cachorro. Achei isso estranho, pois penso que um é diferente do outro, mas gostaria de saber se alguém pode tirar essa minha dúvida. E então?
----------

Brenda,

Para ter certeza somente fazendo o exame que possa comprovar a resposta para a sua dúvida.
Eu acho que pelo não dá alergia, mas pode ser que os ácaros mortos e as fezes dos ácaros que ficam no pelo do animal e em ambientes empoeirados possam estar causando a alergia.

Os especialistas em doenças respiratórias recomendam que quem tem algum tipo de doença como rinite ou bronquite aspire o ambiente com mais freqüência para se evitar ou reduzir o contato com esses ácaros mortos e as suas fezes.

Obs: Os ácaros vivos não causam alergia.
Somente os ácaros mortos e as fezes dos ácaros podem causar alergias respiratórias.

RINITE

O que é?
Uma alergia é uma situação na qual o organismo apresenta uma resposta imunológica (de defesa) diferente da resposta protetora esperada, causando alterações indesejáveis. O termo “alergia” vem do grego “allos”, que significa alterações do estado original. Então, a alergia é uma reação específica do sistema de defesa do organismo à substâncias normalmente inofensivas. Pessoas que tem alergias frequentemente são sensíveis a mais de uma substância.

Os tipos de alergenos - substâncias que causam reações alérgicas - incluem:
-pólens,
-partículas de pó,
-esporos de fungos,
-alimentos,
-látex,
-veneno de insetos
-medicamentos.

Quando a alergia afeta o sistema respiratório, chamamos de alergia respiratória.


Como se desenvolve?

Pensamos, atualmente, que as doenças alérgicas, de uma maneira geral, tem origem multifatorial e complexa. Acredita-se que, para sua ocorrência, tem que haver uma combinação entre uma predisposição genética da pessoa e uma situação no ambiente facilitadora para que a doença se exteriorize.

Dentre os fatores que favorecem o aparecimento da rinite alérgica em crianças, por exemplo, podemos citar o tabagismo passivo no primeiro ano de vida, história de alergias em parentes em primeiro grau, a exposição a alérgenos animais (pêlos de gato, cachorro e etc) e pouco tempo de aleitamento materno dentre outros.

Normalmente, o sistema imune funciona como defesa do organismo contra agentes invasores, como as bactérias e vírus. Entretanto, na maioria das reações alérgicas, o sistema imune (de defesa) está respondendo a um falso alarme. A pessoa primeiro entra em contato com um alergeno e o sistema imune trata este como um invasor e mobiliza-se para atacá-lo.

O sistema imune gera grandes quantidades de um anticorpo chamado imunoglobulina E (IgE).

Cada anticorpo IgE é específico para um tipo particular de alergeno.

No caso da alergia a pólen, um tipo de anticorpo pode ser produzido para reagir contra um tipo de pólen, enquanto outro pode ser produzido para combater outro tipo de pólen.

Quando um alergeno (pólen, pó ou outro) entra em contato com seu anticorpo IgE específico, vários elementos químicos são liberados no sangue e passam a agir em várias partes do corpo, assim como no sistema respiratório, causando os sintomas da alergia.

No sistema respiratório, a alergia poderá manifestar-se como uma doença alérgica no nariz (rinite alérgica) ou nos pulmões e vias aéreas (asma ou hiper-reatividade brônquica).

Há também a polinose (febre do feno), que é uma doença que ocorre sempre na mesma época do ano – a primavera, quando ocorre a polinização. Os grãos de pólens de plantas se depositam nos olhos e nariz, levando a uma reação alérgica. Dentre as plantas que podem causar alergia estão: azevém, ciprestes, eucaliptos, plátanos, acácia e outros.
Espero ter lhe ajudado, abraços e BN  (+ info)

Posso ter crise alérgica sem tem alergia a nada???


Sempre tenho crise alérgica e resolvi fz um exame p/ descobrir a que era alérgica. O resultado deu td NEGATIVO. So apareceu que eu tava com a Imunoglobulina baixa e os leucocitos altos.
----------

Olha posso te dizer uma coisa. Sou extremamente alérgica, meus filhos também são e as vezes aparece uma alergia do nada.Já tive 2 choques anafiláticos por abelha e vespa. paralisei em 5 minutos se não fosse o socorro imediáto tinha morrido. Minha filha teme 4 anos acompanhamento hematológico por causa de um remédio. Teve púrpura. Neste final de anos minha garganta ficou vermelha, inchada,  (+ info)

1  2  3  4  5  6  

  Fazer uma pergunta: