uterino


  • Récamier é creditado com a popularização de vários instrumentos em medicina ginecológica, incluindo a cureta, vaginal espéculo e o uterino som. (wikipedia.org)
  • A intervenção é realizada através da via vaginal, na maioria dos casos, de tumores, sejam benignos ou malignos, e em caso de prolapso uterino. (cun.es)
  • Os sintomas do coriocarcinoma da placenta: Dor pélvica, Inchaço uterino, Sangramento vaginal irregular, Aumento da Gonadotrofina Coriônica Humana beta (GCH-B). Principalmente por quimioterapia e radioterapia. (wikipedia.org)
  • Na persistência de sangramento uterino anormal estão indicadas outras opções terapêuticas, como ablação endometrial por histeroscopia (vaporização a laser, ressecção eletrocirúrgica ou balões térmicos), ou histerectomia que pode ser empregada por via vaginal, ou por via abdominal clássica, ou ainda a via laparoscópica. (scielo.br)

abdominal


  • Existem três formas de histerectomia: Histerectomia abdominal - é feita através de uma incisão no abdome, por onde se retira o útero. (wikipedia.org)
  • As condições malignas requerem uma histerectomia abdominal total com salpingectomia (retirada de trompas) e ooforectomia (retirada de ovários) de ambos lados. (wikipedia.org)
  • Além disso, as hospitalizações são mais breves e a capacidade para retomar as atividades normais é mais rápida do que com uma histerectomia abdominal. (cun.es)
  • A opção de primeira linha para o tratamento de cancro do endométrio é a histerectomia abdominal, que consiste na cirurgia de remoção integral do útero, a par da remoção das trompas de Falópio e dos ovários de ambos os lados, um procedimento denominado ooforectomia. (wikipedia.org)

realizada


  • Vídeo-laparoscopia - é a histerectomia onde a cirurgia é realizada por pequenos orifícios de 5 a 10 mm no abdome e a retirada do útero é feita pela vagina. (wikipedia.org)
  • Cada vez é mais frequente que se realize a histerectomia vaginal conduzida por laparoscopia: é a histerectomia vaginal que é realizada com a ajuda de uma laparoscopia. (cun.es)
  • A histerectomia pode ser realizada tanto por via vaginal como através do abdome, dependendo do que seu médico achar mais apropriado. (blogspot.com)

hemorragia


  • Como qualquer outro tipo de cirurgia, a histerectomia tem risco de hemorragia, lesão das áreas próximas, coágulos, infecção, reação alérgica e morte de cerca de 0,1% a 0,6% das pacientes em até 40 dias após a cirurgia. (wikipedia.org)
  • Os profissionais de saúde muitas vezes definem menopausa como a situação em que a mulher não apresenta qualquer hemorragia vaginal durante pelo menos um ano. (wikipedia.org)
  • O primeiro sinal é geralmente uma hemorragia vaginal sem estar associada a um período menstrual. (wikipedia.org)
  • Em 90% dos casos de cancro do endométrio após a menopausa verifica-se hemorragia vaginal ou metrorragia. (wikipedia.org)

causar


  • Enquanto ela pode causar algum sangramento vaginal durante o terceiro trimestre, ela é mais comumente associada com os fatores que desencadeiam a condição. (wikipedia.org)
  • Tendo uma histerectomia ou a remoção do útero também pode causar cistocele. (blogspot.com.br)

sangramento


outros sintomas


  • Entre outros sintomas estão secura vaginal, dificuldade em adormecer e alterações de humor. (wikipedia.org)

sintomas


  • Mesmo entre as pacientes que não tiveram seus ovários retirados, muitas mulheres relatam sintomas como: fadiga, ganho de peso, dores articulares, alterações urinárias e depressão, após uma histerectomia. (wikipedia.org)
  • Os sintomas incluem: Corrimento vaginal com sangue fora do período menstrual, geralmente após a menopausa (Metrorragia). (wikipedia.org)
  • Como o organismo naturalmente adapta-se aos níveis variáveis dos hormônios, vão surgindo em graus variados sintomas circulatórios como ondas de calor e palpitações, sintomas psicológicos, como aumento da depressão, ansiedade, irritabilidade, variações de humor e falta de concentração e, finalmente, sintomas de atrofia, como secura vaginal e urgência na urinação. (wikipedia.org)
  • Os efeitos colaterais dos análogos do LHRH incluem sintomas da menopausa, como ondas de calor, sudorese, ressecamento vaginal e perda de cálcio dos ossos, que são na maior parte das vezes reversíveis. (blogspot.com)
  • Para os graus mais elevados da doença, isto é, quando a bexiga fica muito suficiente para alcançar a abertura vaginal ou quando na verdade vem através da abertura da vagina os sintomas são graves. (blogspot.com.br)

mulheres


  • Aproximadamente 35% das mulheres após a histerectomia passam por outra cirurgia relacionada dentro de 2 anos. (wikipedia.org)
  • A histerectomia é, com freqüência, recomendada para mulheres mais velhas que já tenham constituído família ou não desejam ter filhos. (blogspot.com)

Menopausa


  • A menopausa pode, entretanto, derivar de procedimentos cirúrgicos, tais como a histerectomia, quando esta envolve a remoção dos ovários. (wikipedia.org)

bilateral


  • Por vezes, esta cirurgia é acompanhada da remoção simultânea dos ovários e trompas (histerectomia total com anexectomia bilateral ou histerectomia radical). (wikipedia.org)

retirada


  • Nestes casos, estará indicada a curagem uterina, a curetagem ou mesmo a retirada do útero (histerectomia). (wikipedia.org)
  • As cirurgias feitas para retirar os miomas são, em geral, a miomectomia, que é a retirada do(os) mioma(s) e a histerectomia, que é a retirada completa do útero. (blogspot.com)

geralmente


  • O cancro do endométrio em fase muito precoce é geralmente tratado através de histerectomia simples com ou sem remoção das trompas de Falópio e dos ovários. (wikipedia.org)

vagina


  • Histerectomia vaginal - é feita através de uma operação através da vagina, por onde se retira o útero. (wikipedia.org)
  • Isto pode também envolver o útero que desce na vagina e fica saliente a partir da abertura vaginal. (blogspot.com.br)
  • Extrusão do tecido: Com o aumento da gravidade do caso, a vagina e da bexiga podem sobressair fora da entrada vaginal. (blogspot.com.br)

menos


  • A histerectomia vaginal produz menos complicações relativamente a outros tipos de histerectomia e é uma forma muito segura de extrair o útero. (cun.es)

feita


  • A histerectomia vaginal nem sempre pode ser feita. (cun.es)

formas


  • Em formas graves pode frequentemente levar a uma histerectomia ou ser fatal. (wikipedia.org)

consiste


  • Histerectomia é uma operação cirúrgica da área ginecológica que consiste na remoção do útero. (wikipedia.org)

recomendada


  • A remoção do útero (histerectomia) pode ser recomendada em maiores de 40 anos. (wikipedia.org)

caso


  • Num caso de parto vaginal, existe uma probabilidade de as paredes ficando esticadas levando a um prolapso. (blogspot.com.br)

total


  • A histerectomia pode ser total, quando se retira o corpo e o colo do útero, ou subtotal, quando só o corpo é retirado. (wikipedia.org)

curetagem


  • A operação de Récamier" é um termo utilizado para curetagem do útero também chamado de histerectomia por via vaginal. (wikipedia.org)