benigna


  • Mesilato de doxazosina é um alfa bloqueador usado para tratar hipertensão arterial e hiperplasia prostática benigna. (wikipedia.org)
  • Tampouco é indicado para casos avançados de hiperplasia prostática benigna, não devendo ser utilizado sem primeiro afastar a possibilidade de câncer de próstata, nefrite, infeções do trato urinário e outras desordens nefrourológicas. (wikipedia.org)
  • Segundo estudos recentes, o extrato lipoesterólico da S. repens tem mostrado resultados altamente promissores no tratamento da hiperplasia benigna de próstata (HBP), doença degenerativa que afeta cerca de 50% dos homens a partir de 50 anos de idade e 80% dos homens na faixa dos 80 anos. (wikipedia.org)
  • Assim, a utilização do extrato de S. repens no tratamento da hiperplasia prostática benigna evitaria que a testosterona fosse convertida em DHT, hormônio responsável pela multiplicação das células prostáticas, que, quando ocorre de forma anormal, causa o aumento do órgão. (wikipedia.org)
  • Observe-se que o seu uso principal é tem sido no tratamento da hiperplasia benigna da próstata. (wikipedia.org)
  • A causa mais comum de retenção urinária obstrutiva é a hiperplasia prostática benigna que se caracteriza por sintomas obstrutivos com instalação lenta e progressiva. (wikipedia.org)
  • As mais comuns condições benignas da próstata são prostatites (inflamação da próstata) e hiperplasia benigna da próstata (aumento da próstata). (wikipedia.org)
  • Não há provas de que a prostite ou a hiperplasia benigna da próstata causem cancro mas é possível para o homem ter ambas situações e desenvolver cancro da próstata. (wikipedia.org)
  • A hiperplasia benigna da próstata (HBP) ou hiperplasia prostática benigna (HPB) é uma condição médica caracterizada pelo aumento benigno da próstata que normalmente se inicia em homens com mais de 40 anos. (wikipedia.org)
  • Embora os níveis de antígeno prostático específico possam estar elevados nestes pacientes devido ao volume maior do órgão e inflamação devido às infecções do trato urinário, a hiperplasia prostática benigna não é considerada uma lesão pré-maligna. (wikipedia.org)
  • Os sintomas da hiperplasia benigna da próstata são classificados como obstrutivos ou irritativos. (wikipedia.org)
  • Os hormônios androgênios (testosterona e hormônios relacionados) são considerados como ajudantes do processo da hiperplasia prostática benigna pela maioria dos cientistas. (wikipedia.org)
  • Essa suposição é suportada pelo fato de que meninos castrados não desenvolvem a hiperplasia prostática benigna quando eles envelhecem, ao contrário dos homens que não foram castrados. (wikipedia.org)
  • Muitos estudos ainda precisam ser feitos para elucidar completamente as causas da hiperplasia prostática benigna. (wikipedia.org)
  • É usado em baixas doses para o tratamento da calvície e em altas doses no tratamento da hiperplasia prostática benigna e câncer de próstata. (wikipedia.org)
  • A finasterida é usada para o tratamento da hiperplasia prostática benigna (HPB) e alopécia androgenética (AAG2). (wikipedia.org)
  • A finasterida é utilizada também no tratamento de homens mais idosos com hiperplasia prostática benigna em doses 5 vezes superiores à recomendada para alopecia androgenética. (wikipedia.org)

exame de toque


  • Durante o exame de toque rectal, o médico sente a glândula prostática através da parede rectal para procurar elevações ou áreas anormais. (wikipedia.org)

maligna


  • Outros exames realizados são o exame de urina laboratorial, fluxometria (medição do jato de urina) e claro, a biópsia para casos de suspeita mais concreta de alteração maligna prostática. (wikipedia.org)

utilizada


  • A planta tem sido tradicionalmente utilizada como afrodisíaca, antisseborreica, antiestrogênica, diurética, inibidora das células prostáticas, no tratamento de tumor benigno da próstata, desordem dos sistemas genital e urinário (inflamação, ruptura, entupimento de vias), impotência sexual e hiperplasia da próstata. (wikipedia.org)

fosse


  • Inicialmente, considerava-se que o PSA fosse específico de tecido prostático mas, a partir do emprego de metodologias mais sensíveis e da realização de estudos imuno-histoquímicos, ficou evidente a presença desta proteína em células de glândulas anais. (wikipedia.org)