Loading...
  • aguda
  • Entretanto, indivíduos que se recuperaram de uma hepatite B aguda e diminuíram seus títulos de anti-HBs são igualmente capazes de ter uma resposta imune efetiva quando submetidos a um novo desafio com o vírus. (medicinanet.com.br)
  • Exames
  • Exames de rotina como enzimas hepáticas revelarão um padrão típico de inflamação no fígado, porém exames mais detalhados são necessários para diagnosticar hepatite autoimune. (esadi.com.br)
  • Dessa forma, mesmo dando negativo, e de acordo com os sintomas apresentados, o médico pode pedir outros exames para confirmar que não se trata de uma doença autoimune. (tuasaude.com)
  • Os exames recomendados incluem: Glicemia Função renal (Creatinina e ureia) Albumina Bilirrubinas Amonia sérica Eletrólitos séricos Transaminases (ALT/TGP e AST/TGO) Tempo de protrombina Culturas de sangue Marcadores dos vírus da hepatite A, B e C Exames de imagem: Tomografia computadorizada ou ressonância magnética do fígado e crânio, EEG, Ultrassom doppler das veias hepáticas. (wikipedia.org)
  • virais
  • A causa exata da púrpura de Henoch-Schönlein é provavelmente autoimune ocorrendo após algumas infecções virais e bacterianas ou como uma reação de efeito adverso a algumas medicações. (wikipedia.org)
  • pode causar
  • Sua forma mais grave leva a uma destruição intensa do fígado, com uma rápida perda da função do órgão, chamada de hepatite fulminante, que requer transplante hepático de urgência na maioria das vezes e pode causar a morte. (minhavida.com.br)
  • sangue
  • Ver artigo principal: Hepatite B Sua transmissão é através de sangue, agulhas e materiais cortantes contaminados, também com as tintas das tatuagens, bem como através da relação sexual. (wikipedia.org)
  • Exame de anticorpos antinucleares (ANA): Altos níveis de anticorpos antinucleares no sangue indicam uma doença autoimune. (wikipedia.org)
  • o VHC é um dos cinco tipos conhecidos de vírus da hepatite: A, B, D e E. O diagnóstico é realizado com análises ao sangue que detetam a presença de anticorpos para o vírus ou ARN do vírus. (wikipedia.org)
  • exemplo
  • Quando a causa é secundária deve-se começar tratando a causa primária, por exemplo tratando a infecção por hepatite B ou trocando o medicamento que desencadeou o problema. (wikipedia.org)
  • Febre
  • A hepatite D só pode se tornar crônica ou fulminante em co-infecção com o vírus da hepatite B. Quadro clínico (primeiros 3 a 10 dias - pródromo): febre, mal-estar, inapetência, mialgia, cefaleia, náuseas, adinamia Após cessam sintomas prodrômicos e iniciam-se: colúria, acolia, icterícia. (wikipedia.org)
  • Muitas
  • Causas não-tóxicas Hepatite viral Fígado gorduroso agudo, principalmente na gravidez Hepatite autoimune Síndrome de Budd-Chiari e doença veno-oclusiva Hipertermia Hipoxia Infiltração maligna Síndrome de Reye Sepsis Doença de Wilson Os sintomas iniciais de insuficiência hepática são muitas vezes devidos as condições primárias. (wikipedia.org)
  • Glomerulonefrite
  • A crioglobulinemia pode estar associada a diversas doenças como neoplasias hematológicas (leucemia ou mieloma), infecção por hepatite C, doença autoimune (LES, Sjogren, reuma), pneumonia por Mycoplasma ou Glomerulonefrite pós-estreptocócica. (wikipedia.org)
  • fulminante
  • Hepatite é toda e qualquer inflamação do fígado e que pode resultar desde uma simples alteração laboratorial (portador crônico que descobre por acaso a sorologia positiva), até doença fulminante e fatal (mais frequente nas formas agudas). (wikipedia.org)
  • diagnosticar
  • Uma pequena amostra de seu fígado, examinada sob microscopia, ajudará o médico a diagnosticar com precisão a hepatite autoimune e trará dados sobre a atividade e prognóstico da doença. (esadi.com.br)
  • embora
  • Durante as primeiras décadas, a maior parte dos infectados não nota qualquer sintoma significativo, embora a hepatite C crónica esteja associada à fadiga. (wikipedia.org)
  • sistema
  • A hepatite autoimune é uma doença na qual o sistema de defesa do organismo ataca indevidamente as células do próprio fígado, levando à sua inflamação. (esadi.com.br)
  • O novo Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) para Hepatite C e Coinfecções no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) foi aprovado na segunda-feira , dia 4 de setembro. (hepato.com)