Fazer uma pergunta:


ele tem ejaculação precoce e o penis torto?


a primeira relação com meu ex foi um desastre.. "ele broxou" ele não conseguia ir por cima...
ai ele disse q isso nunca aconteu isso com ele, e q gostava d mim d mais e q tava nervoso...
ai nas outras foram piores!! ele tem ejaculação precoce, só dele encostar o penis em minha vagina ele ejaculava... isso foram varias tentativas...
percebi que ele tb tem o penis torto pro lado direito!
acabamos largando pq nao tinhamos sintonia nenhuma na cama!
ele tem 27 anos... me informei com uns amigos, uns dizem que ele podia ser depressivo ou ser gay pq a maioria dos gays tem problema com ejaculaçao precoce....
"desculpem a ignorancia, mais foram isso q falaram"

entao...
oq faz um um homem d 27 anos ter ejaculaçao precoce, e pq o penis dele eh completamente torto "sendo esteticamente feio"?

obg pelas respostas!
----------

bem, pênis torto é um pouco comum.. eu nunca vi, mas sei
que existem muitos casos. se a curvatura for de até 30°,
para o lado direito ou para o esquerdo, é normal !
Quando o ângulo é mais acentuado que isso,
passando de 45° no meio do pênis, já não é normal.
Aí é considerado um defeito de nascimento.

30° seria um relógio com um ponteiro no 6, e outro entre 4 e 5.. aí
e 45° é um ponteiro no 6 e outro no 3... olha a curvatura de acordo com o espaço
entre os ponteiros... (desculpa o exemplo, parece idiota, mas é pra
vc ter noção do que está dentro e fora do normal de curvatura do pênis)


Procurei isso aqui na wikipédia, pode ser que ajude em alguma coisa..:

Na maioria dos casos, os tratamentos são centrados em gradualmente treinar e melhorar a habituação mental para o sexo e o desenvolvimento físico de controle de estímulos. Em casos clínicos, vários medicamentos estão sendo usados para ajudar a diminuir a velocidade da ejaculação.
Antidepressivos também tem sido utilizados por muitos homens com EP, e são considerados o tratamento mais efetivo atualmente disponível para esse distúrbio.
Cremes anestésicos locais (como lidocaína) tem se mostrado muito efetivos em testes clínicos e têm sido usados como tratamento para a EP. Seu uso é limitado pelo seu próprio efeito anestésico, que reduz a sensação no pênis e na vagina feminina.  (+ info)

Sou sedentária e quero começar a fazer caminhada (detalhes abaixo)?


Então gente... tenho reumatismo no sangue. E todo dia q acordo todos meus membros estão doloridos. Parece q eu durmo de mal jeito todo dia. enfim, eu não aguento mais só comer e dormir, tenho crise de depressão as vezes, não consigo por ordem na minha vida, nao consigo nem ler um livro (coisa q eu amava fazer). Agora minha vida tá parecendo um caos. minha mãe todo santo dia critica meu modo de viver, mas eu gostaria de mudar mas nao consigo... dizem q caminhar, libera endorfina, um hormônio q causa bem estar e previne de depressão. Por isso quero começar a caminhar.
Só preciso de dicas..
sou sedentária, nao faço exercicios fisicos a anos. (tentei andar de bicicleta esses dias, nao passou nem 15 min. eu já estava morrendo de dor nos joelhos!)
Sou magra, então só preciso da caminhada pra endorfina, e nao pra perder peso.
Como devo caminhar? Em quantos dias posso passar da caminhada pra corrida? E quantos minutos devo começar?

ai gente são muitas dúvidas, mas eu só me importo com o resultado. Caminho até 2 horas se for preciso pra minha vida ter um sentido!!

Obrigado a atenção e respostas de todos.
----------

Antes de qualquer exercício, mesmp caminhadas, deves começar por fazer alongamentos - http://www.youtube.com/watch?v=Ye-G_BQts60
Depois começas a caminhar e, para começar, recomendo que caminhes durante 30 minutos. Como tens dores nos membros, irás sentir algumas dores, mas estas irão passando conforme fores andando.
O ideal era caminhares todos os dias, para ganhares habituação.
Cerca de 2 a 3 semanas depois, tentas caminhar durante 45 min. Arranja uns bons ténis - daqueles que tenham uma sola que absorva bem o impacto, porque assim protege melhor a coluna e articulações -, roupa de algodão, larga, para ser mais confortável.  (+ info)

Lentes de contato, vai atrapalhar minha vista? (Miopia)?


Comprei lente de contato gelatinosa 1 a 6 meses, 1 par cada 1 mês

Comprei por causa do futebol, (Miopia), de noite não enchergo nada, 1 grau OE, 0,75 OD
E já aproveitei pra usar na escola, só uso óculos em casa
Vai atrapalhar minha vista?10 pontos obg
----------

Não as lentes de contacto ou são para aqueles que preferem n usar oculos ou para aqueles que necessitam mesmo mas se foi ao oftalmogista ou a uma loja de oculos examinar e disse que queria lentes de contacto e o deixaram basta uns dias de habituaçao as lentes e habitua se espero ter ajudado  (+ info)

Alguém sabe o que é Vaginismo?


Exame de Papa Nicolau e Mamografia.
----------

Vaginismo é um distúrbio da sexualidade feminina muito raro que pode até impedir completamente uma relação sexual. É uma síndrome psicofisiológica cuja característica fundamental é a contração involuntária, recorrente ou persistente, dos músculos do períneo adjacentes ao terço inferior da vagina, quando é tentada, prevista ou imaginada a penetração vaginal com pênis, dedo, tampão ou espéculo. Em algumas mulheres, até mesmo o fato de pensar na possibilidade da penetração vaginal pode provocar este espasmo muscular. A contração pode variar desde leve, induzindo alguma tensão e desconforto, até severa, impedindo completamente a penetração. Em alguns casos essa contração é tão severa que produz dor. Porém mulher pode, mesmo apresentando o vaginismo, manter sem prejuízo suas demais respostas sexuais como, por exemplo, desejo, prazer e capacidade orgásmica, desde que não seja tentada ou prevista a penetração.

O vaginismo pode ser facilmente identificado, em uma consulta ginecológica, pela própria mulher sozinha, ou durante a atividade sexual. Na consulta ginecológica quando a mulher vai fazer o exame físico, às vezes basta apenas colocar-se na cadeira de exame para a contração muscular vaginal involuntária se dar, o que impede a realização do mesmo. Quando a própria mulher vai se examinar, tentando introduzir o dedo no interior da vagina, e encontra dificuldades, pode-se pensar também na existência de Vaginismo.

Este quadro pode apresentar-se na mulher apenas durante a atividade sexual e não durante o exame ginecológico. Em algumas mulheres que apresentam o Vaginismo até a colocação de um tampão vaginal pode ser problemática. As mulheres em quem o quadro é tão severo que impede a realização pelo ginecologista de exames de toque, preventivo de câncer e coleta de material, podem, além de vivenciar sofrimentos ligados à sexualidade, estar expondo-se a riscos como o não diagnóstico preventivo de doenças graves como câncer.

Para se determinar diagnóstico de Vaginismo é necessário avaliar a mulher como um todo. Deve-se observar seu quadro geral de saúde, sua história de vida, seu histórico clínico, seus resultados laboratorias e seu exame físico, para se afastar outras possíveis causas dos espasmos vaginais, como, por exemplo, outras disfunções sexuais ou efeitos fisiológicos diretos de outros quadros clínicos como, por exemplo, endometriose ou infecção vaginal.

O vaginismo surge com mais freqüência em mulheres jovens, mulheres com atitudes negativas com relação ao sexo e em mulheres com uma história de abuso ou traumas sexuais.

O Vaginismo é um quadro que causa grande sofrimento e dificuldades interpessoais, na medida em que interfere diretamente no desenvolvimento das relações sexuais. Muitos relacionamentos afetivos ficam abalados fortemente diante da existência desta disfunção. Diante deste quadro não são raros os casos de casamentos não consumados e infertilidade. O vaginismo pode acarretar distúrbios emocionais como a depressão.  (+ info)

Tenho um bebé de 8 meses que vai para a cama às 21h e acorda sempre às 5h. O que devo fazer ele p dormir mais?


O meu filho, com 8 meses teima em acordar por volta das 5h da manhã. Estou convencida que se lhe desse leite que ele voltava a dormir. Mas isso iria criar habituação e eu não quero. Então tento que ele volte a dormir, o que normalmete não resulta! Acaba por dormir só 8h por noite, o que é pouco para a idade dele. Alguem já teve um problema semelhante? Como é que o resolveu?
----------

Vc já tentou fazer massagens, ou então dar chazinhos calmantes , tente quem sabe é isso que o fofucho esteja precisando bjus/////////////////////////////////////  (+ info)

O que é Vaginismo? ..Quais as causas?


Dispenso respostas irônicas!
----------

Vaginismo é um distúrbio da sexualidade feminina muito raro que pode até impedir completamente uma relação sexual. É uma síndrome psicofisiológica cuja característica fundamental é a contração involuntária, recorrente ou persistente, dos músculos do períneo adjacentes ao terço inferior da vagina, quando é tentada, prevista ou imaginada a penetração vaginal com pênis, dedo, tampão ou espéculo. Em algumas mulheres, até mesmo o fato de pensar na possibilidade da penetração vaginal pode provocar este espasmo muscular. A contração pode variar desde leve, induzindo alguma tensão e desconforto, até severa, impedindo completamente a penetração. Em alguns casos essa contração é tão severa que produz dor. Porém mulher pode, mesmo apresentando o vaginismo, manter sem prejuízo suas demais respostas sexuais como, por exemplo, desejo, prazer e capacidade orgásmica, desde que não seja tentada ou prevista a penetração.

O vaginismo pode ser facilmente identificado, em uma consulta ginecológica, pela própria mulher sozinha, ou durante a atividade sexual. Na consulta ginecológica quando a mulher vai fazer o exame físico, às vezes basta apenas colocar-se na cadeira de exame para a contração muscular vaginal involuntária se dar, o que impede a realização do mesmo. Quando a própria mulher vai se examinar, tentando introduzir o dedo no interior da vagina, e encontra dificuldades, pode-se pensar também na existência de Vaginismo.

Este quadro pode apresentar-se na mulher apenas durante a atividade sexual e não durante o exame ginecológico. Em algumas mulheres que apresentam o Vaginismo até a colocação de um tampão vaginal pode ser problemática. As mulheres em quem o quadro é tão severo que impede a realização pelo ginecologista de exames de toque, preventivo de câncer e coleta de material, podem, além de vivenciar sofrimentos ligados à sexualidade, estar expondo-se a riscos como o não diagnóstico preventivo de doenças graves como câncer.

Para se determinar diagnóstico de Vaginismo é necessário avaliar a mulher como um todo. Deve-se observar seu quadro geral de saúde, sua história de vida, seu histórico clínico, seus resultados laboratorias e seu exame físico, para se afastar outras possíveis causas dos espasmos vaginais, como, por exemplo, outras disfunções sexuais ou efeitos fisiológicos diretos de outros quadros clínicos como, por exemplo, endometriose ou infecção vaginal.

O vaginismo surge com mais freqüência em mulheres jovens, mulheres com atitudes negativas com relação ao sexo e em mulheres com uma história de abuso ou traumas sexuais.

O Vaginismo é um quadro que causa grande sofrimento e dificuldades interpessoais, na medida em que interfere diretamente no desenvolvimento das relações sexuais. Muitos relacionamentos afetivos ficam abalados fortemente diante da existência desta disfunção. Diante deste quadro não são raros os casos de casamentos não consumados e infertilidade. O vaginismo pode acarretar distúrbios emocionais como a depressão.  (+ info)

O que fazer com estas insónias sem entrar em Stress!?


Olá de novo...em portugal são 2h da manhã, ainda não parei de trabalhar dese as 8h da manha, apenas 1h para ir ao ginásio, nem para açlmoço parei. o problema é que amanha tenho que acordar às 7h para ir trabalhar e não consigo dormir, e quanto mais penso nisso por fico e mais nervosa, mas não queria tar sempre a tomar morfex, até porque não me faz muito efeito...
Caro JAS, ja tive esses medicamentos todos, estão na gaveta!
Sabe como eu sou! Não tomo nada para nã engordar! só o Morfex, e se ler uma das minhas últimas questoes verá que o meu ultimo encontro com um médico não foi muito bom...
Relaxar? Fora de questão, não consigo, ! sou o stress em pessoa!
Ler, tambémnão, estou a trabalhar, senao fico com remorsos..:(
Vou tentar no ginásio que me deixem fazer pílatos ou yoga!

Pode ser que deixem, pois como me proibiram o exercício físico...
Sim, já me foi diagnosticado bipolar tipo II.
----------

Ana, se você se preocupa demais sobre a sua insônia e a sua dificuldade para dormir, é possível que você esteja sofrendo de Insônia Psicofisiológica.

Este tipo de insônia está associada ao excesso de preocupação e pensamentos sobre a incapacidade de dormir.

A Insônia Psicofisiológica pode começar de repente após um determinado evento. E pode também se desenvolver lentamente ao longo de muitos anos. Pessoas com este distúrbio do sono se preocupam demais sobre a insônia e o fato de se sentirem cansadas no dia seguinte. Como conseqüência, elas aprendem a ficar tensas e preocupadas à medida que a hora de ir pra cama se aproxima.

Pacientes que sofrem deste distúrbio têm pensamentos acelerados sempre ligados à insônia e às tentantivas frustradas para dormir. Com o aumento da preocupação, o corpo também fica mais e mais tenso. E a possibilidade de dormir, naturalmente, diminui.

Pessoas com Insônia Psicofisiológica já ficam tensas até mesmo com os preparativos rotineiros para ir dormir. Talvez isto explique porque elas durmam melhor fora de casa. Preocupação excessiva sobre o sono é a marca registrada deste tipo de insônia.

Algumas sintomas são:
- Preocupação demais em dormir e em relação aos efeitos da insônia;
- Dificuldade para adormecer;
- Agitação crescente e tensão antes do horário de dormir;
- Nenhuma outra causa aparente para a insônia a não ser a preocupação em si;
- Nenhum problema médico, fisiológico ou neurológico que possa explicar a insônia;
- Nenhum comportamento, remédio ou substância que possa explicar a insônia.

O grande problema aqui é mesmo pensar demais. Isto pode levar a algumas pessoas a desenvolver hábitos ruins para tentar dormir, como tomar soníferos ou álcool. E também passar tempo demais na cama esperando o sono chegar.

A falta de sono de qualidade também deixa os pacientes com este tipo de insônia muito cansados durante o dia. Para resolver o problema, há quem beba uma quantidade excessiva de cafeína. E isto só dificulta a chegada do sono à noite. Mesmo que estejam extremamente cansados ao longo do dia, estes pacientes tendem a não conseguir dormir. Às vezes, se vêem incapazes até de tirar um rápido cochilo.

Geralmente, conseguem dormir mais rápido quando não estão fazendo nenhum esforço para dormir. É também comum que consigam dormir quando estejam em outro local que não a cama. A preocupação sobre a incapacidade de controlar o sono pode levar à outros problemas, como o sentimento de desamparo e o uso de drogas e álcool. O risco de depressão aumenta quando a insônia persiste.

Leia mais sobre este distúrbio do sono em:
http://www.durmamelhor.com/2010/01/insonia-psicofisiologica.html  (+ info)

O que será que eu tenho ?


Namoro há aproximadamente dois anos e meio e durante todo esse tempo as relações sexuais com meu namorado tem sido dolorosas demais.Sempre quando fico excitada,minha vagina se contrai involuntariamente e tenho uma forte dor.Será que tenho algum problema ? Vcs mulheres já sentiram alguma coisa parecida ?
----------

Isso é conhecido como Vaginismo é um distúrbio da sexualidade feminina muito raro que pode até impedir completamente uma relação sexual. É uma síndrome psicofisiológica cuja característica fundamental é a contração involuntária, recorrente ou persistente, dos músculos do períneo adjacentes ao terço inferior da vagina, quando é tentada, prevista ou imaginada a penetração vaginal com pênis, dedo, tampão ou espéculo. Em algumas mulheres, até mesmo o fato de pensar na possibilidade da penetração vaginal pode provocar este espasmo muscular. A contração pode variar desde leve, induzindo alguma tensão e desconforto, até severa, impedindo completamente a penetração. Em alguns casos essa contração é tão severa que produz dor. Porém mulher pode, mesmo apresentando o vaginismo, manter sem prejuízo suas demais respostas sexuais como, por exemplo, desejo, prazer e capacidade orgásmica, desde que não seja tentada ou prevista a penetração.
tb o vaginismo é um quadro que causa grande sofrimento e dificuldades interpessoais, na medida em que interfere diretamente no desenvolvimento das relações sexuais. Muitos relacionamentos afetivos ficam abalados fortemente diante da existência desta disfunção. Diante deste quadro não são raros os casos de casamentos não consumados e infertilidade. O vaginismo pode acarretar distúrbios emocionais como a depressão.


bjs*  (+ info)