paciente com gliose


  • O mais comum, porém, é o paciente com gliose ter alguma perturbação do humor, seja ela pre-existente ou consequência das glioses. (blogspot.com)
  • As situações agravantes e evolutivas da doença irão depender do numero de lesões, localização especifica dessas lesões e do fator idade, pois estas podem predispor este mesmo paciente com gliose a uma doença degenerativa cerebral como a demência cerebral grave. (blogspot.com)

reacional


  • A delimitação entre o tumor e o cérebro era nítida mas, em certas áreas, papilas tumorais infiltravam o tecido nervoso por curtas distâncias, associadas a gliose reacional. (unicamp.br)
  • Em volta das papilas infiltrativas observava-se gliose reacional, na forma de hipertrofia astrocitária. (unicamp.br)
  • Gliose reacional à encefalopatia espongiforme. (unicamp.br)

podem


  • Existem outras doenças que podem cursar com gliose no SNC: Cadasil, p.ex. (blogspot.com)

infiltrado


  • Apresenta-se como encefalite crônica com nódulos microgliais, neuronofagia, diminuição neuronal e gliose, infiltrado linfocítico perivascular e infiltrado inflamatório leptomeníngeo. (wikipedia.org)

microangiopatia


  • Tenho recebido muitos e-mails com perguntas sobre o significado de gliose e microangiopatia ateroesclerótica. (blogspot.com)
  • Gliose é uma alteração da substância branca do cérebro evidenciada na ressonância magnética por lesões hiperintensas (esbranquiçadas) nas sequências FLAIR, geralmente proveniente de microangiopatia cerebral (doença de pequenos vasos do cérebro). (blogspot.com)
  • A microangiopatia cerebral pode também ser chamada de Gliose, aterosclerose cerebral, doença aterosclerótica cerebral. (blogspot.com)

tecido nervoso


  • Vemos tecido nervoso central (ectoderme) com áreas de gliose e até diferenciação para córtex cerebelar. (wikipedia.org)
  • A gliose subependimária observada neste caso não é conseqüência da doença de Creutzfeldt-Jakob, mas uma feição normal do tecido nervoso. (unicamp.br)

GFAP


  • Astrócitos foram marcados com GFAP (proteína glial fibrilar ácida) e foi detectada gliose isomórfica nas lesões, mais marcada naqueles animais tratados com ciclofosfamida (CY). (ufsm.br)

pois


  • A fibrose é irregular e não parece afetar a irrigação do tecido, pois os neurônios estão presentes e não há gliose. (unicamp.br)