Loading...



  • Causada
  • Causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi a ferrugem asiática é a doença mais severa que incide na cultura da soja e espalhou-se rapidamente por todas as regiões produtoras. (maissoja.com.br)
  • controle
  • A partir da AACPD comprova-se que a associação do fungicida Mancozeb 800 g.Kg -1 com Azoxistrobina 200 + Ciproconazol 80 g.L -1 proporcionou maior controle da ferrugem asiática a partir da dose de 0,7 Kg.ha além de que a combinação do mancozeb aos grupos DMIs e QoIs auxiliam no manejo de resistência do fungo Phakopsora pachyrhizi por atuar sem especificidade de sitio de ação. (maissoja.com.br)
  • Este trabalho teve por objetivo selecionar isolados de fungos entomopatogênicos, visando sua utilização no controle do cascudinho, Alphitobius diaperinus (Panzer). (scielo.br)
  • talo do fungo
  • Tão pouco os patógenos de insectos que atordoam e colonizam insectos são considerados carnívoros se o talo do fungo se encontra sobretudo no insecto como no caso de Cordyceps, ou se este se agarra ao inecto como no caso de Laboulbeniales. (wikipedia.org)
  • Em laboratório, normalmente os fungos crescem a partir de fragmentos obtidos a partir de um talo do fungo. (scribd.com)
  • Liquens são formados pelo talo do fungo (porção visível), as hifas, que desenvolvem verdadeiras redes enoveladas contendo as cianobactérias ou algas (em alguns casos raros, ambas), em uma camada interna descrita como medula (ou camada fotobionte). (infoescola.com)
  • Origem
  • A proliferação exacerbada de fungos tem origem em fatores tais como baixa da imunidade (causada por remédios ou má alimentação), consumo excessivo de carboidratos e uso de anticoncepcionais hormonais. (vix.com)
  • desta
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Entomopathogenic fungus», especificamente desta versão. (wikipedia.org)
  • T. foetida) e Tilletia controversa - atacam o trigo Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Smut (fungus)», especificamente desta versão. (wikipedia.org)
  • A ciclosporina, composto derivado de um fungo (Tolypocladium inflatum) reprime reações imunológicas que causam rejeição de órgãos transplantados, com o isolamento desta droga houve um avanço nas cirurgias de transplantes. (ebah.com.br)
  • vezes
  • Fungo corticioide (por vezes grafado fungo corticióide), também referidos como fungos em crosta, é a designação tradicionalmente dada a um grupo sem significado taxonómico de fungos do filo Basidiomycota caracterizados por possuirem basidiocarpos (corpos frutificantes) lisos e com morfologia efusa (isto é como se resultassem do derrame de uma substância viscosa sobre a superfície onde estão instalados). (wikipedia.org)
  • Estudos feitos no Albert Einstein College of Medicine, na Yeshiva University, em Nova York, Estados Unidos, mostraram que três fungos que contêm melanina, Cladosporium sphaerospermum, Wangiella dermatitidis e Cryptococcus neoformans, aumentaram sua biomassa e acumularam acetato mais rapidamente num ambiente em que o nível de radiação era 500 vezes mais alto que o normal. (wikipedia.org)
  • solo
  • Vários fungos terrícolas habitam a crosta do solo de regiões áridas. (wikipedia.org)
  • Normalmente vivem no solo e muitas espécies capturam ou atordoam nemátodes (fungos nematófagos), enquanto outros atacam amebas ou espécies de Collembola. (wikipedia.org)
  • A maior criatura do planeta foi descoberta apenas em 1996: um fungo que cresce sob o solo da Floresta Nacional de Malheur, no Estado do Oregon, Estados Unidos. (ebah.com.br)
  • muitos
  • O género Corticium foi estabelecido por Christiaan Hendrik Persoon em 1794 agrupando fungos com corpos frutificantes lisos e efusos, em muitos casos incrustantes e morfologicamente semelhantes a líquenes. (wikipedia.org)
  • Isso está de acordo com a observação de que, apesar de serem capazes de produzir melanina, muitos fungos não sintetizam a melanina constitutivamente (isto é, o tempo todo), mas apenas em resposta a estímulos externos, ou em diferentes fases de seu desenvolvimento. (wikipedia.org)
  • Em algumas poucas classes de fungos as hifas não contem septos, apresentando-se como células longas e contínuas com muitos núcleos. (scribd.com)
  • estudo
  • O termo micologia, derivado do grego mykes/μύκης (cogumelo) e logos/λόγος (discurso), para denotar o estudo científico dos fungos, terá sido usado pela primeira vez em 1836, pelo naturalista inglês Miles Joseph Berkeley na obra The English Flora of Sir James Edward Smith, Vol. 5. (wikipedia.org)
  • A Palinologia é a área da Paleobotânica que contribui com o estudo dos fosseis minúsculos como polens, esporos, algas e fungos. (wikipedia.org)
  • madeira
  • Apesar dos corpos frutificantes se formarem em geral na face inferior de troncos ou ramos em decomposição, o fungo reside no interior da madeira. (wikipedia.org)
  • Fungos lignolíticos é a designação dada a um conjunto alargado e taxonomicamente diverso de fungos que digerem madeira e outros materiais lenhosos quando húmidos causando a sua decomposição. (wikipedia.org)
  • A maioiria das espécies de fungos lenhívoros ataca madeira morta, mas algumas espécies, como a Armillaria, são parasíticas e colonizam árvores vivas. (wikipedia.org)
  • algumas
  • Algumas caraterísticas morfológicas, bioquímicas, e genéticas são partilhadas com outros organismos, enquanto outras são exclusivas dos fungos, separando-os claramente dos outros reinos: Caraterísticas partilhadas: Com os demais eucariotas: como nos restantes eucariotas, os núcleos das células dos fungos estão limitados por uma membrana e contêm cromossomas que contêm ADN com regiões não-codificantes chamadas intrões e regiões codificantes chamadas exões. (wikipedia.org)
  • Algumas doenças que podem ser sintomas de fungos e bactérias são a Diarreia, os vômitos intensos, as náuseas, um mal-estar e a desitratação, e até o inicio de uma crise respiratória. (sempretops.com)
  • reino
  • Contudo, pouco se sabe da verdadeira biodiversidade do reino Fungi, que se estima incluir 1,5 milhões de espécies, com apenas cerca de 5% destas formalmente classificadas. (wikipedia.org)
  • Estudos filogenéticos publicados no último decénio têm ajudado a modificar a classificação do reino Fungi, o qual está dividido em um sub-reino, sete filos e dez subfilos. (wikipedia.org)
  • Index Fungorum é um projeto internacional não-comercial para indexar todos os nomes formais (nomes científicos) do reino Fungi. (wikipedia.org)
  • filo
  • Esta secção lista as ordens de Fungi no filo Ascomycota. (wikipedia.org)
  • Ordem Saccharomycetales Esta secção lista ordens de Fungi no filo Basidiomycota. (wikipedia.org)
  • Ordem Blastocladiales Ordem Chytridiales Ordem Monoblepharidales Ordem Neocallimastigales Ordem Spizellomycetales Esta secção lista ordens de Fungi no filo Glomeromycota. (wikipedia.org)
  • Ordem Archaeosporales Ordem Diversisporales Ordem Glomerales Ordem Paraglomerales Esta secção lista ordens de Fungi no filo Zygomycota. (wikipedia.org)
  • tipos
  • De igual modo, os fungos de orifícios e tratos digestivos de animais não são carnívoros, e nenhum destes tipos de fungos são patógenos internos. (wikipedia.org)
  • Foram observados dois mecanismos básicos de aprisionamento em fungos carnívoros predadores de nemátodes: anéis constrictores estruturas adesivas A sequenciação do ADN ribossómico mostrou que estes tipos de mecanismos ocorrem em fungos de linhagens separadas, um exemplo de evolução convergente. (wikipedia.org)
  • Alguns fungos são comestíveis, os fungos do gênero Penicilium proporcionam aroma e sabor distintos em diferentes tipos de queijos, P. roquefortii e P. camembertii. (ebah.com.br)
  • deste
  • alguns alcaloides deste fungo foram usados em tempos remotos para a contração uterina durante o parto, dilatação de vasos sanguíneos para abaixar a pressão sanguínea, tratamento de enxaqueca, com isso esforços estão sendo feitos para obtenção de linhagens C. purpurea e seu cultivo. (ebah.com.br)
  • Deste modo, quando o fungo pertence a divisão Ascomicetos (mais comuns nos líquens) podem-se formar esporos que, ao serem liberados e formarem um novo indivíduo, precisam encontrar algas ou cianobactérias compatíveis para formar a relação simbiótica. (infoescola.com)
  • conseguem
  • Em uma segunda etapa, a pesquisadora da Famerp, a faculdade estadual de medicina de São José do Rio Preto, colocou fungos nos esmaltes e comprovou que eles conseguem sobreviver por ate oito horas no vidrinho. (globo.com)
  • Nessas associações os fungos conseguem alimento e fornecem alguns nutrientes beneficiando os dois seres ( mutualismo ). (infoescola.com)
  • Embora o componente autotrófico de um líquen possa sobreviver sozinho, quando associado ao fungo eles conseguem colonizar locais antes inacessíveis, ampliando seu nicho ecológico . (infoescola.com)
  • causam
  • Carvão ou morrão é a designação dada a vários fungos multicelulares, sobretudo Ustilaginomycetes (subfilo Basidiomycota), que causam fitopatologias. (wikipedia.org)
  • nutrientes
  • Os fungos desempenham um papel essencial na decomposição da matéria orgânica e têm papéis fundamentais nas trocas e ciclos de nutrientes. (wikipedia.org)
  • Fungos carnívoros ou fungos predadores são fungos que obtêm alguns ou a maioria dos seus nutrientes por aprisionamento e digestão de animais muito pequenos ou microscópicos. (wikipedia.org)
  • A sucessão de aparecimento de fungos no excremento pode variar, mas Webster (1972) propôs a seguinte ordem nutricional: Zigomicetos: degradam nutrientes mais solúveis, como açúcares livres, proteínas e amido, portanto aparecem antes que bactéria possam se alimentar destes nutrientes. (wikipedia.org)
  • Os fungos absorvem os carboidratos provenientes da fotossíntese da porção fotobionte, enquanto que as algas e cianobactérias passam a habitar um microambiente altamente favorável, uma vez que as hifas do fungo ancoram nutrientes do meio e às protegem de dissecação por acumular umidade. (infoescola.com)
  • verdadeiros
  • Estas e outras diferenças mostram que os fungos formam um só grupo de organismos relacionados entre si, denominado Eumycota (fungos verdadeiros ou Eumycetes), e que partilham um ancestral comum (um grupo monofilético). (wikipedia.org)
  • Fungos verdadeiros. (wikipedia.org)
  • animais
  • Os fungos podem decompor materiais artificiais e construções, e tornar-se patogénicos para animais e humanos. (wikipedia.org)
  • Os fungos que vivem na epiderme, pelo, pele, unhas, escamas ou penas de animais vivos ou mortos são considerados dermatófitos e não carnívoros. (wikipedia.org)
  • Alguns fungos cujos esporos não passaram pelo aparelho digestório do animal, podendo ser dispersos pelo vento, por insetos ou outros animais que carregam esporos em si, também podem se desenvolver nos excrementos. (wikipedia.org)
  • 6. Quando um fungo se desenvolve sobre a matéria orgânica de animais e vegetais mortos, é considerado um saprófita (estes fungos são os decompositores). (slideshare.net)
  • sendo
  • Contudo, como estes fungos são frequentemente estudados como um grupo, é conveniente reter a designação informal (não-taxonómica) de "fungos corticioides", sendo o termo frequentemente usado em artigos científicos e outros textos técnicos. (wikipedia.org)
  • Bitunicados - são ascos com dupla parede, sendo a interior elástica, que apenas ocorrem em pseudotécios de fungos da classe Dothideomycetes e da subclasse Chaetothyriomycetidae (sendo exemplo as espécies Venturia inaequalis (sarna da maçã) e Guignardia aesculi (doença do castanheiro). (wikipedia.org)
  • Fungos entomopatogênicos também estão sendo estudados para controle de carrapatos, estes fungos são patógenos de larvas de vários insetos, sendo usado na agricultura para reduzir pragas, diminuindo assim o uso de produtos químicos. (ebah.com.br)
  • Fungos predadores estão sendo estudados para o controle de helmintos gastrointestinais em ruminantes. (ebah.com.br)
  • considerados
  • A designação de corticioide resulta de originalmente estes fungos serem considerados como relacionados com o género Corticium ("corticioide" significa semelhante a Corticium) e em consequência incluídos na família Corticiaceae. (wikipedia.org)
  • Uma vez que são considerados agentes de mortalidade naturais e ambientalmente seguros, existe um interesse generalizado na utilização e manipulação de fungos entomopatogénicos para o controlo biológico de insectos e outras pragas de artrópodes. (wikipedia.org)
  • Foram
  • Efeitos similares sobre as capacidades de transporte de elétrons da melanina foram observados pelos autores destes estudos, após a exposição à radiação não-ionizante, indicando que os fungos melanóticos também poderiam utilizar a radiação da luz ou do calor para o crescimento. (wikipedia.org)
  • Foram observados 19 gêneros de fungos, destacando-se Alternaria alternata , Colletotrichum sp. (scielo.br)
  • fazem
  • Os fungos fazem respiração aeróbia utilizando oxigênio na troca gasosa. (infoescola.com)
  • Os deuteromicetos são fungos que só fazem reprodução assexuada e estão nessa divisão os fungos causadores de doenças como micoses, candidíase e frieiras. (infoescola.com)
  • enzimas
  • Desde a década de 1940, os fungos são usados na produção de antibióticos, e, mais recentemente, várias enzimas produzidas por fungos são usadas industrialmente e em detergentes. (wikipedia.org)
  • Os esporos de fungos coprófilos têm características que servem de proteção contra a ação das enzimas digestivas de herbívoros e a maioria são escuros, para proteção de raios ultravioleta enquanto são consumidos por herbívoros. (wikipedia.org)
  • Os fungos realizam digestão extracelular, liberação enzimas que digerem o alimento que é absorvido e distribuído pelo corpo por difusão . (infoescola.com)
  • paredes
  • Uma grande diferença é o facto de as células dos fungos terem paredes celulares que contêm quitina e glucanos, ao contrário das células vegetais, que contêm celulose. (wikipedia.org)
  • Na maioria desses fungos as hifas contem paredes cruzadas denominadas septos, que dividem as hifas em distintas unidades celulares com apenas um núcleo cada. (scribd.com)
  • alimentos
  • As perdas nas colheitas devidas a doenças causadas por fungos ou à deterioração de alimentos podem ter um impacto significativo no fornecimento de alimentos e nas economias locais. (wikipedia.org)
  • Apostar em alimentos que fortalecem a flora também é uma boa alternativa para reforçar a imunidade e, consequentemente, evitar o excesso de fungos na vagina. (vix.com)
  • outras
  • Estes fungos possuem diversas adaptações que os permitem germinar, crescer e se reproduzir em excrementos de herbívoros, tais como: parede do esporo espessada, esporo com capa ou apêndices gelatinosos, descarga ativa dos esporos, fototropismo positivo, dentre outras. (wikipedia.org)
  • Christiaan Hendrik
  • Desde os trabalhos taxonómicos pioneiros dos séculos XVII e XVIII efetuados por Lineu, Christiaan Hendrik Persoon, e Elias Magnus Fries, os fungos são classificados segundo a sua morfologia (i.e. caraterísticas como a cor do esporo ou caraterísticas microscópicas) ou segundo a sua fisiologia. (wikipedia.org)
  • micoses
  • O resultado supreendeu: 20% das amostras recolhidas em salões de beleza apresentavam contaminação por fungos, os causadores das micoses nas unhas. (globo.com)
  • capazes
  • Agora, o desafio é descobrir substancias, que adicionadas aos esmaltes sejam capazes de matar os fungos. (globo.com)
  • acabam
  • Isso acontece porque quando temos a falta do sol, germes, fungos e bactérias acabam tendo mais liberdade para se proliferarem. (sempretops.com)
  • vivo
  • Antes de sua descoberta, o maior ser vivo era outro fungo da mesma espécie, encontrado em 1992. (ebah.com.br)
  • Cientistas encontraram um fóssil de um fungo gigante, ele tem seis metros de altura e estava vivo há 350 milhões de anos atrás. (ebah.com.br)
  • Quando o esmalte é novo a sobrevivência do fungo é menor, quando o esmalte já é aberto a mais tempo o risco de permanecer o fungo vivo é um fato", alerta. (globo.com)
  • causadas
  • As infecções vaginais por fungos são causadas principalmente pela candida, um micro-organismo que habita naturalmente a região íntima, mas que em excesso causa a candidíase. (vix.com)