• qualquer
  • O controle alostérico, alosterismo ou alosteria refere-se a qualquer alteração na estrutura terciária ou quaternária de uma enzima protéica induzida pela ação de uma molécula ligante, que pode ser um ativador, um inibidor, um substrato, ou os três. (wikipedia.org)
  • Uma estrutura normalmente se refere a qualquer objeto largo, construído pelo homem, fixado permanentemente na superfície terrestre, como resultado de uma construção. (wikipedia.org)
  • nativa
  • As proteínas desnaturadas retomam sua estrutura nativa e sua atividade biológica assim que sua conformação natural de estabilidade é atingida novamente. (wikipedia.org)
  • Até 1962 amadurece a "hipótse termodinâmica" do enrolamento de proteínas, em que constata que uma proteína assume uma determinada conformação espacial por esta ser a mais termodinamicamente estável na célula, demonstrando isto com a ribonuclease: a enzima desnaturada por condições químicas extremas voltava à sua conformação natural (nativa) quando colocada em condições equivalentes às do ambiente intracelular. (wikipedia.org)
  • permite
  • Em 1915, o prémio Nobel da Física foi entregue a W. H. Bragg pela análise da estrutura cristalina por raios X. A microscopia eletrónica permite uma melhor resolução porque o comprimento de onda associado aos eletrões é muito menor que o da luz visível (no microscópio ótico) ou dos raios X. Hoje aproximamo-nos do objetivo de ver uma molécula única à escala atómica. (casadasciencias.org)
  • Uma estrutura de dados bem desenvolvida permite que uma variedade de operações críticas sejam implementadas por uma linguagem de programação com os tipos de dados e referências e as operações que deles provêm. (wikipedia.org)
  • assim
  • Essas alterações químicas podem alterar a hidrofobicidade de uma proteína e assim determinar a localização celular desta (por exemplo, proteínas hidrofóbicas tendem a se ancorar em membranas fosfo-lipídicas). (wikipedia.org)
  • A proteína Arf-1, assim como os outros membros da família Arf, é uma proteína solúvel, mas por causa de um processamento pós-traducional, onde há a adição de um ácido graxo (ácido mirístico) na sua extremidade N-terminal, ela se encontra associada a membranas. (wikipedia.org)
  • Ver artigo principal: Estrutura química A química é a ciência que trata da matéria do nível atômico à escala macromolecular, das reações, transformações e agressões da matéria, assim como as trocas de energia e entropia durante estes processos. (wikipedia.org)
  • proteica
  • Isso é utilizado no processo de purificação proteica para remover Um agente caotrópico é uma substância que interfere com a estrutura e denatura, macromoléculas como proteínas e ácidos nucleicos (exː DNA e RNA). (wikipedia.org)
  • A conformação terciária proteica é dependente do caratar de hidrofobicidade dos aminoácidos que compõe sua sequência throughout the sequence of the protein. (wikipedia.org)
  • estrutural
  • 7 Introdução O Caderno de Estudos e Pesquisa Estudos Estruturais e Funcionais de Proteínas foi elaborado com o objetivo de proporcionar a você alguns conhecimentos básicos aplicados na área da Biologia Estrutural de Biomoléculas. (docplayer.com.br)
  • outras
  • 9 Capítulo 1 Organização hierárquica da estrutura de proteínas Capítulo 2 Funções das proteínas Capítulo 3 Binômio estrutura-função de uma cadeia polipeptídica Unidade II estudos estruturais Capítulo 4 A Luz como Fonte de Informação Capítulo 5 Absorção no UV-Visível Capítulo 6 Difração de raios-x e cristalografia de proteínas Capítulo 7 Outras técnicas espectroscópicas Capitulo 8 O uso de Microscopia PARA (NÃO) FINALIZAR REFERÊNCIAS. (docplayer.com.br)
  • desta
  • Após recepção do prémio, começa a interessar-se pelo interferon e desenvolve um método de produção de grandes quantidades desta proteína, um trabalho com importantes consequências para a investigação biomédica e farmacêutica. (wikipedia.org)
  • folhas-beta
  • Ao nível mais simples, o dobramento envolve inicialmente o estabelecimento duma estrutura secundária, particularmente hélices alfa e folhas-beta, e depois uma estrutura teciária (formação de estruturas quaternárias aparenta envolver a montagem de sub-unidades que já se tenham dobrado). (wikipedia.org)
  • biologia
  • Ver artigo principal: Morfometria e Sistemas biológicos Na biologia, as estruturas existem em todos os níveis de organização, indo hierarquicamente dos níveis de átomos e moléculas para os de células, tecidos, órgãos, organismos, população, comunidade e ecossistema. (wikipedia.org)
  • ocorre
  • Quando as proteínas sofrem desnaturação não ocorre rompimento de ligações covalentes do esqueleto da cadeia polipeptídica, preservando a seqüência de aminoácidos característica da proteína (estrutura primária). (wikipedia.org)
  • enzimas
  • As proteínas ingeridas são transformadas em aminoácidos através da digestão, a qual envolve a desnaturação da proteína através da exposição ao ácido e à hidrólise por parte de enzimas denominadas proteases. (wikipedia.org)
  • Neste período, começou a interessar-se pela relação entre a estrutura e a função das enzimas. (wikipedia.org)
  • cerca
  • Estas proteínas encontram-se com frequência no leite de mamíferos, sendo cerca de 80% da proteína encontrada no leite de vaca e entre 20% e 45% das proteínas no leite humano. (wikipedia.org)
  • O debate a cerca da influência das estruturas e agências no pensamento e comportamento humano é um dos temas centrais da sociologia. (wikipedia.org)
  • quase
  • Este quase milagre consegue-se congelando subitamente a molécula de proteína com as moléculas de água essenciais à sua estrutura terciária e garantindo uma intensidade de radiação eletrónica suficientemente baixa para causar poucos danos. (casadasciencias.org)
  • passo
  • Na determinação da composição em aminoácidos da proteína, a hidrólise das ligações peptídicas é um passo necessário. (wikipedia.org)
  • As primeiras clivam as ligações peptídicas internas à proteína, ao passo que as segundas hidrolisam as extremidades C- ou N-terminal. (wikipedia.org)
  • vezes
  • Estrutura é sempre uma noção fundamental e às vezes intangível cobrindo o reconhecimento, observação, natureza, e estabilidade de padrões e relacionamentos de entidades. (wikipedia.org)
  • usados
  • Entre os métodos usados para estudar a estrutura e funções das proteínas estão a imuno-histoquímica, mutagénese sítio-dirigida, ressonância magnética nuclear e espectrometria de massa. (wikipedia.org)
  • principais
  • Entre as principais fontes vegetais ricas em proteína estão as leguminosas, principalmente o feijão, as lentilhas, a soja ou o grão-de-bico. (wikipedia.org)
  • descoberta
  • Numa época em que o interesse pelo ADN era enorme, após a descoberta da sua estrutura por Francis Crick e James Watson, Anfinsen sentiu que o seu trabalho, e o campo da química de proteínas em geral, não estava a merecer a atenção que era devida pela comunidade científica. (wikipedia.org)
  • Da descrição verbal de uma criança sobre um floco de neve até uma análise científica detalhada sobre as propriedades dos campos magnéticos, o conceito de estrutura é uma fundação essencial de praticamente todos os modos de inquisição e descoberta na ciência, filosofia, e arte. (wikipedia.org)
  • processo
  • O processo contrário chama-se desnaturação, em que uma proteína original é forçada a perder a sua configuração funcional, tornando-se uma cadeia amorfa e não funcional de aminoácidos. (wikipedia.org)
  • desnaturar
  • Temperaturas acima ou abaixo da gama na qual as células costumam sobreviver, levam a proteína a desdobrar-se ou desnaturar (é por esta razão que a ebulição leva a que a clara do ovo fique opaca). (wikipedia.org)
  • grupo
  • É uma proteína alostérica, pois a ligação e a libertação do oxigénio é regulada por mudanças na estrutura provocadas pela própria ligação do oxigénio ao grupo heme. (wikipedia.org)
  • tempo
  • Ao mesmo tempo que estas estruturas são complexas e bastante diversificadas, são compostas por elementos recorrentes e facilmente identificáveis que actuam como blocos de construção. (wikipedia.org)
  • leva
  • Um destes activos processos é a síntese de proteínas, uma função universal fundamental na qual intervêm vários tipos de ARN: o ARNm leva a informação de como tem que ser a sequência da proteína, o ARNt leva os aminoácidos necessários, e o ARNr é parte constituinte do organelo onde se realiza a síntese, o ribossoma, e tem uma actividade catalítica que une os aminoácidos entre si. (wikipedia.org)