Loading...



  • acima
  • Acima disso o resultado deve ser considerado positivo, a não ser que o atleta apresente uma condição patológica especial como baixa excreção de epitestosterona ou um tumor que produza andrógeno.Os atletas que já sabem desses problemas devem comunicar antecipadamente através de seu médico a comissão antidoping da competição. (webnode.com.br)
  • Qualquer quantidade de epitestosterona acima de 200 nanogramas /mililitro, deve ser investigada. (webnode.com.br)