• Tibete
  • Xīzàng Zìzhìqū ) é uma região autônoma com estatuto de província da República Popular da China (RPC), criada em 1965 na região histórica do Tibete . (wikipedia.org)
  • O governo chinês argumenta que o Tibete goza de autonomia integral, tal como garantida pelos artigos 112-122 da Constituição da República Popular da China , bem como da Lei sobre a Autonomia Étnica Regional da República Popular da China, enquanto diversas organizações de proteção aos direitos humanos acusam o governo chinês de perseguir e oprimir a população local. (wikipedia.org)
  • A China anunciou nesta terça-feira as primeiras condenações, contra 17 pessoas, com penas que vão de três anos de cadeia à prisão perpétua, por envolvimento nos distúrbios registrados na capital do Tibete, Lhasa, em março. (ig.com.br)
  • Atualmente o Tibete é considerado uma região autónoma da República Popular da China. (wikipedia.org)
  • Da anexação do Tibete pela República Popular da China em 1951 e da fracassada revolta em 1959 (Dia do levantamento do Tibete), continuam a gerar tensões. (wikipedia.org)
  • no dialeto de Lassa: AFI: [ɕìwɪ̂ː t͡ɕíŋʈyː]), é o processo pelo qual a República Popular da China tomou o controle da área que compreende a atual Região Autônoma do Tibete. (wikipedia.org)
  • Estas mesmas regiões passaram para o controle da China, após tentativas do governo do Tibete de obter reconhecimento internacional, esforços para modernizar suas forças armadas, negociações entre o governo do Tibete e a República Popular da China, um conflito militar na área de Qamdo no Kham Ocidental em outubro de 1950 e a posterior aceitação pelo governo tibetano do Acordo de Dezessete Pontos sob pressão chinesa, em outubro de 1951. (wikipedia.org)
  • O Governo do Tibete e a estrutura social tibetana permaneceriam em vigor na Região Autônoma do Tibete sob a autoridade da China até o levante tibetano de 1959, quando o Dalai Lama fugiu para o exílio e após o governo tibetano ser dissolvido. (wikipedia.org)
  • A invasão britânica do Tibete em 1903 causou a fuga do Dalai Lama à Mongólia e depois para a China. (wikipedia.org)
  • Em novembro de 1949, enviou uma carta ao Departamento de Estado dos Estados Unidos - com uma cópia para Mao Zedong - e uma carta separada para a Grã-Bretanha, declarando a sua intenção de se defender "por todos os meios possíveis" contra as incursões das tropas da República Popular da China no Tibete. (wikipedia.org)
  • Também não é verdade que a China trata o Tibete como uma colônia, limitando-se a extrair suas riquezas sem dar a mínima para a população local. (blogdoalon.com.br)
  • De forma resumida, porém, podemos afirmar que as histórias do Tibete e da China estão fortemente imbricadas uma à outra. (blogdoalon.com.br)
  • A agência estatal recordou que o templo foi fechado em 14 de março devido aos distúrbios contra a China no Tibete. (folhagospel.com)
  • Embora a expulsão tenha sido vista como uma afirmação da autonomia tibetana, esta independência proclamada do Tibete não foi aceita pelo governo da China nem recebeu reconhecimento diplomático internacional e, em 1945, a soberania da China sobre o Tibete não foi questionada pela Organização das Nações Unidas . (wikipedia.org)
  • Pequim e este governo no exílio discordam a respeito de quando o Tibete teria passado a fazer parte da China, e se a incorporação do território à China é legítima de acordo com o direito internacional . (wikipedia.org)
  • tibetanos
  • A China acusa os manifestantes tibetanos de terem matado 18 civis e um policial nos distúrbios de Lhasa. (ig.com.br)
  • Tibetanos exilados citado no relatório Times, afirmaram que pelo menos cinco pessoas morreram em 15 de Março por causa dos disparos da polícia Mais tarde, os tibetanos desordeiros atacaram várias lojas e veículos dos chineses de etnia Han, o grupo étnico predominante na China. (wikipedia.org)
  • Pequim
  • Os levantamentos renderam lugar durante a semana em que a maioria dos líderes do governo local se encontravam ausentes participando da Assembleia Popular Nacional da República Popular da China em Pequim. (wikipedia.org)
  • Se é assim, por que então a China não faz um plebiscito sobre a independência, no qual o povo tibetano, agradecido a Pequim, e conhecendo a crueldade passada dos monges, certamente votaria para continuar fazendo parte do território chinês? (blogdoalon.com.br)
  • 1950
  • Foi num deles, entre 1914 e 1950, quando a China e as potências coloniais estavam mergulhadas em seus próprios e graves problemas (1ª Guerra Mundial, 2ª Guerra Mundial e Revolução Chinesa), que a província chegou a sentir o gostinho da independência. (blogdoalon.com.br)
  • governo
  • A ligação ferroviária construída a Lassa para as outras áreas da China foi suspeita pelos seus residentes de aumentar o número de imigrantes na cidade, mas foi aceita porque o governo alegou que iria controlar a inflação na cidade. (wikipedia.org)