Fazer uma pergunta:


Qual exame detecta sindrome de klinefelter ?


A Síndrome de Klinefelter pode ser diagnosticada primeiramente quando um homem procura o médico por causa de infertilidade. A infertilidade é o sintoma mais comum.

Os seguintes exames podem ser realizados:

Cariotipagem
Espermograma
Exames de sangue serão feitos para verificar os níveis hormonais, incluindo:

Estradiol, um tipo de estrogênio
Hormônio folículo estimulante
Hormônio luteinizante
Testosterona  (+ info)

estou de 6 meses mas com 5 meses fiz a ultrassom morfologica e apareceu no coracao do meu bebe golf ball?


eu li na internet q tem a ver com sindroem de daw estou apavorada o meu medico disse q nw presiso me preoculpar mas como nw c preoculpar com uma situacao dessas alguem pode m explicar uq e esse tal d golf ball e por da isso em alguns bebes sera q e perigoso tem ahaver com alguma sindrome d daw
----------

CONCLUSÃO:
A presença isolada do “Golf ball”, independente da sua localização ou bilateralidade, deve ser considerada como um achado normal, devendo a conduta ser conservadora, principalmente quando o foco é detectado na primeira metade da gestação, pela possibilidade de resolução espontânea. No entanto para certificar-se que o “Golf ball” é um achado isolado, impõe-se ultra-sonografia detalhada do feto para excluir a presença de malformações estruturais ou marcadores de aneuploidias. A cariotipagem é mandatória frente à associação do “Golf ball” com anomalias estruturais do feto.


“GOLF BALL”

O “Golf ball” ou foco ecogênico cardíaco é definido como discreta área ecogênica no músculo papilar e/ou cordoalha tendínea, não aderida à parede ventricular, que se move simultaneamente com as válvulas atrioventriculares. Pode corresponder ao espessamento e/ou à presença de microcalcificações na cordoalha tendínea e/ou no músculo papilar, ocasionando eventualmente uma disfunção cardíaca.
O “Golf ball” foi descrito inicialmente na década de 80 e considerado como sinal ultra-sonográfico benigno. Posteriormente surgiram estudos demonstrando a sua associação com aneuploidias, entre elas a trissomia do 21 devido à sua alta incidência em fetos portadores da síndrome de Down. Também se observou aumento da incidência em fetos com trissomia do 13, trissomia do 18, triploidias e síndrome de Turner.
Segundo a literatura a sua incidência varia de 3 a 8% das gestações. Essa grande variação depende da população estudada ( maior em mulheres asiáticas), do tempo de exame, da posição fetal e da qualidade da imagem (quanto maior o grau de hiperecogenicidade, maior a associação com aneuploidias).
Quanto à época de aparecimento, o “Golf ball” pode ser visto a partir da 13ª semana de gestação, sendo que aproximadamente 60% dos focos não foram mais visibilizados posteriormente durante a realização da ecocardiografia fetal ( entre 20 e 22 semanas de gestação). Esse processo de resolução não é bem conhecido.
O Foco Hiperecogênico Cardíaco pode ser único ou múltiplo. A maior incidência é de um foco único no ventrículo esquerdo, aproximadamente em 60 a 90% dos casos. Foi encontrado maior associação de aneuploidias nos casos em que o foco é bilateral ( 27%) ou localizado no ventrículo direito ( 5,5%), em relação ao lado esquerdo ( 4,6%).
A decisão para a realização do cariótipo fetal dependerá da presença de fatores de risco para aneuploidias como: idade materna avançada, “screening” de testes séricos alterado, medida da translucência nucal, história familiar de aneuploidias e presença de outras alterações ultra-sonográficas detectadas após a realização de um detalhado estudo morfológico fetal. A presença do “Golf ball” sem alterações estruturais e funcionais cardíacas não justifica a realização de ecocardiografia fetal. Esta pode ter sua indicação justificada nos casos de focos bilaterais, múltiplos ou no ventrículo direito, devido a maior associação com malformações cardíacas nestes casos.  (+ info)

Fiz um exame da arteria renal e o resultado foi:?


arteria renal esquerda não visualizada ao color doppler e doppler espectral. Alguém pode me dizer se isso é algum problema?
----------

Doppler: Método que apresenta boa associação com dados clínicos dos pacientes no que diz respeito ao diagnóstico de disfunção miccional.

Doppler Colorido: Exame não invasivo, que estuda passagem do sangue nas artérias/ veias.

Doppler Espectral: Concordância interobservadores por ondas de raio-x (fluxo laminar)

Há probabilidade que você esteja com Hipertensão renovascular.  (+ info)

Resultado de EEG Dital e Mapeamento?


Pessoal fiz um eletro semana passada e a conclusão deu a seguinte: Eletro encefalograma com Mapeamento cerebral revelam irritabilidade da atividade elétrica de fundo

o que será que é

fiz esse exame pq a uns 4 anos tive uma convulsão quando tinha 12 anos então comecei a tomar gardenal 100mg por um ano toda noite nessa época fiz esse exame e a conclusão deu normal e nessa época fiz um tomografia axo que é isso (tipo um raio x do cerebro) e deu normal tbm no final desse primeiro tratamento que durou um ano fiz um outro eletro q tbm deu normal mas depois de uns 3 meses que tinha parado de tomar esse remédio tive outra conlvulsão então comecei outro tratamento que ja esta passando dos dois anossó que agora tomo 100mg de gardenal de noite e de manha tomo meio comprimido de carbamazepina 200mg (como é meio vai da 100mg) e a outra metade tomo a noite depois do gardenal no começo desse segundo tratamento fiz um eletro e tbm deu normal só esse que fiz por ultimo deu essa conclusão Eletro encefalograma com Mapeamento cerebral revelam irritabilidade da atividade elétrica de fundo
um detalhe no dia que fiz esse eletro 1 hora antes de fazer ele eu estava com com pouco de dor de cabeça só que depois passou e esqueci de avisar a médicaa e na noite anterior fui dormir tarde lá pelas 2:30 da manhã e acordei 5:30 pra fazer o exame (fui dormir tarde pq tinha um trabalho de escola pra fazer) será que a coisa ta piorando ou o resultado teve interferencia das poucas horas de sono

Resultados obtidos EEG Digital com ritimo de base regular e simétrico
grafico de deferença visual espectral entre áreas homólogas revela simetria entre os hemisférios.
ativação pela hiperpnéia voluntária em duas provas sucessivas, utilizando-se de eletrodo bi auricular, acentuou os traçados no estado de vigília.
foto estimulação intermitente manteve estruturação básica do traçado.
bloqueio visual há boa atenuação dos ritimos posteriores

e a conclusão ja mostrei

estou com 15 e vou fazer 16 em junho a no dia em que fui fazer o exame estava maior barulho no prédio las fazem outros exames e duas vezes abrirão a porta pra conversar com a média será que isso diminui a confiabilidade do exame pq nos outros 3 que fiz era tudo no maior silencio

BRIGADÃO
----------

Vc realizou este exame 'dormindo'' em vigilia, não foi revelado o ritmo ALFA e nem o BETA
tbm não foi divulgado RITMOS DE BASE, qtos C/S tem a simetriae qtos MICROVOLTS predominam as áreas bilaterais ou posteriores.

Existe reação de parada presente?

deve tbm ter as ONDAS POLIMORFAS e sua voltagem e se ha instabilidade nos ritmos alfa e beta como ja citado.

vc fez um exame de CONTROLE CONVULSIVO.
nÃO HA RAZÃO PARA DESESPERO.
Estes exames não são tão precisos qto tu pensas, nem o ruido externo pode alterar nada.
então, fique tranquilo, uma falta de oxigenação, uma febre, uma descarga elétrica nas áreas cerebrais podem ter ocorrido, mais NADA que indiquem uma EPILEPSIA>


Um exame CLINICO detalhado, desde a 1ª ocorrencia deve ser feito, e adotar a psicoterapia, pois seu ´cerebro não esta lesionado.
A medicação só estabiliza a suposta convulsão.
abç e fique tranquilo.  (+ info)

Síndrome de Klinefelter, sintomas+ causas+ mecanismo da doença (patogenia)???. URGENTE?


A síndrome de Klinefelter diz respeito à presença de um cromossomo X a mais no homem.

Causas
Os humanos possuem 46 cromossomos. Os cromossomos contêm todos os genes e o DNA, blocos de construção do corpo. Os dois cromossomos sexuais determinam se será um menino ou uma menina. As mulheres normalmente possuem dois cromossomos XX. Os homens normalmente possuem um X e um Y.

A síndrome de Klinefelter é um de vários problemas de cromossomos sexuais. A síndrome se dá em homens que têm pelo menos um cromossomo X extra. Normalmente, isso ocorre devido a um cromossomo X extra, que é escrito como XXY.

A síndrome de Klinefelter ocorre em 1 a cada 500 - 1.000 meninos recém-nascidos. Mulheres que engravidam depois dos 35 anos são um pouco mais propensas a terem um menino com a síndrome do que as mulheres mais jovens.

Exames
A Síndrome de Klinefelter pode ser diagnosticada primeiramente quando um homem procura o médico por causa de infertilidade. A infertilidade é o sintoma mais comum.

Os seguintes exames podem ser realizados:

Cariotipagem
Espermograma
Exames de sangue serão feitos para verificar os níveis hormonais, incluindo:

Estradiol, um tipo de estrogênio
Hormônio folículo estimulante
Hormônio luteinizante
Testosterona
VOLTAR AO TOPO
visão geral sintomas tratamento e cuidados convivendo (prognóstico)
Sintomas de Síndrome de Klinefelter
Proporções anormais do corpo (pernas longas, tronco curto, ombro igual ao tamanho do quadril)
Seios anormais grandes (ginecomastia)
Infertilidade
Problemas sexuais
Quantidade menores que as normais de pêlos pubianos, nas axilas e na face
Testículos pequenos e firmes
Grande altura
Buscando ajuda médica
Marque uma consulta com o médico se seu filho não desenvolver características sexuais secundárias na puberdade. Isso inclui o crescimento de pêlos faciais e mudança no tom da voz.

Um geneticista pode fornecer informações sobre essa condição e direcioná-lo para grupos de apoio específicos.

VOLTAR AO TOPO
visão geral sintomas tratamento e cuidados convivendo (prognóstico)
Tratamento de Síndrome de Klinefelter
A terapia com testosterona pode ser recomendada. Ela pode ajudar a:

Fazer os pêlos crescerem
Melhorar a aparência dos músculos
Melhorar a concentração
Melhorar o humor e a autoestima
Aumentar a energia e a libido
Fortalecer
A maioria dos homens com essa síndrome não consegue engravidar uma mulher. No entanto, um especialista em infertilidade pode ajudar. Um médico especial chamado endocrinologista também pode ser útil. -//-  (+ info)

Quais são os sintomas da depressão? Existe?


Gente não sou eu que estou deprimida, mas acho que é a minha mãe
----------

Olá, Danny boa tarde.
Há vários tipos de pepressão que devem ser analizados por profissionais como psicologo e outroas afins.
Segue algúns tipos.
Tipos de depressão

A depressão pode ser classificada de acordo com a causa, com a presença ou não de um componente genético (história familiar), com os sintomas e com a gravidade do quadro, em:

Primária (quando não tem uma causa detectável) ou secundária (atribuível a doenças físicas ou a medicamentos).

Genética, de acordo com o padrão de aparecimento em membros de uma mesma família (esporádica, espectral ou familial).

Unipolar (quando não há ocorrência de episódios de mania) ou bipolar (quando ocorrerem sintomas intercalados ou concomitantes de mania).

Leve ou grave, de acordo com a gravidade dos sintomas e o grau de comprometimento funcional.

Tipos de Depressão:

Depressão reativa ou secundária

Surge em resposta a um estresse identificável como perdas (reações de luto), doença física importante (tumores cerebrais, AVC, hipo ou hipertireoidismo, doença de Cushing, LES, etc.), ou uso de drogas (reserpina, clonidina, metildopa, propranolol, promazina, clorpormazina, acetazolamida, atropina, hioscina, haloperidol, corticosteróides, benzodiazepínicos, barbitúricos, anticoncepcionais, hormônios tireoidianos, etc). Corresponde a mais de 60% de todas as depressões.

Depressão menor ou distimia

É uma desordem depressiva crônica durando pelo menos 2 anos em adultos e que se manifesta pela presença da síndrome depressiva, onde o paciente consegue funcionar socialmente mas sem experimentar prazer.

Depressão maior ou unipolar

É uma desordem depressiva primária, endógena, e que não tem relação causal com situações estressantes, patologias orgânicas ou psiquiátricas, caracterizando-se por episódios puramente depressivos em períodos variáveis da vida do paciente geneticamente predisposto à doença. Resultaria de uma inclinação inata determinada por fatores hereditários e bioquímicos que produziriam um distúrbio da neurotransmissão central, secundária a um déficit funcional de neurotransmissores (dopamina, noradrenalina e/ou serotonina) e/ou a uma alteração transitória de seus receptores ao nível do SNC. Durante o episódio, os sintomas depressivos são severos e intensos, impedindo o indivíduo de agir normalmente, havendo alto risco de suicídio se não tratado. Corresponde a cerca de 25% de todas as depressões.

Depressão bipolar ou psicose maníaco-depressiva

É também uma desordem primária, endógena e que se caracteriza por episódios depressivos alternados com fases de mania ou de humor normal, com estados de significativa mudança de humor do paciente (oscilações cíclicas do humor entre "altos" (mania) e "baixos" (depressão)). Quando deprimida, a pessoa pode ter alguns ou todos os sintomas de depressão. Quando em mania, torna-se falante, eufórica e/ou irritável, cheia de energia, grandiosa. A mania prejudica o raciocínio, a crítica (capacidade de julgamento) e o comportamento social, podendo ocasionar graves conseqüências e constrangimentos, pois a pessoa em fase mania se envolve facilmente em negócios mirabolantes e incertos ou em aventuras românticas e toma atitudes precipitadas e inadequadas. Se não tratada, a mania pode piorar, evoluindo para quadro psicótico (com delírios e/ou alucinações). Essa desordem afetiva estaria relacionada com um distúrbio da neurotransmissão central secundário a um déficit de neurotransmissores ou hipossensibilidade de seus receptores na fase depressiva e a um aumento destes neuro-hormônios ou da hipersensibilidade de seus receptores na fase maníaca. Corresponde a cerca de 10% de todas as depressões.

Subtipos de Depressão :

A depressão pode variar muito em relação a sintomas, história familiar, resposta ao tratamento e evolução. Alguns subtipos de depressão são claramente distintos, com implicações na escolha do tratamento e no prognóstico:

Depressão melancólica ou endógena

Forma grave, com acentuado retardo ou agitação psicomotora, anedonia, humor não reativo a estímulos agradáveis, despertar matinal precoce, sintomas piores de manhã.

Depressão atípica

Humor reativo a estímulos (a pessoa consegue se alegrar com estímulos agradáveis), inversão dos sintomas vegetativos (ao invés de insônia e falta de apetite, a pessoa tem hipersonia e aumento de apetite), ansiedade acentuada, queixas fóbicas.

Depressão sazonal
Relacionada à luminosidade diurna, com episódios que se repetem no outono/inverno e sintomas atípicos. Mais freqüente em países com inverno rigoroso, melhora com fototerapia (exposição diária prolongada a luz forte).
Depressão com sintomas psicóticos

Forma rara, porém grave, com delírios e alucinações.

Depressão pós-parto

Ocorre entre 2 semanas a 12 meses após o parto, com risco maior em mulheres com antecedentes de depressão. Considera-se que o parto (e as mudanças que ele traz, hormonais e de vida) seja um potente estressor, desencadeando depressão em mulheres com tendência à mesma.
Espero ter ajudado, e procure um psicológo pois mutios sintomas de depressão podem ser originários de doenças.  (+ info)

estudo das carotidas?


nomenclatura de diferenciação entre RM,US,HEMODINÃMICA?

AGUARDO COM ANSEIO SUA RESPOSTA...OBRIGADO!!!!!!!!!
----------

A dinâmica do fluxo nas dissecções carotídeas é complexa e depende primariamente da presença ou não de trombo no falso lúmen, do "flap" e da extensão da dissecção. Por esta razão, a dopplervelocimetria apresenta um padrão variável. A principal característica observada é uma dissociação da imagem com o padrão de fluxo encontrado, na qual as poucas ou nenhuma alterações visíveis no modo B não justificam a anormalidade espectral visibilizada. Além disso, pode identificar-se ausência de sinal na oclusão total com fluxo proximal de alta resistência e fluxo bidirecional de alta resistência como achados mais freqüentes. Estreitamento do lúmen verdadeiro pelo trombo no falso lúmen, presença de um falso lúmen patente (padrão "duplo lúmen") com fluxo anterógrado, retrógrado ou bidirecional podem ser identificados. A resolução da dissecção é comum ocorrendo em 68% dos pacientes em até cerca de 50 dias A severidade dos sintomas parece não estar relacionada com o padrão dopplerfluxométrico em particular. Apesar de que a trombose do falso lúmen represente o ponto final das flutuações de dinâmica de fluxo, este aspecto não se relaciona diretamente com a severidade dos sintomas, sugerindo que o evento embólico na dissecção deva desempenhar papel importante na severidade dos sintomas  (+ info)

Existe algum exame clínico para determinar o genótipo do sangue? Qual o nome? É muito caro?


Não existe "genotipo do sangue" . Existe genotipo do individuo, cuja amostragem pode ser sangue (o mais comum ) ou qualquer outro tecido do corpo , teoricamente. O exame é a cariotipagem , pelo que entendi do que vocee quer perguntar. É bem caro , sim .

Se voce quer perguntar TIPAGEM SANGUINEA , ou seja , fatores do sistema ABO/Rh , é bem baratinho, em qualquer laboratorio faz.

Se voce quer saber se vocec tem uma HEMOGLOBINOPATIA, ou seja uma doenca hereditaria da formacao da hemoglobina , como falcemia , o exame é a eletroforese de hemoglobina - um pouco caro , mas ainda assim acessivel.  (+ info)