celular

  • As caderinas são glicoproteínas transmembranárias de passo simples contendo de 700 a 750 aminoácidos, sendo as principais moléculas de adesão celular responsáveis pela adesão célula-célula nos tecidos dos vertebrados. (wikipedia.org)
  • Os coanoflagelados expressam algumas das proteínas relacionadas com adesão celular em animais como caderinas e tirosinas cinases, e tais proteínas afetam sua proliferação celular. (wikipedia.org)
  • Exemplos de proteínas integrais de membrana: Receptor de insulina Alguns tipos de proteínas de adesão celularou moléculas de adesão celular como as integrinas, caderinas, NCAMs ou selectinas. (wikipedia.org)

membrana

  • As moléculas de caderina formam a âncora se anexando à placa citoplasmática que se estende através da membrana e se ligando fortemente às caderinas que vêm através da membrana da célula adjacente. (wikipedia.org)
  • Compõe-se quase exclusivamente de células poliédricas, justapostas, ou seja, muito unidas, com pouca ou até nenhuma substância intercelular entre elas, aderidas firmemente umas às outras por meio de junções intercelulares (estruturas associadas à membrana plasmática das células que contribuem para a coesão e comunicação entre as mesmas) ou por meio de proteínas integrais da membrana (caderinas, que perdem a sua adesividade na ausência de cálcio). (wikipedia.org)

integrinas

  • Como os desmossomas, elas se unem a filamentos intermédios no citoplasma, mas em contraste com as desmossomas, as âncoras transmembranares são de integrinas, em vez de caderinas. (wikipedia.org)
  • Da mesma forma que os desmossomas e os hemidesmossomas, as âncoras transmembranares são compostas de caderinas e assim se ancoram a outras células e integrinas que se ancoram a matriz extracelular. (wikipedia.org)

algumas

  • e as caderinas não-clássicas, encontradas em grande quantidade no tecido nervoso e em alguns outros tecidos, algumas também com função de adesão. (wikipedia.org)
  • Algumas destas moléculas, como as caderinas e as quinases de tirosina, existem tanto nas esponjas como nos coenoflagelados, o que demonstra que já estariam presentes nos nossos antepassados, onde poderiam ter outra função que não as funções que agora realizam. (wordpress.com)

tipos

  • O desmossomo é formado também por glicoproteínas transmembranas denominadas caderinas, que podem ser de dois tipos: desmogleína e desmocolina (Fig. 12.2). (medicinanet.com.br)