Qual a diferença entre Taquicardia e bradicardia?


Gostaria que vocês me ajudassem...
----------

Taquicardia é o aumento anormal do ritmo cardíaco, bradicardia é o inverso, ou seja, a diminuição do ritmo cardíaco  (+ info)

tenho bradicardia sinusal e refluxo da valvula mitral leve, isso é grave?


Olha so sou estudante de odontologia, a bradicardia sinusal ou sinoatrial pode ser grave sim, pois dependendo do quanto ela abaixa a seua frequencia cardiaca pode te dar um desmaio(sincope) e a mesma lhe causar uma falta de oxigenio no encefalo..
acocelhavel que ponha um marca passo.
Obs. tem que ser avaliado o que o medico lhe disse
mas e bom que nunca faça muito esforço, ficar nervosa, correr, etc...  (+ info)

estou com sudorese intensa na madrugada dormindo e faço bradicardia segundo minha noiva.. alguma idéia?


  (+ info)

Qual o tratamento indicado para bradicardia sinusal?


A bradicardia sinusal caracteriza-se por frequencia cardíaca menor que 50 batimentos por minutos. O tratamento dependerá da sua origem, que pode ser devido ao hipotireoidismo, indivíduso que fazem uso de betabloqueadores ou em distúrbios hidroeletrolíticos. A bradicardia também está presente em atletas e em pessoas com excelente condicionamento físico.  (+ info)

fiz um ECG e deu bradicardia sinusal e bloqueio de ramo direito incompleto, será algo muito grave sou fumante?


sou fumante , sedentario e
----------

Olá amigo.


As alterações do seu eletrocardiograma podem ser perfeitamente saudáveis. a bradicardia sinusal significa que seu coração bate um pouco mais lento que o o normal (60-90 batimentos por minuto). Em jovens, o coração pode bater mais lento, pois o coração é mais bem condicionado e consegue irrigar o corpo com uma quantidade menor de batimentos.

O bloqueio incompleto do ramo direito pode ser uma variante do normal. Aproximadamente 90% dos bloqueios de ramo direito incompletos ocorrem em coraçoes normais.

Como estamos pela internet, nao posso afirmar se vc tem ou nao uma doença ou problema, já que precciso de uma anamnese e exame físico completos( saber sua idade, peso, quantidade de cigarros que fuma, tem pressão alta? tem diabetes? tem algum sintoma?......)
e muitos mais outros dados , mas em critérios de ECG você pode ser simplesmente uma variante do normal ou até um jovem com um bom coração.

Espero ter sido claro, pois entenda que
é impossível se consultar pela internet

Um abraço.

Dr. James  (+ info)

Quem tem bradicardia (coracao lento) pode tomar adrenalina?


Não! porque adrenalina de mais diminui mais ainda os batimentos cardiacos motivos pelo qual não é aconselhavel.  (+ info)

me ajudem presciso saber, tenho bradicardia sinusal chega a dar 48 por minhuto, tenho risco de vida? obrigado?


bradicardia sinusal é o ritmo cardíaco ditado pelo marcapasso natural do coração, chamado nó sinusal ou sinoatrial, no entanto, a sua freqüência cardíaca no estado de repouso é diminuída (abaixo de 60 batimentos por minuto).

Causas:

A bradicardia sinusal , poderá ter causas não-cardíacas , mas que afetam o coração ou ter causas de origem cardíaca.

- Causas não-cardíacas:

A bradicardia sinusal poderá ocorrer em algumas situações fisiológicas , como em praticantes regulares de exercícios físicos , atletas ou em pessoas vagotônicas (o sistema nervoso parassimpático, que lentifica o coração, apresenta uma ação mais intensa nesses indivíduos).Em todas essas situações , a bradicardia sinusal não indica uma situação de doença.

O hipotireoidismo (doença em que a função da glândula tireóide está diminuída), pode causar bradicardia sinusal. Certos medicamentos , como os antiarrítmicos (amiodarona, propafenona , sotalol , entre outros) ou anti-hipertensivos (como os betabloqueadores ou bloqueadores dos canais de cálcio , como o verapamil e o diltiazem) , também lentificam o batimento cardíaco , podendo causar a bradicardia sinusal.

As síncopes neuromediadas (vaso-vagal, neurocardiogênica e situacional), podem cursar com crises de bradicardia sinusal intensa , seguidas de desmaios.

O seio carotídeo , é uma estrutura localizada no pescoço , que participa do controle do batimento cardíaco e da pressão arterial (sistema nervoso autônomo). A síndrome (conjunto de sinais e sintomas) do seio carotídeo , é uma doença rara , aonde certos movimentos bruscos do pescoço ou por uma compressão deste (exemplo: por uma gravata mais apertada), podem levar a quedas do batimento cardíaco e da pressão arterial.

- Causas cardíacas:

O infarto do miocárdio , que afeta a região inferior do coração , costuma cursar com bradicardia em sua fase aguda. Na doença do nó sinusal , o marcapasso natural do coração (nó sinusal) , passa a não funcionar de uma forma adequada. Nesta doença , poderá ocorrer , além da bradicardia sinusal , a presença de pausas sinusais (o marcapasso natural do coração não envia nenhum estímulo elétrico).

Diagnóstico:

Baseia-se no exame clínico (história e exame físico), sendo confirmado pelo eletrocardiograma. O registro eletrocardiográfico de 24 horas (Holter) também é útil para estabelecer esse diagnóstico, bem como , para correlacionar a bradicardia com o aparecimento de sintomas. A síncopes neuromediadas , poderão ser melhor avaliadas através do teste de inclinação ou tilt-test.

Tratamento:

Deverá ser voltado para a causa da bradicardia sinusal. Em certos casos , associados a doença do nó sinusal ou uma bradicardia intensa e sintomática , causada pelo uso de de medicamentos que não podem ser suspensos , poderá ser necessário o implante de um marcapasso artificial.

Nas síncopes neuromediadas (vaso-vagal , neurocardiogênica e situacional), associadas a crises de bradicardia intensa , com desmaios repetitivos e que não respondem a outras modalidades de tratamento , também poderão ser tratada com marcapasso artificial. A síncope do seio carotídeo , também poderá exigir o implante deste dispositivo.

Prognóstico (gravidade):

Dependerá basicamente da causa da bradicardia sinusal.  (+ info)

tenho bradicardia , chega a dar 48 por minuto, tenho risco de vida por causa disso? obrigado?


Atletas bem treinados tendem a ter menor freqüência cardíaco de repouso, então a bradicardia neles não deve ser considerada anormalidade se não houver nenhum sintoma associado.

A bradicardia pode ter várias causas, as quais são melhores divididas em cardíacas e não-cardíacas.

As causas não-cardíacas são geralmente secundárias, e podem envolver uso de drogas, questões metabólicas ou endócrinas especialmente na tireóide, desequilíbrio eletrólito, fatores neurológicos, reflexos autônomos, fatores circunstancias como repouso prolongado, e auto-imunidade.

As causas cardíacas incluem doença cardíaca isquêmica crônica e doença cardíaca vascular. De modo geral, os problemas cardíacos que resultam em bradicardia são desordens no nódulo sinusal ou no nódulo atrioventricular. A bradicardia é mais comum em pacientes idosos.

O tratamento da bradicardia depende se há sintomas presentes e suas causas.

Tratamento com medicamentos geralmente não é indicado para pacientes que não apresentam sintomas. Para pacientes com sintomas, deve-se corrigir as desordens causadoras da bradicardia.

PROCURE SEU CARDIOLOGISTA PRA UMA MELHOR AVALIAÇÃO DO SEU CASO..OK?  (+ info)

1  2  3  4  5  6  

  Fazer uma pergunta: