Plaquetas

  • O esfregaço de sangue é usado para fazer uma diferenciação entre os leucócitos, isto é, fazer uma contagem do número de neutrófilos, linfócitos, monócitos, eosinófilos e basófilos, chegando-se a uma porcentagem de cada célula encontrada, processo usado também para avaliar a série vermelha e as plaquetas. (wikipedia.org)
  • também é encontrada em basófilos e em plaquetas sangüíneas. (wikipedia.org)
  • 9) injetado intravenosamente, pode causar uma ampla ativação de neutrófilos, plaquetas e basófilos, assim como uma profunda hipotensão. (wikipedia.org)
  • Os principais componentes do sistema imune são as células T, células B, linfócitos grandes granulares (células NK), fagócitos mononucleares (monócitos), neutrófilos, eosinófilos, basófilos, mastócitos (denominação dos basófilos infudidos nos tecidos), plaquetas e células teciduais. (wikipedia.org)
  • As células auxiliares que controlam a inflamação são: basófilos, mastócitos e plaquetas. (wikipedia.org)

sangue

  • Nas neoplasias mieloproliferativas, principalmente as crônicas, o número de basófilos pode estar aumentado no sangue periférico. (biomedicinapadrao.com.br)
  • A sua participação no choque anafilático (sistêmico) é maior que o mastócitos, pois os basófilos são células que realmente estão presentes no sangue, e liberam os mediadores para a circulação. (wikipedia.org)
  • Quando há aumento da quantidade de basófilos no sangue periférico usa-se o termo basofilia. (wikipedia.org)
  • AGRANULOCITOSE (Neutropenia tóxica) é a diminuição do número de granulócitos (neutrófilos, eosinófilos e basófilos) no sangue periférico, em conseqüência de um distúrbio na medula óssea, geralmente por efeito mielodepressor de substâncias químicas tóxicas. (slideserve.com)

pode

  • Eosinófilos e basófilos estão quase universalmente aumentados, este achado pode ajudar a diferenciar a LMC da reação leucemoide. (wikipedia.org)
  • O mieloblasto pode formar: promielócitos de neutrófilos, eosinófilos ou basófilos (lembrando que estas, por sua vez, são todas leucócitos granulares). (wikipedia.org)

grandes

  • Quando a contagem é baseada no tamanho das células, o aparelho as diferencia por 3 tipos: células pequenas (linfócitos), células médias (neutrófilos, eosinófilos e basófilos) e células grandes (monócitos). (wikipedia.org)

Assim

  • IL-3, IL-5, GM-CSF, fator de liberação de histamina, assim como diversas citocinas, ativam basófilos levando a uma degranulação aumentada e secreção de IL-4 e IL-13. (biomedicinapadrao.com.br)
  • Assim como os mastócitos, os mediadores produzidos pelos basófilos são divididos em mediadores pré-formados, mediadores lipídicos recém sintetizados e citocinas/quimiocinas. (biomedicinapadrao.com.br)

possuem

  • Apesar disso, os basófilos possuem muitas características únicas. (biomedicinapadrao.com.br)
  • Os basófilos têm de 5 a 8 μm de diâmetro, possuem um núcleo segmentado e condensado. (biomedicinapadrao.com.br)
  • Os basófilos e mastócitos possuem granulosidades no seu citoplasma e uma série de mediadores que provocam inflamação nos tecidos circundantes. (wikipedia.org)

defesa

  • A função fisiológica dos basófilos continua desconhecida, apesar de parecerem estar envolvidos na defesa contra parasitas. (biomedicinapadrao.com.br)

incluindo

  • Os basófilos compartilham muitas características com os mastócitos, incluindo a expressão de FcεR1, secreção de citocinas Th2, coloração metacromática e liberação de histamina depois de sua ativação. (biomedicinapadrao.com.br)

histamina

anticorpos

  • A agregação de FcεR1 ligada com IgE por anticorpos multivalentes levam a ativação dos basófilos, exocitose de seus grânulos e liberação de mediadores. (biomedicinapadrao.com.br)