Como baixar glicemia sem uso de insulina?


  • Por favor, direto ao assunto Diga que alimentos ajudam a manter a glicemia baixa e o que fazer pra manter ela assim Nao quero respostas como 'depende do seu organismo blabla' só quero saber que alimentos diminuem ou ajudam a reduzir a glicemia obrigado desde já Nao disse que minha glicemia é alta, ela ta controlada, só quero saber que comida/bebidas (chá) ajudam a diminuir Se por exemplo, acabar a insulina e eu ficar sem ela por um dia
  • Meu pai tinha a glicemia muito elevada,o médico aconselhou chá de pata-de-vaca.É a folha de uma árvore que tem o formato da pata do animal.É tão bom que ele parou de tomar por que estava abaixando demais. Bjs

Minha filha de 5 anos apresentou uma taxa de glicemia 90mg/dl em jejum está normal?


  • Gostaria de saber se devo ficar preocupada porque minha filha de 5 anos apresentou um indice de glicemia de 90 mg/dl ela esta coma taxa de açuca muito alta
  • Em jejum de 50 a 80 mg/dl, sem jejum até 98 mg/dl. Diabetes Infantil tem Manifestação Silenciosa e Pode Ser Diagnosticada Desde a Adolescência 1) Qual é a incidência do diabetes na população? Cerca de 10% da população brasileira sofre de diabetes. A doença ocorre em duas formas básicas: o tipo 1, que afeta crianças e adolescentes e representa entre 5% e 10% do total dos portadores do problema, e o tipo 2, mais comum, que atinge adultos. Em geral, esta segunda modalidade afeta pessoas com mais de 40 anos. 2) A doença está com uma incidência aumentada em crianças e adolescentes? Embora não existem estatísticas que revelem a incidência exata, nos últimos anos, os especialistas têm observado que a doença tem afetado cada vez mais, crianças e adolescentes. Nos últimos cinco anos, crianças com idade a partir de 10 anos manifestaram diabetes do tipo 2. Nos Estados Unidos, este índice é absurdo, há um maior número de crianças obesas, o que contribui com a incidência do problema. Embora esta doença seja decorrente de herança genética, a obesidade aumenta a resistência à insulina - o hormônio que abre as portas das células para a glicose entrar, ou seja, o açúcar sobra no sangue e aí vem o diabetes 3)Como detectar se a criança está com diabetes? Se a criança passa a beber muita água e urina em demasia, estes sintomas não podem passar desapercebidos. Quando a criança tem por volta de cinco anos, os pais devem valorizar estes indícios. A perda de peso excessivo também é um sinal. O diabetes manifesta-se em silêncio. Alguns exames são necessários para confirmar a presença da doença. O tratamento não é difícil. A criança precisa de uma dieta rica em fibras e pobre em açúcar, com seis refeições ao dia. Para o controle diário do diabetes, os pais contam com o auxílio do glicocímetro. O aparelho faz a leitura e registra, no visor, o valor da glicemia - a quantia de glicose no sangue. Com uma picadinha na ponta do dedo, a criança molha com o sangue uma fitinha que é colocada no aparelho. Esta medida ajusta as doses necessárias de insulina. O controle é feito em média de duas a quatro vezes ao dia, dependendo do estágio da doença. No Brasil, ainda não possuímos um índice alarmante. Podemos atingir altos índices se os maus hábitos alimentares, que crescem a cada dia, persistirem. 4) Quais são as Complicações da doença? Como toda doença, o diabetes infantil também pode apresentar complicações. Dentre elas, há o problema agudo, que é a variação de glicemia. A hiperglicemia – elevação da taxa de glicose no sangue -, leva a criança a uma vontade absurda de beber água. Já a hipoglicemia – queda da taxa de glicose no sangue-, geralmente que se apresenta em crianças superativas que queimam a glicose em demasia, causa tremores, deixa as mãos geladas e suadas e provoca confusão mental, mesmo durante o tratamento. As complicações crônicas estão ligadas à glicemia alta. O paciente pode ter retinopatia progressiva (infecção na retina, globo ocular, que pode levar a cegueira) e apresentar também uma lesão que se manifesta de forma gradativa no rim. Além de pressão elevada, dor e sensibilidade nos pontos periféricos. bjs =D

por que o glicogenio muscular nao é utilizado no controle de glicemia?


Dormir de barriga cheia ou ingerir álcool antes do jejum, influencia na glicemia?


  • - Ir dormir sem ter feito a total digestão. Eu gosto de comer e ir dormir, senão acordo de madrugada com fome, rsrs. E isso poderia influenciar o resultado para cima? - Já em relação ao álcool, ouvi falar que pela manhã quando estamos de ressaca a glicose está baixa, o que poderia influenciar para baixo. Poderiam comentar esses dois fatores?
  • Sim, altera sim. Ingestão de álcool eleva aumento de lactoplasmático e urato no exame. E em relação de dormir com a barriga cheia, o problema não é dormir com a barriga cheia, mas sim, não cumprir os horários de 8 horas de jejum.

O que pode estar determinando alterações de glicemia de 240mg/dL até 450mg/dL em questão de horas?


  • Meu pai tem apresentado estas oscilações. Já está diagnosticado diabetes, mas não estão conseguindo controlar a taxa glicêmica, mesmo utilizando insulina. O que pode estar causando isso?
  • Ele tem ingerido comidas doces?? Porque as vezes a insulina é "esgotada" e assim permite que ocorra esse aumento na taxa glicêmica. Converse com o médico dele sobre a possibilidade dele tomar insulina em intervalos de tempo mais curtos.

Como se preparar para um exame de glicemia de jejum?


  • Quais os cuidados que devo ter com alimentação antes do dia da realização do exame? E se no período de jejum pode tomar água? E se caso comer algo q contenha carboidrato, açúcar pode dar alguma alteração no exame? Dá pra descobrir que comi algo doce? Obrigada.......
  • NA VERDADE O MÉDICO QUE SOLICITOU O EXAME DEVERIA TER ORIENTADO VOCÊ SOBRE OS PROCEDIMENTOS A SEGUIR. MAS O PADRÃO É QUE VOCÊ FAÇA A ÚLTIMA REFEIÇÃO 12 HORAS ANTES DO HORÁRIO PREVISTO PARA A REALIZAÇÃO DO EXAME. COM RELAÇÃO A ÁGUA PODE TOMAR LIVREMENTE, POIS O QUE SERÁ MEDIDO É O NIVEL DE GLICOSE NO SANGUE, E ÁGUA NÃO TEM CALORIAS QUE INTERFIRAM NO EXAME. NO MAIS, FIQUE TRANQUILA QUE ESSE É UM EXAME COMUM!

Paciente diabetico com glicemia periferica acima de 400mg/dl, colesterol acima de 400 e triclicerides acima de


  • Paciente diabetico , sexo masculino,57 anos, PA 120/80 com glicemia periferica acima de 400mg/dl, colesterol acima de 400 e triclicerides acima de 1400 qual seria o tratamento inicial?
  • Creio que primeiro: comece com 1 hipoglicemiante oral, metformina ou 2 metformina e sulfonilréia; para o diabetes. Começar com exercícios físicos e tirar a gordura animal da dieta e evitar os carboidratos como arroz e batata; depois pode entrar com 1 fibrato para os triglicérides. E para o colesterol entrar com 1 estatina, a sinvastatina. NÃO PERCA TEMPO E VÁ AO MÉDICO URGENTE.

Ok Fiquei muito feliz por saber que a glicemia da minha filha não está alta muito obrigado.?


  • Bjs.
  • E???