eu tomo amitriptilina e fluoxetina eu qr saber se pode me trazer problemas mais tarde?


Meu médico não deixou eu tomar esse combinado.  (+ info)

a fadiga muscular causada pelo cloridrato de amitriptilina (anti-depressivo) diminui com o passar do tempo?


Costumo praticar esportes na parte da manhã, talvez fosse melhor não tomar o medicamento à noite?Qual seria o melhor horário?
----------

é melhor tomar a noite, pois causa sedação e te ajudará a dormir melhor.Uma boa noite de sono recarrega as energias, fazendo com que voce fique mais disposta durante o dia.Além disso, a amitriptilina tem sido utilizada para tratar a fadiga cronica.Por isso, acho que a fadiga muscular que você refere é um sintoma da depressão ( ou outro problema, como fibromialgia, transtornos de ansiedade e outros), tende a ser reduzida quando o medicamento começar a fazer efeito.Continue fazendo os esportes e boa sorte no seu tratamernto.  (+ info)

Eu estava tomando amitriptilina, estava engordando, agora o médico trocou para imipramina, também engorda?


Estava tomando amitriptilina, mas engordava, o médico trocou para imipramina, pergunto será que também engorda?
----------

fora do arfora do ar  (+ info)

Me receitaram Amitriptilina por que tenhu crises de ansiedade, será que vai me ajudar?


Vi muitas descrições, to com medo de tomar por causa dos efeitos colaterais...
----------

Eu não queria responder essa pergunta para não entrar em conflito com os meus colegas do YR, mas vou deixar a minha opinião.

A Amitriptilina é um antidepressivo com propriedades sedativas e ansioliticas. Ela realmente tende a causar varios efeitos colaterais, mas que serão reduzidos com o passar do tempo( a pior fase dura em média 30dias dias, mas depois vai suavizando). Voce poderá sentir a boca seca, prisão de ventre, olhos secos, e mais raramente retenção urinaria.

A Amitriptilina faz parte da classe de antidepressivos mais potentes, que tem mais de 30 anos de estudos.Realmente é um excelente medicamento para tratar a ansiedade generalizada.A amitriptilina não causa dependencia.E recomendado que se inicie o tratamento com dose baixas ( 25 a 50mg) e ir aumentando de acordo com a melhora clinica. ( geralmente até 200mg e em casos raros até a 300mg dia).

Uma terapia psicologica seria de importancia fundamental, uma vez, que é durante o processo terapeutica que se reconhece a causa da ansiedade, e removendo-a a ansiedade "acaba". A Amitriptilina só faz efeito enquanto ingerida, já a terapia tem um efeito duradouro e por muitas vezes se consegue até mesmo alcançar a cura.

Boa sorte no tratamento e até a proxima.....  (+ info)

o cloridrato de amitriptilina pode alterar seus hormonios, mais precisamente seu ciclo menstrual?


é um calmante. uso o neo amitripilim para enxaqueca. queria saber seus efeitos.
----------

Consulte a bula do medicamento para saber dos efeitos colaterais do mesmo, e quanto ao ciclo menstrual, consulte um ginecologista para indicar algum tratamento se vc tem TPM, neste último caso consumo de alimentos ricos em ômega3 aliviam a TPM, como a soja.  (+ info)

ola, gostaria de saber se o uso do medicamento amitriptilina impossibilita del alguma forma a gravidez .?


e se no caso dela o que pode ocorrer. obrigada
----------

Amiga, a Amitriptilina não impossibilita de forma alguma a gravidez, já que não é um contraceptivo. Caso esteja em uso do medicamento e engravide, avise ao seu médico da gravidez. Boa sorte.  (+ info)

só pra quem já tomolu antidressivo chamado amitriptilina amitriptilina?


eu tomei amitripitilina durante um ano e estou com falta de desejo sexual e gostaria de saber se isso ja aconteceu com voce?
----------

Eu tomei por pouco tempo, não aguentei pois me dava muito sono e me impedia de realizar as atividades cotidianas. Mas não como anti-depresivo, e sim como anti-neuritico (para enxaqueca vascular).

A amitriptilina provoca inúmeros efeitos colaterais, muitos dos quais são decorrentes da sua atividade anticolinérgica, tais como: secura da boca, constipação intestinal, íleo paralítico, retenção urinária, dilatação do trato urinário, hiperpirexia, turvação visual, aumento da pressão intra-ocular. Podem ocorrer náusea, desconforto epigástrico, vômitos, anorexia, estomatite, alteração do paladar, diarréia, tumefação da parótida, escurecimento da língua e, raramente, hepatite (inclusive disfunção hepática e icterícia) e alterações cardíacas, arritmias, bloqueio cardíaco, acidente vascular cerebral. As alterações hematológicas incluem depressão da medula óssea, incluindo agranulocitose, leucopenia, eosinofilia, púrpura, trombocitopenia. Efeitos no sistema nervoso e neuromuscular: Estados confusionais, distúrbios de concentração, desorientação, ilusões paranóides, alucinações, excitação, ansiedade, inquietação, insônia, pesadelos, torpor, formigamentos, e parestesias das extremidades, neuropatia periférica, incoordenação motora, ataxia, tremores, crises convulsivas, alteração dos traçados do ECG, sintomas extrapiramidais, zumbidos, cefaléia, coma, convulsão, formigamento, disartria, tinido. Reações alérgicas, como eritemas, urticária, fotossensibilização, edema de face e da língua podem ocorrer. Há relatos de outros efeitos, como alterações endócrinas: tumefação testicular, e ginecomastia no homem e aumento das mamas e galactorréia na mulher; aumento ou diminuição da libido, impotência, elevação ou diminuição dos níveis de glicemia, diabetes insípidos, insuficiência da secreção do ADH (hormônio antidiurético). Outros efeitos incluem tontura, fraqueza, fadiga, aumento ou perda de peso, aumento da perspiração e freqüência urinária, midríase, sonolência, alopecia, edema. A interrupção do medicamento provoca sintomas como náusea, cefaléia e mal-estar. A redução posológica gradual foi relatada por produzir, em duas semanas, sintomas transitórios compreendendo irritabilidade, inquietação e distúrbio do sono e dos sonhos. Esses sintomas não são indicativos de hábito. Raros casos de mania ou hipomania foram relatados, ocorrendo dentro de 2 a 7 dias após a interrupção da terapia crônica com os antidepressivos tricíclicos.

O ideal seria você procurar seu psiquiatra e explicar o que esta acontecendo.

Sorte!  (+ info)

Parei de tomar Amitriptilina e estou passando mal?


Parei ha 2 semanas e tomei durante 3 anos E de uns 2 anos pra ca eu cheguei a tomar por noite 150 MG, acho que meu organismo esta viciado, estou me sentindo péssima com dores musculares horríveis, enjoada e uma sensação de nervoso horrívell. Alguémm aqui sabe quanto tempo dura essa abstinênciaa? E se esses sintomas São normais?
(Nao quero ir no medico levar bronca)
----------

Essa abstinência pode realmente acontecer e causar esse mal estar, mas e se este mal estar não for proveniente da abstinência? A melhor recomendação e ir ao médico, isso se você quiser ficar boa logo!  (+ info)

1  2  3  4  5  6  

  Fazer uma pergunta: