aminotransferase


  • A alanina aminotransferase (ALT), ou alanina transaminase, também conhecida como transaminase glutâmico pirúvica (TGP), é uma enzima transaminase. (wikipedia.org)
  • A glutamina pode ser transportada até o fígado ou transferir seu grupo amino para o piruvato pela ação da alanina aminotransferase. (wikipedia.org)
  • e Elevação de Aspartato aminotransferase ou Alanina aminotransferase. (wikipedia.org)
  • Os dois tipos comuns de aminotransferases são alanina aminotransferase (ALT) e aspartato aminotransferase (AST). (wikipedia.org)
  • Aumento da bilirrubina, níveis de AST (aspartato aminotransferase) e ALT (alanina aminotransferase), amilase e lipase. (wikipedia.org)

ciclo


  • Assim, a alanina possui uma relação próxima a vias metabólicas como a glicólise, a gluconeogénese e o ciclo dos ácidos tricarboxílicos. (wikipedia.org)
  • Além disso, a alanina também atua como transportador dos íos amônio produzidos no músculos para o fígado, pela aminação do piruvato em alanina, o posterior transporte desta para o fígado e a desaminaçao desta através da reação com o alfa-cetoglutarato (transaminação), formando como produtos o glutamato( que será usado no ciclo da uréia) e o piruvato novamente. (wikipedia.org)
  • O Ciclo da glicose-alanina, assim como o Ciclo de Cori, é um dos mecanismos que supre a necessidade de alguns tecidos de obter glicose continuamente, já que está ligado à gliconeogênese do fígado. (wikipedia.org)
  • No ciclo da glicose-alanina vai haver o transporte dos grupos amino para o fígado de uma forma não tóxica. (wikipedia.org)
  • Assim, a glutamina possui um papel importante na gliconeogênese ao participar do ciclo alanina-glicose. (wikipedia.org)

glicina


  • Neste caso, um gene indicando alanina e o outro glicina, na posição 379 da mesma proteína. (wikipedia.org)
  • Entre eles estavam presentes ácido aspártico, ácido glutâmico, glicina, alaninas e ácido butírico. (wikipedia.org)
  • Alanina Arginina Ácido aspártico Cisteína Ácido glutâmico Glutamina Glicina Prolin Pirrolisinaa Serina Asparagina (*) Essenciais apenas em determinados casos. (wikipedia.org)

mesma


  • Pela ação da mesma enzima, a alanina transfere o seu grupo amino para o a-cetoglutarato formando o glutamato. (wikipedia.org)
  • O gene que indica na mesma posição horizontal aminoácido alanina é outro possível. (wikipedia.org)

pode


  • Apesar da sua pouca reactividade química, a alanina pode ter funções de reconhecimento de substratos ou reguladores alostéricos em sítios activos ou de regulação em enzimas. (wikipedia.org)
  • Aminoácidos não-essenciais ou dispensáveis: São aqueles que o corpo humano pode sintetizar.são eles: glutamina, alanina, asparagina, ácido aspártico, ácido glutâmico, serina e "taurina"(duvidosa). (wikipedia.org)

glutamina


  • No músculo, o ácido pirúvico recebe um radical amina do ácido glutâmico (derivado da glutamina) e formará a alanina que por sua vez será transportada para o fígado onde após sua desaminação (perda de NH2), produzirá glicose (McArdle, 1998). (wikipedia.org)

piruvato


  • A transferência de um grupo amina para o piruvato resulta na síntese de alanina in vivo. (wikipedia.org)

derivado


  • É derivado dos aminoácidos L-alanina e L-prolina. (wikipedia.org)

grupo


  • Este grupo confere um carácter hidrofóbico à alanina, classificando-se esta como aminoácido alifático. (wikipedia.org)
  • Quando fazendo parte de uma proteína, a alanina não é um aminoácido muito reactivo, devido à limitada reactividade do grupo metilo em situações fisiológicas. (wikipedia.org)
  • Alanina: CH3- CH (NH2) - COOH Leucina: CH3(CH2)3-CH2-CH (NH2)- COOH Valina: CH3-CH(CH3)-CH (NH2)- COOH Isoleucina: CH3-CH2-CH (CH3)-CH (NH2)- COOH Prolina:-CH2-CH2-CH2- ligando o grupo amino ao carbono alfa Fenilalanina: C6H5-CH2-CH (NH2)- COOH Triptofano: R aromático- CH (NH2)- COOH Aminoácidos polares neutros: Apresentam substituintes que tendem a formar ligação de hidrogênio. (wikipedia.org)