pulmonar

  • A imagem mostra uma massa em hemit órax E, que não apresenta nível líquido típico do abscesso pulmonar. (medicinanet.com.br)
  • O abscesso é tipicamente causado por uma infecção bacteriana pulmonar supurativa secundária à uma pneumonite. (medicinanet.com.br)
  • O abscesso pulmonar também pode ser causado por bactérias infectando uma área de infarto pulmonar, ou por infeção de um cisto pulmonar. (medicinanet.com.br)
  • O abscesso pulmonar geralmente é causado por um colapso dos mecanismos de defesa pulmonares. (medicinanet.com.br)
  • Um abscesso pulmonar secundário à pneumonia por aspiração demora cerca de 8 a 14 dias para se formar depois do evento de aspiração. (medicinanet.com.br)
  • Abaixo segue uma lista com alguns dos abscessos descritos pela literatura de saúde: Abscesso cutâneo Abscesso perianal Abscesso peritonsilar Abscesso pulmonar Abscesso amebiano Abscesso Esplênico Abscesso da Glândula de Bartholin Pode ser causado por vários agentes patogénicos microbiológicos, como as bactérias piogénicas (incluindo, estreptococos, gonococos, entre outros), ameba, além de algumas substâncias químicas (como a essência de terebintina). (wikipedia.org)
  • Abscesso pulmonar ou abcesso pulmonar é a necrose do tecido pulmonar e a formação de cavidades (com mais de 2 cm) contendo resíduos necróticos ou fluido, causado por infecções microbianas. (wikipedia.org)
  • Os abscessos pulmonares são considerados primários (60%) quando resultam de um processo directo do parênquima pulmonar ou secundários quando são complicados de outro processo como p.e. embolia ou rutura de abscessos extra-pulmonares nos pulmões. (wikipedia.org)
  • Abscesso Abscesso perianal Abscesso peritonsilar Abscesso pulmonar Abscesso amebiano Abscesso Esplênico Abscesso da Glândula de Bartholin (Em inglês) MedlinePlus Medical Encyclopedia - Abscess MedlinePlus Medical Encyclopedia - Skin Abscess Manual Merck Online Martin Zavadinack Netto e colaboradores. (wikipedia.org)

tipo de abscesso

  • Doenças como tuberculose, SIDA, neoplasias ou qualquer condição que leve à imunossupressão são capazes de alterar a apresentação clínica deste tipo de abscesso. (wikipedia.org)
  • Este tipo de abscesso dever ser sempre diferenciado da trombose hemorroidária interna, que também é dolorosa e protuberante no canal anal. (wikipedia.org)

Abcesso

  • Abcesso (português europeu) ou abscesso (português brasileiro) é um acúmulo de pus que se forma no interior dos tecidos do corpo. (wikipedia.org)
  • Abscesso peritonsilar ou abcesso periamigdalino é uma complicação da tonsilite na qual há coleção de pus ao lado da tonsila (no espaço peritonsilar). (wikipedia.org)

podem ser

  • Abscessos menores podem ser drenados ambulatorialmente, sem necessidade de internação hospitalar. (wikipedia.org)
  • O abscesso pode ter vários tipos de causas como: Glândulas anais bloqueadas Fissura ou infecção anal Infecções sexualmente transmissíveis As causas também podem ser baseadas em fatores de risco como: Diabetes Diverticulite Doença Pélvica Colite Doença de Crohn O abscesso é identificado como um abaulamento muito doloroso na região ao redor do ânus, e que causa grande desconforto ao evacuar e sentar. (wikipedia.org)

perianal

  • Um abscesso perianal é uma coleção de pus dolorosa e localizada, próxima ao ânus. (wikipedia.org)

Geralmente

  • O abscesso anorretal é um processo inflamatório agudo da região anal, e geralmente é a primeira manifestação de uma fístula anorretal. (wikipedia.org)
  • O pus geralmente está presente no interior dos abscessos, o que pode ser comprovado com uma simples punção com agulha no próprio consultório. (wikipedia.org)

drenagem

  • Tumefação firme e dolorosa na região anal Dor pulsátil (pode piorar à movimentação/deambulação) Febre e calafrios Dor abdominal baixa, se a localizaçao for mais alta (próxima ao reto) Seu tratamento consiste basicamente em um acesso cirúrgico ao conteúdo do abscesso, para que se proceda sua drenagem. (wikipedia.org)
  • Cerca de metade dos abscessos perianais cura após drenagem cirúrgica, e a outra metade desenvolve fístulas perianais. (wikipedia.org)
  • Um abscesso de maiores dimensões, pós a drenagem, deixa um amplo espaço vazio (espaço morto), e sofrerá cicatrização por segunda intenção. (wikipedia.org)
  • Quanto ao tratamento da fístula anorretal, alguns cirurgiões apresentam a tendência a tentar identificar o trajeto fistuloso no momento da drenagem do abscesso. (wikipedia.org)

pode ser

  • No entanto, não devemos esquecer que nos abscessos mais profundos a história clínica pode ser mais evidente do que o exame físico. (wikipedia.org)

pulmonares

  • As bactérias anaeróbicas são os agentes mais comuns isolados nos abscessos pulmonares em pacientes imunocompetentes. (medicinanet.com.br)

cura

  • Um abscesso, se volumoso, deve sofrer intervenção cirúrgica com o objetivo de aliviar os sintomas e favorecer sua cura. (wikipedia.org)

origem

  • 2001) Staphylococcus aureus: incidência e resistência antimicrobiana em abscessos cutâneos de origem comunitária. (wikipedia.org)

defesa

  • O abscesso cutâneo é resultado de uma defesa do organismo a morte das células de um local para impedir que a infecção se espalhe e para concentrar leucócitos nessa área. (wikipedia.org)

drenar

  • Para drenar um abscesso, o médico deve acessar sua parede para libertar seu conteúdo. (wikipedia.org)

qualquer

  • O abscesso pode ocorrer em qualquer região do corpo afetada por um agente piogênico (cérebro, ossos, pele, pulmão, músculos). (wikipedia.org)
  • Abscessos podem aparecer em qualquer parte do corpo, por exemplo na gengiva, pulmão, cérebro, intestino e músculos, mas a pele é o local mais frequentemente afetado, sendo o segundo local mais comum os dentes. (wikipedia.org)

deve

  • O tratamento é cirúrgico, e assim que se identifica o abscesso, este deve ser drenado (esvaziado). (wikipedia.org)

ocorre

  • No caso do abscesso que ocorre dentro da parede do canal anal, ocorre dor retal e anal, sendo que esta é exacerbada com a evacuação. (wikipedia.org)

eliminar

  • A formação de uma fístula requer fistulectomia, procedimento suficiente para eliminar a maioria das fístulas e abscessos restantes. (wikipedia.org)

tratamento

  • Um abscesso sem tratamento pode ter resolução espontânea, sendo reabsorvido, formando fístulas (comunicação) para o meio externo ou formando um cisto. (wikipedia.org)

caso

  • 2008) Abscesso esplênico associado à endocardite infecciosa: relato de um caso. (wikipedia.org)