Vasodilatadores: Fármacos usados para causar a dilatação dos vasos sanguíneos.Papaverina: Alcaloide encontrado no ópio, mas não intimamente relacionado aos outros alcaloides do ópio em estrutura ou efeitos farmacológicos. É um relaxante de ação direta na musculatura lisa, usado no tratamento da impotência e como vasodilatador, especialmente para a vasodilatação cerebral. O mecanismo dos seus efeitos farmacológicos não é bem conhecido, mas aparentemente ele pode inibir as fosfodiesterases e ter efeitos diretos nos canais de cálcio.Nitroprussiato: Poderoso vasodilatador utilizado em emergências de pressão sanguinea baixa ou para melhorar a função cardíaca. Também é um indicador de grupos sulfidrilas livres em proteínas.Vasodilatação: Dilatação fisiológica de VASOS SANGUÍNEOS por um relaxamento do MÚSCULO LISO VASCULAR subjacente.Acetilcolina: Neurotransmissor encontrado nas junções neuromusculares, nos gânglios autonômicos, nas junções efetoras parassimpáticas, em algumas junções efetoras simpáticas e em muitas regiões no sistema nervoso central.Resistência Vascular: Força que se opõe ao fluxo de SANGUE no leito vascular. É igual à diferença na PRESSÃO ARTERIAL através do leito vascular dividido pelo DÉBITO CARDÍACO.Óxido Nítrico: Radical livre gasoso produzido endogenamente por várias células de mamíferos. É sintetizado a partir da ARGININA pelo ÓXIDO NÍTRICO SINTETASE. O óxido nítrico é um dos FATORES RELAXANTES DEPENDENTES DO ENDOTÉLIO liberados pelo endotélio vascular e medeia a VASODILATAÇÃO. Inibe também a agregação de plaquetas, induz a desagregação de plaquetas agregadas e inibe a adesão das plaquetas ao endotélio vascular. O óxido nítrico ativa a GUANILATO CICLASE citosólica, aumentando os níveis intracelulares de GMP CÍCLICO.Fluxo Sanguíneo Regional: Fluxo de SANGUE através ou ao redor do órgão ou região do corpo.Nitroglicerina: Vasodilatador volátil que alivia a ANGINA PECTORIS por estimulação do GUANILATO CICLASE e diminuindo o cálcio citosólico. Também é, às vezes, usado para TOCÓLISE e explosivos.Antebraço: Parte do braço em seres humanos e primatas que se estendem do COTOVELO ao PUNHO.Endotélio Vascular: Camada única de células que se alinham na superfície luminal em todo o sistema vascular e regulam o transporte de macromoléculas e componentes do sangue.Hidralazina: Vasodilatador de ação direta utilizado como anti-hipertensivo.Bradicinina: Mensageiro não peptídico produzido enzimaticamente a partir da CALIDINA no sangue, onde é um potente (porém de meia-vida curta) agente de dilatação arteriolar e de aumento da permeabilidade capilar. A bradicinina também é liberada pelos MASTÓCITOS durante os ataques asmáticos, parede do intestino como vasodilatador gastrointestinal, por tecidos lesados como sinal de dor e pode ser um neurotransmissor.Vasoconstrição: Estreitamento fisiológico dos VASOS SANGUÍNEOS por contração do MÚSCULO LISO VASCULAR.Hemodinâmica: Movimento e forças envolvidos no movimento do sangue através do SISTEMA CARDIOVASCULAR.Pressão Sanguínea: PRESSÃO do SANGUE nas ARTÉRIAS e de outros VASOS SANGUÍNEOS.NG-Nitroarginina Metil Éster: Inibidor não seletivo da óxido nítrico sintase. Tem sido utilizada experimentalmente na indução da hipertensão.Epoprostenol: Prostaglandina que é um potente vasodilatador e inibe a agregação plaquetária. É biossintetizado enzimaticamente dos ENDOPERÓXIDOS DE PROSTAGLANDINA no tecido vascular humano. O sal de sódio também tem sido utilizado no tratamento da hipertensão pulmonar primária (v. HIPERTENSÃO PULMONAR).Peptídeo Relacionado com Gene de Calcitonina: Peptídeo relacionado ao gene da calcitonina. Um peptídeo de 37 aminoácidos derivado do gene de calcitonina. Ele surge como resultado do processamento alternativo do RNAm do gene de calcitonina. O neuropeptídeo encontra-se amplamente distribuído no tecido nervoso encefálico, intestinos, nervos perivasculares e outros tecidos. O peptídeo produz múltiplos efeitos biológicos e possui modos de ação tanto circulatória como neurotransmissora. É, em particular, um vasodilatador endógeno potente.Vasoconstritores: Drogas usadas para causar constrição dos vasos sanguíneos.Artérias Mesentéricas: Artérias que nascem da aorta abdominal e irrigam uma grande parte dos intestinos.Hiperemia: Presença de uma quantidade de sangue aumentada em uma parte ou órgão levando a congestão ou obstrução dos vasos sanguíneos. A hiperemia pode ser devido ao aumento do fluxo sanguíneo na área (ativa ou arterial), ou devido à obstrução do fluxo de sangue da área (passiva ou venosa).Circulação Coronária: Circulação de sangue através dos VASOS CORONÁRIOS do CORAÇÃO.Circulação Pulmonar: Circulação do SANGUE através do PULMÃO.Adenosina: Nucleosídeo composto de ADENINA e D-ribose (ver RIBOSE). A adenosina ou derivados da adenosina desempenham muitos papéis biológicos importantes além de serem componentes do DNA e do RNA. A própria adenosina é um neurotransmissor.Hipertensão Pulmonar: Aumento da RESISTÊNCIA VASCULAR na CIRCULAÇÃO PULMONAR, geralmente secundária a CARDIOPATIAS ou PNEUMOPATIAS.Vasos Coronários: Veias e artérias do CORAÇÃO.Sistema Vasomotor: Sistemas neurais que atuam no MÚSCULO LISO VASCULAR controlando o diâmetro dos vasos sanguíneos. O principal controle neural se dá através do sistema nervoso simpático.Circulação Esplâncnica: Circulação de sangue através dos VASOS SANGUÍNEOS que abastecem as VÍSCERAS abdominais.ômega-N-Metilarginina: Inibidor competitivo da enzima óxido nítrico sintetase.Óxido Nítrico Sintase: Enzima dependente de NADPH que catalisa a conversão de L-ARGININA e OXIGÊNIO para produzir CITRULINA e ÓXIDO NÍTRICO.Relação Dose-Resposta a Droga: Relação entre a quantidade (dose) de uma droga administrada e a resposta do organismo à droga.Cães: O cão doméstico (Canis familiaris) compreende por volta de 400 raças (família carnívora CANIDAE). Estão distribuídos por todo o mundo e vivem em associação com as pessoas (Tradução livre do original: Walker's Mammals of the World, 5th ed, p1065).Arginina: Aminoácido essencial que é fisiologicamente ativo na forma L.Arteríolas: As menores ramificações das artérias. Estão localizadas entre as artérias musculares e os capilares.Fatores Relaxantes Dependentes do Endotélio: Substâncias parácrinas produzidas pelo ENDOTÉLIO VASCULAR com atividades de relaxamento do MÚSCULO LISO VASCULAR (VASODILATAÇÃO). Vários fatores têm sido identificados, incluindo ÓXIDO NÍTRICO e PROSTACICLINA.Pletismografia: Registro da mudança no tamanho de uma região quando modificada pela circulação presente.Músculo Liso Vascular: Tecido muscular não estriado e de controle involuntário que está presente nos vasos sanguíneos.Adrenomedulina: Peptídeo com 52 aminoácidos com múltiplas funções. Foi originalmente isolado do FEOCROMOCITOMA e da MEDULA SUPRARRENAL, mas é amplamente distribuído através do corpo, incluindo tecidos pulmonares e renais. Além de controlar a homeostase de líquidos eletrolíticos, a adrenomedulina é um potente vasodilatador e pode inibir a secreção de ACTH pela hipófise.Circulação Renal: Circulação do SANGUE através dos vasos do RIM.Cromakalim: Vasodilatador que abre o canal de potássio e que tem sido investigado no tratamento da hipertensão. Também tem sido testado em pacientes com asma. (Tradução livre do original: (Martindale, The Extra Pharmacopoeia, 30th ed, p352)Indometacina: Anti-inflamatório não esteroidal (NSAID) que inibe a enzima ciclo-oxigenase necessária para a formação de prostaglandinas e outros autacoides. Também inibe a motilidade de leucócitos polimorfonucleares.Nitroarginina: Inibidor da óxido nítrico sintetase que demonstra impedir a toxicidade mediada pelo glutamato. Estudos experimentais têm testado a capacidade da nitroarginina de impedir a toxicidade mediada pela amônia, bem como as alterações de energia e metabolismo cerebral da própria amônia.Dipiridamol: Inibidor da fosfodiesterase que bloqueia a captação e o metabolismo de adenosina nos eritrócitos e células endoteliais vasculares. O dipiridamol também potencia a ação antiagregante da prostaciclina.Minoxidil: Vasodilatador potente de ação periférica direta (VASODILATADORES) que reduz a resistência periférica e produz queda da PRESSÃO ARTERIAL. (Tradução livre do original: Martindale, The Extra Pharmacopoeia, 30th ed, p371)Artéria Pulmonar: Vaso curto e calibroso que se origina do cone arterial do ventrículo direito e transporta sangue venoso para os pulmões.Dinitrato de Isossorbida: Vasodilatador utilizado no tratamento da ANGINA PECTORIS. Suas ações são semelhantes às da NITROGLICERINA, mas com um início de efeito mais lento.Artérias: Os vasos que transportam sangue para fora do coração.Fatores Biológicos: Compostos sintetizados endogenamente que podem influenciar fenômenos biológicos que não são classificados como ENZIMAS, HORMÔNIOS ou ANTAGONISTAS DE HORMÔNIOS.Microcirculação: Circulação do SANGUE através da rede de MICROVASOS.Inibidores Enzimáticos: Compostos ou agentes que se combinam com uma enzima de tal maneira a evitar a combinação substrato-enzima normal e a reação catalítica.Prostaglandinas: Grupo de compostos derivados do ácido graxo insaturado de vinte carbonos, geralmente o ácido araquidônico, através da via da cicloxigenase. São mediadores potentes de um grupo diverso de processos biológicos.Frequência Cardíaca: Número de vezes que os VENTRÍCULOS CARDÍACOS se contraem por unidade de tempo, geralmente por minuto.Benzopiranos: Compostos com um núcleo de anéis benzopirânicos ligados.Ácido 15-Hidroxi-11 alfa,9 alfa-(epoximetano)prosta-5,13-dienoico: Análogo de endoperóxido de prostaglandina estável que serve como um mimético do tromboxano. Suas ações incluem o mimetismo do efeito hidro-osmótico da VASOPRESSINA e ativação das FOSFOLIPASES TIPO C. (Tradução livre do original: J Pharmacol Exp Ther 1983;224(1): 108-117; Biochem J 1984;222(1):103-110).