Tumor do Seio Endodérmico: Tumor incomum e agressivo de origem em células germinativas que reproduz as estruturas extraembrionárias do embrião em seu início. É o tumor maligno de células germinativas mais comum em crianças. É caracterizado por um padrão glandular labiríntico de células epiteliais achatadas e processos papilares redondos com uma capilaridade central (corpo de Schiller-Duval). O tumor é raramente bilateral. Antes do uso de quimioterapia combinada, o tumor era quase invariavelmente fatal.Mesonefroma: Raro tumor maligno do trato genital feminino, mais frequentemente do ovário, antigamente sendo considerado resultante de restos mesonéfricos, mas agora considerado como tendo derivação dos canais de Müller. Histologicamente assemelha-se ao carcinoma de células renais, com células claras e células em forma de cravos. (Dorland, 28a ed)Disgerminoma: Neoplasia maligna ovariana, que se pensava ser derivada das células germinativas primordiais de gônadas embrionárias sexualmente indiferenciadas. É a contraparte do seminoma clássico dos testículos que é idêntico tanto no aspecto como na histologia. Os disgerminomas compreendem 16 por cento de todos os tumores de células germinativas, mas são raros abaixo da idade de 10 anos, embora aproximadamente 50 por cento ocorram antes dos 20 anos de idade. Geralmente, são considerados como malignidade de grau intermediário, porém podem disseminar-se caso o tumor se estenda através de sua cápsula e envolva linfonodos ou vasos sanguíneos. (Tradução livre do original: Dorland, 27th ed; DeVita Jr et al., Cancer: Principles & Practice of Oncology, 3d ed, p1646)alfa-Fetoproteínas: Primeiras alfa-globulinas a aparecerem no soro de mamíferos durante o DESENVOLVIMENTO FETAL e as proteínas séricas predominantes na vida embrionária precoce.Neoplasias Ovarianas: Tumores ou câncer de OVÁRIO. Estas neoplasias podem ser benignas ou malignas. São classificadas de acordo com o tecido de origem, como EPITÉLIO superficial, células endócrinas do estroma e CÉLULAS GERMINATIVAS totipotentes.Seio Piriforme: Pequeno sulco em cada lado da parede da HIPOFARINGE.Teratoma: Neoplasia verdadeira composta por um certo número de tipos diferentes de tecidos, nenhum dos quais originário da área em que ocorre. É composto por tecidos derivados de três camadas germinativas, o endoderma, o mesoderma e o ectoderma. São classificadas histologicamente como maduras (benigna) ou imaturas (maligna). (Tradução livre do original DeVita Jr et al., Cancer: Principles & Practice of Oncology, 3d ed, p1642)