Sistemas de Informação: Grupo integrado de arquivos, procedimentos e equipamentos para o armazenamento, manipulação e recuperação de informações.Sistemas de Informação Hospitalar: Sistema integrado assistido por computador planejado para armazenar, manipular e recuperar informação relativa aos aspectos administrativos e clínicos do fornecimento de serviços médicos no hospital.Sistemas de Informação Geográfica: Sistemas de computação capazes de reunir, armazenar, manipular e exibir informação geograficamente referenciada, i. é, dados identificados de acordo com suas localizações.Sistemas de Informação Administrativa: Sistemas designados para provisão de informação relacionada basicamente com as funções administrativas associadas à provisão e utilização de serviços; inclui também planejamento de programas.Sistemas de Informação em Radiologia: Sistemas automatizados usados nas várias funções do serviço de radiologia incluindo ordenamento dos pacientes, controle dos filmes, relatório diagnóstico e faturamento.Sistemas de Informação em Saúde: Sistema para a coleta ou processamento de dados a partir de várias fontes e que usa a informação para a execução de políticas em serviços de saúde, bem como para o seu gerenciamento. Pode ter versões eletrônicas ou em papel. (Tradução livre do original: http://web.worldbank.org/WBSITE/EXTERNAL/TOPICS/EXTHEALTHNUTRITIONANDPOPULATION/EXTHSD/0,,contentMDK:22239824~menuPK:376799~pagePK:148956~piPK:216618~theSitePK:376793,00.html. http://www.who.int/healthinfo/systems/en/)Sistemas de Informação em Laboratório Clínico: Sistemas de informação, normalmente assistidos por computador, projetados para armazenar, manipular e recuperar informações para planejamento, organização, direção e controle de atividades administrativas e clínicas associadas com a provisão e utilização de serviços de laboratórios clínicos.Sistemas Computadorizados de Registros Médicos: Sistemas baseados em computadores para admissão, estoque, demonstração, recuperação e impressão de informação contida em um registro médico do paciente.Sistemas de Computação: Sistemas compostos de um computador ou computadores, equipamento periférico como discos, impressoras e terminais, e capacidade de telecomunicações.Integração de Sistemas: Procedimentos envolvidos em combinar módulos, componentes ou subsistemas desenvolvidos separadamente, de forma que eles trabalhem (juntamente) como um sistema completo.Sistemas de Informação em Atendimento Ambulatorial: Sistemas de informação normalmente assistidos por computador projetados para armazenar, manipular e recuperar informações para planejar, organizar, dirigir e controlar atividades administrativas associadas com a provisão e utilização de serviços de cuidados de ambulatório e instalações.Redes de Comunicação de Computadores: Sistema que contém qualquer combinação de computadores, terminais de computador, impressoras, dispositivos de exibição auditivos ou visuais ou telefones interconectados por equipamento de telecomunicações ou cabos: usados para transmitir ou receber informação.Informática em Saúde Pública: Aplicação sistemática das ciências da informação e da computação à prática, pesquisa e aprendizado em saúde pública.Sistemas de Apoio a Decisões Administrativas: Sistemas baseados em computador, que possibilitam à administração perguntar ao computador, numa base para este fim específico, sobre vários tipos de informação da organização que prognostica o efeito de decisões potenciais.Sistemas de Informação em Salas Cirúrgicas: Sistemas de informação, geralmente computadorizados, projetados para armazenar, manipular e recuperar informação para atividades administrativas de planejamento, organização, direção e controle associadas com o fornecimento e utilização de serviços em salas e instalações cirúrgicas.Interface Usuário-Computador: A parte de um programa de computador interativo que emite mensagens para um usuário e recebe comandos de um usuário.Comunicações Via Satélite: Comunicações que usam um satélite ativo ou passivo para estender o alcance do rádio, televisão ou outra transmissão eletrônica devolvendo sinais para a terra de um satélite em órbita.Serviço Hospitalar de Radiologia: Serviço hospitalar responsável pela administração e provisão de diagnósticos radiológicos e serviços terapêuticos.Sistemas de Identificação de Pacientes: Procedimentos organizados para o estabelecimento da identificação do paciente incluindo o uso de braceletes, etc.Sistemas de Informação em Farmácia Clínica: Sistemas de informação, normalmente assistidos por computador, projetados para armazenar, manipular e recuperar informações para planejamento, organização, direção e controle de atividades administrativas associadas com a provisão e utilização de serviços clínicos de farmácia.Segurança Computacional: Medida de proteção contra acesso sem autorização ou interferência com sistemas operacionais de computador, telecomunicações ou estruturas de dados, especialmente a modificação, apagamento, destruição ou liberação de dados em computadores. Inclui métodos de evitar interferência por vírus de computador ou os denominados hackers de computador que almejam comprometer dados armazenados.Topografia Médica: Agrimensura, mapeamento, desenho e descrição sistemática de sítios geográficos específicos, em relação aos aspectos físicos que se acredita influenciarem sobre a saúde e a doença. A topografia médica deve ser diferenciada da EPIDEMIOLOGIA, pois a primeira enfatiza a geografia, enquanto que a segunda enfatiza os surtos de doenças.Sistemas de Apoio a Decisões Clínicas: Sistemas de informação para computadores para integrar informação clínica e informações do paciente e prover apoio para tomada de decisão em cuidados ao paciente.Informática Médica: O campo da ciência de informação preocupado com a análise e disseminação de dados médicos através da aplicação de computadores para vários aspectos dos cuidados de saúde e da medicina.Registros de Enfermagem: Apontamentos feitos por enfermeiras relativos aos cuidados de enfermagem prestados ao paciente incluindo avaliação dos progressos deste.Gestão da Informação: Gestão da aquisição, organização, armazenamento, recuperação e disseminação de informação. (Tradução livre do original: Thesaurus of ERIC Descriptors, 1994)Mapas como Assunto: Representações, geralmente em escala e em meio plano, de uma seleção de aspectos materiais ou abstratos da superfície da terra, dos céus ou de corpos celestes.Atitude Frente aos Computadores: A atitude e o comportamento associados ao uso do computador.Sistemas Integrados e Avançados de Gestão da Informação: Conceito desenvolvido em 1983 sob a égide e suporte da Biblioteca Nacional de Medicina (National Library of Medicine, EUA), sob o nome de Sistemas Integrados de Gestão da Informação Acadêmica, para prover aos profissionais em centros de ciências de saúde acadêmicos e instituições de ciências de saúde acesso conveniente a uma cadeia integrada e ampla de conhecimento. Envia um largo perfil de usuários dos administradores e corpo docente para os estudantes e clínicos e tem aplicações no planejamento, tomada de decisões clínicas e administrativas, ensino e pesquisa. Provê acesso a vários tipos de bancos de dados clínicos, administrativos, educacionais, etc., como também pesquisa e bancos de dados bibliográficos. Em agosto de 1992 o nome foi mudado de Sistemas Integrados de Gestão da Informação Acadêmica para Sistemas Integrados e Avançados de Gestão da Informação para refletir o uso além do ambiente acadêmico.Bases de Dados Factuais: Coleções extensivas, supostamente completas, de fatos e dados armazenados do material de uma área de assunto especializada posto à disposição para análise e aplicação. A coleção pode ser automatizada através de vários métodos contemporâneos para recuperação. O conceito deve ser diferenciado de BASES DE DADOS BIBLIOGRÁFICAS que é restringida a coleções de referências bibliográficas.Software: Programas e dados operacionais sequenciais que instruem o funcionamento de um computador digital.Desenho de Programas de Computador: Especificações e instruções aplicadas aos programas de computador.Armazenamento e Recuperação da Informação: Atividades organizadas relacionadas com a estocagem, localização, busca e recuperação de informação.Geografia: Ciência que estuda a terra e sua vida, especialmente a descrição da terra, mar e ar e a distribuição da vida vegetal e animal, incluindo a humanidade e suas indústrias referentes às relações mútuas destes elementos. (Tradução livre do original: Webster, 3d ed)Internet: A confederação livre de redes de comunicação de computadores ao redor do mundo. As redes que compõem a Intenet são conectadas através de várias redes centrais. A internet proveio do projeto ARPAnet do governo norte-americano e foi projetada para facilitar a troca de informações.Tomada de Decisões Assistida por Computador: Uso de um sistema de computador interativo projetado para ajudar o médico ou outro profissional da saúde na escolha entre certas relações ou variáveis com a finalidade de tomar uma decisão de diagnóstico ou terapêutica.Telerradiologia: Transmissão eletrônica de imagens radiológicas de um local a outro para os propósitos de interpretação e/ou consulta. Usuários em diferentes locais podem simultaneamente, visualizar imagens com maior acesso a consultas secundárias e melhorada educação continuada.Fluxo de Trabalho: Descrição do padrão de funções ou procedimentos recorrentes frequentemente encontrado em processos organizacionais, como notificação, decisão e ação.Informática em Enfermagem: Campo da ciência da informação preocupado com a análise e a disseminação de dados, através do uso de computadores no campo da enfermagem.Automação de Escritório: Uso de computadores ou sistemas de computação para execução de rotinas dos serviços de escritório, por exemplo, faturamento, registros relativos à administração do escritório.VermontMedicina Clínica: Estudo e prática da medicina por exame direto do paciente.Bases de Dados como Assunto: Coleções organizadas de registros de computador, unificadas em formato e conteúdo que são armazenadas em qualquer de uma variedade de modos legíveis por computador. Eles são grupos básicos de dados dos quais são criados arquivos legíveis por computador.Gestão da Informação em Saúde: Gerenciamento da aquisição, organização, recuperação e disseminação da informação em saúde.Inovação Organizacional: Introdução de mudanças criadas pela gerência que são novas para a organização.Microcomputadores: Computadores pequenos que usam chips microprocessadores LSI (large-scale integration) como a CPU (central processing unit) e semicondutores de memória para armazenamento compacto e barato de instruções de programa e dados. Eles são menores e menos caros que minicomputadores e normalmente são construídos em um sistema dedicado onde são aperfeiçoados para uma aplicação particular. "Microprocessador" pode se referir a CPU ou ao microcomputador inteiro.Aplicação de Informática Médica: Sistemas automáticos aplicados ao processo de cuidados ao paciente, inclusive diagnose, terapia e sistemas de comunicação de dados médicos dentro do cenário de cuidados de saúde.Sistemas de Gerenciamento de Base de Dados: Software planejado para armazenar, manipular, gerenciar e controlar dados para usos específicos.Apresentação de Dados: Apresentação visual de dados em um sistema homem-máquina. Um exemplo é quando dados são recuperados de um computador e transmitidos para um MONITOR DE TUBO DE RAIOS CATÓDICOS ou apresentação em tela de CRISTAL LÍQUIDO.Capacitação de Usuário de Computador: Processo de ensinar uma pessoa a interagir e comunicar-se com um computador.Estudos de Casos Organizacionais: Descrições e avaliações de organizações específicas de cuidados de saúde.Estados UnidosBrasil: A República Federativa do Brasil é formada por 5 regiões (norte, nordeste, centro-oeste, sudeste e sul), 26 Estados e o Distrito Federal (Brasília). A atual divisão político-administrativa é de 1988, quando foi criado o estado do Tocantins, a partir do desmembramento de parte de Goiás, e os territórios de Amapá e Roraima foram transformados em estados. Quinto país do mundo em área total, superado por Federação Russa, Canadá, China e EUA, e maior da América do Sul, o Brasil ocupa a parte centro-oriental do continente. São 23.089 km de fronteiras, sendo 7.367 km marítimas e 15.719 km terrestres. A orla litorânea estende-se do cabo Orange, na foz do rio Oiapoque, ao norte, até o arroio Chuí, no sul. Todos os países sul-americanos, com exceção de Equador e Chile, fazem fronteira com Brasil. Pouco mais de 70 km tornam a extensão norte-sul do país superior ao sentido leste-oeste. São 4.394,7 km entre os extremos leste e oeste. Ao norte, o ponto extremo do Brasil é a nascente do rio Ailã, no monte Caburaí, em Roraima, fronteira com a Guiana. Ao sul, o arroio Chuí, na divisa do Rio Grande do Sul com o Uruguai. A leste, a ponta do Seixas, na Paraíba. E a oeste, as nascentes do rio Moa, na serra da Contamana, no Acre, fronteira com o Peru. O centro geográfico fica na margem esquerda do rio Jarina, em Barra do Garça em Mato Grosso. (Almanaque Abril. Brasil, SP: Editora Abril S.A., 2002). Existe grande contraste entre os estados em relação aos aspectos físicos e demográficos e aos indicadores sociais e econômicos. A área do Amazonas, por exemplo, é maior do que a área somada dos nove estados da região nordeste. Enquanto Roraima e Amazonas têm cerca de um a dois habitantes por km2, no Rio de Janeiro e no Distrito Federal esse índice é superior a 300 (a média para o país é de 20,19 IBGE 2004). A população brasileira estimada para 2006 é de 186 milhões de habitantes distribuída em uma área de 8.514.215,3 km2 (média de 46 hab/km2). A mortalidade infantil média para o país é de 26,6 óbitos de crianças menores de um ano por 1000 nascidos vivos, variando de 47,1 para o estado de Alagoas (IBGE 2004) e 13,5 para o estado de São Paulo (SEADE 2005). A esperança (ou expectativa) de vida do brasileiro ao nascer é de 71,7 anos (IBGE 2004). A taxa de fecundidade é de 2,3 filhos por mulher menor de 20 anos (IBGE 2004). Em relação à economia, apenas três estados do Sudeste - São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais - respondem por cerca de 60 por cento do PIB brasileiro.Serviços de Informação: Serviços organizados para prover informação sobre qualquer questão que um indivíduo poderia ter usando bancos de dados e outras fontes.Registros Eletrônicos de Saúde: Meios que facilitam a transportabilidade de informação pertinente relativa à doença do paciente através de vários provedores e localizações geográficas. Algumas versões incluem ligações diretas com a informação online de saúde do consumidor que seja relevante às condições de saúde e aos tratamentos relacionados a um paciente específico.Administração de Instituições de Saúde: Gerenciamento da organização de INSTITUIÇÕES DE SAÚDE.Registro Médico Coordenado: Criação e manutenção de registros médicos e vitais em várias instituições de tal forma que facilitem o uso combinado dos dados de pacientes.Análise Espacial: Técnicas que estudam as entidades por meio do uso de suas propriedades topológicas, geométricas ou geográficas.Confidencialidade: Privacidade de informação e proteção contra revelação não autorizada.Redes Locais: Redes de comunicação que conectam vários dispositivos de hardware juntos dentro ou entre edifícios por meio de um cabo contínuo ou sistema telefônico de dados de voz.Coleta de Dados: Reunião sistemática de dados, com um objetivo específico, de várias fontes, incluindo questionários, entrevistas, observação, registros existentes e equipamentos eletrônicos.Programas Médicos Regionais: Coordenação das atividades e programas de diferentes instituições de assistência à saúde para uma determinada área geográfica visando a melhoria da qualidade e da prestação dos cuidados de saúde.Hipermídia: Compilações computadorizadas de unidades de informações (texto, som, gráficos e/ou vídeo) interconectadas por encadeamentos lógicos não lineares que permitem que os usuários sigam ótimos caminhos através do material e também dos sistemas usados para criar e exibir esta informação.Sistemas de Comunicação no Hospital: Transmissão de mensagens para o pessoal e pacientes em um hospital.Vigilância da População: Exame minucioso de uma população (população em geral, estudo de população, objetivo da população, etc.) geralmente usando métodos notáveis por sua praticabilidade, uniformidade e frequentemente por sua rapidez e mais ainda por sua completa precisão.Sistemas Especialistas: Programas de computador baseados em conhecimento desenvolvido de consultas com peritos em um problema, e o processamento e/ou formalização deste conhecimento usando estes programas de tal maneira que os problemas possam ser resolvidos.Eficiência Organizacional: A capacidade de uma organização, instituição ou negócio de produzir resultados desejados com um mínimo de gasto de energia, tempo, dinheiro, pessoal, material, etc.Satisfação dos Consumidores: Satisfação ou descontentamento em relação a um serviço prestado ou beneficio recebido.Hospitais Pediátricos: Hospitais especializados para prestação de assistência a crianças doentes.Avaliação da Tecnologia Biomédica: Avaliação do custo, eficácia, uso etc da tecnologia biomédica e as futuras implicações sociais, éticas e legais desta tecnologia.Linguagens de Programação: Linguagens específicas usadas para preparar programas de computador.Distribuição Espacial da População: Arranjo físico e localização de populações ou fatores ligados a elas.Sistemas em Linha: Sistemas onde os dados entrantes são inseridos no computador diretamente do ponto de origem (normalmente um terminal ou estação de trabalho) e/ou no qual são transmitidos dados de saída diretamente àquele ponto terminal de origem.Conhecimentos em Informática: Familiaridade e conforto no uso eficiente de computadores.Processamento Automatizado de Dados: Processamento de dados em grande parte executados através de meios automáticos.Difusão de Inovações: A ampla disseminação de ideias novas, procedimentos, técnicas, materiais e dispositivos e o grau pelo qual estes são aceitos e usados.Centros Médicos Acadêmicos: Complexos médicos que consistem em escolas de medicina, hospitais, clínicas, bibliotecas, instalações administrativas, etc.Vocabulário Controlado: Lista definida de termos com um significado fixo e inalterável, e da qual uma seleção é feita para a CATALOGAÇÃO, RESUMOS E INDEXAÇÃO, ou para pesquisa em LIVROS, REVISTAS COMO ASSUNTO e outros documentos. O controle tem a intenção de evitar a dispersão de assuntos relacionados entre DESCRITORES diferentes. A lista pode ser alterada ou estendida apenas pelo editor ou agência emissora. (Tradução livre do original: Harrod's Librarians' Glossary, 7th ed, p163)Censos: Enumerações das populações que geralmente registra a identidade de todas as pessoas em cada local da moradia com idade ou data de nascimento, sexo, profissão, nacionalidade, estado civil, renda, relação com o chefe de família, informações sobre a residência, educação, grau de instrução, dados relacionados coma a saúde (por ex., invalidez permanente) etc. O censo ou "contagem de pessoas" é mencionado várias vezes no Velho Testamento. Entre os Romanos, os censos eram intimamente relacionados com a contagem das tropas antes e depois de uma batalha e provavelmente uma necessidade militar. (Tradução livre do original: Last, A Dictionary of Epidemiology, 3d ed; Garrison, An Introduction to the History of Medicine, 4th ed, p66, p119)Mapeamento Geográfico: Mapeamento geográfico: Criação de uma representação das áreas da terra ou outros corpos celestes com o propósito de visualização da distribuição espacial de várias informações. (MeSH) Cartografia: Conjunto de técnicas que visam à elaboração, à redação e à edição de cartas geográficas ou mapas (Larousse Cultural, 1998); Representação do espaço tridimensional em uma prancha ou mapa com símbolos representativos dos diversos elementos físicos em uma área determinada.Astronave: Dispositivos tripulados e não tripulados que são projetados para serem colocados em uma órbita sobre a Terra ou em uma trajetória para outro corpo celeste.American Nurses' Association: Sociedade profissional que representa o campo da enfermagem.Notificação de Doenças: Comunicação obrigatória de determinadas doenças às autoridades de saúde pública locais, após diagnosticadas. (Tradução livre do original: Last, 2001)Radiologia: Especialidade voltada para o uso de raios X e outras formas de energia radiante no diagnóstico e no tratamento de doenças.Planejamento Ambiental: Estruturação do ambiente para permitir ou promover padrões específicos de comportamento.Conglomerados Espaço-Temporais: Excesso estatisticamente significante de casos de uma doença ocorrendo dentro de um determinado espaço e tempo.Sistemas de Registro de Ordens Médicas: Sistemas de informação, geralmente computadorizados que habilitam os usuários a iniciar procedimentos clínicos, prescrever medicações, etc. Estes sistemas permitem tomadas de decisões clínicas e diminuição de falhas durante o tratamento de um paciente.Gestão da Qualidade Total: Aplicação da prática de administração de empresas para, sistematicamente, manter e aperfeiçoar o desempenho da organização no seu todo. A efetividade e o sucesso são determinados e avaliados por medidas quantitativas da qualidade.Modelos Organizacionais: Representações e construções teóricas que descrevem ou explicam a estrutura e a hierarquia das relações e das interações, dentro ou entre as entidades organizacionais formais ou grupos sociais informais.Controle de Formulários e Registros: Função administrativa na qual padrões e diretrizes são desenvolvidos para o desenvolvimento, manutenção e manuseio de formulários e registros.Administração em Saúde Pública: Organização das unidades sanitárias que compõem a rede de serviços e atenção em saúde pública, identificando e descrevendo os tipos e modelos de organização, as prioridades e programações específicas, os órgãos centrais e regionais de saúde e a integração de serviços de saúde pública. (Botelho LJ ; Philippi JMS 1999 Universidade Federal de Sta. Catarina)UtahComputação em Informática Médica: Operações matemáticas e lógicas de procedimentos exatos utilizadas no estudo de informação médica que pertence a cuidados de saúde.Computadores de Mão: Tipo de MICROCOMPUTADORES, às vezes denominados PDA [de Personal Digital Assistant, ou seja, Assistente Digital Pessoal], que são muito pequenos e portáteis, cabendo em uma mão. São convenientes para o uso na clínica e outras situações de campo para uma rápida análise dos dados. Geralmente precisam ser acoplados a MICROCOMPUTADORES para as atualizações.Assistência à Saúde: Refere-se a todos os aspectos da provisão e distribuição de serviços de saúde a uma população.ComputadoresTerminologia como Assunto: Os termos, expressões, designações ou símbolos usados em uma ciência particular, disciplina ou área de assunto especializada.Secretárias de Consultório Médico: Pessoas responsáveis pelas diferentes tarefas relativas à rotina de um consultório médico.Transportes: Os meios de mover pessoas, animais, bens ou materiais de um lugar para outro.Sistemas Automatizados de Assistência Junto ao Leito: Laboratório e outros serviços oferecidos a pacientes junto ao leito. Estes incluem testes diagnósticos e de laboratório usando registro de informação automatizado.Registros Médicos: Registros de informações referentes às doenças dos pacientes.Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde: Atividades e programas encarregados de assegurar a qualidade dos cuidados em um ato ou um programa médico definido.Análise de Sistemas: A análise de uma atividade, procedimento, método, técnica ou negócio para determinar o que deve ser executado e como as operações necessárias podem ser executadas.Validação de Programas de Computador: O ato de testar os programas de computador para consentimento de um critério.Modelos Teóricos: Representações teóricas que simulam o comportamento ou atividade dos sistemas, processos ou fenômenos. Eles incluem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.Auditoria Administrativa: Revisão administrativa destinada a avaliar a eficiência e identificar áreas da instituição que necessitem um aprimoramento administrativo visando garantir a eficácia para que se atinjam os objetivos organizacionais.Computadores de Grande Porte: Computadores grandes tanto em tamanho como em capacidade.Administração dos Cuidados ao Paciente: Geração, planejamento, organização e administração de cuidados e serviços médicos e de enfermagem para os pacientes.Densidade Demográfica: Número de indivíduos por unidade de espaço.Prestação Integrada de Cuidados de Saúde: Sistema de cuidados de saúde que combina médicos, hospitais e outros serviços médicos com um plano de saúde para fornecer o espectro completo dos cuidados médicos para seus clientes. Em um sistema integrado completo, os três elementos chave - médicos, hospital e membros do plano de saúde - estão em equilíbrio em termos de combinação de recursos médicos com as necessidades dos compradores e pacientes.Hospitais Universitários: Hospitais mantidos por uma universidade para o ensino médico de estudantes, pós-graduandos e para pesquisa clínica.Laboratórios Hospitalares: Instalação hospitalar equipada para realizar procedimentos de investigação.Exposição Ambiental: Exposição de um indivíduo a agentes biológicos no ambiente ou a fatores ambientais como radiações ionizantes, produtos químicos e organismos patogênicos.Registros Médicos Orientados a Problemas: Sistema de registro, no qual a lista dos problemas do paciente, todo o histórico, dados físicos, dados laboratoriais, etc. pertinente a cada problema é colocada sob este cabeçalho.Tecnologia Radiológica: Aplicação de conhecimento científico ou tecnológico no campo de radiologia. O centro de aplicações geralmente é em volta de raio x ou radioisótopos, para fins diagnósticos ou terapêuticos mas as aplicações tecnológicas de qualquer radiação ou procedimento radiológico estão sob a competência da tecnologia radiológica.Sistemas Multi-Institucionais: Sistemas institucionais que consistem de um ou mais serviços de saúde que têm acordo de cooperação e administração conjunta, afiliação, serviços compartilhados ou outros acordos coletivos.Documentação: Organização, armazenamento, recuperação e disseminação sistemáticas de informação especializada, em particular de natureza científica ou técnica (Tradução livre do original: de ALA Glossary of Library and Information Science, 1983). Envolve, com frequência, autenticação e validação da informação.Monitoramento Ambiental: Monitoração do nível de toxinas, poluentes químicos, contaminantes microbianos ou outras substâncias danosas no ambiente (solo, ar e água), no trabalho ou nos corpos das pessoas e animais presentes naquele ambiente.Estudos de Avaliação como Assunto: Estudos que determinam a efetividade ou o valor dos processos, pessoal e equipamento, ou o material na condução destes estudos. Para medicamentos e dispositivos estão disponíveis os ENSAIOS CLÍNICOS COMO ASSUNTO, AVALIAÇÃO DE MEDICAMENTOS e AVALIAÇÃO PRÉ-CLÍNICA DE MEDICAMENTOS.Acesso aos Serviços de Saúde: Possibilidade dos indivíduos adentrarem e utilizarem os serviços de atenção à saúde, com vistas à resolução de problemas que afetem a saúde. Dentre os fatores que influem nesta possibilidade incluem considerações geográficas, arquitetônicas, de transporte, financeiras entre outras.Monitoramento Epidemiológico: Coleção, análise e interpretação de dados sobre a frequência, distribuição e consequências das doenças ou das condições de saúde para uso em planejamento, implementação e avaliação dos programas de saúde pública.Técnicas de Planejamento: Procedimentos, estratégias e técnicas de planejamento.Anatomia Comparada: Estudo comparado da estrutura animal com relação a órgãos ou partes homólogas. (Stedman, 25a ed)Disseminação de Informação: Circulação ou ampla dispersão de informação.Sistemas de Informação para Admissão e Escalonamento de Pessoal: Sistemas baseados em computador para uso na administração de recursos humanos numa instituição ex. distribuição de prestadores de serviços com relação às necessidades dos pacientes.Enfermagem: Campo da enfermagem voltado para a promoção, manutenção e restauração da saúde.Meio Ambiente: Elementos e condições externos que envolvem, influenciam e afetam a vida e o desenvolvimento de um organismo ou população.Prática de Saúde Pública: As atividades e empenho dos serviços de saúde pública em qualquer nível de uma comunidade.Técnicas de Apoio para a Decisão: Procedimentos matemáticos ou estatísticos usados como ajuda na tomada de uma decisão; frequentemente usado na tomada de decisões médicas.OregonTelecomunicações: Transmissão de informações a distância por meios eletrônicos.Cidades: Aglomeração humana localizada numa área geográfica circunscrita com numerosos estabelecimentos destinados à moradia e/ou a atividades culturais, mercantis, industriais, financeiras e outras não relacionadas com a exploração direta do solo. (Houaiss, 2001)Unidades de Cuidados Respiratórios: Unidade hospitalar na qual os pacientes com problemas respiratórios que requerem cuidados especiais recebem cuidados intensivos.Determinação de Necessidades de Cuidados de Saúde: Identificação sistemática das necessidades de uma população ou a avaliação dos indivíduos para determinar o nível mais adequado das necessidades de serviço.Demografia: Ciência e prática que lida com análises estatísticas e matemáticas de dados sobre populações - tamanho, composição e distribuição espacial, bem como causas e consequências de mudanças na fertilidade, mortalidade, casamentos e migrações. (Tradução livre do original: Popline, 2002)Corpo Clínico Hospitalar: Médicos profissionais aprovados para prestar assistência médica em um hospital.Bases de Conhecimento: Coleções de fatos, suposições, opiniões e heurísticas que são usadas em combinação com bases de dados para atingir os resultados desejados, como um diagnóstico, uma interpretação, ou uma solução para um problema. (Tradução livre do original: McGraw Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Desenvolvimento de Programas: Processo de formulação, implementação e avaliação de planos e programas nos âmbitos federal, estadual e/ou municipal.Diagnóstico por Imagem: Qualquer exibição visual de padrões estruturais ou funcionais de órgãos ou tecidos para avaliação diagnóstica. Inclui medidas fisiológicas e respostas metabólicas a estímulos físicos e químicos, assim como ultramicroscopia.Questionários: Conjunto de perguntas previamente preparadas utilizado para a compilação de dados.Dispositivos de Armazenamento em Computador: Dispositivos capazes de receber dados, reter dados por um período indefinido ou definido de tempo e abastecer dados sob demanda.Área Programática (Saúde): Área geográfica definida e servida por um programa ou instituição de saúde.North CarolinaNational Library of Medicine (U.S.): Agência do NATIONAL INSTITUTES OF HEALTH (U.S.) envolvida com o planejamento global, promoção e administração de programas pertinentes ao avanço das ciências médicas e relacionadas. A maioria de suas atividades inclui a coleção, disseminação e troca de informação importante para o progresso da medicina e da saúde, pesquisa em informática médica e apoio para o desenvolvimento de biblioteca médica.Minicomputadores: Computadores pequenos aos quais faltam velocidade, capacidade de memória e capacidade instrutiva de um computador grande, mas que normalmente retêm sua flexibilidade programável. Eles são maiores, mais rápidos, mais flexíveis, poderosos e caros que microcomputadores.Periféricos de Computador: Unidades ou máquinas variadas que operam em combinação ou junto com um computador, mas não são fisicamente parte dele. Dispositivos periféricos tipicamente exibem dados de computador, armazenam dados do computador e devolvem os dados a ele quando requeridos, preparam dados para uso humano ou adquirem dados de uma fonte e convertem para uma forma utilizável por um computador.Geografia Médica: Área da medicina que lida com os efeitos de fatores geográficos como CLIMA, condições ambientais e localização geográfica na saúde e doença.Programas de Imunização: Serviços organizados para aplicar procedimentos imunológicos na prevenção de várias doenças. Os programas estão disponíveis em locais com amplo raio de ação: escolas, hospitais, órgãos de saúde pública, etc. São também oferecidos de modo amplo a diferentes grupos populacionais ou a diversos níveis administrativos: comunitário, municipal, estadual, nacional ou internacional.Atenção Primária à Saúde: É a assistência sanitária essencial baseada em métodos e tecnologias práticas, cientificamente fundados e socialmente aceitáveis, postos ao alcance de todos os indivíduos e famílias da comunidade mediante a sua plena participação e a um custo que a comunidade e o país possam suportar, em todas e cada etapa do seu desenvolvimento, com um espírito de autorresponsabilidade e autodeterminação. (Declaração de Alma-Ata - Organização Pan-Americana da Saúde, 2003)Saúde Pública: Ramo da medicina voltado para a prevenção e o controle de doenças e deficiências, e para a promoção da saúde física e mental da população tanto nos níveis internacional e nacional, como no estadual ou municipal.Processos de Enfermagem: Reunião de todas as atividades de enfermagem que incluem diagnóstico (identificação de necessidades), intervenção (prestação de cuidados) e avaliação (efetividade dos cuidados prestados)Vigilância de Evento Sentinela: Monitorização da proporção de ocorrência de condições específicas para avaliar a estabilidade ou alteração nos níveis de saúde de uma população. É também o estudo da proporção de doenças em um coorte específico, como uma área geográfica, um subgrupo populacional etc., para estimar uma tendência na população maior. (Tradução livre do original: Last, Dictionary of Epidemiology, 2d ed)Cuidados de Enfermagem: Cuidados prestados ao paciente pela equipe de enfermagem.Análise de Pequenas Áreas: Método de análise da variação na utilização da assistência à saúde em pequenas áreas geográficas ou demográficas. Geralmente estuda, por exemplo, taxas de utilização para um dado serviço ou procedimento em várias áreas pequenas, documentando a variação entre as mesmas. Comparando áreas de alta e baixa utilização, a análise tenta determinar um possível padrão para tal uso e identificar as variáveis associadas e contribuir para tal variação.Chade: República na África central ao leste da NIGÉRIA, oeste do SUDÃO e sul da LÍBIA. Sua capital é N'Djamena.População Urbana: Habitantes de uma cidade ou município, inclusive áreas metropolitanas ou suburbanas.Instalações de Saúde: Instituições que proveem serviços médicos e de saúde.Nível Sete de Saúde: Organização acreditada pelo American National Standards Institute que lida com especificações para apoiar o desenvolvimento e o avanço de padrões clínicos e administrativos em assistência à saúde.Estudos de Tempo e Movimento: A observação e análise dos movimentos envolvidos em uma tarefa com ênfase no tempo necessário para a realização da tarefa.Assistência ao Paciente: Serviços prestados por profissionais e não profissionais da saúde sob a supervisão dos primeiros.Surtos de Doenças: Aumento repentino na incidência de uma doença. O conceito inclui EPIDEMIA e PANDEMIA.Avaliação de Resultados (Cuidados de Saúde): Pesquisa voltada ao monitoramento da qualidade e efetividade da assistência à saúde medida em termos da obtenção de resultados pré-estabelecidos. Inclui parâmetros como melhoria do estado de saúde, diminuição de morbidade e mortalidade e melhoria de estados anormais (ex: pressão sanguínea elevada).New YorkTexasHospitais Públicos: Hospitais controlados pelos diferentes tipos de governo municipal, estatal ou federal.Tecnologia de Sensoriamento Remoto: Observação e aquisição de dados físicos de um local distante por meio da visualização e tomada de medidas desta localidade distante ou por meio de recepção de dados de observações feitas sobre uma localidade distante.Pesquisa sobre Serviços de Saúde: Pesquisa sobre a organização, administração, necessidades e funcionamento de serviços de saúde. Exclui pesquisa biomédica.Sistema de Registros: Sistemas e processos relativos ao estabelecimento, manutenção, administração e operação de registros e cadastros como por exemplo, registros de doenças.Análise por Conglomerados: Conjunto de métodos de estatística usados para agrupar variáveis ou observações em subgrupos altamente inter-relacionados. Em epidemiologia, pode-se usar para analisar séries de grupos de eventos com grande afinidade entre si ou casos de doença ou outros fenômenos relacionados à saúde cujos modelos de distribuição sejam bem definidos com respeito a tempo ou espaço, ou a ambos.Informática: Campo da ciência da informação preocupado com a análise e a disseminação de dados através da aplicação de computadores.Saúde da População Urbana: A qualidade de vida e a saúde da população urbana estão sujeitas a riscos considerados graves em razão dos problemas ambientais que afetam seu cotidiano, principalmente nas grandes metrópoles. São eles: poluentes ambientais emitidos pelo setor industrial e de transporte; os coliformes (bactérias) existentes nos esgotos residenciais e os metais pesados lançados pelas indústrias. As cidades sofrem ainda com a elevação da temperatura e com a poluição sonora e visual, violência, trânsito, estresse etc.. Todos esses problemas afetam a saúde de seus habitantes e demandam políticas, programas e serviços que possam minimizá-los.Mudança das Instalações de Saúde: Transferência de instituições de saúde de um local para outro, inclusive equipamentos.Registros como Assunto: Documentos por escrito que atestam a autenticidade da ocorrência de algum evento com importância legal. O conceito inclui certidões de nascimentos, mortes, etc., bem como registros médicos, hospitalares e de outras instituições.Benchmarking: Método para medir desempenho em relação a padrões estabelecidos de melhor prática.Incidência: Número de casos novos de doenças ou agravos numa determinada população e período.Recém-Nascido: Criança durante o primeiro mês após o nascimento.Engenharia Humana: Estudo científico das relações entre o homem e o seu ambiente de trabalho. (Ambiente é considerado em seu aspecto mais global incluindo equipamentos, aparelhos, ferramentas, materiais, métodos de trabalho e a própria organização do trabalho)Agricultura: A ciência, arte ou prática do cultivo da terra, produção agrícola e criação de gado.Unified Medical Language System: Programa de pesquisa e desenvolvimento iniciado pela NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE para construir fontes de conhecimento para auxiliar o desenvolvimento de sistemas que ajudem aos profissionais da saúde a recuperar e integrar as informações biomédicas. As fontes do conhecimento podem ser utilizadas para integrar informações discrepantes para compensar os problemas de recuperação devidos a diferenças de terminologia e dispersão das informações relevantes nos diversos bancos de dados. As três fontes de conhecimento são: o Metathesaurus, o Semantic Network e o Specialist Lexicon.Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital: Pessoal que presta cuidados de enfermagem a pacientes em um hospital.Academias de Ginástica: Instalações que têm programas que pretendem promover e manter um estado de bem-estar físico para ótimo desempenho e saúde.Medição de Risco: Métodos e técnicas aplicadas para identificar os fatores de risco e medir a vulnerabilidade aos perigos potenciais causados por desastres e substâncias químicas.Sistemas de Medicação no Hospital: Todos os sistemas tradicionais ou automáticos que fornecem medicamentos a pacientes. Os elementos desses sistemas são: manipulação da receita médica, transcrição da receita por enfermeiro ou farmacêutico, atendimento da receita médica, transferência para a unidade de enfermagem e administração da droga ao paciente.Alarmes Clínicos: Componentes de instrumentação médica, usados para avaliação fisiológica de pacientes, que sinalizam quando o valor do limiar é alcançado.Logradouros Públicos: Área de recreação ou de higiene para uso público.Fatores Socioeconômicos: Fatores sociais e econômicos que caracterizam o indivíduo ou o grupo dentro da estrutura social.Qualidade da Assistência à Saúde: Níveis de excelência que caracterizam os serviços ou cuidados de saúde prestados baseados em normas de qualidade.Previsões: 1) Predição ou projeção da natureza de problemas futuros ou condições existentes baseadas na extrapolação ou interpretação de dados científicos existentes ou por aplicação de metodologia científica. (MeSH) 2) Declaração da hora, lugar e magnitude esperada, de um evento futuro (para terremotos, erupções vulcânicas, etc.) (Material II - IDNDR, 1992).Logical Observation Identifiers Names and Codes: Vocabulário da base de dados de identificadores universais para resultados de testes laboratoriais e clínicos. Seu objetivo é facilitar a troca e armazenamento de resultados referentes aos cuidados clínicos, resultados de tratamento e de pesquisa. É gerado pelo Instituto Regenstrief. (Tradução livre do original: LOINC and RELMA [Internet]. Indianapolis: The Regenstrief Institute; c1995-2001 [citado em 2002 Apr 2]. Disponível de http://www.regenstrief.org/loinc)Informação de Saúde ao Consumidor: Informação planejada para usuários potenciais de serviços médicos e assistência à saúde. Há uma ênfase nas condutas preventivas e de autocuidado, como informações para usuário e disseminação ampla a comunidade.Chuvas: Partículas de água que caem da ATMOSFERA.Cultura Organizacional: Crenças e valores partilhados por todos os membros de uma organização. Esses valores partilhados, que estão sujeitos à mudança, se refletem nas operações do dia a dia da organização.Órgãos Governamentais: Unidades administrativas do governo responsável por criar políticas e administrar as atividades governamentais.Programas Nacionais de Saúde: Conjunto de normas, regulamentos e recomendações técnicas no âmbito nacional visando a implementação de estratégias sanitárias específicas, cuja organização pode basear-se em enfermidades (doenças infecciosas, cânceres etc.) ou ciclos de vida (infância, adolescência, adultos etc).Implementação de Plano de Saúde: Refere-se àquelas ações destinadas para a execução das recomendações contidas em planos e programas de saúde.Planejamento em Saúde: Processo que consiste em desenhar, executar, acompanhar e avaliar um conjunto de propostas de ação com vistas à intervenção sobre um determinado recorte de realidade. Trata-se também de um instrumento de racionalização das ações no setor de saúde, realizada por atores sociais, orientada por um propósito de manter ou modificar uma determinada situação de saúde. (Tancredi, 2002)Custos e Análise de Custo: Custos absolutos, comparativos ou diferenciais de serviços, instituições, recursos etc., ou a análise e estudo destes custos.Planejamento de Assistência ao Paciente: Geralmente um programa definido de cuidados médicos e de enfermagem destinado a um paciente em particular.Registros Hospitalares: Dados sobre atividades e programas hospitalares; não inclui registros médicos.Poços de Água: Construções feitas para se ter acesso à água subterrânea.Revisão da Utilização de Recursos de Saúde: Procedimento organizado realizado através de comitês para revisão das admissões, duração da estadia, suprimento de serviços profissionais e avaliar a necessidade médica daqueles serviços e promover o seus usos de forma mais eficiente.