Resíduos Industriais: Resíduos sem uso, danificados, defeituosos, supérfluos ou efluentes provenientes de processos industriais.Engenharia Sanitária: Ramo da engenharia que estuda os projetos, a construção e manutenção de instalações ambientais ligadas à saúde pública ex. abastecimento de água e disposição de resíduos.Incineração: Destruição de resíduos sólidos por altas temperaturas, pela combustão, com consequente redução a cinzas ou conversão a uma massa inerte (MeSH/NLM). Oxidação dos resíduos por meio de combustão controlada. Usa-se mais comumente no tratamento de cadáveres (Material IV - Glosario de Protección Civil, OPAS, 1992)Dicromato de Potássio: Sal de dipotássio do ácido crômico (H2Cr2O7). Apresenta-se na forma de cristais brilhantes laranja-avermelhados, sendo utilizado na tintura, coloração e curtimento do couro, como alvejante, agente oxidante e despolarizante para células dessecadas, etc. Na medicina, tem sido utilizado externamente como adstringente, antisséptico e cáustico. Quando administrado internamente, atua como um veneno corrosivo.Poluição Química da Água: Efeitos adversos em corpos aquáticos (LAGOS, RIOS, mares, água subterrânea etc.) causados por POLUENTES QUÍMICOS DA ÁGUA.United States Public Health Service: Organização constituinte do UNITED STATES DEPT. OF HEALTH AND HUMAN SERVICES que se ocupada da proteção e melhoria da saúde da nação americana (EUA).Legislação como Assunto: As decretações, sanções e promulgações de leis, decretos e regulamentos e sua regulamentação por órgãos oficiais de uma nação, estado, ou outra organização legislativa. Refere-se também a leis e regulamentos em geral relacionados à saúde ou para os quais não há descritor específico.Eliminação de Resíduos Líquidos: Aplica-se a soluções adotadas para a eliminação de águas residuárias exceto as indicadas por descritor mais específico.Eliminação de Resíduos: Descarte ou destruição do lixo, esgoto ou outro dejeto, ou sua transformação em algo útil ou inócuo.Resíduos: Material que permanece sem aplicação após completar um processo físico, químico ou biológico, como combustão, destilação, filtração, evaporação, fermentação, espremedura e outros. (Material III - Ministério da Ação Social, Brasília, 1992)Gerenciamento de Resíduos: Descarte, processamento, controle, reciclagem, e reutilização de sólidos, líquidos e gases provenientes de plantas, animais, humanos e outros organismos. Inclui o controle dentro de um sistema ecológico fechado para manter um ambiente habitável.Resíduos de Serviços de Saúde: Sangue, muco, tecidos removidos em cirurgia ou autópsia, vestimentas sujas usadas em cirurgias e outros materiais que demandem procedimentos especiais para sua destinação final.Eliminação de Resíduos de Serviços de Saúde: Administração, remoção e eliminação de resíduos biológico, infeccioso, patológico e odontológico. O conceito inclui sangue, muco, tecidos removidos por cirurgia ou autópsia, curativos cirúrgicos sujos e outros materiais que requeiram manuseio e controle especial. A disposição pode ser efetuada onde o resíduo é gerado ou em outra parte.Resíduos Radioativos: Resíduos líquidos, sólidos ou gasosos resultantes da mineração do minério radioativo, produção de combustíveis nucleares, operação do reator, processamento de combustíveis nucleares irradiados e operações relacionadas, e do uso dos materiais radioativos na pesquisa, indústria e medicina. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed)Resíduos Sólidos: Lixo, resíduo, esgoto ou outro material descartado de uma estação de tratamento de águas residuais e de abastecimento de água ou de uma instalação de controle de poluição que inclui material sólido, semissólido e contido. Não inclui material dissolvido no esgoto doméstico, refluxos de irrigação ou de descarga industrial.