Praziquantel: Anti-helmíntico usado na maioria das infestações por esquistossoma e muitos cestódeos.Anti-Helmínticos: Agentes destrutivos para os vermes parasitários. São usados terapeuticamente para tratar a HELMINTÍASE, tanto no homem como nos animais.Esquistossomicidas: Agentes que agem sistemicamente matando esquistossomos adultos.Contagem de Ovos de Parasitas: Determinação do número de ovos de parasitas nas fezes.Esquistossomose mansoni: A esquistossomose causada pelo Schistosoma mansoni. Ela é endêmica na África, no Oriente Médio, na América do Sul e no Caribe e afeta principalmente os intestinos, o baço e o fígado.Schistosoma haematobium: Espécie de trematódeo sanguíneo da família Schistosomatidae que ocorre em diferentes fases do desenvolvimento nas veias dos sistemas pulmonar e hepático e, finalmente, na luz da bexiga. Este parasita causa esquistossomose urinária.Esquistossomose Urinária: Doença humana causada por infecção pelo verme parasita SCHISTOSOMA HAEMATOBIUM. É endêmica na ÁFRICA e partes do ORIENTE MÉDIO. Os tecidos, mais frequentemente danificados estão no SISTEMA URINÁRIO, especificamente a BEXIGA URINÁRIA.Schistosoma mansoni: Espécie de trematódeo sanguíneo da família Schistosomatidae. É comum no delta do Nilo. O hospedeiro intermediário é o caramujo planorbídeo. Este parasita causa esquistossomose mansoni e bilhiarziose intestinal.Clonorquíase: Infecção das vias biliares pelo trematódeo hepático OPISTORCHIS SINENSES, a qual pode levar à inflamação da árvore biliar, proliferação do epitélio biliar, fibrose portal progressiva, e às vezes carcinoma das vias biliares; a extensão para dentro do parênquima hepático pode levar a alterações gordurosas e cirrose. (Dorland, 28a ed)Oxamniquine: Anti-helmíntico com atividade esquistossomicida contra Schistosoma mansoni, mas não contra outras espécies de Schistosoma. A oxamniquina faz com que os vermes se movam das veias mesentéricas para o fígado, onde os machos são retidos. As fêmeas retornam ao mesentério, mas não podem mais liberar os ovos. (Tradução livre do original: Martindale, The Extra Pharmacopoeia, 31st ed, p121)Esquistossomose: Infecção com vermes (trematódeos) do gênero SCHISTOSOMA. Três espécies produzem as doenças clínicas mais frequentes: SCHISTOSOMA HAEMATOBIUM (endêmico na África e Oriente Médio), SCHISTOSOMA MANSONI (no Egito, norte e sul do continente africano, em algumas ilhas das Índias Orientais, 2/3 do norte da América do Sul) e SCHISTOSOMA JAPONICUM (no Japão, China, Filipinas, Sulawesi, Tailândia, Laos). S. mansoni é detectado com frequência em porto-riquenhos que moram nos Estados Unidos.Albendazol: Anti-helmíntico benzimidazólico de largo espectro, relacionado estruturalmente com o MEBENDAZOL, que é eficaz contra muitas doenças.Infecções por Trematódeos: As infecções causadas pela infestação de vermes da classe Trematoda.Platelmintos: Filo de vermes achatados acelomados, bilateralmente simétricos e sem ânus definido. Inclui três classes: Cestoda, Turbellaria e Trematoda.Esquistossomose Japônica: Esquistossomíase causada por Schistosoma japonicum. É endêmica no extremo Oriente e infecta os intestinos, o fígado e o baço.Schistosoma japonicum: Espécie de trematódeo sanguíneo que pertence à família Schistosomatidae e cuja distribuição é confinada a áreas do Extremo Oriente. O hospedeiro intermediário é o caramujo. Ocorre no homem e outros mamíferos.Schistosoma: Gênero de trematódeos que pertence à família Schistosomatidae. Possui mais de doze espécies. Estes parasitas são encontrados no homem e outros mamíferos. Caramujos são os hospedeiros intermediários.Metoprene: Análogo do hormônio juvenil e regulador do crescimento de insetos. Usado para controlar insetos através da interrupção da metamorfose. Tem sido eficaz no controle das larvas de mosquito.Antiparasitários: Fármacos usados para tratar ou para prevenir infecções parasitárias.Infecções por Cestoides: As infecções por tênias verdadeiras da subclasse CESTODA dos helmintos.Clonorchis sinensis: Espécie de trematódeos da família Opisthorchidae. Muitas autoridades consideram que este gênero pertence a Opisthorchis. É comum na China e outros países asiáticos. Caramujos e peixes são os hospedeiros intermediários.Anticestoides: Fármacos usados para tratar infestação por tênias no homem ou nos animais.Paragonimíase: Infecção com TREMATÓDEOS do gênero PARAGOMINUS.Diphyllobothrium: Gênero de tênia contendo diversas espécies que ocorrem no intestino de peixes, aves e mamíferos, incluindo o homem. A infestação do homem ocorre geralmente pela ingestão de peixe não cozido. A fase larval é conhecida como SPARGANUM.Ivermectina: Mistura composta na maior parte de avermectina H2B1a (RN 71827-03-7) com pouca avermectina H2B1b (Rn 70209-81-3), que são macrolídeos obtidos de STREPTOMYCES avermitilis. Esta mistura se liga aos canais de cloreto controlados por glutamato causando aumento na permeabilidade e hiperpolarização de células nervosas e musculares. Interagem também com outros CANAIS DE CLORETO. É um antiparasitário de amplo espectro e ativo contra microfilárias de ONCHOCERCA VOLVULUS, mas não contra a forma adulta.Difilobotríase: A infecção por tênias do gênero Diphyllobothrium.Paragonimus: Gênero de trematódeos pulmonares (família Troglotrematidae) que infecta humanos e animais. Este gênero é composto por várias espécies, uma delas é o PARAGONIMUS WESTERMANI (trematódeo pulmonar comum no homem).Heterophyidae: Família de trematódeos intestinais da classe Trematoda que ocorre em animais e no homem. Alguns de seus gêneros são Heterophyes, Metagonimus, Cryptocotyle, Stellantchasmus e Euryhelmis.Opistorquíase: A infecção causada por trematódeos do gênero Opisthorchis.Anticorpos Anti-Helmínticos: Imunoglobulinas produzidas em uma resposta a ANTÍGENOS DE HELMINTOS.Equinococose: Infecção causada pela infestação da forma larvária de Tênias do gênero Echinococcus. Fígado, pulmões e rins são as áreas mais comuns de infestação.Cisticercose: Infecção por CYSTICERCUS, a forma larvar de várias vermes cestoides do gênero Taenia (geralmente T. solium em humanos). Em humanos penetram a parede intestinal e invadem o tecido subcutâneo, cérebro, olhos, músculo, coração, fígado, pulmões e peritônio. O comprometimento cerebral resulta em NEUROCISTICERCOSE.Cestoides: Subclasse de vermes segmentados compreendendo as tênias.Antígenos de Helmintos: Qualquer parte ou derivado de um helminto que induz uma reação imune. Os antígenos de helmintos mais frequentemente encontrados são os do schistosomos.Opisthorchis: Gênero de trematódeos hepáticos da família Opisthorchidae. Compreende as seguintes espécies: O. felineus, O. noverca (Amphimerus noverca) e O. viverrini. Os hospedeiros intermediários são os caramujos, peixes e ANFÍBIOS.Equinostomíase: A infecção causada por trematódeos do gênero Echinostoma.Fezes: Excrementos oriundos do INTESTINO que contêm sólidos não absorvidos, resíduos, secreções e BACTÉRIAS do SISTEMA DIGESTÓRIO.Doenças Parasitárias em Animais: Infecções ou infestações por organismos parasitas. As infestações podem ser experimentais ou veterinárias.Doenças do Gato: Doenças do gato doméstico (Felis catus ou F. domesticus). Este termo não inclui doenças dos chamados gatos grandes, como Chitas (Xitas), LEÕES, tigres, pumas, panteras, leopardos e outros Felidae, para os quais é utilizado o termo CARNÍVOROS.Trematódeos: Classe de trematódeos parasitas compreendendo três subclasses, Monogenea, Aspidogastrea e Digenea. Os trematódeos dioicos (com sexos separados) são os únicos encontrados no homem. São endoparasitas e requerem dois hospedeiros para completar seu ciclo de vida.Taenia: Gênero de grandes tênias ou solitárias.Toxascaríase: As infecções com nematoides do gênero TOXASCARIS.Zimbábue: República na África austral, a leste da ZÂMBIA e de BOTSUANA e a oeste de MOÇAMBIQUE. Sua capital é Harare. Antiga Rodhesia e Rhodesia Meridional.Toxascaris: Nematoide ascarídeo encontrado primariamente no pequeno intestino dos maiores Felidae assim como de cães e gatos. Difere de TOXOCARA pelo fato de que suas larvas não migram pelos pulmões. Ocasionalmente pode produzir LARVA MIGRANS VISCERAL no homem, embora mais raramente do que ocorre com Toxocara.LaosArtemisininas: Grupo de SESQUITERPENOS e seus análogos contendo um grupo peróxido (PERÓXIDOS) dentro de um anel oxepino (OXEPINAS).Teníase: A infecção por tênias do gênero Taenia.Helmintíase: A infestação com vermes parasitas da classe dos helmintos.Metastrongyloidea: Superfamília de nematoides da ordem STRONGYLIDA. Suas características incluem uma camada externa de cutícula preenchida com fluido assim como boca e cavidade reduzidas.Enteropatias Parasitárias: Infecção dos INTESTINOS com PARASITAS, geralmente envolvendo VERMES PARASITAS. Infecções com vermes cilíndricos (INFECÇÕES POR NEMATOIDES) e tênias (INFECÇÕES POR CESTOIDES) também são conhecidas como HELMINTÍASES.Echinococcus granulosus: Espécie de tênia hidátide (classe CESTODA, família Taeniidae) cuja forma adulta infecta o TRATO DIGESTÓRIO de CÃES, outros caninos e GATOS. A forma larval infecta OVINOS, PORCOS, CAVALOS e pode infectar o intestino de humanos, de onde migram para vários órgãos e formam CISTOS HIDÁTICOS permanentes.Uganda: República na África oriental, ao sul do SUDÃO e a oeste do QUÊNIA. Sua capital é Kampala.Himenolepíase: A infecção por tênias do gênero Hymenolepsis.Echinostoma: Gênero de trematódeos intestinais da família Echinostomatidae que consiste de várias espécies. Ocorrem no homem e outros vertebrados. Os hospedeiros intermediários são frequentemente moluscos.Neuroesquistossomose: A ESQUISTOSSOMOSE do cérebro, medula espinhal ou meninges causada por infecções com trematodes do gênero SCHISTOSOMA (principalmente SCHISTOSOMA JAPONICUM, SCHISTOSOMA MANSONI e SCHISTOSOMA HAEMATOBIUM em humanos). As infecções do sistema nervoso por S. japonicum podem causar uma menigoencefalite aguda ou uma encefalopatia crônica. As infecções do sistema nervoso pelo S. mansoni e S. haematobium estão associadas com mielite transversal aguda que envolve as porções distais da medula espinhal.Hicantone: Agente antiesquistossomal potencialmente tóxico, mas eficaz. É um metabólito da LUCANTONA.Costa do Marfim: República na África ocidental, ao sul de MALI e BURKINA FASSO, margeada por GANA ao leste. Sua capital administrativa é Abidjan e Yamoussoukro tem sido a capital oficial desde 1983. Antigamente era chamada Ivory Coast.Taenia solium: Espécie de tênia (gênero TAENIA) que infecta os suínos. Os homens a adquirem pela ingestão de porco defumado ou mal-cozido.