Prata: Prata. Um elemento com o símbolo atômico Ag, número atômico 47 e peso atômico 107,87. É um metal macio utilizado medicamente em instrumentos cirúrgicos, próteses dentárias e ligas metálicas. Utilização dos sais de prata por um longo período pode levar a uma forma de envenenamento conhecida por ARGIRIA.Nitrato de Prata: Sal prateado com poderosa atividade germicida. Tem sido utilizado topicamente para prevenir a OFTALMIA NEONATAL.Compostos de Prata: Compostos inorgânicos que contêm prata como parte integral da molécula.Impregnação pela Prata: Uso da prata, geralmente nitrato de prata, como reagente para produzir um contraste ou coloração em amostras de tecido.Sulfadiazina de Prata: Antibacteriano utilizado topicamente em tratamentos de queimaduras.Nanopartículas Metálicas: Nanopartículas produzidas de metais cuja utilização estão os biossensores, ópticos e catalizadores. Nas aplicações biomédicas, as partículas geralmente são envolvidas em metais nobres, especialmente ouro e prata.Argiria: Coloração acinzentada permanente da pele, conjuntiva e órgãos internos que resulta do uso longamente continuado de sais de prata. (Dorland, 28a ed)Química Verde: Prevenção da poluição por meio da criação de produtos químicos efetivos que tenham baixa ou nenhuma toxicidade e uso de processos químicos que reduzam ou eliminem o uso e a geração de substâncias perigosas.Proteínas de Prata: Compostos de prata e proteína utilizados como agentes anti-infectivos.Região Organizadora do Nucléolo: Região cromossômica a qual está ativa na formação do nucléolo e que funciona na síntese do RNA ribossômico.Coloração e Rotulagem: Marcação de material biológico com um corante ou outro reagente com o propósito de identificar e quantificar componentes de tecidos, células ou seus extratos.Anti-Infecciosos Locais: Substâncias, usadas nos seres humanos e em outros animais, que destroem microrganismos prejudiciais ou inibem sua atividade. São diferentes dos DESINFETANTES que são usados em objetos inanimados.Tamanho da Partícula: Relativo ao tamanho de sólidos.Nanocompostos: Estruturas compostas, em escala nanométrica, de moléculas orgânicas intimamente incorporadas a moléculas inorgânicas (Tradução livre do original: Glossary of Biotechnology and Nanobiotechology Terms, 4th ed).Ouro: Elemento metálico amarelo, cujo símbolo atômico é Au (número atômico 79 e massa atômica 197). É utilizado em joias, para banhar outros metais, como moeda e em restaurações dentárias. Em muitas de suas aplicações clínicas, por exemplo como ANTIRREUMÁTICOS, encontra-se na forma de sais.Coloides: Sistemas de duas fases em que uma é dispersa uniformemente em outra, como partículas suficientemente pequenas, de modo que não podem ser filtradas ou não se separam ('settle out'). A fase dispersante ou contínua, ou meio, envolve as partículas da fase descontínua. Os três estados da matéria podem formar coloides entre si.Microscopia Eletrônica de Transmissão: Microscopia eletrônica em que os ELÉTRONS ou seus produtos de reação que atravessam a amostra são convertidos em imagem abaixo do plano da amostra.Raposas: Qualquer dos vários carnívoros (família CANIDAE) que possuem orelhas eretas, longas caudas e menores que os LOBOS. São classificados em diversos gêneros encontrados em todos os continentes com exceção da Antártica.Nanofios: Fios, em escala nanométrica, feitos de materiais condutores de eletricidade. Podem ser cobertos com moléculas (como anticorpos) que se ligarão a proteínas e outras substâncias.