Próteses e Implantes: Substitutos artificiais para partes do corpo, e materiais inseridos em tecidos para propósitos funcionais, cosméticos ou terapêuticos. As próteses podem ser funcionais, como no caso de braços e pernas artificiais, ou cosméticas, como no caso de um olho artificial. Os implantes, todos cirurgicamente inseridos ou enxertados no corpo, tendem a ser utilizados terapeuticamente. IMPLANTES EXPERIMENTAIS estão disponíveis para aqueles usados experimentalmente.Desenho de Prótese: Planejamento e delineamento de próteses em geral ou de uma prótese específica.Implantes Dentários: Materiais biocompatíveis colocados dentro (endosteal) da ou sobre (subperiósteo) a arcada osseodentária para sustentar uma coroa, uma ponte ou um dente artificial ou, ainda, para estabilizar um dente doente.Prótese Articular: Próteses usadas para restituir parcial ou totalmente uma articulação humana ou animal. (Tradução livre do original: from UMDNS, 1999)Falha de Prótese: Malfuncionamento de desvios de implantação, válvulas, etc., e perda, migração e ruptura de próteses.Prótese do Joelho: Substituição de uma articulação do joelho.Prótese de Quadril: Substituição de uma articulação do quadril.Prótese de Pênis: Dispositivos hidráulicos cilíndricos rígidos, semirrígidos ou infláveis, com reservatório combinado ou separado e sistemas de bombas, implantados para tratamento cirúrgico de DISFUNÇÃO ERÉTIL orgânica.Implantes de Medicamento: Pequenos recipientes ou cápsulas de medicamento sólido, implantadas no corpo para obter liberação contínua da droga.Próteses Valvulares Cardíacas: Dispositivo que substitui a válvula cardíaca. Pode ser composto por material biológico (BIOPRÓTESE) e/ou material sintético.Implante de Prótese: Inserção cirúrgica de uma prótese.Próteses Visuais: Dispositivo artificial como uma câmera externa anexada a um estimulador na RETINA, NERVO ÓPTICO ou CÓRTEX VISUAL, com o intuito de restabelecer ou amplificar a visão.Membros Artificiais: Reposição protética de braços, pernas e suas partes.Prótese Dentária Fixada por Implante: Prótese que obtém seu suporte, estabilidade e retenção de uma estrutura que é implantada abaixo dos tecidos moles do alicerce basal do dispositivo e está em contato com o osso.Implantes de Mama: Implantes usados para reconstruir e/ou aumentar cosmeticamente a mama feminina. Eles têm um revestimento externo ou envelope de silicone elastômero e são preenchidos com salina ou gel de silicone. O revestimento externo pode ser liso ou texturizado.Implantes Experimentais: Substitutos artificiais para partes do corpo e materiais inseridos em organismos durante estudos experimentais.Ajuste de Prótese: A adaptação e ajuste de substituto fabricado para uma parte doentia ou ausente do corpo. (Stedman, 25a ed)Próteses Neurais: Dispositivos médicos que substituem uma função do sistema nervoso por meio da estimulação elétrica direta dos nervos e monitoramento da resposta ao estímulo elétrico.Implantação Dentária Endo-Óssea: Inserção de um implante dentro do osso da mandíbula ou maxilar. O implante tem uma cabeça exposta que se projeta através da mucosa e é um pivô prostodôntico.Prótese Ossicular: Implante usado para substituir um ou mais dos ossículos da orelha média. Eles são usualmente feitos de plástico, Gelfoam, cerâmica ou aço inoxidável.Implantes Orbitários: Objetos arredondados feitos de coral, teflon ou polímero aloplástico e cobertos com esclera, e que são implantados na órbita seguindo enucleação. Um olho artificial (OLHO ARTIFICIAL) geralmente é atado anterior ao implante orbital para fins cosméticos.Prótese Dentária: Substituição artificial de um ou mais dentes naturais ou parte de um dente, ou estruturas associadas, variando de uma parte de um dente a uma dentadura completa. A prótese dentária é utilizada por razões cosméticas ou funcionais, ou ambas. DENTADURAS e tipos específicos de dentaduras também estão disponíveis.Planejamento de Prótese Dentária: Projeto e delineamento de próteses dentárias em geral ou uma prótese dentária específica. Não abrange PLANEJAMENTO DE DENTADURA. A estrutura geralmente consiste de metal.Olho Artificial: Prótese feita em série ou sob medida, de vidro ou plástico, com a forma e cor para assemelhar-se à porção anterior de um olho normal e inserida por razões cosméticas na órbita de um olho enucleado ou eviscerado. (Dorland, 28a ed)Implantes Dentários para Um Único Dente: Dispositivos, usualmente aloplásticos, inseridos cirurgicamente dentro ou acima do osso da mandíbula, que suportam uma prótese de um único dente e servem como ponto de apoio ou como reposição cosmética para dentes perdidos.Implante de Prótese de Valva Cardíaca: Inserção cirúrgica de material sintético para restabeler valvas cardíacas lesadas ou doentes.Artroplastia de Substituição: Substituição parcial ou total de um articulação.Titânio: Elemento metálico cinzento-escuro de distribuição muito ampla, mas que ocorre em pequenas quantidades. Possui número atômico 22, peso atômico 47,90, símbolo Ti, densidade 4. Usado para fixação de fraturas. (Dorland, 28a ed)Infecções Relacionadas à Prótese: As infecções que resultam da implantação de artigos prostéticos. As infecções podem ser adquiridas através da contaminação intraoperatória (recente) ou adquiridas por via hematogênica de outros locais (tardia).AmputadosPrótese Vascular: Dispositivo feito de material sintético ou biológico usado para reparo de vasos sanguíneos danificados ou defeituosos.Prótese Maxilofacial: Aparelho protético para a substituição de áreas do maxilar, mandíbula e face, perdidas como resultado de deformidade, doença, lesão ou cirurgia. Quando a prótese substitui somente porções da mandíbula, é referida como PRÓTESE MANDIBULAR.Laringe Artificial: Dispositivo, ativado eletronicamente ou por ar pulmonar expirado, que simula a atividade laringea e permite à pessoa laringotomizada falar. Exemplos de dispositivo mecânico pneumático são as laringes artificiais Tokyo e Van Hunen. Dispositivos eletrônicos incluem eletrolaringe Western Electric, vibrador oral Tait, eletrolaringe Cooper-Rand e o apito Ticchioni.Retenção em Prótese Dentária: Retenção de uma PRÓTESE DENTÁRIA no local por meio da concepção do projeto ou pelo uso de dispositivos adicionais ou de adesivos.Reoperação: Operação refeita para a mesma doença, no mesmo paciente, devido à evolução ou recidiva da doença, ou como acompanhamento de cirurgia anterior que não atingiu seu objetivo.Implante Peniano: Inserção cirúrgica de dispositivos hidráulicos cilíndricos para tratamento de DISFUNÇÃO ERÉTIL orgânica.Implantes Absorvíveis: Implantes feitos de materiais desenvolvidos para serem absorvidos pelo corpo sem produzir uma resposta imune. Usualmente são compostos de plásticos e são frequentemente usados em ortopedia e ortodontia.Dente Suporte: Dentes naturais ou raizes dentárias utilizadas como ancoragem para uma dentadura fixa ou removível ou outras próteses (tal como um implante) servindo ao mesmo propósito.Artroplastia de Quadril: Substituição da articulação do quadril.Elastômeros de Silicone: Polímeros de silicone obtidos por ligações cruzadas [entre moléculas de monômeros] e tratamento com sílica amorfa para aumentar sua resistência (strength). Suas propriedades são semelhantes às da borracha natural vulcanizada, no sentido de que eles esticam sob tensão, retraem rapidamente depois de liberada [a tensão], recuperando completamente suas dimensões originais. São usados no encapsulamento de membranas e implantes cirúrgicos.Pigmentação em Prótese: Pigmentação, sombreamento ou tingimento de componentes, dispositivos e materiais protéticos.Cimentos para Ossos: Adesivos usados para fixar dispositivos protéticos a ossos, e para cimentar ossos entre si nas fraturas difíceis. As resinas sintéticas geralmente são usadas como cimento. Uma pasta óssea útil é a mistura de fosfato monocálcico monoidratado, fosfato alfa-tricálcico e carbonato de cálcio em solução de fosfato de sódio.Revestimento de Dentadura: Próteses removíveis construídas sobre dentes naturais ou pinos implantados.Implante Coclear: Inserção cirúrgica de um dispositivo auditivo eletrônico (IMPLANTES COCLEARES) com os eletrodos no NERVO COCLEAR da orelha interna para criar uma sensação sonora em pacientes com fibras nervosas residuais.Prótese Parcial Fixa: Dentadura parcial fixa a dentes naturais preparados, raizes ou implantes por cimentação.Cimentação: Junção de objetos por meio de um cimento (por exemplo, na fixação de fraturas, tal como na artroplastia de quadril pela junção do componente acetabular ao componente femoral). Em odontologia, é utilizada para os processos de fixação de partes de um dente ou material restaurativo a um dente natural ou para a fixação de bandas ortodônticas aos dentes por meio de um adesivo.Bioprótese: Prótese, geralmente da válvula cardíaca, composta de material biológico cuja durabilidade depende da estabilidade do material após o pré-tratamento, e não da regeneração pelas células do hospedeiro. A durabilidade é adquirida 1) mecanicamente pela interposição de um tecido, geralmente politetrafluoroetileno, entre o hospedeiro e o enxerto, e 2) quimicamente pela estabilização do tecido por ligação intermolecular, normalmente com glutaraldeído, após a remoção de componentes antigênicos, ou o uso de biopolímeros reconstituídos e reestruturados.Arcada Parcialmente Edêntula: A ausência de dentes de uma porção da mandíbula e/ou da maxila.Retenção da Prótese: Sustentação da PRÓTESE no local.Carga Imediata em Implante Dentário: Tipo de implante dentário endo-ósseo em que implantes são ajustados com contiguidade ou em que um implante com uma porção da coroa transmucosa é usado imediatamente (em 1 semana) depois da extração inicial. Por convenção, o implante é realizado em dois estágios com mais de dois meses entre os estágios.Ligas de Cromo: Ligas específicas com não menos que 85 por cento de cromo e níquel ou cobalto, com sinais de níquel ou cobalto, molibdênio e outras substâncias. São utilizados em dentaduras parciais, implantes ortopédicos, etc.Amplitude de Movimento Articular: A distância e direção para qual uma articulação óssea pode ser estendida. A amplitude de movimento é uma função da condição das articulações, músculos e tecidos conjuntivos envolvidos. A flexibilidade da articulação pode ser melhorada através de EXERCÍCIOS DE ALONGAMENTO MUSCULAR apropriados.Durapatita: Componente mineral de ossos e dentes; tem sido utilizado terapeuticamente como um auxílio protético e na prevenção e tratamento da osteoporose.Polietilenotereftalatos: Polímeros de poliéster formados a partir do ácido tereftálico (ou seus ésteres) e etilenoglicol. Podem ser produzidos em fitas, filmes ou esticados em fibras que são comprimidas formando fios, ou entrelaçados formando tecidos.Resultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.Ligas: Mistura de elementos metálicos ou compostos com outros elementos metálicos e metaloides em proporções variadas.Valva Aórtica: Válvula localizada entre o ventrículo esquerdo e a aorta ascendente que previne o refluxo de sangue para dentro do ventrículo esquerdo.Remoção de Dispositivo: Remoção de um dispositivo terapêutico ou protético implantado.Surdez: Termo geral para perda completa da habilidade em ouvir por ambas as orelhas.Fêmur: O mais longo e o maior osso do esqueleto; está situado entre o quadril e o joelho.Artroplastia do Joelho: Substituição da articulação do joelho.Materiais Biocompatíveis: Materiais sintéticos ou naturais (exceto as drogas), usados para substituir ou reparar qualquer tecido ou função do corpo.Cotos de Amputação: Parte do membro (ou cauda), após a amputação, próxima à seção amputada.Articulação do Quadril: Ligação que é formada pela articulação da cabeça do FÊMUR e o ACETÁBULO da PELVE.Reação a Corpo Estranho: Inflamação crônica e formação de granuloma ao redor de corpos estranhos irritantes.Polietilenos: Termoplásticos sintéticos que são elásticos, flexíveis, inertes e resistentes aos compostos químicos e corrente elétrica. São frequentemente utilizados como materiais biocompatíveis para próteses e implantes.Teste de Materiais: Teste de materiais e dispositivos, especialmente os usados para PRÓTESES E IMPLANTES; SUTURAS; ADESIVOS TECIDUAIS, etc., para dureza, força, durabilidade, segurança, eficácia e biocompatibilidade.Implante de Prótese Maxilofacial: Inserção cirúrgica de um aparelho para substituição de regiões do maxilar, mandíbula e face. Quando somente porções da mandíbula são substituídas, é referida como IMPLANTE DE PRÓTESE MANDIBULAR.Complicações Pós-Operatórias: Processos patológicos que afetam pacientes após um procedimento cirúrgico. Podem ou não estar relacionados à doença pela qual a cirurgia foi realizada, podendo ser ou não resultado direto da cirurgia.Polietileno: Material plástico que produz gases tóxicos ao ser incinerado; frequentemente usado em garrafas, embalagens para alimentos, bolsas, pratos e talheres descartáveis (Material IV - Glosario de Protección Civil, OPAS, 1992)Silicones: Grande família de polímeros organossiloxanos sintéticos que contêm uma estrutura repetida de silício-oxigênio com grupos laterais orgânicos anexados através de ligações carbono-silício. Dependendo de suas estruturas, são classificados como líquidos, géis e elastômeros.Falha de Restauração Dentária: Inabilidade ou inadequação de uma restauração dentária ou prótese ser realizada como o esperado.Retenção de Dentadura: Retenção de uma dentadura no local por tensão, aparelho ou adesão.Obturadores Palatinos: Instrumentos que fecham uma fenda ou fissura do palato.Seguimentos: Estudos nos quais indivíduos ou populações são seguidos para avaliar o resultado de exposições, procedimentos ou efeitos de uma característica, por exemplo, ocorrência de doença.Análise de Falha de Equipamento: Avaliação de incidentes envolvendo a perda de função de um equipamento. Estas avaliações são usadas para uma variedade de propósitos para determinar as taxas de insucessos, as causas de falhas, os custos das falhas e a confiança e durabilidade dos dispositivos.Fenômenos Biomecânicos: Propriedades, processos e comportamento de sistemas biológicos sob ação de forças mecânicas.Neoplasias FemoraisArtroplastia: Reconstituição cirúrgica de uma articulação para aliviar a dor ou restaurar o movimento.Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos: Procedimentos utilizados para reconstruir, restaurar ou melhorar estruturas defeituosas, danificadas ou perdidas.Eletrodos Implantados: Condutores elétricos alocados por cirurgia em um ponto específico dentro do corpo através dos quais uma ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA é liberada ou a atividade elétrica é registrada.Prótese Total Inferior: Dentadura completa substituindo todos os dentes mandibulares naturais e estruturas associadas. É completamente suportada pelo tecido oral e osso mandibular subjacente.Propriedades de Superfície: Características ou atributos dos limites externos dos objetos, incluindo moléculas.Amputação: A remoção de um membro, outro apêndice ou saliência do corpo. (Dorland, 28a ed)Substituição Total de Disco: Substituição de discos intervertebrais na coluna espinal com dispositivos artificiais. O procedimento é feito na coluna lombar ou cervical para aliviar dor severa resultante de DEGENERAÇÃO DO DISCO INTERVERTEBRAL.Géis de Silicone: Géis organosiloxanos sintéticos que são formados a partir de polímeros sintéticos de óxido de silicone com cadeias laterais orgânicas (polidimetilsiloxanos) para o enlongamento das cadeias de polímeros. Ao contrário dos silicones elastômeros, eles não são tratados com sílica amorfa. São utilizados como enchedores em implantes em mamas.Planejamento de Dentadura: Projeto, delineamento e localização de elementos estruturais presentes em dentaduras. O planejamento pode se relacionar a retentores, amortecedores de tensão (placas interoclusais, quebra-forças ou rompe-forças), apoios oclusais, arestas, estrutura, barreira lingual ou palatal, braços recíprocos, etc.Evisceração do Olho: Remoção cirúrgica dos conteúdos internos do olho, deixando a esclera intacta. Deve ser diferenciada da EVISCERAÇÃO ORBITAL que remove o conteúdo total da órbita, incluindo o globo ocular, vasos sanguíneos, músculos, tecido adiposo, suprimento de nervos e periósteo.Prótese Parcial Removível: Dentadura parcial projetada e construída para ser prontamente removida da boca.Articulação do Joelho: Conexão articular sinovial formada entre os ossos do FÊMUR, TÍBIA e PATELA.Osseointegração: Ação de crescimento do tecido ósseo, de modo a assimilar dispositivos ou próteses cirurgicamente implantados para serem usados como peças de reposição (p.ex., quadril) ou como âncoras (p.ex., implantes odontológicos endo-ósseos).Tíbia: Área que ocupa a região mais posterior da CAVIDADE ABDOMINAL. Esta área é limitada lateralmente pelas bordas dos músculos quadrados lombares e estende-se do DIAFRAGMA à borda da PELVE verdadeira, continuando então como espaço extraperitoneal pélvico.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Estenose da Valva Aórtica: Constrição patológica que pode acontecer acima (estenose supravalvar), abaixo (estenose subvalvar), ou na VALVA AÓRTICA. Caracteriza-se por fluxo restrito do VENTRÍCULO ESQUERDO para a AORTA.Cirurgia do Estribo: Cirurgia realizada em que parte do ESTRIBO, um osso no ouvido médio, é removido e uma prótese é colocada para ajudar a transmitir o som entre o ouvido médio e ouvido interno.Projeto do Implante Dentário-Pivô: Plano e contorno de IMPLANTE DENTÁRIO para ajuste ao DENTE SUPORTE.Transplante Ósseo: Enxerto ósseo de um sítio doador a um sítio receptor.Valva Mitral: Válvula localizada entre o átrio esquerdo e o ventrículo esquerdo do coração.Implantes de Molteno: Dispositivos implantados para controlar a pressão intraocular por permitir drenar o fluido aquoso da câmara anterior.Próteses Articulares Metal-Metal: Tipos de prótese de articulações em que ambas as superfícies da articulação de acoplamento são metálicas.Implante de Prótese Vascular: Inserção cirúrgica de PRÓTESE VASCULAR para reparar vasos sanguíneos danificados ou doentes.Estudos Retrospectivos: Estudos nos quais os dados coletados se referem a eventos do passado.Enucleação Ocular: Remoção cirúrgica da pálpebra deixando os músculos do olho e o conteúdo orbital remanescente intactos.Politetrafluoretileno: Homopolímero de tetrafluoretileno. Tubos ou fitas de plástico inerte, não inflamáveis, rígidos; usados para revestir recipientes, isolar, proteger e lubrificar equipamentos; também usados como membranas filtrantes, revestimento de implantes cirúrgicos, ou como material protético. Sinônimos: Fluoroflex; Fluoroplast; Ftoroplast; Halon; Polifeno; PTFE; Tetron.Coroas: Restauração protética que reproduz toda a superfície anatômica da coroa natural visível de um dente. Pode ser parcial (cobrindo três ou mais superfícies de um dente) ou completa (cobrindo toda a superfície). É feita de ouro ou outro metal, porcelana ou resina.Zircônio: Elemento metálico bastante raro; símbolo Zr; número atômico, 40; peso atômico, 91,22; obtido principalmente de um mineral chamado zircão. (Dorland, 28a ed)Percepção da Fala: O processo pelo qual uma fala é decodificada em uma representação em termos de unidades linguísticas (sequencias de segmentos fonéticos que se combinam formando morfemas léxicos e gramaticais)Acetato de Trembolona: Esteroide anabólico usado principalmente como agente anabólico na prática veterinária.Osteólise: A dissolução de osso que envolve particularmente a remoção ou perda de cálcio.Articulação do Ombro: Articulação entre a cabeça do ÚMERO e a cavidade glenoide da ESCÁPULA.Implante Mamário: Inserção cirúrgica de uma bolsa inerte cheia de silicone ou outro material para aumentar cosmeticamente as formas femininas.Acetábulo: Parte da pelve que compreende o encaixe pélvico onde a cabeça do FÊMUR se junta para formar a ARTICULAÇÃO DO QUADRIL (articulação acetabulofemoral).Mandíbula: O maior (e o mais forte) osso da FACE; constitui o maxilar inferior, que sustenta os dentes inferiores.Aumento do Rebordo Alveolar: Cirurgia pré-protética que envolve costela, cartilagem ou enxerto ósseo da crosta ilíaca, geralmente autóloga, ou implantes sintéticos para reconstruir o sulco alveolar.Projeto Auxiliado por Computador: O uso de computadores para projeto e/ou manufatura de qualquer coisa, inclusive drogas, procedimentos cirúrgicos, ortóticos e prostéticos.Prótese Mandibular: Aparelho protético para a substituição de áreas da mandíbula perdidas ou defeituosas como resultado de deformidade, doença, lesão ou cirurgia.Tantálio: Elemento metálico raro de símbolo Ta, número atômico 73, peso atômico 180,948. É um metal não corrosível e maleável que tem sido usado para placas ou discos de substituição em defeitos cranianos, para fios de sutura e para fabricar aparelhos de prótese. (Dorland, 28a ed)Contratura Capsular em Implantes: Encolhimento da cicatriz de encapsulação do corpo estranho que se forma ao redor de implantes artificiais mergulhados em tecidos corporais.Úmero: Osso em humanos e primatas que se estende da ARTICULAÇÃO DO OMBRO até a ARTICULAÇÃO DO COTOVELO.Osteoartrite do Quadril: A doença degenerativa não inflamatória da articulação do quadril que normalmente aparece em pessoas de meia idade ou em idosos. Ela é caracterizada por distúrbios do crescimento ou da maturação na cabeça e colo do fêmur, assim como displasia do acetábulo. Um sintoma dominante é a dor pela sobrecarga de peso ou movimentação.Materiais Revestidos Biocompatíveis: Materiais biocompatíveis geralmente usados nos implantes dentais ou ósseos que aumentam a fixação biológica; isto aumenta a força de ligação entre o material de revestimento e o osso, e minimiza os possíveis efeitos biológicos que possam resultar do implante em si.Poliésteres: Polímeros de ácidos e álcoois orgânicos, [unidos por] ligações éster -- geralmente tereftalato de polietileno; pode ser transformado em plástico rígido, em filmes ou fitas, ou [ainda] em fibras que podem ser entrelaçadas formando tecidos, malhas ou veludos.Peri-Implantite: Processo inflamatório com perda de osso de sustentação dos tecidos que circundam os IMPLANTES DENTÁRIOS funcionais.Correção de Deficiência Auditiva: Procedimentos para corrigir TRANSTORNOS DA AUDIÇÃO.Cerâmica: Produtos feitos por cozimento ou queima de minerais não metálicos (argila e materiais semelhantes). No preparo de restaurações dentais, ou partes das restaurações, o material é porcelana fundida.Laringectomia: Excisão total ou parcial da laringe.Estética: O ramo da filosofia que trata da natureza da beleza. Inclui beleza, experiência estética, julgamento estético, aspectos estéticos da medicina, etc.Telas Cirúrgicas: Qualquer material tecido ou tricotado de textura aberta usado em cirurgia para reparo, reconstituição ou substituição de tecido. A tela é usualmente um tecido sintético feito de vários polímeros. É ocasionalmente feita de metal.Desbridamento: A remoção de um material estranho e tecido desvitalizado ou contaminado de ou adjacente a uma lesão traumática ou infectada até que tecido sadio circundante seja exposto. (Dorland, 28a ed)Técnica de Moldagem Odontológica: Procedimento de produção de uma impressão ou imagem negativa dos dentes e/ou áreas sem dentes. As impressões são feitas em material plástico que ficam endurecidos ou fixos quando em contato com o tecido. Posteriormente são preenchidas com emplastro de Paris ou pedra artificial para produzir uma radiofoto das estruturas orais presentes. As impressões podem ser feitas de um complemento integral de dentes, de áreas onde alguns dentes foram removidos ou em uma boca da qual todos os dentes foram extraídos.Prótese Total Superior: Dentadura completa substituindo todos os dentes maxilares naturais e estruturas maxilares associadas. É completamente suportada pelo tecido oral e osso maxilar subjacente.Desenho de Equipamento: Métodos de criação de máquinas e dispositivos.Insuficiência da Valva Aórtica: Afecção caracterizada pelo refluxo de sangue da AORTA ASCENDENTE de volta para o VENTRÍCULO ESQUERDO, levando à regurgitação. É causada por doenças da VALVA AÓRTICA ou de seu tecido adjacente (raiz aórtica).Parafusos Ósseos: Dispositivos especializados usados em cirurgia em ORTOPEDIA para reparar fraturas ósseas.Cabeça do Úmero: Porção da extremidade arredondada superior do úmero que se encaixa na cavidade glenoide da ESCÁPULA. (Tradução livre do original: Stedman, 27th ed)Articulação do Cotovelo: Articulação dobradiça que conecta o ANTEBRAÇO ao BRAÇO.Estresse Mecânico: Condição puramente física que existe em qualquer material devido à distensão ou deformação por forças externas ou por expansão térmica não uniforme. É expresso quantitativamente em termos de força por área unitária.Análise de Elementos Finitos: Método, baseado em computador, para simular ou analisar o comportamento de estruturas ou componentes.Polipropilenos: Polímeros de propileno ou propeno. Termoplásticos que podem ser prensados em fibras, filmes ou formas sólidas. São utilizados como copolímeros em plásticos, especialmente o polietileno. As fibras são utilizadas em tecidos, filtros e suturas cirúrgicas.Suporte de Carga: Estado físico de suportar uma carga aplicada. Refere-se frequentemente aos ossos ou articulações que sustentam o peso do corpo, especialmente os da coluna vertebral, quadril, joelho e pé.Corrosão: 1) Deterioração ou destruição progressiva de um metal ou liga devido à oxidação ou à ação de um agente químico. (Tradução livre de McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th Ed) 2) Ação desgastadora da água sobre as paredes de um canal ou tubulações devido a sua grande velocidade (Repidisca).Osteoartrite: Doença articular degenerativa e progressiva que é a forma mais comum de artrite, especialmente em pessoas idosas. Acredita-se que a doença não resulta do processo de envelhecimento, mas de mudanças bioquímicas e estresses biomecânicos que afetam a cartilagem articular. Na literatura estrangeira, é frequentemente chamada de osteoartrose deformante.Estudos Prospectivos: Estudos planejados para a observação de eventos que ainda não ocorreram.Voz Esofágica: Método de fala usado após laringectomia, com som produzido por vibração da coluna de ar no esôfago de encontro ao esfíncter cricofaríngeo em contração. (Dorland, 28a ed)Arcada Edêntula: A ausência completa de dentes tanto da mandíbula ou da maxila, mas não de ambas. A ausência completa de dentes de ambas é a BOCA EDÊNTULA. A ausência parcial de dentes em uma delas é a ARCADA PARCIALMENTE EDÊNTULA.Doenças das Valvas Cardíacas: Afecções que envolvem quaisquer das várias VALVAS CARDÍACAS e as estruturas associadas (MÚSCULOS PAPILARES e CORDAS TENDINOSAS).Cadáver: Corpo morto, geralmente corpo humano.Dispositivos de Fixação Ortopédica: Dispositivos que são utilizados no tratamento de lesões ortopédicas e doenças.Recuperação de Função Fisiológica: Retorno parcial (ou completo) ao normal (ou a atividade fisiológica adequada) de um órgão (ou parte) após doença ou trauma.Porosidade: Situação em que se tem poros ou espaços abertos. Refere-se frequentemente a ossos, implantes ósseos, ou cimentos ósseos, mas pode se referir ao estado poroso de qualquer substância sólida.Migração de Corpo Estranho: Migração de um corpo estranho de sua localização original para alguma outra localização no corpo.Fraturas do Colo Femoral: Fraturas da porção curta, contraída do osso da coxa, entre a cabeça do fêmur e o trocanter. Estão excluídas as fraturas intertrocantéricas que são FRATURAS DO QUADRIL.Disco Intervertebral: Qualquer uma das 23 placas de fibrocartilagem encontrada entre os corpos de VÉRTEBRAS adjacentes.Amputação Traumática: Perda de um membro ou outro apêndice corpóreo por lesão acidental.Metilmetacrilatos: O éster metílico do ácido metacrílico que polimeriza facilmente e é utilizado como tecido tissular, materiais dentais e absorventes para substâncias biológicas.Maxila: Osso do par de ossos de forma irregular que constituem o maxilar superior. Fornece os processos alveolares dos dentes superiores, forma parte da ÓRBITA e contém o SEIO MAXILAR.Materiais Dentários: Materiais usados na produção de bases dentais, restaurações, impressões, próteses, etc.Perda Auditiva Bilateral: A perda auditiva parcial nas duas orelhas.Microscopia Eletrônica de Varredura: Microscopia em que o objeto é examinado diretamente por uma varredura de feixe de elétrons na amostra ponto-a-ponto. A imagem é construída por detecção de produtos de interação da amostra que são projetados acima do seu plano como elétrons dispersos no plano oposto. Embora a MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE TRANSMISSÃO também varra ponto-a-ponto a amostra com o feixe de elétrons, a imagem é construída pela detecção de elétrons, ou de seus produtos de interação que são transmitidos através do plano da amostra, formando desta maneira, a MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE TRANSMISSÃO.Fraturas do Fêmur: Fraturas do fêmur.Qualidade da Voz: Qualidade da FALA que dá a distinção primária da VOZ de um locutor quando são excluídos o tom e a sonoridade. Envolve tanto as características fonatórias como as de ressonância. Algumas descrições da qualidade da voz são aspereza, soprosidade e nasalidade.Substitutos Ósseos: Materiais sintéticos ou naturais para a reposição de ossos ou de tecido ósseo. Nesse item estão incluidos os polímeros para reposição de tecidos duros, coral natural, hidroxiapatita, beta-tricálcio fosfato, e vários outros biomateriais. Sendo materiais inertes, os substitutos ósseos podem ser incorporados nos tecidos circundantes ou serem gradualmente substituídos pelo tecido original.Óxido de Alumínio: Óxido de alumínio ocorre na natureza sob a forma de vários minerais, como bauxita, corindo (corindon), etc. É utilizado como adsorvente, agente dessecante, catalisador e na manufatura de cimentos e refratores dentais.Zeranol: Análogo estrogênico não esteroide.Instabilidade Articular: Perda de estabilidade de uma articulação ou de uma prótese articular. Os fatores envolvidos são doença intra-articular e integridade das estruturas extra-articulares tais com cápsula articular, ligamentos e músculos.Dente Artificial: Dente fabricado que substitui um dente natural em uma prótese. Geralmente é feito de porcelana ou plástico.Substituição Ossicular: Inserção cirúrgica de um implante para substituir um ou mais dos ossículos da orelha.Desarticulação: Amputação ou separação de uma articulação. (Dorland, 28a ed)Pessoas com Deficiência Auditiva: Pessoas com qualquer grau de perda de audição que tem um impacto em suas atividades de vida diárias ou que requerem ajuda especial ou intervenção.Fosfenos: Sensação visual subjetiva, com os olhos fechados e na ausência de luz. Os fosfenos podem ser espontâneos, ou induzidos por estímulos químicos, mecânicos (pressão) ou elétricos, que provocam claridade no campo visual do sem entrada de estímulos ópticos.Prótese Total: Dentadura substituindo todos os dentes naturais e estruturas associadas no maxilar e mandíbula.Retalhos Cirúrgicos: Pedaços de pele e tecido subcutâneo, às vezes incluindo músculos retirados de partes subjacentes, porém frequentemente ainda presas a uma extremidade. Eles retêm a própria microvasculatura que também é transferida para o novo local. São utilizados em cirurgias plásticas para reparar um defeito em região vizinha.Reparação em Dentadura: Processo de reunir ou substituir partes quebradas ou gastas de uma dentadura.Poliuretanos: Grupo de polímeros termoplásticos ou termofixos contendo poli-isocianato. São utilizados como ELASTÔMEROS, revestimentos, fibras e como espumas.Cabeça do Fêmur: Superfície articular hemisférica na extremidade superior do osso da coxa. (Stedman, 25a ed)Fixadores Internos: Dispositivos internos usados na osteossíntese para manter a posição da fratura no alinhamento apropriado. Pela aplicação dos princípios de engenharia biomédica, o cirurgião utiliza placas de metal, pregos, barras, etc., para a correção dos defeitos do esqueleto.Patela: Osso achatado, triangular, situado na parte anterior do JOELHO.Encaixe de Precisão de Dentadura: Dispositivo de precisão utilizado para adaptação de uma dentadura parcial fixa ou removível à coroa de um dente de apoio ou uma restauração. Um tipo é a fixação intracoronal e o outro tipo é a fixação extracoronal. Consiste de uma porção com rosca interna dentro da porção coronal da coroa de um apoio e uma porção com rosca externa ajustada à própria dentadura.Fraturas Periprotéticas: Fraturas ao redor de próteses de substituição de articulações ou implantes. Podem ocorrer no processo intra- ou pós-operatório.Cirurgia Assistida por Computador: Procedimentos cirúrgicos conduzidos com o auxílio de computadores. Isto é mais frequente em cirurgias ortopédica e laparoscópica para colocação de implantes e orientação dos instrumentos. A cirugia dirigida por imagem interativamente combina com a tomografia computadorizada prévia ou imagens por ressonância magnética (MRI) com vídeo de tempo real.Perda do Osso Alveolar: Reabsorção ou desgaste do osso de suporte dos dentes (PROCESSO ALVEOLAR) na MAXILA ou MANDÍBULA.Boca Edêntula: Falta total de dentes por causa de doença ou extração.Placas Ósseas: Dispositivos implantáveis para a fixação de fraturas que se unem aos fragmentos ósseos com parafusos para fazer uma ponte que una o intervalo da fratura e proteja o local do estresse, como as cicatrizações ósseas. (Tradução livre do original:UMDNS, 1999)Análise do Estresse Dentário: Descrição e medida dos vários fatores que produzem estresse físico sobre restaurações dentárias, próteses ou aparelhos, materiais associados a eles ou às estruturas orais naturais.Limiar Auditivo: O limite de audibilidade para discriminar a intensidade e o tom de um ruído.Fraturas do Ombro: Fraturas do úmero proximal, incluindo a cabeça, pescoços anatômico e cirúrgico e tuberosidades.Metais: Elementos químicos eletropositivos caracterizados pela ductibilidade, maleabilidade, brilho e condutibilidade de calor e eletricidade. Podem substituir o hidrogênio existente nos ácidos formando bases com radicais hidroxila.Prótese Parcial Temporária: Dentadura parcial planejada para uso de curta duração em uma situação temporária ou de emergência.Implantes Auditivos de Tronco Encefálico: Dispositivos auditivos de vários canais usados por pacientes que têm tumores no NERVO COCLEAR e são incapazes de se beneficiar dos IMPLANTES COCLEARES após a remoção do tumor que alimenta o nervo coclear. O dispositivo estimula eletricamente os nervos do núcleo coclear do TRONCO ENCEFÁLICO em vez do ouvido interno como é o caso dos implantes cocleares.Implantes para Drenagem de Glaucoma: Dispositivos, que geralmente incorporam válvulas unidirecionais, que são inseridos cirurgicamente na esclera para manter a pressão intraocular normal.Prótese Total Imediata: Dentadura completa construída para substituição dos dentes naturais imediatamente após sua remoção. Não se encaixa à boca perfeitamente e é aplicada somente para propósitos funcionais e cosméticos durante processos curativos após extração total. É substituída por dentadura permanente adequada.Neurorretroalimentação: Técnica para auto-regular as atividades encefálicas dispostas como uma retroalimentação para controlar ou melhorar a sua própria desempenho, controle ou função. Isto é feito por meio da tentativa de trazer as atividades encefálicas em um nível associado com uma função ou estado encefálicos desejados.Rampa do Tímpano: Câmara inferior da CÓCLEA, que se estende da janela redonda ao helicotrema (a abertura no ápice que conecta os espaços da RAMPA DO TÍMPANO e RAMPA DO VESTÍBULO preenchidos por PERILINFA).Luxação do Quadril: Deslocamento do fêmur em relação à posição normal da ARTICULAÇÃO DO QUADRIL.Prostodontia: Especialidade dentária que se ocupa da restauração e manutenção da função oral pela substituição de DENTE perdido e estruturas relacionadas por aparelhos artificiais ou PRÓTESE DENTÁRIA.Modelos Dentários: Dispositivos de apresentação usados para a educação do paciente e para a formação técnica em odontologia.Seio Maxilar: Espaço com ar localizado no corpo da maxila próximo a cada bochecha. Cada um dos seios paranasais comunica-se com o meato médio da CAVIDADE NASAL no mesmo lado.Otosclerose: Formação de osso esponjoso na cápsula do labirinto podendo progredir em direção ao ESTRIBO (fixação do estribo) ou em direção à CÓCLEA levando à PERDA AUDITIVA condutiva, neurossensorial ou mista. Vários genes estão associados com otosclerose familiar com variados sinais clínicos.Vitálio: Liga de 60 por cento de cobalto, 20 por cento de cromo, 5 por cento de molibdênio e sinais de outras substâncias. É utilizado em dentaduras, algumas aplicações cirúrgicas, próteses, implantes e instrumentos.Pênis: Órgão reprodutor externo masculino. É composto por uma massa de tecido erétil encerrada em três compartimentos cilíndricos fibrosos. Dois destes compartimentos, os corpos cavernosos, ficam lado a lado ao longo da parte superior do órgão. O terceiro compartimento (na parte inferior), o corpo esponjoso, abriga a uretra.Imãs: Objetos que produzem campo magnético.