Ovinos: Qualquer mamífero ruminante com chifres curvados (gênero Ovis, família Bovodae) que possuem sulco lacrimal e glândulas interdigitais (ausentes nas CABRAS).Doenças dos Ovinos: Doenças das ovelhas domésticas e montanhosas do gênero Ovis.Carneiro Doméstico: Espécie de ovelhas (Ovis aries) descendente das formas selvagens do Oriente Próximo, especialmente o muflão.Carneiro da Montanha: Espécie de ovelhas (Ovis canadensis) caracterizadas por chifres maciços e marroms. Há pelo menos quatro espécies e estão todas comprometidas ou ameaçadas.Retrovirus Jaagsiekte de Ovinos: BETARETROVIRUS causador de adenomatose pulmonar em ovinos (ADENOMATOSE PULMONAR OVINA).Cabras: Quaisquer dos numerosos RUMINANTES, ágeis, cornos ocos, (gênero Capra, família Bovidae) muito relacionados com as OVELHAS.Scrapie: Doença fatal do sistema nervoso de ovelhas e cabras, caracterizada por prurido, debilidade e descoordenação locomotora. É causada por partículas infecciosas proteináceas chamadas PRIONS.Doenças das Cabras: Doenças das cabras domésticas ou selvagens do gênero Capra.Adenomatose Pulmonar Ovina: Doença pulmonar, contagiosa e neoplásica de ovinos, caracterizada por hiperplasia e hipertrofia de pneumócitos e células epiteliais do pulmão. É causada por RETROVIRUS JAAGSIEKTE DE OVINOS.: Pelos de OVINOS ou outros animais que são usados para tecer.Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, [a idade gestacional] do filhote por nascer vai [é definida como sendo] do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.Rúmen: O primeiro estômago dos ruminantes. Localiza-se no lado esquerdo do corpo, ocupando totalmente o lado esquerdo do abdome e até mesmo estendendo-se até o lado direito cruzando o plano mediano do corpo. É amplo, divide-se em um saco superior e um inferior, cada um apresentando um saco cego em sua extremidade posterior. O rúmen encontra-se revestido por uma mucosa que não contém glândulas digestórias, mas glândulas secretoras de muco estão presentes em grande número. O alimento mastigado parcial e grosseiramente é armazenado e agitado no rúmen até o animal encontrar circunstâncias convenientes para a ruminação. Quando isto ocorre, pequenas bolas de alimento são regurgitadas para dentro da boca através do esôfago, são submetidas a uma segunda mastigação mais completa, são engolidas, e passam para as outras partes do estômago composto.Linfa: Líquido intersticial que compõe o SISTEMA LINFÁTICO.Gravidez: Estado durante o qual os mamíferos fêmeas carregam seus filhotes em desenvolvimento (EMBRIÃO ou FETO) no útero (antes de nascer) começando da FERTILIZAÇÃO ao NASCIMENTO.Bovinos: Animais bovinos domesticados (do gênero Bos) geralmente são mantidos em fazendas ou ranchos e utilizados para produção de carne, derivados do leite ou para trabalho pesado.Intoxicação por Plantas: Intoxicação pela ingestão de plantas ou suas folhas, frutos, raizes ou caules. As manifestações, tanto em humanos como em animais, variam no grau de severidade, desde leve até causar risco de morte. Em animais, especialmente animais domésticos, normalmente é o resultado da ingestão de fungos ou forragem fermentada.Omaso: Terceiro estômago dos ruminantes, situado no lado direito do abdome em um nível superior ao quarto estômago (entre este último e o segundo estômago) comunicando-se com ambos. De sua superfície interna projeta-se grande número de folhas ou folia, cada uma possuindo superfícies rugosas. No centro de cada folium há uma banda de fibras musculares que produzem um movimento de fricção da folha quando esta se contrai. Uma folha se atrita contra aquelas a cada lado desta, e grandes partículas de alimento são moídas entre as superfícies rugosas, consistindo de uma preparação para a digestão futura que acontecerá nas partes seguintes do canal alimentar. (Black's Veterinary Dictionary, 17th ed).Eritrócitos: Células vermelhas do sangue. Os eritrócitos maduros são anucleados, têm forma de disco bicôncavo e contêm HEMOGLOBINA, cuja função é transportar OXIGÊNIO.Estômago de RuminantePododermatite Necrótica dos Ovinos: Doença das partes córneas e das estruturas moles adjacentes dos pés de bovinos, suínos e ovinos. Geralmente é causada por Corynebacterium pyogenes ou Bacteroides nodosus (v.DICHELOBACTER NODOSUS). Também é conhecida como necrobacilose interdigital. (Tradução livre do original: Black's Veterinary Dictionary, 18th ed)Proteínas PrPSc: Isoforma anormal das proteínas príons (PRÍONS) resultantes de uma modificação pós-tradução da proteína celular príon (PROTEÍNAS PRPC). As proteínas PrPSC são proteínas específicas de doenças vistas em certas doenças neurodegenerativas humanas e animais (DOENÇAS PRÍON).Príons: Pequenas partículas proteináceas infecciosas que resistem à inativação por procedimentos que modificam os ÁCIDOS NUCLEICOS e contêm uma isoforma anormal de proteína celular que é o componente principal e necessário. A isoforma anormal (escrapie) é a PrPSc (PROTEÍNAS PRPSC) e a isoforma celular PrPC (PROTEÍNAS PRPC). A sequência primária de aminoácidos das duas isoformas é idêntica. Doenças humanas causadas por príons incluem a SÍNDROME DE CREUTZFELDT-JAKOB, SÍNDROME DE GERSTMANN-STRAUSSLER e INSÔNIA FAMILIAR FATAL.