Osteocondrose: Qualquer afecção do grupo de afecções ósseas que envolvem um ou mais centros de ossificação (EPÍFISES). É caracterizada por degeneração ou NECROSE seguida por revascularização e re-ossificação. A osteocondrose frequentemente ocorre em crianças, causando vários níveis de disconforto ou dor. Há muitos epônimos para áreas afetadas específicas, como navicular do tarso (Doença de Kohler) e tuberosidade da tíbia (Doença de Osgood-Schlatter).Osteocondrite: Inflamação de um osso e sua CARTILAGEM sobreposta.Osteocondrose da Coluna Vertebral: Distúrbio ósseo envolvendo centros de ossificação (EPÍFISES) da COLUNA VERTEBRAL.Doença de Scheuermann: Tipo de osteocondrose juvenil que afeta o disco fibrocartilaginoso (DISCO INTERVERTEBRAL) nas regiões torácica ou toracolombar da COLUNA VERTEBRAL. É caracterizada por uma concavidade à frente na CURVATURA DA COLUNA VERTEBRAL ou CIFOSE.Doenças dos Cavalos: Doenças dos cavalos domésticos e selvagens da espécie Equus caballus.Epífises: Extremidade dilatada dos ossos longos, separada da parte média pelo disco epifisário (até o crescimento ósseo cessar). Neste período, o disco desaparece e a extremidade se une à parte média do osso.Articulações Tarsianas: Articulações entre os vários OSSOS DO TARSO, que não incluem a ARTICULAÇÃO DO TORNOZELO (constituída pelas articulações entre TÍBIA, FÍBULA e TÁLUS).Osteofitose Vertebral: Crescimento excessivo de processos ósseos imaturos ou esporões (OSTEÓFITO) da COLUNA VERTEBRAL, o que reflete a presença de doença degenerativa e calcificação. Ocorre comumente na ESPONDILOSE lombar e cervical.Feto Abortado: Feto de mamífero expelido pelo ABORTO INDUZIDO ou ABORTO ESPONTÂNEO.Osteocondrite Dissecante: Tipo de oesteocondrite na qual a cartilagem articular e o osso associado tornam-se parcialmente ou totalmente destacados, formando corpos livres de articulação. Afeta principalmente as articulações do joelho, tornozelo e cotovelo.Tarso Animal: Região no membro inferior de um quadrúpede, correspondente ao TORNOZELO humano.Cavalos: Grandes mamíferos com cascos da família EQUIDAE. Cavalos são ativos dia e noite, com a maior parte do dia sendo gasta com a procura e consumo de alimento. Os picos de alimentação ocorrem no início da manhã e ao fim da tarde, e há diversos períodos diários de descanso.Lâmina de Crescimento: Área entre a epífise e a diáfise onde ocorre o crescimento ósseo.Coxeadura Animal: Marcha diferente da normal em animais.ArtropatiasDoenças dos Suínos: Doenças dos suínos domésticos e do javali selvagem do gênero Sus.Fêmur: O mais longo e o maior osso do esqueleto; está situado entre o quadril e o joelho.Cartilagem Articular: Camada protectora de cartilagem firme e flexível por cima das extremidades das articulações dos ossos. Provê uma superfície lisa que permite o movimento articular e protege as extremidades dos ossos longos contra o desgaste nos pontos de contato.Suínos: Qualquer animal da família Suidae, compreendendo mamíferos onívoros, robustos, de pernas curtas, pele espessa (geralmente coberta com cerdas grossas), focinho longo e móvel, e cauda pequena. Compreendem os gêneros Babyrousa, Phacochoerus (javalis africanos) e o Sus, que abrange o porco doméstico (ver SUS SCROFA)