Intuição: Conhecimento ou compreensão que ocorrem sem o uso consciente do raciocínio.Princípios Morais: Padrões de conduta que distinguem o certo do errado.Julgamento: O processo de descobrir ou afirmar uma relação objetiva ou intrínseca entre dois objetos ou conceitos; uma capacidade ou poder que permite que a pessoa realize julgamentos; o processo de esclarecer e afirmar o significado implícito de um conceito; uma avaliação crítica de uma pessoa ou situação.Eutanásia: Ato ou prática de matar ou permitir a morte por causas naturais, razões de compaixão, isto é, para libertar uma pessoa de uma doença incurável, sofrimento intolerável ou morte indigna. (Tradução livre do original: Beauchamp and Walters, Contemporary Issues in Bioethics, 5th ed)Análise Ética: Uso de métodos sistemáticos de exame ético, como CASUÍSMO ou TEORIA ÉTICA, na argumentação sobre problemas morais.Índios Sul-Americanos: Membros individuais de grupos étnicos da América do Sul com origens ancestrais históricas na Ásia.Ética Baseada em Princípios: Enfoque da ética centrado em teorias da importância de princípios gerais, como o respeito da autonomia, a beneficiência/não maleficiência e a justiça.Decepção: Ato de enganar ou o fato de ser enganado.Ética: Filosofia ou código que diz respeito ao que é ideal no caráter e na conduta humana. É também o campo de estudo que trata dos princípios da moralidade.Ética Médica: Princípios de conduta profissional própria relativos aos direitos e deveres do médico, relações com os pacientes e médicos da mesma categoria, assim como ações do médico no cuidado ao paciente e as relações interpessoais com a família do paciente.Tomada de Decisões: O processo de realizar um julgamento intelectual seletivo quando se é apresentado a várias alternativas complexas consistindo de diversas variáveis, e que geralmente leva à definição de um modo de agir ou de uma ideia.