Giardia: Gênero de EUCARIOTOS flagelados parasitas do intestino de vários vertebrados, incluindo o ser humano. Suas características incluem a presença de quatro pares de flagelos emergindo de um sistema complicado de axonemas e cistos, que têm forma elipsoidal a oval.Giardia lamblia: Espécie de EUCARIOTO parasita que se adere à mucosa intestinal e se alimenta de secreções mucosas. Grosseiramente, o organismo possui a forma de pera e sua motilidade é de certa forma errática, com oscilação vagarosa pelo eixo longitudinal.Giardíase: Infecção do intestino delgado causada pelo protozoário flagelado, GIARDIA LAMBLIA. Dissemina-se por meio de alimento e água contaminados e por contato direto de pessoa a pessoa.Cryptosporidium: Gênero de parasitas coccidioides (família CRYPTOSPORIDIIDAE) encontrados no epitélio intestinal de vários vertebrados, incluindo os humanos.Trofozoítos: Células ou estágio de desenvolvimento no ciclo de vida de protozoários esporozoários. No parasita da malária, o trofozoíto se desenvolve a partir do MEROZOÍTO e, então se quebra e forma o ESQUIZONTE. Os trofozoítos que restarem da divisão celular podem seguir, formando os gametócitos.Fezes: Excrementos oriundos do INTESTINO que contêm sólidos não absorvidos, resíduos, secreções e BACTÉRIAS do SISTEMA DIGESTÓRIO.Criptosporidiose: Infecção intestinal com organismos do gênero CRYPTOSPORIDIUM. Ocorre em animais, incluindo seres humanos. Os sintomas incluem DIARREIA grave.Cryptosporidium parvum: Espécie de protozoário parasita que infecta humanos e principalmente mamíferos domésticos. Seus oocistos medem cinco mícrons de diâmetro. Estes organismos apresentam ciclos alternantes de reprodução sexuada e assexuada.Oocistos: Cistos contendo os zigotos dos protozoários esporozoários. Seu desenvolvimento em um oocisto produz organismos pequenos infecciosos denominados ESPOROZOÍTOS. Desta maneira, dependendo do gênero, o oocisto inteiro é denominado esporocisto ou o ele contém vários esporocistos encapsulando chamados esporozoítos.Proteínas de Protozoários: Proteínas encontradas em quaisquer espécies de protozoários.Infecções por Protozoários: Infecções por organismos unicelulares membros do antigo sub-reino Protozoa.DNA de Protozoário: Ácido desoxirribonucléico que forma o material genético de protozoários.Parasitologia: Estudo de parasitas e DOENÇAS PARASITÁRIAS.Antígenos de Protozoários: Qualquer parte ou derivado de qualquer protozoário que induz imunidade; os antígenos da malária (Plasmodium) e do tripanossoma são atualmente os mais frequentemente encontrados.Antiprotozoários: Substâncias que destroem protozoários.RNA de Protozoário: Ácido ribonucleico de protozoários, que tem papéis regulatórios e catalíticos, bem como envolvimento na síntese proteica.Diplomonadida: Grupo de EUCARIOTOS flagelados, predominantemente simbióticos caracterizados por simetria axial binária associadas com a presença de um par de sistemas de organelas cariomastigontes. Dois núcleos estão aderidos por meio de fibras aos flagelos e não há MITOCÔNDRIAS. Os Diplomonadida foram, outrora, considerados membros da classe Zoomastigophora no antigo paradigma dos cinco reinos.Giardiavirus: Gênero de vírus RNA, da família TOTIVIRIDAE, que infectam protozoários. Infectam diversos isolados do protozoário flagelado e parasita humano, G. lamblia, mas não parecem estar associados com a virulência do parasita. A espécie típica é o vírus Giardia lamblia.Genoma de Protozoário: Complemento genético completo contido em um grupo de CROMOSSOMOS de um protozoário.Entamoeba: Gênero de protozoários ameboides caracterizado pela presença de cromatina granulada na superfície interna da membrana nuclear. Seus organismos são parasitas de invertebrados e vertebrados, incluindo o homem.Esporos de Protozoários: Estágio vegetativo do ciclo de vida dos protozoários esporozoários. É característico dos membros dos filos APICOMPLEXA e MICROSPORIDIA.Genes de Protozoários: Unidades hereditárias funcionais de protozoários.Triose-Fosfato Isomerase: Enzima que catalisa reversivelmente a conversão de D-gliceraldeído 3-fosfato para di-hidroxiacetona fosfato. Deficiência em humanos provoca a doença hemolítica não esferocítica (ANEMIA CONGÊNITA NÃO ESFEROCÍTICA).Entamoeba histolytica: Espécie de protozoário parasita que causa ENTAMEBÍASE e DISENTERIA AMEBIANA. Suas características incluem único núcleo contendo pequeno cariossomo central e cromatina periférica de granulação fina e regular.Abastecimento de Água: Meio ou processo de abastecimento de água (como para uma comunidade) que geralmente inclui reservatórios, túneis e tubulações e frequentemente a represa da qual a água provém. (Webster, 3d ed)Gerbillinae: Subfamília de Muridae que compreende diversos gêneros, incluindo Gerbillus, Rhombomys, Tatera, Meriones e Psammomys.Zoonoses: Doenças de animais que podem ser transmitidas aos HUMANOS ou podem ser transmitidas dos humanos para os animais.Contagem de Ovos de Parasitas: Determinação do número de ovos de parasitas nas fezes.Trichomonas vaginalis: Espécie de TRICHOMONAS que produz corrimento vaginal refratário em mulheres, assim como infecções uretrais e de bexiga em homens.Diarreia: Aumento na liquidez ou diminuição na consistência das FEZES, como evacuação contínua. A consistência fecal está relacionada com a razão entre a capacidade de sólidos insolúveis para reter água e a água total, e não com o total de água presente. Diarreia é diferente de excesso de defecação ou massa fecal aumentada.Metronidazol: Nitroimidazol utilizado para tratar a AMEBÍASE, VAGINITE, TRICOMONÍASE, GIARDÍASE, BACTÉRIAS ANAERÓBICAS e tricomonas INFECÇÕES POR TREPONEMAS. Foi também indicado como sensibilizador de radiação em células em hipóxia. De acordo com o Quarto Relatório Anual em Carcinógenos (NTP 85-002, 1985, p133), esta substância pode ser razoavelmente considerada um carcinógeno. (Tradução livre do original: Merck, 11th ed).Dados de Sequência Molecular: Descrições de sequências específicas de aminoácidos, carboidratos ou nucleotídeos que apareceram na literatura publicada e/ou são depositadas e mantidas por bancos de dados como o GENBANK, European Molecular Biology Laboratory (EMBL), National Biomedical Research Foundation (NBRF) ou outros repositórios de sequências.