Fontes de Energia Elétrica: Dispositivos que controlam o fornecimento de corrente elétrica para o funcionamento de equipamentos elétricos.Centrais Elétricas: Unidades que convertem algumas formas de energia em energia elétrica.Instalação Elétrica: Arranjo de fios para distribuir eletricidade.Eletricidade: Efeitos físicos que envolvem a presença de cargas elétricas em repouso ou em movimento.Campos Eletromagnéticos: Região do espaço (field) [onde] forças elétricas e magnéticas atuam conjuntamente.Amplificadores Eletrônicos: Dispositivos eletrônicos que aumentam a magnitude do nível de energia de um sinal ou corrente.Semicondutores: Materiais que possuem condutividade elétrica limitada e geralmente variável. São particularmente úteis na produção de dispositivos eletrônicos de estado sólido.Desenho de Equipamento: Métodos de criação de máquinas e dispositivos.Análise de Falha de Equipamento: Avaliação de incidentes envolvendo a perda de função de um equipamento. Estas avaliações são usadas para uma variedade de propósitos para determinar as taxas de insucessos, as causas de falhas, os custos das falhas e a confiança e durabilidade dos dispositivos.Transdutores: Qualquer dispositivo ou elemento que converte um sinal de entrada em um sinal de saída de uma forma diferente. Ente os exemplos estão o microfone, reprodutor fonográfico, autofalante, barômetro, célula fotoelétrica, buzina de automóvel, campainha de porta e transdutor de som subaquático. (Tradução livre do original: McGraw Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed)Órgão Elétrico: Encontrada em aproximadamente 250 espécies de peixes elétricos, esta estrutura consiste de fibras musculares esqueléticas, formando placas multinucleadas em formato de discos, organizadas em pilhas como baterias em série, que estão inseridas em um matriz gelatinosa. Uma raia torpedo grande pode conter quinhentas mil placas. Músculos de diferentes regiões do corpo podem estar modificadas, por exemplo, o tronco e cauda na enguia elétrica, o aparato hiobranquial na raia elétrica, e os músculos oculares extrínsecos nos peixes da família Uranoscopidae. Órgãos elétricos poderosos que emitem pulsos em breves descargas várias vezes por segundo. Funcionam para debilitar a presa e afastar predadores. Uma raia torpedo grande pode produzir um choque de mais de 200 volts, capaz de atordoar um humano.Gimnotiformes: Ordem de peixes elétricos neotropicais encontrados principalmente nas águas da América do Sul. Eles emitem continuamente fracas descargas elétricas, as quais utilizam para localização e comunicação. A espécie mais vulgar de interesse biológico é a enguia elétrica ( ELECTROPHORUS electricus).Estimulação Elétrica: Uso de correntes ou potenciais elétricos para obter respostas biológicas.Traumatismos por Eletricidade: Traumatismos causados por correntes elétricas. O conceito exclui queimaduras por eletricidade (QUEIMADURAS POR CORRENTES ELÉTRICAS), mas inclui choque elétrico e eletrocussão acidental.