EsqualenoEsqualeno Mono-Oxigenase: Segunda enzima envolvida na via biossintética do COLESTEROL e que catalisa a primeira etapa da oxigenação na biossíntese de ESTERÓIS e acredita-se ser uma enzima limitante neste processo. Especificamente, catalisa a conversão do ESQUALENO a (S)-esqualeno-2,3-epóxido.Farnesil-Difosfato Farnesiltransferase: Primeira enzima comprometida na via de biossíntese que leva à produção de ESTERÓIS. Catalisa a síntese do ESQUALENO a partir do farnesil pirofosfato através do intermediário pré-esqualeno pirofosfato. Esta enzima também é um ponto de ramificação crítico na biossíntese dos ISOPRENOIDES que é considerado um regulador do fluxo de intermediários de ISOPRENOS através da via do esterol.Ácidos Tricarboxílicos: Compostos orgânicos que são acíclicos e contêm três grupos ácidos. Um membro desta classe é o ácido cítrico que é o primeiro produto formado pela reação do piruvato com o oxaloacetato.Lanosterol: Triterpeno que deriva do dobramento cadeira-barco-cadeira-barco do 2,3-oxidoesqualeno. É metabolizado por COLESTEROL e CUCURBITACINAS.Ácido MevalônicoEsteróis: Esteróis com um grupo hidroxila no carbono 3, e a maior parte do esqueleto do colestano. Átomos de carbono adicionais podem estar presentes na cadeia lateral.Sebo: Substância oleosa secretada pelas GLÂNDULAS SEBÁCEAS. É composta de QUERATINAS, gordura e fragmentos celulares.Oxigenases: Oxidases que especificamente introduzem átomos de oxigênio derivados de dioxigênio em uma variedade de moléculas orgânicas.Transferases Intramoleculares: Enzimas da classe das isomerases que catalisam a transferência de acil-, fosfo-, amino- ou outros grupos de uma posição para outra dentro de uma molécula. EC 5.4.Ergosterol: Esteroide de interesse, tanto porque sua biossíntese (em FUNGOS) é um alvo de ANTIMICÓTICOS (principalmente os AZÓIS) e porque (quando presente na PELE de animais) os RAIOS ULTRAVIOLETA quebram uma de suas ligações, resultando no ERGOCALCIFEROL.Farneseno Álcool: Líquido incolor extraído de óleos de plantas, como citronela, neroli, ciclame e tuberosa. É uma etapa intermediária na síntese biológica do colesterol a partir do ácido mevalônico em vertebrados. Possui um odor delicado e utilizado em perfumaria. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 5th ed)Fosfatos de Poli-Isoprenil: Ésteres do ácido fosfórico ou pirofosfórico de poli-isoprenoides.Lovastatina: Metabólito fúngico isolado de culturas de Aspergillus terreus. O composto é um agente anticolesterêmico potente. Inibe a 3-hidroxi-3-metilglutaril coenzima A redutase (HIDROXIMETILGLUTARIL COA REDUTASES), que é a enzima limitante da velocidade da reação na biossíntese de colesterol. Também estimula a produção de receptores de lipoproteína de baixa densidade no fígado.Hidroximetilglutaril-CoA Redutases: Enzimas que catalisam a redução reversível do grupo alfa-carboxila de 3-hidroxi-3-metilglutaril-coenzima A originando ÁCIDO MEVALÔNICO.TriterpenosAlilamina: Possui citotoxicidade incomum e seletiva para as células do MÚSCULO LISO VASCULAR em cães e ratos. Bastante útil para experimentos que lidam com lesão arterial, fibrose de miocárdio e descompensação cardíaca.Geranil-Geranildifosfato Geranil-Geraniltransferase: Enzima que catalisa a condensação de duas moléculas de geranilgeranil-difosfato para formar prefitoeno difosfato. A molécula de prefitoeno difosfato é uma precursora para os CAROTENOIDES e outros tetraterpenos.Colesterol: Principal esterol de todos os animais superiores, distribuído nos tecidos do corpo, especialmente no cérebro e na medula espinhal, e nas gorduras e óleos animais.Compostos Bicíclicos Heterocíclicos: Classe de compostos saturados que consiste de somente dois anéis, com dois ou mais átomos em comum, contendo pelo menos um heteroátomo, que recebe o nome de uma cadeia aberta de hidrocarboneto contendo o mesmo número total de átomos.OxazepinasCromatografia em Camada Delgada: Cromatografia em camadas delgadas de adsorventes e não em colunas. O adsorvente pode ser alumina, sílica gel, silicatos, carvão vegetal ou celulose.Fitosteróis: Classe de compostos orgânicos conhecidos como ESTEROIDES ou ESTERÓIS derivados de plantas.BenzofenonasEstigmasterol: Esterol de origem vegetal que se encontra na soja e fava-de-Calabar (Physostigma venenosum). É relacionado química e biologicamente com a progesterona. (Tradução livre do original: Diccionario terminológico de ciencias médicas, Masson, 13a ed.)Ciclização: Modificação [estrutural] de um hidrocarboneto de cadeia aberta para [a forma de] anel fechado.Colestanos: Derivados do esteroide colestano saturado, com grupos metil em C-18 e C-19, e uma cadeia lateral de iso-octil em C-17.Compostos BicíclicosGeraniltranstransferase: Enzima envolvida na via do MEVALONATO e que catalisa a síntese do farnesil-difosfato a partir do isopentenil-difosfato e dimetilalil-difosfato.Sitosteroides: Família de esterois encontrada comumente em plantas e óleos vegetais. Os isômeros alfa, beta, e gama foram caracterizados.Acetatos: Derivados do ÁCIDO ACÉTICO. Sob este descritor estão incluídos uma grande variedade de formas ácidas, sais, ésteres e amidas que contêm a estrutura carboximetano.QuinuclidinasNaftalenos: Hidrocarbonetos cristalinos de dois anéis, isolados do alcatrão da hulha. São usados como intermediários na síntese química, como repelentes de insetos, fungicidas, lubrificantes, conservantes e, antigamente, como antissépticos tópicos.Estramenópilas: Nome comum, mas usado formalmente, de um grupo de organismos que são principalmente tipos de algas, incluindo Bacilariófitas (ver DIATOMÁCEAS), OOMICETOS, FEOFÍCEAS e CRISOFÍCEAS. Todas contêm CLOROPLASTOS que se acredita terem sidos derivados da endossimbiose de algas vermelhas (ver RODÓFITAS) ancestrais.