Cor de Olho: Cor da íris.Cor: Propriedade de objetos que é percebida visualmente criada pela absorção ou reflexão de comprimentos de onda específicos da luz.Olho: Órgão da visão consistindo de um par de órgãos globulares compostos por uma estrutura relativamente esférica de três camadas especializado em receber e responder à informação luminosa.Cor de Cabelo: Cor do cabelo ou dos pelos.Percepção de Cores: Processamento mental de sinais cromáticos (VISÃO DE CORES) vindos dos olhos pelo CÓRTEX VISUAL, onde eles são convertidos em representações simbólicas. A percepção de cores envolve numerosos neurônios e é influenciada não só pela distribuição dos comprimentos de onda do objeto observado, mas também por sua cor básica e pelo contraste do brilho nas suas bordas.Pigmentação da Pele: Coloração da pele.Cabo Verde: República que consiste de ilhas localizadas no meio do Oceano Atlântico a aproximadamente 300 milhas de distância da costa oeste da África. O arquipélago inclui 10 ilhas e 5 ilhotas, distribuídas nos grupos de Barlavento e Sotavento. A capital é Praia.Genética Forense: Aplicação de análises genéticas e TÉCNICAS DE DIAGNÓSTICO MOLECULAR aos assuntos legais e análises de crimes.Visão de Cores: Função do olho humano que é realizada em iluminação clara ou à luz do dia (em intensidades fotópicas). A visão fotópica é feita pelos três tipos de CONES FOTORRECEPTORES DA RETINA com picos de absorção em comprimentos de onda variados no espectro luminoso (de violeta a vermelho, 400 a 700 nm).Testes de Percepção de Cores: Tipo de teste de visão usado para determinar DEFEITOS DA VISÃO CROMÁTICA.Ultrassonografia Doppler em Cores: Ultrassonografia por aplicação do efeito Doppler, com a sobreposição do fluxo de informação em cores, numa escala de cinza em uma imagem de tempo real. Este tipo de ultrassonografia é bem adequado para identificar a localização de fluxo de alta velocidade (como em uma estenose) ou mapear a extensão do fluxo em determinada região.Receptor Tipo 1 de Melanocortina: Subtipo de receptor de melanocortina encontrado principalmente nos MELANÓCITOS. O receptor mostra especificidade para ALFA-MSH e para o HORMÔNIO ADRENOCORTICOTRÓPICO. A perda de função de mutações do receptor de melanocortina tipo 1 é a causa da maioria dos cabelos ruivos e traços recessivos de pele clara em humanos.Pigmentação: Coloração ou descoloração de uma região por um pigmento.Melanose: Transtornos da pigmentação de melanina elevada, que se desenvolvem sem nenhuma doença inflamatória precedente.Defeitos da Visão Cromática: Defeitos da visão cromática são principalmente traços hereditários, mas podem ser secundários a anomalias ontogênicas ou adquiridas nos CONES (RETINA). A gravidade dos defeitos hereditários da visão cromática depende do grau de mutação de genes que codificam as OPSINAS DOS BASTONETES (no CROMOSSOMO X e no CROMOSSOMO 3) que compõem os fotopigmentos sensíveis para vermelho, verde ou azul.Eslovênia: Criada em 7 de abril de 1992 como resultado da divisão da Iugoslávia.Queimadura Solar: Traumatismo à pele, causando eritema, sensibilidade cutânea e algumas vezes, formação de bolhas; resultante da exposição excessiva ao sol. A reação é produzida pela radiação ultravioleta na luz solar.Oftalmopatias: Doenças que afetam os olhos.Movimentos Oculares: Movimentos oculares voluntários ou controlados por reflexos.Tilápia: Peixe (família Cichlidae) de água doce, usado como organismo experimental e como alimento. Os membros deste gênero (CÍCLIDES) habitam nas Américas Central e do Sul (uma espécie estende-se ao norte até o Texas), na Índia Ocidental, África, Madagascar, Síria e na costa da Índia.Hierarquia Social: Ordenamento de posição social estabelecido por certos padrões de comportamento.Dominação-Subordinação: Relação entre indivíduos em que um indivíduo ameaça o outro, ou se torna agressivo, e o outro permanece passivo ou procura fugir.Drosophila melanogaster: Espécie de mosca de fruta bastante utilizada em genética devido ao grande tamanho de seus cromossomos.Fatores Reguladores de Interferon: Família de fatores de transcrição que compartilham um motivo N-terminal de SEQUÊNCIAS HÉLICE-VOLTA-HÉLICE e se ligam aos promotores induzíveis por INTERFERON para controlar a expressão de GENES. As proteínas dos fatores reguladores de interferon (IRF) se ligam a sequências específicas de DNA, como os elementos de resposta estimulada por interferon, os elementos regulatórios do interferon e a sequência consenso do interferon.Luz Solar: Irradiação diretamente do sol.Fenótipo: Aparência externa do indivíduo. É o produto das interações entre genes e entre o GENÓTIPO e o meio ambiente.Traumatismos Oculares: Dano ou trauma causado no olho por instrumentos externos. O conceito inclui ambas as lesões de superfície e lesões intraoculares.Proteínas de Membrana Transportadoras: Proteínas de membrana cuja função primária é facilitar o transporte de moléculas através da membrana biológica. Incluídas nesta ampla categoria estão as proteínas envolvidas no transporte ativo (TRANSPORTE BIOLÓGICO ATIVO), transporte facilitado e CANAIS IÔNICOS.Monofenol Mono-Oxigenase: Enzima da classe das oxidorredutases, que catalisa a reação entre L-tirosina, L-dopa e oxigênio, para fornecer L-dopa, dopaquinona e água. É uma proteína de cobre que age nos catecóis, catalisando algumas das mesmas reações que a CATECOL OXIDASE. EC 1.14.18.1.Antiporters: Transportadores de membrana que cotransportam duas ou mais moléculas distintas em sentidos opostos através da membrana. Geralmente, o transporte de um íon ou molécula ocorre contra seu gradiente eletroquímico, recebendo energia do movimento de um outro íon ou molécula a favor de seu gradiente eletroquímico.Genes de Insetos: Unidades hereditárias funcionais dos INSETOS.Cruzamentos Genéticos: Reprodução deliberada de dois indivíduos diferentes, que resulta em descendentes que transportam parte do material genético de cada um dos pais. Os progenitores devem ser geneticamente compatíveis e podem ser de diferentes variedades ou de espécies estreitamente relacionadas.Neoplasias Cutâneas: Tumores ou câncer da PELE.Síndromes do Olho Seco: Secura conjuntival e corneana devido à produção deficiente de lágrimas, predominantemente em mulheres na fase menopausa e pós-menopausa. A ceratite ou erosão filamentar do epitélio corneano e conjuntival pode ser causada por estes transtornos. Pode ocorrer sensação da presença de um corpo estranho no olho e ardência dos olhos.Supressão Genética: Processo mutagênico que restaura o FENÓTIPO selvagem em um organismo que apresenta um GENÓTIPO alterado por mutação. A segunda mutação "supressora" pode ser em um gene diferente ou no mesmo gene, porém localizada distante do sítio da mutação primária, ou em genes extracromossômicos (HERANÇA EXTRACROMOSSÔMICA).Drosophila: Gênero de moscas pequenas, com duas asas, contendo aproximadamente 900 espécies descritas. Estes organismos são os mais extensamente estudados de todos os gêneros do ponto-de-vista genético e de citologia.Fatores de Troca do Nucleotídeo Guanina: Fatores proteicos que promovem a troca de ligações de GTP por GDP de PROTEÍNAS LIGADAS AO GTP.