Bisoprolol: Bloqueador beta-1 adrenérgico cardiosseletivo. É eficaz no controle da HIPERTENSÃO e da ANGINA PECTORIS.Antagonistas de Receptores Adrenérgicos beta 1: Drogas que se ligam a RECEPTORES ADRENÉRGICOS BETA 1 e bloqueiam sua ativação.Antagonistas Adrenérgicos beta: Fármacos que se ligam aos receptores beta adrenérgicos sem ativá-los, bloqueando assim as ações de agonistas adrenérgicos beta. Os antagonistas adrenérgicos beta são usados no tratamento da hipertensão, arritmias cardíacas, angina pectoris, glaucoma, enxaquecas e ansiedade.Nadolol: Antagonista beta-adrenérgico não seletivo com uma longa meia-vida, utilizado em doença cardiovascular para tratar arritmias, angina pectoris e hipertensão. O Nadolol também é utilizado para o tratamento de TRANSTORNOS DE ENXAQUECA e tremor.Propanolaminas: AMINO ÁLCOOIS que contêm o grupo propanolamina (NH2CH2CHOHCH2) e seus derivados.Carbazóis: Benzo-indóis similares as CARBOLINAS e que são piridoindóis. Em plantas, os carbazóis são derivados do indol e formam alguns dos ALCALOIDES DE INDOL.Celiprolol: Antagonista beta-1 adrenérgico cardiosseletivo que tem atividade simpatomimética intrínseca. É usado no controle da ANGINA PECTORIS e da HIPERTENSÃO.Receptores Adrenérgicos beta 1: Subclasse de RECEPTORES ADRENÉRGICOS BETA. Os receptores adrenérgicos beta 1 são igualmente sensíveis à EPINEFRINA e NOREPINEFRINA e ligam-se ao agonista DOBUTAMINA e ao antagonista METOPROLOL com alta afinidade. São encontrados no CORAÇÃO, células justaglomerulares, e nos sistemas nervoso central e periférico.