Asteraceae: Grande família de plantas (ordem Asterales, subclasse Asteridae, classe Magnoliopsida), também conhecidas como Compositae. As pétalas da flor são unidas próximo à base e os estames se alternam com os lóbulos da corola. O nome vulgar 'margarida' refere-se a vários gêneros desta família, inclusive Aster, CHRYSANTHEMUM, RUDBECKIA e TANACETUM.Senécio: Espécie de planta tóxica das Compositae. Os compostos venenosos são alcaloides que produzem doenças no gado, neoplasias e dano hepático, e são usados para produzir câncer em animais experimentais.Baccharis: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) como as giestas que incluem CYTISUS, SPARTIUM e BROMUS.Achillea: Gênero de plantas da família ASTERACEAE há muito utilizadas em medicina popular para tratamentos de feridas.Vernonia: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) cujos membros contêm LACTONAS de germacrano e sesquiterpênica.Artemisia: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) cuja folhagem tem forte odor e são fonte de SANTONINA e outros TERPENOS citotóxicos.Tagetes: Gênero de plantas da família ASTERACEAE. O nome vulgar cravo-de-defunto também é usado para CALENDULA.Erigeron: Gênero de planta da família ASTERACEAE similar ao gênero CONYZA, cujos membros contêm SESQUITERPENOS.Tragopogon: Gênero de plantas (família ASTERACEAE), das quais raiz e brotos foram usados como alimentos.Centaurea: Gênero de plantas da família ASTERACEAE. Seus membros contêm 5-metil-8-hidroxicumarina. O nome popular 'centauro' é utilizado mais frequentemente para o gênero CENTAURIUM.Bidens: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) cujos membros contêm bidensineosídeos (glucosídeos poliacetilênicos).Sesquiterpenos de Germacrano: SESQUITERPENOS ciclizados a um anel de 10 carbonos.Helichrysum: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) cujos membros contêm CALCONA, helicrisetina, arenarina e flamina.Mikania: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) cujos membros contêm escandenolida (lactona sesquiterpena) e germacranolida.Aster: Gênero de plantas da família ASTERACEAE. Esta planta não deve ser confundida com os ásteres de MICROTÚBULOS nem com fitoplasma do grupo 16SrI ('aster yellows', em inglês), organismos semelhantes a micoplasma.Sonchus: Gênero de plantas da família ASTERACEAE. Os glicosídeos de latona sesquiterpenos (SESQUITERPENOS) são encontrados nesta família.Arctium: Gênero (família ASTERACEAE) de planta cuja semente contém arctiinas (LIGNANAS).Componentes Aéreos da Planta: Parte da planta acima da terra (sem as raizes).Chrysanthemum: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) cujo nome popular margarida é facilmente confundido com o de outras plantas. Algumas espécies deste gênero foram reclassificadas para TANACETUM.Extratos Vegetais: Preparações farmacêuticas concentradas de plantas obtidas pela remoção dos constituintes ativos com um solvente adequado (que é eliminado por evaporação) e ajuste do resíduo [seco] a um padrão prescrito.Echinops (Planta): Gênero de plantas (família ASTERACEAE) cujos membros contêm sesquiterpeno pseudoguaiano. San-fang-feng é a raiz da E. grijisii, usada em MEDICAMENTOS DE ERVAS CHINESAS.Poliploidia: Constituição cromossômica de uma célula contendo múltiplos do número normal de CROMOSSOMOS. Inclui triploidia (símbolo: 3N), tetraploidia (símbolo: 4N), etc.Taraxacum: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) cujos membros contêm os ácidos chicórico e clorogênico, e SESQUITERPENOS do tipo germacrano e eudesmano.DNA de Plantas: Ácido desoxirribonucléico que forma o material genético de plantas.Crepis: Gênero de planta da família ASTERACEAE.Euphorbiaceae: Família eufórbia de plantas de florescência, da ordem Euphorbiales, que contém por volta de 7.500 espécies em 275 gêneros. A família consiste de ervas anuais e perenes, e arbustos florestais ou árvores.Inflorescência: Agrupamento de FLORES (em oposição a uma flor solitária) organizado em uma haste principal da planta.Plantas Medicinais: Plantas cujas raizes, folhas, sementes, cascas ou outros constituintes possuem atividades terapêuticas, tônicas, purgativas, curativas ou outros atributos farmacológicos quando administradas a humanos ou outros animais.Flores: Órgão reprodutivo das plantas.Helianthus: Gênero de ervas americanas altas e eretas das Asteraceae. As SEMENTES produzem óleo e são usadas como alimento e ração animal; as raizes de Helianthus tuberosum (alcachofra de Jerusalém) são comestíveis.Solidago: Gênero de plantas (da família ASTERACEAE) conhecidas pelo pólen alergênico (ALÉRGENOS).SesquiterpenosÓleos Voláteis: Óleos que evaporam com rapidez. Os óleos voláteis ocorrem em plantas aromáticas, às quais eles conferem odor e outras características. A maioria dos óleos voláteis consiste em uma mistura de dois ou mais TERPENOS ou em uma mistura de eleopteno (o componente mais volátil de um óleo volátil) com um estearópteno (o componente mais sólido). O sinônimo óleos essencias se refere à essência da planta, ou seja, seu perfume ou odor, e não à sua indispensabilidade.Eupatorium: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) cuja ingestão tem sido associada com DOENÇA DO LEITE. O nome vulgar em inglês 'thoroughwort' também é utilizado para outras plantas incluindo CHROMOLAENA, Hebeclinium e Koanophyllon.Análise do Polimorfismo de Comprimento de Fragmentos Amplificados: Detecção de POLIMORFISMO DE FRAGMENTO DE RESTRIÇÃO por meio da amplificação seletiva por PCR de fragmentos de restrição derivados de DNA genômico, seguida da análise eletroforética dos fragmentos de restrição ampliados.Medicina Tradicional: Sistemas de medicina baseados em crenças culturais e práticas passadas de geração a geração. O conceito inclui rituais místicos e mágicos (TERAPIAS ESPIRITUAIS), FITOTERAPIA e outros tratamentos que podem não ser esclarecidos pela medicina atual.Angiospermas: Membros do grupo de plantas vasculares que possuem flores. São diferenciadas das GIMNOSPERMAS por sua produção de sementes dentro de câmaras (OVÁRIO VEGETAL). A divisão de Angiospermas é composta por duas classes: as monocotiledôneas (Liliopsida) e as dicotiledôneas (Magnoliopsida). As angiospermas representam aproximadamente 80 por cento de todas as plantas vivas conhecidas.Fitoterapia: Uso de plantas e ervas para tratar doenças ou aliviar dores.Autoincompatibilidade em Angiospermas: Um dos muitos processos diferentes que ocorrem em ANGIOSPERMAS por meio dos quais a diversidade genética é mantida enquanto a ENDOGAMIA é evitada.Ilhas Atlânticas: Ilhas amplamente dispersas no Oceano Atlântico tão distantes ao norte como AÇORES e tão longe ao sul como as ilhas South Sandwich, com a maior concentração encontrada na REGIÃO DO CARIBE. Elas incluem a Ilha de Annobon, Ascención, Ilhas Canárias, Ilhas Falklands, Fernando Po (também chamada Isla de Bioko e Bioko), Ilha Gough, Madeira, São Tomé e Príncipe, Santa Helena e Tristan da Cunha.DNA de Cloroplastos: Ácido desoxirribonucléico que forma o material genético de CLOROPLASTOS.CicloeptanosFilogenia: Relacionamentos entre grupos de organismos em função de sua composição genética.Plantas Daninhas: Planta que cresce em local não desejável, frequentemente competindo com plantas cultivadas.Saussurea: Gênero de plantas (família ASTERACEAE, ordem Asterales, subclasse Asteridae) que são fonte de óleo da raiz de 'costus' e não devem ser confundidas com o gênero COSTUS.Artemisia annua: Espécie de plantas do gênero ARTEMISIA (família ASTERACEAE), fonte da artemisina antimalária (ANTIMALÁRIA).Carthamus tinctorius: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) cujo óleo que se origina da semente (ÓLEO DE AÇAFRÃO) é um importante óleo alimentício do comércio.Medicina Tradicional Africana: Sistema de medicina tradicional que é baseado em crenças e práticas do povo africano. Abrange tratamentos por plantas medicinais e outras substâncias medicamentosas, bem como pelo auxílio de divindades, curandeiros, bruxos ou feiticeiros.Tanacetum: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) com algumas espécies de CHRYSANTHEMUM e o antigo gênero Pyrethrum reclassificados para este gênero. O nome vulgar tasneirinha geralmente refere-se a este gênero, porém também pode ser parte do nome vulgar de outras plantas como a tasna (SENECIO) e Tansyaster (HAPLOPAPPUS).Etnobotânica: Estudo do conhecimento das plantas e dos costumes agrícolas de um povo. Nos campos da ETNOMEDICINA e ETNOFARMACOLOGIA, a ênfase está na medicina tradicional, na existência e usos medicinais das PLANTAS, EXTRATOS VEGETAIS e seus constituintes, tanto anteriormente como nos tempos modernos.Sesquiterpenos de Guaiano: SESQUITERPENOS cíclicos em dois anéis adjacentes, um de 7 carbonos e o outro de 5 carbonos.Diploide: Constituição cromossômica de células, em que cada tipo de CROMOSSOMO é representado duas vezes. Símbolo: 2N ou 2X.Wedelia: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) cujos membros contêm wedelolactona e wedelosídeo.Apomixia: Reprodução assexuada que resulta na formação de sementes viáveis de FLORES sem a fertilização (isto é, sem o uso de PÓLEN). As plantas descendentes produzidas por sementes apomíticas são clones perfeitos de seus progenitores.Flaveria: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) utilizadas para experimentos em estudos de genética molecular, em fisiologia e desenvolvimento de plantas.Burseraceae: Família de plantas (ordem Sapindales, subclasse Rosidae, classe Magnoliopsida) de árvores resinosas e arbustos com folhas alternadas compostas por muitos folhetos.Tephritidae: Grande família de moscas de frutas (ordem dos DÍPTEROS) composta por mais de 4.500 espécies em cerca de 100 gêneros. Possuem asas com desenhos e corpos com cores vivas e são encontradas predominantemente nas latitudes tropicais.Acaricidas: Pesticida ou agente químico que mata ácaros e carrapatos. Constitui uma grande classe que inclui carbamatos, formamidas, organoclorados, organofosfatos, etc., que agem como antibióticos ou reguladores do crescimento.Chicória: Planta perene de raiz espessa (Cichorium intybus), nativa da Europa, mas amplamente cultivada por suas jovens folhas usadas em saladas verdes, e por suas raizes, secas e assadas ao chão, usadas para aromatizar ou adulterar o café.Etnofarmacologia: Estudo das açõese e propriedades dos medicamentos, muitas vezes, derivados de PLANTAS, autóctonas para populações ou GRUPOS ÉTNICOS.Ambrosia: Gênero de plantas (família ASTERACEAE) cujo PÓLEN é um dos causadores da febre do feno.Tetraploidia: Presença de quatro conjuntos de cromossomos. Está associada com ANORMALIDADES MÚLTIPLAS e ABORTO ESPONTÂNEO.DNA Espaçador Ribossômico: Seguimentos intergênicos de DNA que estão entre os genes de RNA ribossômico (espaçadores transcritos internos) e entre as unidades de repetição em tandem de DNAr (espaçadores transcritos externos e espaçadores não transcritos)