Oftalmia Neonatal: A inflamação aguda da conjuntiva no recém-nascido, normalmente causada por uma infecção gonocócica materna. O agente causal é a NEISSERIA GONORRHOEAE. Os olhos do bebê são contaminados durante a passagem pelo canal de parto.Asfixia Neonatal: Insuficiência respiratória no recém-nascido. (Dorland, 28a ed)Esclerema Neonatal: Transtorno severo, algumas vezes fatal, do tecido adiposo, que ocorre principalmente em neonatos debilitados ou prematuros, sofrendo de uma doença de base, e manifestando-se como endurecimento difuso do tecido afetado. A pele se torna fria, amarelada, manchada e rígida.Asfixia: Afecção causada por falta de oxigênio que se manifesta na obstrução ou cessação real da vida.Nitrato de Prata: Sal prateado com poderosa atividade germicida. Tem sido utilizado topicamente para prevenir a OFTALMIA NEONATAL.ConjuntiviteParaldeído: Sedativo e hipnótico com efeitos anticonvulsivantes. Entretanto, devido ao perigo associado à sua administração, sua reatividade com plástico e os riscos associados a sua deterioração, há muito tempo foi substituído por outras substâncias. É ainda ocasionalmente utilizado no controle do estado epiléptico resistente ao tratamento convencional.Povidona-Iodo: Polímero polivinílico iodado utilizado como antisséptico tópico em cirurgias e em infecções de pele, mucosas e também como aerosol. O iodo pode ser radiomarcado para propósitos de pesquisas.Conjuntivite de Inclusão: Infecção dos olhos caracterizada pela presença nas células epiteliais da conjuntiva de corpos de inclusão indistinguíveis daqueles do tracoma. Ela é adquirida por lactentes durante o nascimento e por adultos em piscinas. O agente etiológico é a CHLAMYDIA TRACHOMATIS cujo ambiente natural parece ser o trato gênito-urinário. A conjuntivite de inclusão é uma doença menos severa que o tracoma e normalmente tem remissa espontânea.Doenças do Recém-Nascido: Doenças dos recém-nascidos que se apresentam no nascimento (congênitas) ou se desenvolvem no primeiro mês de vida. Não incluem doenças hereditárias que não se manifestam no nascimento ou nos primeiros 30 dias de vida, tampouco incluem erros inatos do metabolismo. Tanto DOENÇAS HEREDITÁRIAS e ERROS INATOS DO METABOLISMO estão disponíveis como conceitos gerais.Recém-Nascido: Criança durante o primeiro mês após o nascimento.Hipóxia Fetal: Deficiência na oxigenação do SANGUE FETAL.Hipóxia-Isquemia Encefálica: Transtorno caracterizado por uma redução de oxigênio no sangue combinado com fluxo sanguíneo reduzido (ISQUEMIA) ao encéfalo por obstrução localizada de uma artéria cerebral ou por hipoperfusão sistêmica. A hipóxia-isquemia prolongada está associada com ATAQUE ISQUÊMICO TRANSITÓRIO, INFARTO ENCEFÁLICO, EDEMA ENCEFÁLICO, COMA e outras afecções.