Artrografia: Roentgenografia de uma articulação, usualmente após injeção de um meio de contraste positivo ou negativo.Fibrocartilagem Triangular: Fibrocartilagem que constitui o complexo da fibrocartilagem triangular, encontrada na ARTICULAÇÃO DO PUNHO.Artroscopia: Exame endoscópico, terapia e cirurgia das articulações.Cisto Sinovial: Lesão não neoplásica (semelhante a um tumor) nas articulações que se desenvolve da MEMBRANA SINOVIAL de uma articulação, através da CÁPSULA ARTICULAR nos tecidos periarticulares. São preenchidas com LÍQUIDO SINOVIAL com uma aparência regular e translúcida. Um cisto sinovial pode se desenvolver em qualquer articulação, mas aparece mais frequentemente na porção posterior dos joelhos, onde são conhecidos como CISTO POPLITEAL.Ácido Ioxáglico: Meio de contraste iônico, de baixa osmolaridade utilizado em vários procedimentos radiográficos.Luxação do Ombro: Deslocamento do ÚMERO a partir da ESCÁPULA.Ligamentos Articulares: Cordões fibrosos de TECIDO CONJUNTIVO que unem ossos uns aos outros e mantêm reunidos os vários tipos de articulações do corpo. Os ligamentos articulares são fortes, elásticos e permitem movimento apenas em direções específicas, dependendo da articulação particular.Articulação do Ombro: Articulação entre a cabeça do ÚMERO e a cavidade glenoide da ESCÁPULA.Lesões do Quadril: Lesões genéricas ou inespecíficas envolvendo o quadril.Luxação Congênita de Quadril: Luxação congênita do quadril que geralmente inclui a subluxação da cabeça do fêmur, displasia acetabular e luxação completa da cabeça do fêmur do acetábulo verdadeiro. Essa afecção ocorre em aproximadamente 1 a cada 1000 nascimentos vivos e é mais comum no gênero feminino que no masculino.Pneumorradiografia: Radiografia que utiliza ar, oxigênio ou algum outro gás como meio de contraste.Acetábulo: Parte da pelve que compreende o encaixe pélvico onde a cabeça do FÊMUR se junta para formar a ARTICULAÇÃO DO QUADRIL (articulação acetabulofemoral).Bainha Rotadora: Bainha musculotendínea formada pelos músculos supraespinhal, infraespinhal, subescapular e redondo menor. Estas estruturas ajudam a manter a cabeça do ÚMERO na cavidade glenoide e permitem a rotação da ARTICULAÇÃO DO OMBRO no eixo longitudinal.Iohexol: Eficaz agente de contraste não iônico e hidrossolúvel utilizado em mielografia, artrografia, nefroangiografia, arteriografia e outros procedimentos radiográficos. Sua baixa toxicidade sistêmica é fruto da combinação da baixa quimiotoxicidade e baixa osmolaridade.Traumatismos do Punho: Traumatismos do punho ou das articulações do punho.Articulação do Quadril: Ligação que é formada pela articulação da cabeça do FÊMUR e o ACETÁBULO da PELVE.Iotalamato de Meglumina: Meio radiopaco utilizado para urografia, angiografia, venografia e mielografia. É bastante viscoso, além de se ligar a proteínas plasmáticas.Articulação Metatarsofalângica: Articulação entre um osso do metatarso (OSSOS DO METATARSO) e uma falange.Cabeça do Fêmur: Superfície articular hemisférica na extremidade superior do osso da coxa. (Stedman, 25a ed)Luxação do Quadril: Deslocamento do fêmur em relação à posição normal da ARTICULAÇÃO DO QUADRIL.ArtropatiasOmbro: Parte do corpo nos seres humanos e primatas, em que os braços se ligam ao tronco. O ombro tem cinco articulações: ARTICULAÇÃO ACROMIOCLAVICULAR, articulação coracoclavicular (ou escapuloclavicular), articulação glenoumeral (ver ARTICULAÇÃO DO OMBRO), articulação escapulotorácica e ARTICULAÇÃO ESTERNOCLAVICULAR.Injeções Intra-Articulares: Métodos de administração de drogas em um espaço articular.Imagem por Ressonância Magnética: Método não invasivo de demonstração da anatomia interna baseado no princípio de que os núcleos atômicos em um campo magnético forte absorvem pulsos de energia de radiofrequência e as emitem como ondas de rádio que podem ser reconstruídas nas imagens computadorizadas. O conceito inclui técnicas tomográficas do spin do próton.Virilha: Região juncional externa localizada entre a parte mais baixa do abdome e a coxa.Medronato de Tecnécio Tc 99m: Agente radionuclídeo de imageamento gama-emissor utilizado principalmente na cintilografia do esqueleto. Devido a sua absorção por inúmeros tumores, é útil na detecção de neoplasias.Imagem por Ressonância Magnética Intervencionista: Procedimentos minimamente invasivos guiados com o auxílio da imagem por ressonância magnética para visualizar estruturas dos tecidos.Traumatismos dos Tendões: Traumatismos das cordas fibrosas do tecido conjuntivo que unem músculos aos ossos ou outras estruturas.Cartilagem Articular: Camada protectora de cartilagem firme e flexível por cima das extremidades das articulações dos ossos. Provê uma superfície lisa que permite o movimento articular e protege as extremidades dos ossos longos contra o desgaste nos pontos de contato.Ruptura: Fratura ou rompimento traumático ou forçoso de um órgão ou outra parte macia do corpo.Traumatismos do Joelho: Traumatismos do joelho ou junção do joelho.Meniscos Tibiais: Fibrocartilagens interarticulares da superfície superior da tíbia.Sensibilidade e Especificidade: Medidas de classificação binária para avaliar resultados de exames. Sensibilidade ou taxa de recall é a proporção de verdadeiros positivos. Especificidade é a probabilidade do teste determinar corretamente a ausência de uma afecção. (Tradução livre do original: Last, Dictionary of Epidemiology, 2d ed)Meios de Contraste: Substâncias usadas para permitir a visualização aumentada de tecidos.Coloides: Sistemas de duas fases em que uma é dispersa uniformemente em outra, como partículas suficientemente pequenas, de modo que não podem ser filtradas ou não se separam ('settle out'). A fase dispersante ou contínua, ou meio, envolve as partículas da fase descontínua. Os três estados da matéria podem formar coloides entre si.Articulação do Punho: Articulação formada pela extremidade distal do RÁDIO, pelo disco articular da articulação radioulnar distal, e pelo grupo proximal dos OSSOS DO CARPO (OSSO ESCAFOIDE, OSSO SEMILUNAR e osso triquetral).Tomografia Computadorizada por Raios X: Tomografia utilizando transmissão por raio x e um computador de algoritmo para reconstruir a imagem.Cimentação: Junção de objetos por meio de um cimento (por exemplo, na fixação de fraturas, tal como na artroplastia de quadril pela junção do componente acetabular ao componente femoral). Em odontologia, é utilizada para os processos de fixação de partes de um dente ou material restaurativo a um dente natural ou para a fixação de bandas ortodônticas aos dentes por meio de um adesivo.Técnica de Subtração: Combinação ou sobreposição de duas imagens para demonstrar a existência de diferenças entre elas (por exemplo, radiografia com contraste versus uma sem contraste, imagens por radionuclídeos utilizando diferentes radionuclídeos, imagem por radiografia versus por radionuclídeo) e na preparação de materiais audiovisuais (por exemplo, impressão de imagens idênticas, coloração de vasos sanguíneos em angiogramas).Radioisótopos de Índio: Isótopos de índio instáveis que se decompõem ou desintegram emitindo radiação. Átomos de índio com pesos atômicos de 106-112, 113m, 114 e 116-124 são radioisótopos de índio.Articulação do Joelho: Conexão articular sinovial formada entre os ossos do FÊMUR, TÍBIA e PATELA.Cadáver: Corpo morto, geralmente corpo humano.Valor Preditivo dos Testes: O valor preditivo de um teste diagnóstico é a probabilidade de um resultado positivo (ou negativo) corresponder a um indivíduo doente (ou não doente). Depende da sensibilidade e especificidade do teste (adaptação e tradução livre do original: Last, 2001)Falha de Prótese: Malfuncionamento de desvios de implantação, válvulas, etc., e perda, migração e ruptura de próteses.Prótese de Quadril: Substituição de uma articulação do quadril.Dor: Sensação desagradável induzida por estímulos nocivos que são detectados por TERMINAÇÕES NERVOSAS de NOCICEPTORES.Reprodutibilidade dos Testes: Propriedade de se obter resultados idênticos ou muito semelhantes a cada vez que for realizado um teste ou medida. (Tradução livre do original: Last, 2001)