Agricultura: A ciência, arte ou prática do cultivo da terra, produção agrícola e criação de gado.United States Department of Agriculture: Departamento de gabinete do Ramo Executivo no Governo dos Estados Unidos que se ocupa da melhoria e preservação da renda agrícola, e desenvolvimento e expansão de mercados para os produtos agrícolas. Através de fiscalização e de serviços de classificação, protege e verifica padrões de qualidade na produção e suprimento de alimentos.Safras: Plantas cultivadas ou produtos agrícolas como grãos, legumes, verduras ou frutas.Doenças dos Trabalhadores Agrícolas: Doenças de pessoas envolvidas no cultivo e adubo do solo, cultivo de plantas, colheita de safras, pecuária ou qualquer outra atividade relacionada com criação e lavoura. As doenças não se restringem a fazendeiros, no que concerne aqueles que desenvolvem tarefas agrícolas; se aplica também àqueles engajados com as atividades individuais determinadas acima, como também àqueles que atuam somente na colheita de safras ou àqueles que somente recolhem pó e cinzas.Abastecimento de Alimentos: Produção de alimentos e seu percurso desde o ponto de origem até o seu uso ou consumo.Fertilizantes: Substâncias ou misturas adicionadas ao solo para fornecer nutrientes ou para disponibilizar aqueles já disponíveis no solo, visando aumentar o crescimento e a produtividade vegetal.Conservação de Recursos Naturais: Proteção, preservação, restauração e uso racional de todos os recursos ambientais.História Antiga: Período da história antes [do ano] 500 da era comum.Arqueologia: Estudo científico de sociedades do passado através de artefatos, fósseis, etc.Criação de Animais Domésticos: A ciência de procriação, alimentação e cuidados de animais domésticos; inclui alojamento e nutrição.Praguicidas: Compostos químicos usados para destruir pragas de qualquer tipo. O conceito inclui fungicidas (FUNGICIDAS INDUSTRIAIS), INSETICIDAS, RODENTICIDAS, etc.Animais Domésticos: Animais que se tornaram adaptados por meio de cruzamentos em cativeiro a uma vida intimamente associada ao homem. Incluem animais domesticados pelo homem para viver e procriar em condições controladas em fazendas ou ranchos por razões econômicas, incluindo GADO (especificamente BOVINOS, OVINOS, CAVALOS etc.), AVES DOMÉSTICAS e aqueles criados ou mantidos por prazer e companhia, por exemplo, ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO ou especificamente CÃES, GATOS etc.Química Agrícola: Ciência que lida com composição e reações químicas das substâncias químicas envolvidas na produção, proteção e uso de produtos agrícolas e de pecuária. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Agricultura Florestal: Ciência do desenvolvimento, cuidados ou cultivo de florestas.Solo: Mineral inconsolidado ou matéria orgânica na superfície da terra que serve como meio natural para o crescimento de plantas terrestres.Poluição Ambiental: Contaminação do ar, corpos d'água ou territórios com substâncias que são danosas à saúde humana e ao ambiente.Agricultura Orgânica: Sistemas de agricultura que aderem a padrões regulamentados nacionalmente os quais restringem o uso de pesticidas, fertilizantes não orgânicos, engenharia genética, hormônios de crescimento, radiação, antibióticos e RAÇÃO ANIMAL não orgânica.Controle de Pragas: Redução ou regulação da população de plantas, insetos ou outros animais nocivos, destrutivos ou perigosos. Inclui o controle de plantas que servem como habitats ou fonte de alimento para pragas animais.Bem-Estar do Animal: Proteção de animais em laboratórios ou outros ambientes específicos para promover sua saúde através de melhor nutrição, alojamento e cuidados.Tecnologia, Indústria e AgriculturaEcossistema: 1) Sistema funcional que inclui os organismos de uma comunidade natural junto a seu ambiente. (MeSH/NLM)(Tradução livre do original: McGraw Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed) 2)Sistema aberto integrado pelos organismos vivos (inclusive o homem) e os elementos não vivos de um setor ambiental definido no tempo e no espaço, cujas propriedades globais de funcionamento e autorregulação derivam da interação entre seus componentes, tanto pertencentes aos sistemas naturais como aqueles modificados ou organizados pelo próprio homem. 3) Complexo constituído pelo biótopo e pela biocenose (Material III - Ministério da Ação Social, Brasília, 1992)Agroquímicos: Substâncias químicas usadas na agricultura. Compreendem praguicidas, fumigantes, fertilizantes, hormônios vegetais, esteroides, antibióticos, micotoxinas, etc.Plantas Comestíveis: Organismos do reino vegetal naturalmente apropriados para o uso como alimento, especialmente por seres humanos. Nem todas as partes de qualquer planta são comestíveis, mas todas as partes de plantas comestíveis podem ser consumidas como alimentos crus ou cozidos: folhas, raizes, tubérculos, caules, sementes, brotos, frutos e flores. A parte da planta mais comumente comestível é a FRUTA, geralmente doce, carnuda e suculenta. Geralmente, a maioria das plantas comestíveis é cultivada por seu valor nutricional, sendo denominadas VERDURAS.Irrigação Agrícola: Direcionamento da água para áreas abertas ou fechadas onde é usada com propósitos agrícolas. (Tradução livre do original: MeSH 2011) Atividade de fornecer, de forma artificial, continuada ou intermitente, água para o cultivo de plantas de lavoura, incluindo todo o processo de captação, armazenamento, transporte e disposição final. (Fonte: Equipe de Ambientes da ANVISA, Brasil)Adubos: Acúmulo de excrementos animais, sólidos ou líquidos, geralmente de estábulos e currais, com ou sem lixo. Sua aplicação principal é como um fertilizante.Gado: Animais domesticados criados para uso próprio ou comercialização, mas que exclui a criação de AVES DOMÉSTICAS. Caracteristicamente, o termo gado inclui BOVINOS, CARNEIROS, CAVALOS, SUÍNOS, CABRAS e outros.Medicina Veterinária: Ciência médica voltada para a prevenção, diagnóstico, e o tratamento de doenças em animais.Acidentes de Trabalho: Ocorrências imprevistas, especialmente lesões ou traumatismos durante atividades relacionadas ao trabalho.Efeito Estufa: Efeito do AQUECIMENTO GLOBAL e o aumento das temperaturas no mundo dele decorrentes. Os efeitos previstos na saúde de tal mudança climática de longa duração incluem aumento da incidência de doenças respiratórias e de doenças transmitidas pela água e por vetores (MeSH/NLM). Aquele no qual a radiação solar passa através do ar e sua energia é absorvida pela terra; por sua vez, a terra irradia essa energia em forma de calor (radiação infravermelha) e esta é absorvida pelo ar, especificamente pelo dióxido de carbono. Neste processo, o ar se comporta como o vidro de uma estufa, que permite a passagem da radiação solar e não permite a saída das radiações infravermelhas geradas na terra. Alguns cientistas julgam que o aumento do dióxido de carbono na atmosfera pode elevar a temperatura e produzir uma catástrofe em nosso planeta. O conteúdo do dióxido de carbono na atmosfera aumentou notavelmente em nossos dias, comparado com as quantidades medidas no princípio do século. (Material IV - Glosario de Protección Civil, OPAS, 1992)Eutrofização: Enriquecimento de um ECOSSISTEMA aquático ou terrestre pela adição de nutrientes, especialmente nitrogênio e fósforo, que resulta em um crescimento excessivo de plantas, ALGAS ou outros produtores primários. Pode ser um processo natural ou o resultado da atividade humana, tal como resíduos de agricultura ou poluição pelo escoamento de esgoto. Em ecossistemas aquáticos, um aumento na população de algas é denominado de floração de algas.Conservação de Recursos Energéticos: Controle programado do uso e preservação de recursos energéticos.Árvores: Plantas superiores, perenes, lenhosas e geralmente altas (Angiospermas, Gimnospermas e alguns Pterófitos), que possuem geralmente um tronco principal e numerosos ramos.Botânica: Estudo da origem, estrutura, desenvolvimento, crescimento, função, genética e reprodução dos vegetais.Monitoramento Ambiental: Monitoração do nível de toxinas, poluentes químicos, contaminantes microbianos ou outras substâncias danosas no ambiente (solo, ar e água), no trabalho ou nos corpos das pessoas e animais presentes naquele ambiente.Herbicidas: Pesticidas usados para destruir a vegetação indesejada, especialmente vários tipos de ervas daninhas, gramas (POACEAE) e plantas lenhosas. Algumas plantas desenvolvem RESISTÊNCIA A HERBICIDA.Clima: Manifestações a longo prazo do TEMPO (METEOROLOGIA). (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Meio Ambiente: Elementos e condições externos que envolvem, influenciam e afetam a vida e o desenvolvimento de um organismo ou população.Mudança Climática: 1) Qualquer alteração significativa nas medidas do clima (tais como temperatura, precipitação ou ventos) que dura por um período extenso (décadas ou mais). Pode resultar de fatores naturais como mudanças na intensidade do sol, processos naturais dentro do sistema de climas terrestres como mudanças na circulação oceânica, ou de atividades humanas (MeSH). 2) Mudança observada no clima, em uma escala global, regional ou sub-regional, causado por processos naturais e/ou atividade humana. (Material II - IDNDR, 1992)Combustíveis Fósseis: 1) Qualquer depósito de hidrocarbonetos que possa ser usado como combustível, por ex. petróleo, carvão e gás natural (MeSH/NLM). 2) Produtos derivados de restos de plantas e animais que viveram na Terra em épocas muito anteriores ao surgimento do homem, como o carvão mineral, o petróleo e o gás mineral, o petróleo e o gás. (Material IV - Glosario de Protección Civil, OPAS, 1992)Nitrogênio: Elemento com o símbolo atômico N, número atômico 7 e peso atômico [14.00643; 14.00728]. O nitrogênio existe na forma de um gás biatômico e compõe aproximadamente 78 por cento do volume da atmosfera terrestre. É um constituinte das proteínas e dos ácidos nucleicos, sendo encontrado em todas as células.Indústria Alimentícia: Indústria preocupada com o processamento, preparo, preservação, distribuição e o ato de servir comidas e bebidas.Atividades Humanas: Atividades realizadas por seres humanos.Inseticidas: Pesticidas designados para controlar insetos prejudiciais ao homem. Os insetos podem ser diretamente prejudiciais, como aqueles que agem como vetores de doenças, ou indiretamente prejudiciais, como destruidores de safras, produtos alimentícios ou tecidos.Agentes de Controle Biológico: Organismos, agentes biológicos ou agentes derivados de material biológico usados estrategicamente devido ao seu efeito adverso ou positivo na fisiologia e/ou saúde reprodutiva de outros organismos.Resistência a Herbicidas: Falta ou diminuição de respostas das PLANTAS a HERBICIDAS.Abastecimento de Água: Meio ou processo de abastecimento de água (como para uma comunidade) que geralmente inclui reservatórios, túneis e tubulações e frequentemente a represa da qual a água provém. (Webster, 3d ed)Estados UnidosBiotecnologia: Corpo de conhecimento relacionado ao uso de organismos, células ou constituintes derivados das células com o propósito de desenvolver produtos que são técnica, científica e clinicamente úteis. O objetivo principal é o estudo da alteração da função biológica no nível molecular (ou seja, ENGENHARIA GENÉTICA) e os métodos laboratoriais usados incluem as tecnologias de TRANSFECÇÃO e CLONAGEM, análise algorítmica de sequência e estrutura, bases de dados de computadores, e análise e predição da função estrutural gênica e proteica.Crescimento Demográfico: Percentual de incremento médio anual da população residente em determinado espaço geográfico, no período considerado. O valor da taxa refere-se à média anual obtida para um período de anos compreendido entre dois momentos, em geral correspondentes aos censos demográficos. (DataSUS)Resíduos de Praguicidas: Pesticidas ou seus produtos de degradação que permanecem no meio ambiente após o seu uso normal ou contaminação acidental.Clima Tropical: O clima que prevalece nas zonas subtropicais e tropicais, caracterizado por uma estação seca bem marcada (nos meses em que é inverno no hemisfério norte) e uma estação chuvosa igualmente distinta (durante o inverno no hemisfério norte)Biodiversidade: A variedade de todos os órgãos vivos autóctones e suas diversas formas e inter-relações. (MeSH, 2010) Conteúdo vivo da Terra em seu conjunto, tudo quanto vive nos oceanos, nas montanhas e nos bosques. Encontramo-la em todos os níveis, desde a molécula de DNA até os ecossistemas e a biosfera. Todos os sistemas e entidades biológicas estão interconectadas e são interdependentes. A importância da biodiversidade fundamenta-se no fato de nos facilitar serviços essenciais: protege e mantém os solos, regula o clima e torna possível a biossíntese, proporcionando-nos assim o oxigênio que respiramos e a matéria básica para nossos alimentos, vestuário, medicamentos e habitações. (Tradução livre do original: Material IV - Glosario de Protección Civil, OPS, 1992)Inocuidade dos Alimentos: Atividades que envolvem a garantia da segurança dos ALIMENTOS, incluindo o impedimento de contaminação por bactérias ou outros tipos de contaminação.Nações Unidas: Organização internacional formada por vários Estados soberanos, fundada logo após a II Guerra Mundial para manter a paz e a segurança internacionais, fomentar relações amistosas entre as nações, e promover o progresso social, melhores padrões de vida e os direitos humanos. Os estados-membros são unidos pelos princípios e deveres como membros da comunidade internacional. (ONU - Centro de Informações das Nações Unidas no Brasil)Geografia: Ciência que estuda a terra e sua vida, especialmente a descrição da terra, mar e ar e a distribuição da vida vegetal e animal, incluindo a humanidade e suas indústrias referentes às relações mútuas destes elementos. (Tradução livre do original: Webster, 3d ed)Análise de Alimentos: Medida e avaliação de componentes de substâncias ingeridas como ALIMENTO.Coffea: Gênero de plantas (família RUBIACEAE) mais conhecidas pela bebida CAFÉ preparada de seus grãos (SEMENTES).Alimentos: Qualquer substância tomada pelo corpo que proporciona nutrição.Evolução Cultural: O processo de desenvolvimento contínuo de uma cultura de formas simples a complexas e de qualidades homogêneas a heterogêneas.Ética Profissional: Princípios de conduta própria relativos aos direitos e deveres do profissional, relações com pacientes ou consumidores e médicos da mesma categoria, assim como ações do profissional e relações interpessoais com paciente ou família do consumidor. (Tradução livre do original: Stedman, 25th ed)Política Social: Curso ou método de ação escolhido geralmente por um governo entre várias alternativas para guiar ou determinar decisões presentes e futuras.Rios: Grandes correntes naturais de ÁGUA DOCE formadas pela convergência de afluentes e que desembocam em um grande volume de água (lago ou oceano).Etologia: A disciplina voltada para o estudo do comportamento animal.Alimentos Geneticamente Modificados: Alimentos originados de ORGANISMOS GENETICAMENTE MODIFICADOS.Educação em Veterinária: Usado para artigos em geral que dizem respeito a educação em veterinária.História do Século XIX: Período de tempo a partir de 1801 até 1900 da era comum.Exposição Ocupacional: Exposição a agentes químicos, físicos ou biológicos potencialmente prejudiciais, que ocorre como resultado da ocupação profissional.Política Ambiental: Procedimento de ação ou princípio adotado ou proposto por um governo, partido, negócio ou indivíduo que se refere às interações humanas com a natureza e com os recursos naturais.Política Nutricional: Diretrizes e objetivos que pertencem ao suprimento de alimentos e nutrição, incluindo recomendações para dieta saudável.Órgãos Governamentais: Unidades administrativas do governo responsável por criar políticas e administrar as atividades governamentais.Controle Biológico de Vetores: Uso de organismos que ocorrem naturalmente ou que são produtos de engenharia genética para reduzir ou eliminar populações de pragas.Indústrias: Qualquer empreendimento centralizado no processamento, montagem, produção ou negociação de uma linha de produtos, serviços, mercadorias em uma determinada área em particular, que com frequência recebe seu nome pelo produto principal. Exemplos incluem as indústrias de automóveis, da música, de editoras, de seguros e indústrias têxteis.Jardinagem: Cultivo de PLANTAS, (FRUTAS, VERDURAS, ERVAS MEDICINAIS) em canteiros pequenos de terra ou em contêiner.Eliminação de Resíduos: Descarte ou destruição do lixo, esgoto ou outro dejeto, ou sua transformação em algo útil ou inócuo.Planejamento Social: Processo interativo que combina investigação, discussão e acordo por várias pessoas na preparação e desempenho de um programa para melhorar as condições de necessidade ou patologia social na comunidade. Normalmente envolve a ação de um corpo político formal, legal ou de voluntários reconhecidos.Contaminação de Alimentos: Presença de elementos estranhos nos alimentos, por ex. substâncias químicas, micro-organismos, diluentes, que possam torná-lo nocivo ou inadequado para o consumo, durante, antes e após seu processamento ou armazenagem.Plantas Daninhas: Planta que cresce em local não desejável, frequentemente competindo com plantas cultivadas.História do Século XV: Período de tempo a partir de 1401 até 1500 da era comum.Legislação sobre Alimentos: Leis e regulamentos relativos ao processamento industrial e comercialização de alimentos.Exposição Paterna: Exposição do pai de sexo masculino, humano ou animal, a agentes químicos, físicos ou biológicos potencialmente prejudiciais do ambiente, ou a fatores ambientais que podem incluir radiação ionizante, organismos patogênicos ou substâncias tóxicas que podem contaminar os descendentes.Tecnologia: A aplicação de conhecimento científico para propósitos práticos em qualquer campo. Inclui métodos, técnicas e instrumentação.Biomassa: Massa total de todos os organismos de determinado tipo e/ou de uma área específica. Inclui o rendimento de massa vegetativa produzida em uma colheita específica.Nariz Eletrônico: Dispositivo usado para detectar odores do ar, gases, sabores, substâncias voláteis ou vapores.Movimentos da Água: Fluxo de água nos corpos hídricos ambientais, como rios, oceanos, fontes, aquários, etc. O termo inclui correntes, marés e ondas.Zoonoses: Doenças de animais que podem ser transmitidas aos HUMANOS ou podem ser transmitidas dos humanos para os animais.Zea mays: Espécie de planta da família POACEAE. É uma gramínea alta cultivada por seu GRÃO COMESTÍVEL e utilizada como alimento para consumo humano e animal.Estações do Ano: Estações do ano: Divisões do ano de acordo com algum fenômeno regularmente recorrente, geralmente astronômico ou climático. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed) Variações sazonais: Diferenças sazonais na ocorrência de eventos vitais.Poluição da Água: Contaminação de corpos d'água (como LAGOS, RIOS, OCEANOS E MARES e ÁGUAS SUBTERRÂNEAS).História do Século XX: Período de tempo a partir de 1901 até 2000 da era comum.Chuvas: Partículas de água que caem da ATMOSFERA.Plantas Geneticamente Modificadas: PLANTAS (ou seus descendentes) cujo GENOMA foi alterado por ENGENHARIA GENÉTICA.Dinâmica Populacional: Qualquer processo ou inter-relação de fenômenos que provocam mudanças em uma população.Secas: 1) Períodos secos prolongados no ciclo climático natural. São fenômenos de estabelecimento demorado causado por deficiência de chuva, combinada com outros fatores de predisposição. (MeSH) 2) Níveis insuficientes de chuva que resultam em escassez da água afetando o bem estar econômico e físico de uma comunidade (REPIDISCA). 3) Ausência prolongada, deficiência acentuada ou fraca distribuição de precipitação. 4) Período de tempo seco, suficientemente prolongado, para que a falta de precipitação provoque grave desequilíbrio hidrológico (Ministério da Ação Social, Brasília, 1992). 5) Período de deficiência de umidade no solo, de tal forma que não existe a água necessária para plantas, animais e seres humanos.Hidrologia: Parte das ciências naturais que lida com água.Dieta: Método regular de ingestão de comida e bebida adotado por uma pessoa ou animal.Doenças das Plantas: Doenças de plantas.Inspeção de Alimentos: Fiscalização para verificar o cumprimento das normas de higiene na produção de alimentos.Reforma Urbana: A melhoria planejada de uma área urbana deteriorando e que envolve reconstrução, renovação ou restauração. Frequentemente se refere a programas de demolição principal e reconstrução de áreas arruinadas.Pesquisa: Investigação crítica e exaustiva ou experimentação, tendo por objetivo a descoberta de fatos novos e sua interpretação correta, a revisão de conclusões, teorias ou leis aceitas, à luz de fatos recentemente descobertos, ou a aplicação prática dessas conclusões, teorias ou leis novas ou revisadas.Qualidade da Água: 1) Classificação de um corpo de água baseada nas características físicas, químicas e biológicas mensuráveis (MeSH). 2) Características químicas, físicas e biológicas, relacionadas com o uso da água para um fim específico.Sementes: Embriões encapsulados de plantas com florescência. São usados como são, ou como ração animal, por causa do alto conteúdo de nutrientes concentrados, como amido, proteínas e lipídeos. Sementes de colza, de algodão e de girassol são também produzidas por causa dos óleos que produzem.Alimentos Naturais: Termo não médico definido pela lei pública como alimento que apresenta pouco ou nenhum conservante, que não sofreu processamento significativo, enriquecimento ou refinamento e que pode crescer sem o auxílio de praguicidas. (Tradução livre do original: Segen, The Dictionary of Modern Medicine, 1992)Plantas: Formas de vida eucarióticas e multicelulares do reino Plantae (lato sensu), compreendendo VIRIDIPLANTAE, RODÓFITAS e GLAUCÓFITAS, todas as quais obtiveram cloroplastos por endossimbiose direta com CIANOBACTÉRIAS. São caracterizadas por modo de nutrição predominantemente fotossintético; crescimento essencialmente ilimitado em certas regiões de divisão celular localizadas (MERISTEMA); celulose no interior das células que confere rigidez, ausência de órgãos de locomoção, ausência de sistemas nervoso e sensorial e alternância entre gerações haploides e diploides.Urbanização: Processo de aumento da população urbana em relação à rural, associado à concentração de muitas pessoas em espaço restrito (a cidade) e à substituição das atividades primárias (agropecuárias) por atividades secundárias (industriais) e terciárias (serviços).Gerenciamento de Resíduos: Descarte, processamento, controle, reciclagem, e reutilização de sólidos, líquidos e gases provenientes de plantas, animais, humanos e outros organismos. Inclui o controle dentro de um sistema ecológico fechado para manter um ambiente habitável.História do Século XVII: Período de tempo a partir de 1601 até 1700 da era comum.Água Doce: Água contendo quantidades insignificantes de sais, como as águas dos RIOS e LAGOS.Inoculantes Agrícolas: Micro-organismos benéficos (bactérias ou fungos) encapsulados em algum material carregador e aplicados ao ambiente para remediação e aumento da produtividade agrícola.Poluentes do Solo: Substâncias que poluem o solo. Use para poluentes do solo em geral ou para aqueles que não tenham um título específico.Zonas Úmidas: Ambientes ou habitats na interface entre ecossistemas verdadeiramente terrestres e sistemas verdadeiramente aquáticos tornando-os diferentes de cada um deles mas altamente dependentes de ambos. Adaptações a baixo [nível de] oxigênio do solo caracterizam muitas das espécies de zonas úmidas.Raízes de Plantas: Porções geralmente subterrâneas de uma planta, que servem como suporte e estocagem de alimento, e pelas quais a água e nutrientes minerais penetram na planta.Fungicidas Industriais: Agentes químicos que matam ou inibem o crescimento de fungos em aplicações na agricultura, na madeira, plásticos ou outros materiais, em piscinas, etc.Economia: Ciência da utilização, distribuição e consumo de serviços e materiais.Fenômenos Fisiológicos da Nutrição: Processos e propriedades de organismos vivos pelos quais eles assimilam e equilibram o uso de materiais nutritivos para energia, produção de calor, ou material construtor para o crescimento, manutenção ou reparo de tecidos, e as propriedades nutritivas dos ALIMENTOS.Síndrome de Adaptação Geral: A soma de todas as reações sistêmicas não específicas do corpo por exposição longa e contínua ao estresse sistêmico.População Rural: Habitantes da área rural ou de pequenos municípios classificados como rurais.Ecologia: Ramo da ciência voltado para as inter-relações de organismos e seu AMBIENTE, especialmente as manifestadas por ciclos e ritmos naturais, desenvolvimento e estrutura da comunidade, interações entre espécies de organismos diferentes, distribuições geográficas e alterações populacionais. (Tradução livre do original: Webster's, 3d ed)Fontes Geradoras de Energia: Materiais ou fenômenos que fornecem energia diretamente ou por meio de conversão.Biocombustíveis: Subprodutos ricos em hidrocarbonetos advindos da BIOMASSSA não fossilizada que são queimados para gerar energia, diferentemente dos depósitos de hidrocarbonetos fossilizados (COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS).Paraceratose: Persistência dos núcleos dos queratinócitos dentro do estrato córneo da pele. É uma condição normal do epitélio da mucosa verdadeira da boca e vagina. (Dorland, 28a ed)História do Século XVIII: Período de tempo a partir de 1701 até 1800 da era comum.Filogenia: Relacionamentos entre grupos de organismos em função de sua composição genética.Poluentes Químicos da Água: Compostos químicos que poluem a água dos rios, córregos, lagos, mar, reservatórios ou outros corpos aquáticos.Saúde Pública: Ramo da medicina voltado para a prevenção e o controle de doenças e deficiências, e para a promoção da saúde física e mental da população tanto nos níveis internacional e nacional, como no estadual ou municipal.Poluição Química da Água: Efeitos adversos em corpos aquáticos (LAGOS, RIOS, mares, água subterrânea etc.) causados por POLUENTES QUÍMICOS DA ÁGUA.Modelos Teóricos: Representações teóricas que simulam o comportamento ou atividade dos sistemas, processos ou fenômenos. Eles incluem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.Qualidade dos Alimentos: Sob o aspecto funcional e em sentido amplo, qualidade deve ser considerada como uma especificação ou um grupo de especificações dentro de determinados limites ou tolerâncias, que devem ser atendidas. É um importante aspecto da produção de alimentos e normalmente considerada como grau de excelência.Ética: Filosofia ou código que diz respeito ao que é ideal no caráter e na conduta humana. É também o campo de estudo que trata dos princípios da moralidade.Comércio: O intercâmbio de bens ou artigos, especialmente em uma larga escala, entre países diferentes ou entre populações dentro do mesmo país. Inclui comércio (a compra, venda ou troca de artigos no atacado ou varejo) e negócios (a compra e venda de bens para obter lucro).MontanaTeologia: Estudo da religião e crença religiosa, ou um sistema particular ou uma escola de crenças religiosas e ensinamentos. (Tradução livre do original: online Cambridge Dictionary of American English, 2000 and WordNet: An Electronic Lexical Database, 1997)Patologia Veterinária: Campo da medicina veterinária voltado para as causas e as transformações produzidas pelas doenças no corpo dos animais.Cereais: Gramíneas que originam sementes (POACEAE) que são importantes na dieta alimentar.Doenças Transmitidas por Alimentos: 1) Doença aguda que geralmente afeta o TRATO GASTROINTESTINAL, ocasionada pelo consumo de comida ou bebida contaminada. A maioria destas doenças é infecciosa, causada por uma grande variedade de bactérias, vírus ou parasitas que podem ser transmitidos por alimento. Algumas vezes as doenças são causadas por toxinas prejudiciais dos micróbios ou outra substância química presente na comida. Principalmente no último caso, a afecção é com frequência chamada de intoxicação alimentar. (MeSH) 2) Efeitos nocivos que surgem após a ingestão de alimentos resultantes da: l - contaminação por bactéria patogênica; 2 - produtos tóxicos de fungos e bactérias; 3 - reações alérgicas a determinadas proteínas ou outros componentes do alimento ou; 4 - contaminantes químicos.Clorpirifos: Inibidor organotiofosfato da colinesterase que é utilizado como inseticida e acaricida.Fósforo: Elemento não metálico que tem o símbolo atômico P, o número atômico 15 e massa atômica 31. É um elemento essencial que participa de uma ampla variedade de reações bioquímicas.Ciências da Nutrição: Estudo dos PROCESSOS NUTRICIONAIS, bem como os componentes do alimento, suas ações, interação e equilíbrio na relação saúde e doença.Sistemas Ecológicos Fechados: Sistemas que permitem a manutenção da vida em compartimentos vivos isolados, através da reutilização cíclica dos materiais disponíveis; neste ciclo o gás carbônico exalado, a urina e outros dejetos são convertidos quimicamente (ou por fotossíntese) em oxigênio, água e alimento.Dimetoato: Inibidor organofosforado da colinesterase utilizado como inseticida sistêmico e de contato.História do Século XXI: Período de tempo a partir de 2001 até 2100 da era comum.Poaceae: Grande família de gramíneas herbáceas de folhas estreitas da ordem Cyperales, subclasse Commelinidae, classe Liliopsida (monocotiledôneas). GRÃO COMESTÍVEL vem de membros desta família. RINITE ALÉRGICA SAZONAL pode ser induzida por PÓLEN de muitas gramíneas.Controle de Insetos: Redução ou regulação da população de insetos nocivos, destrutivos ou perigosos através de meios químicos, biológicos ou de outros meios.Insetos: Classe Insecta, no filo dos ARTRÓPODOS, cujos membros são caracterizados pela divisão em três partes: cabeça, tórax e abdome. Consistem no grupo dominante de animais na Terra; várias centenas de milhares de tipos foram descritos. Três ordens, HEMIPTERA, DIPTERA e SIPHONAPTERA são de interesse para a medicina porque causam doenças em humanos e animais. (Tradução livre do original: Borror et al., An Introduction to the Study of Insects, 4th ed, p1)Políticas: Procedimento ou método de ação selecionado para orientar e determinar decisões presentes e futuras.Bovinos: Animais bovinos domesticados (do gênero Bos) geralmente são mantidos em fazendas ou ranchos e utilizados para produção de carne, derivados do leite ou para trabalho pesado.Ciclo do Nitrogênio: Circulação do nitrogênio na natureza, que consiste de um ciclo de reações bioquímicas em que o nitrogênio atmosférico é composto, dissolvido na chuva e depositado no solo, onde é assimilado e metabolizado por bactérias e plantas, retornando eventualmente para a atmosfera por decomposição da matéria orgânica feita por bactérias.Cucurbita: Gênero de plantas (família CUCURBITACEAE, ordem Violales, subclasse Dilleniidae) que abrangem 'abóbora' e 'cabaço' (pumpkin, gourd and squash).Cruzamento: Produção de descendência por cruzamento seletivo ou HIBRIDIZAÇÃO GENÉTICA em animais ou plantas.Aquicultura: Cultivo dos recursos naturais da fauna aquática.Região do Mediterrâneo: O MAR MEDITERRÂNEO, as ILHAS DO MEDITERRÂNEO e os países que limitam coletivamente o mar.Triticum: Gênero de plantas da família POACEAE que produzem GRÃO COMESTÍVEL. Um híbrido com centeio (SECALE CEREALE) é denominado TRITICALE. A semente é moída em FARINHA e usada para preparar PÃO, sendo fonte de AGLUTININAS DO GERME DE TRIGO.Frutas: O ovário desenvolvido de uma planta, podendo ser carnudo ou seco, portando a(s) semente(s).Cromossomos Humanos Y: Cromossomo humano sexual masculino que se diferencia transportando a metade dos gametas masculinos e nenhum gameta feminino (nos humanos).Vigilância em Saúde Pública: Coleção sistemática, análise e interpretação de dados relacionados à saúde com o propósito de prevenção ou controle de doenças ou de identificação de eventos incomuns de importância na saúde pública, seguido da disseminação e uso da informação para ação em saúde pública. (Tradução livre do original: Am J Prev Med 2011;41(6):636)Demografia: Ciência e prática que lida com análises estatísticas e matemáticas de dados sobre populações - tamanho, composição e distribuição espacial, bem como causas e consequências de mudanças na fertilidade, mortalidade, casamentos e migrações. (Tradução livre do original: Popline, 2002)Valor Nutritivo: Indicador da contribuição de um alimento ao conteúdo de nutrientes de uma dieta. Este valor depende da quantidade de alimentos que é digerida e absorvida e das quantidades de nutrientes essenciais (proteínas, gordura, carboidratos, minerais e vitaminas) contidas nesse alimento. Esse valor pode ser alterado por condições do solo e crescimento, manipulação e armazenagem, e processamento.Microbiologia do Solo: Presença de bactérias, vírus, e fungos no solo. A expressão não se restringe a organismos patogênicos.Carne: As porções comestíveis de qualquer animal usados como comida e que incluem mamíferos domésticos (sendo os principais gado, suínos e ovelha) junto com aves, peixes, moluscos e caça.Plantas Tolerantes a Sal: Plantas que conseguem crescer bem em solos que contenham alta salinidade.Aves Domésticas: Aves domesticadas criadas para alimentação. Caracteristicamente inclui GALINHAS, PERUS, PATOS, GANSOS e outros.Oryza sativa: Gramínea de cereal anual (família POACEAE) cujo grão amiláceo comestível (arroz) é o alimento básico para cerca de metade da população mundial.Colocasia: Gênero de plantas da família ARACEAE. Seus membros contêm oxalato de cálcio (amargo e irritante) e LECTINAS. Os polinésios usam a raiz para a confecção do típico 'poi'. Os nomes vulgares inhame-taioba e inhame-coco podem ser confundidos com outras plantas da família ARACEAE, com XANTHOSOMA, ou com o cará comum (DIOSCOREA).Países em Desenvolvimento: Países no processo de mudança com o crescimento econômico, ou seja, um aumento na produção, consumo e renda per capita. O processo de crescimento econômico envolve a melhor utilização de recursos naturais e humanos que resultam em uma mudança nas estruturas sociais, políticas e econômicas.África do Norte: Área geográfica da África que inclui ARGÉLIA, EGITO, LÍBIA, MARROCOS e TUNÍSIA. Inclui também os vastos desertos e oásis do Saara. É frequentemente denominada África do Norte, África de Língua Francesa ou Magreb. (Tradução livre do original: Webster's New Geographical Dictionary, 1988, p 856)Nitratos: Ésteres e sais inorgânicos ou orgânicos do ácido nítrico. Esses compostos possuem o radical NO3-.Traumatismos Ocupacionais: Lesões adquiridas em incidentes durante atividades laborais.Fungos: Reino de organismos eucarióticos e heterotróficos que vivem parasitariamente como sáprobios, incluindo COGUMELOS, LEVEDURAS, fuligens, bolores ou mofos, etc. Reproduzem-se sexuada ou assexuadamente e possuem ciclos de vida que variam de simples a complexo. Os fungos filamentosos, geralmente conhecidos como 'mofo', referem-se àqueles que crescem como colônias multicelulares.Vicia: Gênero de plantas (família FABACEAE) amplamente utilizadas como pilhagem de cobertura do solo e conhecidas por suas ervilhas comestíveis (VICIA FABA).Variação Genética: Diferenças genotípicas observadas entre indivíduos em uma população.National Institute for Occupational Safety and Health (U.S.): Instituto do CENTERS FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION responsável por garantir condições de trabalho seguras e salutares e por desenvolver padrões de segurança e saúde. Atividades de pesquisa que visam estas metas são desenvolvidas.Serviços de Alimentação: Equipamentos, instalações e funções relacionadas com a preparação e a distribuição de alimentos prontos para consumo.Tecnologia de Alimentos: Aplicação da ciência e da tecnologia para a utilização eficiente e eficaz dos alimentos para assegurar que estarão o mais disponível possível e para manter ou aumentar seu valor nutritivo e para melhorar ou modificar suas características organolépticas. Usualmente em referência à produção e preparação de alimentos em grande escala: abrange aroma, sabor, cor, textura, temperatura, preparação, cozimento, empacotamento, etc.KansasEuropa (Continente)Folhas de Planta: Estruturas expandidas, geralmente verdes, de plantas vasculares, consistindo caracteristicamente de uma expansão em lâmina ligada a um caule, funcionando como o principal órgão de fotossíntese e transpiração.Cooperação Internacional: Interação de pessoas ou grupos de pessoas que representam várias nações na busca de uma meta ou interesse comum.Qualidade de Produtos para o ConsumidorSequestro de Carbono: Qualquer um dos vários processos de captura ou remoção, permanente ou de longo prazo, artificial ou natural, e armazenamento de dióxido de carbono ou outras formas de carbono, por meio de processos biológicos, químicos ou físicos, em uma forma que o impeça de ser liberado na atmosfera.Aquecimento Global: Aumento na temperatura da atmosfera próxima à superfície da Terra e na troposfera, o que pode contribuir para alterações nos padrões climáticos globais.Saúde do Trabalhador: Promoção e manutenção no mais alto grau do bem-estar físico, mental e social dos trabalhadores em todas as ocupações; a prevenção entre os trabalhadores de doenças ocupacionais causadas por suas condições de trabalho; a proteção dos trabalhadores em seus labores, dos riscos resultantes de fatores adversos à saúde; a colocação e conservação dos trabalhadores nos ambientes ocupacionais adaptados a suas aptidões fisiológicas e psicológicas.Resistência a Inseticidas: Desenvolvimento de resistência aos inseticidas pelos insetos.Animais Selvagens: Animais considerados selvagens ou ferozes ou não adaptados a uso doméstico. Não inclui animais selvagens em zoológicos para os quais ANIMAIS DE ZOOLÓGICO está disponível.Endófitos: Endossimbionte que pode ser tanto uma bactéria como um fungo que vive parte de sua vida em uma planta. Endófitas podem trazer benefícios para as plantas hospedeiras por impedir que organismos patogênicos as colonizem.Doenças dos AnimaisBrasil: A República Federativa do Brasil é formada por 5 regiões (norte, nordeste, centro-oeste, sudeste e sul), 26 Estados e o Distrito Federal (Brasília). A atual divisão político-administrativa é de 1988, quando foi criado o estado do Tocantins, a partir do desmembramento de parte de Goiás, e os territórios de Amapá e Roraima foram transformados em estados. Quinto país do mundo em área total, superado por Federação Russa, Canadá, China e EUA, e maior da América do Sul, o Brasil ocupa a parte centro-oriental do continente. São 23.089 km de fronteiras, sendo 7.367 km marítimas e 15.719 km terrestres. A orla litorânea estende-se do cabo Orange, na foz do rio Oiapoque, ao norte, até o arroio Chuí, no sul. Todos os países sul-americanos, com exceção de Equador e Chile, fazem fronteira com Brasil. Pouco mais de 70 km tornam a extensão norte-sul do país superior ao sentido leste-oeste. São 4.394,7 km entre os extremos leste e oeste. Ao norte, o ponto extremo do Brasil é a nascente do rio Ailã, no monte Caburaí, em Roraima, fronteira com a Guiana. Ao sul, o arroio Chuí, na divisa do Rio Grande do Sul com o Uruguai. A leste, a ponta do Seixas, na Paraíba. E a oeste, as nascentes do rio Moa, na serra da Contamana, no Acre, fronteira com o Peru. O centro geográfico fica na margem esquerda do rio Jarina, em Barra do Garça em Mato Grosso. (Almanaque Abril. Brasil, SP: Editora Abril S.A., 2002). Existe grande contraste entre os estados em relação aos aspectos físicos e demográficos e aos indicadores sociais e econômicos. A área do Amazonas, por exemplo, é maior do que a área somada dos nove estados da região nordeste. Enquanto Roraima e Amazonas têm cerca de um a dois habitantes por km2, no Rio de Janeiro e no Distrito Federal esse índice é superior a 300 (a média para o país é de 20,19 IBGE 2004). A população brasileira estimada para 2006 é de 186 milhões de habitantes distribuída em uma área de 8.514.215,3 km2 (média de 46 hab/km2). A mortalidade infantil média para o país é de 26,6 óbitos de crianças menores de um ano por 1000 nascidos vivos, variando de 47,1 para o estado de Alagoas (IBGE 2004) e 13,5 para o estado de São Paulo (SEADE 2005). A esperança (ou expectativa) de vida do brasileiro ao nascer é de 71,7 anos (IBGE 2004). A taxa de fecundidade é de 2,3 filhos por mulher menor de 20 anos (IBGE 2004). Em relação à economia, apenas três estados do Sudeste - São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais - respondem por cerca de 60 por cento do PIB brasileiro.Densidade Demográfica: Número de indivíduos por unidade de espaço.Inquéritos sobre Dietas: Coleta sistemática de dados reais relativos à dieta de seres humanos em uma determinada área geográfica.Desenvolvimento Vegetal: Processos orquestrados ou dirigidos por uma grande quantidade de genes, hormônios vegetais e mecanismos inerentes de cronometragem biológica facilitados por moléculas secundárias, que resultam na transformação sistemática de plantas e partes de plantas, de um estágio de maturação para outro.Salinidade: Grau de conteúdo salino, que é basicamente a CONCENTRAÇÃO OSMOLAR de CLORETO DE SÓDIO mais quaisquer outros SAIS presentes. É um fator ecológico de considerável importância, que influencia os tipos de organismos que vivem em um MEIO AMBIENTE.Arecaceae: Família de palmeiras (ordem Arecales, subclasse Arecidae, classe Liliopsida).Papo das Aves: Distensão fina da parede do trato digestório saliente do lado de fora da cavidade do corpo na extremidade distal do pescoço (esôfago), usado para o armazenamento temporário de alimentos e água.Formigas: Insetos da família Formicidae, bastante comuns e amplamente distribuídos, provavelmente o grupo de maior êxito dentre os insetos. Todas as formigas são insetos sociais e a maioria das colônias possui três castas: rainhas, machos e operárias. Seus hábitos são frequentemente muito elaborados e diversos estudos têm sido realizados sobre o comportamento das formigas. Formigas produzem diversas secreções que funcionam no ataque, defesa e comunicação.Vacinas Antirrábicas: Vacinas ou candidatos a vacinas usados para impedir e tratar a RAIVA. A vacina de vírus inativado é usada para imunização na pré-exposição de pessoas em alto risco de exposição e, em conjunto com a imunoglobulina da raiva, para profilaxia pós-exposição.Intoxicação por Organofosfatos: Intoxicação devida à exposição a COMPOSTOS ORGANOFOSFORADOS, como ORGANOFOSFATOS, ORGANOTIOFOSFATOS e ORGANOTIOFOSFONATOS.Engenharia Genética: Modificação dirigida do gene complementar de um organismo vivo por técnicas como alteração do DNA, substituição de material genético por meio de um vírus, transplantação de um núcleo inteiro, transplantação de células híbridas, etc.Água: Líquido transparente, inodoro e insípido que é essencial para a maioria dos animais e vegetais, além de ser um excelente solvente para muitas substâncias. A fórmula química é óxido de hidrogênio (H2O). (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed)Análise Espacial: Técnicas que estudam as entidades por meio do uso de suas propriedades topológicas, geométricas ou geográficas.VietnãResíduos de Drogas: Drogas e seus metabólitos, encontrados nos tecidos comestíveis e no leite de animais depois, de serem medicados com drogas específicas. Aplica igualmente às drogas encontradas no tecido adiposo de humanos depois de um tratamento farmacológico.Análise Espaço-Temporal: Técnicas que estudam as entidades por meio do uso de suas propriedades topológicas, geométricas ou geográficas e incluem a dimensão tempo na análise.Simbiose: Relação entre duas espécies diferentes de organismos que são interdependentes; uma ganha benefícios da outra ou uma relação entre diferentes espécies em que ambos os organismos em questão se beneficiam da presença do outro.