Acanthamoeba: Gênero de amebas terrestres de vida livre que não possuem fase flagelada. Seus organismos são patógenos para diversas infecções em humanos e foram encontrados no olho, ossos, cérebro e trato respiratório.Ceratite por Acanthamoeba: A infecção da córnea por um protozoário ameboide que pode causar ulcerações da córnea levando à cegueira.Acanthamoeba castellanii: Espécie de amebas (família Acanthamoebidae) que vivem livremente na terra e podem causar ENCEFALITE e QUERATITE nos humanos.Amoeba: Gênero de protozoários ameboides. Suas características incluem núcleo vesicular e a formação de diversos lodópodes, um dos quais é predominante em determinado período de tempo. Reprodução ocorre assexuadamente por fissão binária.Amebíase: Infecção causada por qualquer uma de várias amebas. Ela é um estado de portador assintomático na maioria dos indivíduos, mas doenças que vão desde diarreias leves e crônicas a disenterias fulminantes podem ocorrer.Lentes de Contato: Lentes planejadas para serem usadas na superfície frontal do globo ocular. (Tradução livre do original:UMDNS, 1999)Amebicidas: Agentes destrutivos para as amebas, principalmente para a espécie parasita que causa a AMEBÍASE no homem e nos animais.Soluções para Lentes de Contato: Soluções estéreis usadas para limpar e desinfetar as lentes de contato.RNA Ribossômico 18S: Constituinte da subunidade 40S dos ribossomos eucarióticos. O RNAr 18 S encontra-se envolvido no início da síntese polipeptídica nos eucariotos.Naegleria: Ameba terrestre (vida livre) patogênica para humanos e animais e ocorre também na água e esgotos. A espécie mais comum encontrada no homem é NAEGLERI FOWLERI que é o patógeno da meningoencefalite amebiana primária dos primatas.Trofozoítos: Células ou estágio de desenvolvimento no ciclo de vida de protozoários esporozoários. No parasita da malária, o trofozoíto se desenvolve a partir do MEROZOÍTO e, então se quebra e forma o ESQUIZONTE. Os trofozoítos que restarem da divisão celular podem seguir, formando os gametócitos.Mimiviridae: Família de vírus grandes, nucleo-citoplasmáticos, de DNA dupla-fita, com genomas extremamente complexos.BiguanidasDNA de Protozoário: Ácido desoxirribonucléico que forma o material genético de protozoários.Ceratite: Inflamação da córnea.Infecções Protozoárias do Sistema Nervoso Central: Infecções do cérebro, medula espinhal ou meninges por organismos unicelulares do subreino outrora denominado Protozoa. O sistema nervoso central pode ser sítio primário ou secundário de infecções por protozoários. Estas doenças podem ocorrer como INFECÇÕES OPORTUNISTAS ou surgir em hospedeiros imunocompetentes.Lentes de Contato Hidrofílicas: Lentes de contato macias, flexíveis, feitas de polímeros plásticos que interagem prontamente com moléculas de água. Muitos tipos estão disponíveis, incluindo versões de uso contínuo e extensivo, que são permeáveis a gás e facilmente esterilizadas.Profilinas: Família de proteínas de baixo peso molecular que se liga a ACTINA e controla sua polimerização. São encontradas em eucariontes e são amplamente expressas.Chlamydiales: Ordem de bactérias obrigatoriamente intracelulares, cujo ciclo de replicação (do desenvolvimento) é semelhante ao da clamídia. Este ciclo tem dois estágios, com uma forma infecciosa (metabolicamente inativa) e uma forma vegetativa (que replica por divisão binária). Os membros das Chlamydiales são disseminados por aerossol ou por contato. Há pelo menos seis famílias reconhecidas: CHLAMYDIACEAE, Criblamydiaceae, Parachlamydiaceae, Rhabdochlamydia, Simkaniaceae e Waddliaceae.Desinfetantes: Substâncias usadas nos objetos inanimados, que destroem os microrganismos prejudiciais ou inibem sua atividade. Os desinfetantes são classificados como completos, que destroem os ESPOROS e as formas vegetativas dos microrganismos, e incompletos, os que destroem somente as formas vegetativas dos organismos. São diferenciados dos ANTISSÉPTICOS, que são agentes anti-infecciosos locais usados nos humanos e em outros animais. (Tradução livre do original: Hawley's Condensed Chemical Dictionary, 11th ed)Miosinas: Superfamília diversificada de proteínas que atuam como proteínas de translocação. Compartilham a característica comum de serem capazes de se ligar a ACTINAS e hidrolisar o MgATP. Geralmente, as miosinas consistem em cadeias pesadas envolvidas na locomoção e cadeias leves envolvidas na regulação. Há três domínios inseridos na estrutura na cadeia pesada da miosina: cabeça, pescoço e cauda. A região da cabeça da cadeia pesada contém o domínio de ligação à actina e o domínio MgATPase, que provê energia para locomoção. A região do pescoço está envolvida na união das cadeias leves. A região da cauda possui o ponto de ancoragem que retém a posição da cadeia pesada. A superfamília das miosinas é organizada em classes estruturais baseadas no tipo e arranjo das subunidades que elas contêm.Córnea: Porção anterior (transparente) da túnica fibrosa que reveste o olho, composta por cinco camadas: EPITÉLIO DA CÓRNEA (estratificado escamoso) LÂMINA LIMITANTE ANTERIOR, ESTROMA CORNEAL, LÂMINA LIMITANTE POSTERIOR e ENDOTÉLIO DA CÓRNEA (mesenquimal). Serve como primeiro meio de refração do olho. Estruturalmente, continua-se com a ESCLERA, é avascular, e recebe os nutrientes por permeação através de espaços entre as lamelas. É inervada pela divisão oftálmica do NERVO TRIGÊMEO (via nervos ciliares) e pelos da conjuntiva ao redor que, juntos, formam plexos. (Tradução livre do original: Cline et al., Dictionary of Visual Science, 4th ed)Ca(2+) Mg(2+)-ATPaseHartmannella: Gênero de amebas de vida livre encontrado na água doce. Cistos geralmente atravessam o trato intestinal do homem sem causar danos, podendo portanto ser encontrado nas fezes. Ocasionalmente, estes organismos causam infecções do trato respiratório ou meningoencefalite generalizada fatal.Proteínas de Protozoários: Proteínas encontradas em quaisquer espécies de protozoários.Legionella pneumophila: Espécie de bactérias Gram-negativas aeróbias que é o agente causador da DOENÇA DOS LEGIONÁRIOS. Foi isolada de numerosos ambientes, assim como de tecido pulmonar, secreções respiratórias e sangue humanos.Antiprotozoários: Substâncias que destroem protozoários.Benzamidinas: Amidinas substituídas com um grupo benzeno. Benzamidina e seus derivados são conhecidos como inibidores das peptidases.Proteínas Contráteis: Proteínas que participam de processos de contração. Incluem as PROTEÍNAS MUSCULARES bem como aquelas encontradas em outras células e tecidos. No último caso, elas participam de eventos contráteis localizados no citoplasma, na atividade móbil e no fenômeno de agregação celular.RNA de Protozoário: Ácido ribonucleico de protozoários, que tem papéis regulatórios e catalíticos, bem como envolvimento na síntese proteica.Metilmanosídeos: Manosídeos formados pela reação de um grupo hidroxil no carbono anomérico da manose com álcool metil. Incluem-se tanto os alfa- e beta-metilmanosídeos.Encefalite: Inflamação do ENCÉFALO produzida por infecção, processos autoimunes, toxinas e outras afecções. As infecções virais (ver ENCEFALITE VIRAL) são causas relativamente frequentes desta afecção.Actinas: Proteínas filamentosas, principais constituintes dos delgados filamentos das fibras musculares. Os filamentos (também conhecidos como filamentos ou actina-F) podem ser dissociados em suas subunidades globulares. Cada subunidade é composta por um único polipeptídeo de 375 aminoácidos. Este é conhecido como actina-G ou globular. Em conjunção com a MIOSINA, a actina é responsável pela contração e relaxamento do músculo.Úlcera da Córnea: A perda de tecido epitelial da superfície da córnea devido à erosão progressiva e necrose do tecido; frequentemente causada por bactérias, fungos e infecções virais.Methylophilus: Gênero de bacilos retos ou ligeiramente curvos, Gram-negativos, que ocorrem individualmente ou em pares, e que são isolados de sedimentos, lama e águas de rio e de lagoa.Desinfecção: Procedimento(s) que permitem tornar patógenos inofensivos através do uso de calor, de antissépticos, de agentes antibacterianos, etc.Meningoencefalite: Processo inflamatório envolvendo o cérebro (ENCEFALITE) e meninges (MENINGITE), geralmente causado por organismos patogênicos que invadem o sistema nervoso central e ocasionalmente por toxinas, transtornos autoimunes e outras afecções.Clorexidina: Desinfetante e anti-infeccioso tópico também utilizado como antisséptico bucal para prevenir a placa dentária.Esporos de Protozoários: Estágio vegetativo do ciclo de vida dos protozoários esporozoários. É característico dos membros dos filos APICOMPLEXA e MICROSPORIDIA.