Úlcera da Perna: Ulceração da pele e estruturas adjacentes das baixas extremidades. Cerca de 90 por cento dos casos são devido à insuficiência venosa (ÚLCERA VARICOSA), 5 por cento devido à doença arterial, e os 5 por cento restantes são devido a outras causas.Úlcera Varicosa: Desarranjo ou ulceração cutânea causada por VARIZES em que há excessiva pressão hidrostática no sistema venoso superficial da perna. A hipertensão nervosa leva ao aumento na pressão no leito capilar, transudação de líquido e proteínas no espaço intersticial, alterando fluxo de sangue e provisão de nutrientes à pele e aos tecidos subcutâneos, além de eventual ulceração.Pernas: Parte mais baixa, na extremidade inferior, entre o JOELHO e o TORNOZELO.Bandagens: Material utilizado para envolver ou atar qualquer parte do corpo.Úlcera Gástrica: Ulceração da MUCOSA GÁSTRICA devido contato com SUCO GÁSTRICO. Frequentemente está associada com infecção por HELICOBACTER PYLORI ou consumo de drogas anti-inflamatórias não esteroides (AGENTES ANTI-INFLAMATORIOS NÃO ESTEROIDES).Úlcera Duodenal: ÚLCERA PÉPTICA situada no DUODENO.Úlcera Péptica: Úlcera que ocorre nas porções do TRATO GASTROINTESTINAL que entram em contato com o SUCO GÁSTRICO contendo PEPSINA e ÁCIDO GÁSTRICO. Ocorre quando há defeitos na barreira da MUCOSA. As formas comuns de úlcera péptica estão associadas com HELICOBACTER PYLORI e o consumo de drogas anti-inflamatórias não esteroides (NSAIDs).Bandagens Compressivas: Faixas de material elástico usado para aplicar pressão a partes do corpo para controlar EDEMA e ajudar a circulação.Úlcera CutâneaÚlcera por Pressão: Ulceração causada por presão prolongada na PELE e TECIDOS quando uma pessoa fica em uma posição por um longo período de tempo, como, por exemplo, deitada em uma cama. As áreas ósseas do corpo são os locais mais frequentemente afetados que se tornam isquêmicos (ISQUEMIA) sob pressão constante.Insuficiência Venosa: Fluxo de sangue venoso prejudicado ou retorno venoso (estase venosa), geralmente causado por valvas venosas inadequadas. Com frequência, a insuficiência venosa ocorre nas pernas e está associada com EDEMA e, às vezes, com ÚLCERA POR ESTASE VENOSA nos quadris.Cicatrização: Restauração da integridade a tecido traumatizado.Curativos Hidrocoloides: Curativos compostos de uma matriz autoadesiva para que partículas hidrofílicas absorventes sejam absorvidas. As partículas consistem em derivados de CELULOSE, ALGINATOS de cálcio, PECTINAS ou GÉIS. Sua utilidade baseia-se em propiciar um ambiente úmido para a CICATRIZAÇÃO DE FERIDAS.Úlcera Péptica Hemorrágica: Sangramento proveniente de ÚLCERA PÉPTICA que pode estar localizada em qualquer segmento do TRATO GASTROINTESTINAL.Lanolina: Gordura amarela obtida da lã de carneiro. É utilizada como um emoliente, cosmético e adjuvante farmacêutico.Pé Diabético: Problemas comuns no pé de pessoas com DIABETES MELLITUS, causados por qualquer uma das combinações dos fatores, como NEUROPATIAS DIABÉTICAS, DOENÇAS VASCULARES PERIFÉRICAS e INFECÇÃO. Com a perda da sensação e circulação deficitária, as lesões e infecções, com frequência, levam a sérias úlceras do pé, GANGRENA e AMPUTAÇÃO.Auditoria Financeira: Exame, avaliação e verificação da contabilidade.Curativos Oclusivos: Qualquer um de vários materiais utilizados para cobrir e proteger uma ferida, sendo este um que veda a ferida do contato com ar ou bactérias. (Dorland, 28a ed)Úlcera Péptica Perfurada: Penetração da ÚLCERA PÉPTICA pela parede do DUODENO ou ESTÔMAGO que permite o vazamento do conteúdo do lúmen dentro da CAVIDADE PERITONEAL.Fármacos Hematológicos: Fármacos que agem no sangue e nos órgãos formadores de sangue, e os que afetam o sistema hemostático.Desbridamento: A remoção de um material estranho e tecido desvitalizado ou contaminado de ou adjacente a uma lesão traumática ou infectada até que tecido sadio circundante seja exposto. (Dorland, 28a ed)Úlcera de Buruli: Lesão na pele e nos tecidos subcutâneos devida às infecções por MYCOBACTERIUM ULCERANS. Foi mencionada pela primeira vez na Uganda (África).Transplante de Pele: Enxerto de pele em humanos ou animais de um local a outro para substituir uma porção perdida da superfície corporal da pele.Doença Crônica: Doenças que têm uma ou mais das seguintes características: são permanentes, deixam incapacidade residual, são causadas por alteração patológica não reversível, requerem treinamento especial do paciente para reabilitação, pode-se esperar requerer um longo período de supervisão, observação ou cuidado.Higiene da Pele: Manutenção do estado higiênico da pele sob condições ótimas de limpeza e conforto. Os cuidados efetivos da pele são lavagem apropriada, banho, purificação e uso de sabões, detergentes, óleos, etc. Em vários estados de doenças são utilizadas soluções e unguentos terapêuticos e protetores. O cuidado com a pele é particularmente importante em várias ocupações, na exposição à luz solar, em neonatos e em ÚLCERA DE PRESSÃO.Hidroxietilrutosídeo: Derivado monoidroxietil da rutina. É um estimulante da circulação periférica utilizado o tratamento de distúrbios venosos.Síndrome das Pernas Inquietas: Transtorno caracterizado por dor ou sensações de ardência nas extremidades inferiores e, raramente, nas superiores ocorrendo previamente ao sono ou podem despertar o paciente do sono.Anemia Falciforme: Doença caracterizada por anemia hemolítica crônica, crises dolorosas episódicas e envolvimento patológico de vários órgãos. É a expressão clínica de homozigosidade do gene que codifica a hemoglobina S.Curativos Biológicos: Tecido humano ou animal utilizado como revestimento temporário de ferimento.Resultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.Ultrassonografia Doppler Dupla: Ultrassonografia aplicando o efeito Doppler combinado com uma imagem de tempo real. A imagem de tempo real é criada pelo movimento rápido do feixe de ultrassom. A grande vantagem dessa técnica é a habilidade em estimar a velocidade do fluxo de mudança de frequência do Doppler.Benzocaína: Anestésico de superfície que atua prevenindo a transmissão de impulsos ao longo das FIBRAS NERVOSAS e nas TERMINAÇÕES NERVOSAS.Lactato Desidrogenases: Álcool oxidorredutases com substrato específico para ÁCIDO LÁCTICO.Pesquisa em Enfermagem Clínica: Investigação executada por enfermeiros no ambiente clínico, e projetada para fornecer informações que ajudarão a melhorar os cuidados dispensados aos pacientes. Outros profissionais também podem participar da pesquisa.HemossiderinaDispositivos de Compressão Pneumática Intermitente: Instrumentos que geram forces intermitentes, uniformes ou graduadas para facilitar o esvaziamentos das VEIAS. Estes dispositivos são usados para diminuir o EDEMA dos membros e evitar o TROMBOEMBOLISMO venoso, como a tromboses das veias profundas nas pernas.Transtornos do Cromossomo Sexual no Desenvolvimento Sexual: Afecções congênitas de desenvolvimento sexual atípico associadas com constituições anormais de cromossomos sexuais, incluindo MONOSSOMIA, TRISSOMIA e MOSAICISMO.Infecção dos Ferimentos: A invasão do local de trauma por microrganismos patogênicos.