Úlcera CutâneaÚlcera da Perna: Ulceração da pele e estruturas adjacentes das baixas extremidades. Cerca de 90 por cento dos casos são devido à insuficiência venosa (ÚLCERA VARICOSA), 5 por cento devido à doença arterial, e os 5 por cento restantes são devido a outras causas.Pfiesteria piscicida: Dinoflagelado com ciclo de vida que inclui numerosas fases flageladas, ameboides e encistadas. Ambas as formas flageladas e ameboides produzem toxinas que causam feridas abertas em peixes. Pfiesteria piscicida alimenta-se do tecido desprendido destas feridas, assim como de bactérias e algas. É encontrado nos estuários do Atlântico dos Estados Unidos.Curativos Hidrocoloides: Curativos compostos de uma matriz autoadesiva para que partículas hidrofílicas absorventes sejam absorvidas. As partículas consistem em derivados de CELULOSE, ALGINATOS de cálcio, PECTINAS ou GÉIS. Sua utilidade baseia-se em propiciar um ambiente úmido para a CICATRIZAÇÃO DE FERIDAS.Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.Úlcera Gástrica: Ulceração da MUCOSA GÁSTRICA devido contato com SUCO GÁSTRICO. Frequentemente está associada com infecção por HELICOBACTER PYLORI ou consumo de drogas anti-inflamatórias não esteroides (AGENTES ANTI-INFLAMATORIOS NÃO ESTEROIDES).Úlcera Duodenal: ÚLCERA PÉPTICA situada no DUODENO.Gangrena: Morte e putrefação de tecidos, geralmente devido à perda de suprimento sanguíneo.Úlcera Péptica: Úlcera que ocorre nas porções do TRATO GASTROINTESTINAL que entram em contato com o SUCO GÁSTRICO contendo PEPSINA e ÁCIDO GÁSTRICO. Ocorre quando há defeitos na barreira da MUCOSA. As formas comuns de úlcera péptica estão associadas com HELICOBACTER PYLORI e o consumo de drogas anti-inflamatórias não esteroides (NSAIDs).Infecções Protozoárias em Animais: Infecções causadas por organismos unicelulares membros do antigo sub-reino Protozoa. As infecções podem ser experimentais ou veterinárias.Doenças dos Peixes: Doenças dos peixes de aquário, marinhos ou de água fresca. Este termo inclui doenças de ambos os peixes, teleostes (peixes verdadeiros) e elasmobranches (tubarões, raias e skates).Cicatrização: Restauração da integridade a tecido traumatizado.Úlcera por Pressão: Ulceração causada por presão prolongada na PELE e TECIDOS quando uma pessoa fica em uma posição por um longo período de tempo, como, por exemplo, deitada em uma cama. As áreas ósseas do corpo são os locais mais frequentemente afetados que se tornam isquêmicos (ISQUEMIA) sob pressão constante.Necrose: Processo patológico que ocorre em células que estão morrendo por causa de traumas irreparáveis profundos. É causado pela ação descontrolada e progressiva de ENZIMAS degradativas que produzem DILATAÇÃO MITOCONDRIAL, floculação nuclear e lise celular. Distingue-se de APOPTOSE, que é um processo celular normal, regulado.Úlcera Péptica Hemorrágica: Sangramento proveniente de ÚLCERA PÉPTICA que pode estar localizada em qualquer segmento do TRATO GASTROINTESTINAL.Úlcera Péptica Perfurada: Penetração da ÚLCERA PÉPTICA pela parede do DUODENO ou ESTÔMAGO que permite o vazamento do conteúdo do lúmen dentro da CAVIDADE PERITONEAL.DermatopatiasEnvelhecimento da Pele: Processo de envelhecimento devido a alterações na estrutura e na elasticidade da pele ao longo do tempo. Pode ser parte do envelhecimento fisiológico ou ser devido aos efeitos da radiação ultravioleta, geralmente por exposição à luz solar.Neoplasias Cutâneas: Tumores ou câncer da PELE.Úlcera de Buruli: Lesão na pele e nos tecidos subcutâneos devida às infecções por MYCOBACTERIUM ULCERANS. Foi mencionada pela primeira vez na Uganda (África).