Éter: Líquido móvel, muito volátil, altamente inflamável, utilizado como anestésico inalante e como solvente para ceras, gorduras, óleos, perfumes, alcaloides e gomas. É levemente irritante para a pele e mucosas.ÉteresEtil-ÉteresÉteres Difenil Halogenados: Compostos que contêm dois anéis benzênicos halogenados ligados por meio de um átomo de OXIGÊNIO. Muitos difenil éteres polibromados são usados como RETARDADORES DE CHAMA.Éteres Fenílicos: Éteres ligados a uma estrutura de anel benzênico.Éteres de Coroa: Poliéteres macrocíclicos com repetição da unidade (-CH2-CH2-O)n onde n é maior que 2 e alguns oxigênios podem ser substituídos por nitrogênio, enxofre ou fósforo. Estes compostos são úteis para coordenar CÁTIONS. A nomenclatura usa um prefixo para indicar o tamanho do anel e um sufixo para vários heteroátomos.Éteres Fosfolipídicos: Fosfolipídeos que possuem uma parte alcoólica com uma ligação éter com um álcool alifático saturado ou insaturado. São normalmente derivados dos fosfogliceróis ou fosfatidatos. Os outros dois grupos álcoois do esqueleto do glicerol estão normalmente em uma ligação éster. Esses compostos estão amplamente distribuídos em tecidos animais.Éteres de Glicerila: Compostos de glicerol que apresentam um ou mais dos três grupos hidroxilas unidos por ligações éter com álcoois alifáticos saturados ou insaturados. Um ou dois grupos hidroxilas do glicerol podem ser estereficados. Estes compostos foram encontrados em vários tipos de tecidos animais.Éteres Metílicos: Grupo de compostos que contêm a fórmula geral R-OCH3.Etilenoglicóis: Etileno com dois grupamento hidróxi (-OH) localizados em carbonos adjacentes. São líquidos viscosos e incolores. Alguns são utilizados como anestésicos ou hipnóticos. Entretanto, esta classe de substâncias são mais conhecidas por seu uso como líquido refrigerante ou como anticongelamento.Bifenil Polibromatos: Compostos bifenílicos que estão intensamente bromados. Muitos destes compostos são tóxicos poluentes ambientais.Retardadores de Chama: Materiais aplicados a tecidos, roupas de cama, mobília, plásticos, etc. para retardar sua combustão; muitos podem lixiviar causando alergias ou outros problemas (harm).Éter Bisclorometílico: Substância irritante para os olhos e trato respiratório podendo ser carcinogênica.Éteres Cíclicos: Compostos com a fórmula geral R-O-R, dispostos em anel ou em forma de coroa.Plasmalogênios: GLICEROFOSFOLIPÍDEO, no qual uma das duas cadeias acil encontra-se ligada ao glicerol com uma ligação alcenil éter no lugar de um éster como com outros glicerofosfolipídeos.tert-Butil ÁlcoolCompostos de VinilaHidrocarbonetos BromadosEstrutura Molecular: Localização dos átomos, grupos ou íons, em relação um ao outro, em uma molécula, bem como o número, tipo e localização das ligações covalentes.Estereoisomerismo: Fenômeno através do qual compostos cujas moléculas têm o mesmo número e tipo de átomos e o mesmo arranjo atômico, mas diferem nas relações espaciais.AcetaisCromatografia Gasosa: Fracionamento de uma amostra vaporizada como uma consequência da partição entre uma fase móvel gasosa e uma fase estacionária presa em uma coluna. São de dois tipos, cromatografia gas-sólido, em que a fase estacionária é um sólido e gás-líquido, em que a fase estacionária é um líquido não volátil apoiado em uma matriz sólida inerte.Ciclização: Modificação [estrutural] de um hidrocarboneto de cadeia aberta para [a forma de] anel fechado.Cromatografia Gasosa-Espectrometria de Massas: Técnica microanalítica que combina espectrometria de massas e cromatografia gasosa para determinação qualitativa e quantitativa de compostos.Gasolina: Combustível volátil inflamável (hidrocarbonetos líquidos) obtido a partir do petróleo bruto através de processos como destilação, [craqueamento], reforma [catalítica], polimerização, etc.Alcenos: Hidrocarbonetos insaturados do tipo Cn-H2n, denominados pelo sufixo -eno.Cromatografia em Camada Delgada: Cromatografia em camadas delgadas de adsorventes e não em colunas. O adsorvente pode ser alumina, sílica gel, silicatos, carvão vegetal ou celulose.Boranos: Nome coletivo dos hidretos de boro, análogos aos alcanos e silanos. Muitos boranos são conhecidos; alguns com alto poder calorífico são utilizados como combustíveis de alta energia. (Tradução livre do original: Grant & Hackh's Chemical Dictionary, 5th ed)Solventes: Líquidos [usados para] dissolver outras substâncias (solutos), estas geralmente sólidas, sem que haja mudança em sua composição química [do soluto], como açúcar [soluto] [dissolvido] em água [solvente], [ou iodo (soluto) dissolvido em álcool (solvente)].Poluentes Ambientais: Substâncias ou energias, por exemplo, calor ou luz, que, ao serem introduzidas no ar, água ou solo, ameaçam a vida ou a saúde de indivíduos ou ECOSSISTEMAS.Glicerídeos: GLICEROL esterificado com ÁCIDOS GRAXOS.Glicóis: Grupo genérico de álcoois di-hídricos com os grupos hidroxi (-OH) localizados em diferentes átomos de carbono. Apresentam-se como líquidos viscosos com altos pontos de fusão devido aos seus pesos moleculares.Metoxiflurano: Anestésico inalante. Atualmente o metoxiflurano é raramente utilizado na anestesia cirúrgica, obstetra ou odontológica. Se empregado, deve ser administrado em conjunto com o ÓXIDO NITROSO para a obtenção de uma anestesia relativamente leve e um bloqueador neuromuscular dado concomitantemente para a obtenção de um relaxamento muscular nos níveis desejados. (Tradução livre do original: AMA Drug Evaluations Annual, 1994, p180)ÉsteresCompostos de Epóxi: Compostos orgânicos que incluem um éter cíclico com três átomos em anéis na sua estrutura. São usados comumente como precursores para POLÍMEROS como RESINAS EPÓXI.Álcoois: Compostos alquilos que contêm o grupo hidróxido. Eles são classificados de acordo com o átomo de carbono: álcoois primários, R-CH2OH; álcoois secundários, R2-CHOH e álcoois terciários, R3-COH. (Tradução livre do original: Grant & Hackh's Chemical Dictionary, 5th Ed)Furanos: Compostos com anel de 5 membros, sendo 4 carbonos e um oxigênio. São heterociclos aromáticos. A forma reduzida é o tetra-hidrofurano.PropanoÁlcoois Graxos: Álcoois primários de cadeia linear, normalmente com alto peso molecular, porém podem variar e conter até mesmo 4 carbonos. São derivados de gorduras naturais e óleos, incluindo os álcoois laurílico, estearílico, oleílico e linoleílico. São utilizados na indústria farmacêutica, cosmética e têxtil e na fabricação de detergentes, plásticos e óleos lubrificantes.Espectroscopia de Ressonância Magnética: Método espectroscópico de medição do momento magnético de partículas elementares, como núcleos atômicos, prótons ou elétrons. É empregada em aplicações clínicas, como Tomografia por RMN (IMAGEM POR RESSONÂNCIA MAGNÉTICA).Copolímero de Pirano: Copolímero de éter divinílico e anidrido maleico que age como imunoestimulador com propriedades antineoplásicas e anti-infecciosas. É também usado com outros agentes antineoplásicos.Silanos: Compostos similares aos carboidratos em que um átomo tetravalente de silício substitui o átomo de carbono. São bastante reativos, inflamam-se no ar e formam derivados muito úteis.Éter de Diematoporfirina: Componente purificado DERIVADO DA HEMATOPORFIRINA que consiste na mistura de porfirinas oligoméricas. É utilizado na terapia fotodinâmica (FOTORRADIAÇÃO COM HEMATOPORFIRINA), para tratar lesões malignas com luz visível e experimentalmente, como agente antiviral. É a primeira droga a ser aprovada no uso da TERAPIA FOTODINÂMICA nos Estados Unidos.Biodegradação Ambiental: Eliminação de POLUENTES AMBIENTAIS, PRAGUICIDAS e outros resíduos usando organismos vivos, geralmente envolvendo intervenção de engenheiros ambiental ou saneamento.Alcanos: O nome genérico para o grupo de hidrocarbonetos alifáticos Cn-H2n+2. São denominados pelo sufixo -ano.Clorofórmio: Solvente laboratorial comum. Inicialmente foi utilizado como anestésico, mas foi proibido seu uso nos Estados Unidos devido as suspeitas carcinogênicas.CetonasOximas: Compostos que contêm o radical R2C=N.OH derivado da condensação de ALDEÍDOS ou CETONAS com HIDROXILAMINA. Membros deste grupo são REATIVADORES DA COLINESTERASE.Propilenoglicóis: Derivados do propilenoglicol (1,2-propanodiol). São utilizados como umectantes e solventes em preparações farmacológicas.Guaifenesina: Expectorante que também possui alguma ação de relaxante muscular. É utilizado em muitas preparações contra a tosse.ButanosQuímica: Ciência básica envolvida com a composição, estrutura e propriedades da matéria, bem como as reações que ocorrem entre substâncias e o intercâmbio de energia associado às reações.Espectrometria de Massas: Método analítico usado para determinar a identidade de um composto químico com base em sua massa, empregando analisadores/espectrômetros de massa.Extratos Vegetais: Preparações farmacêuticas concentradas de plantas obtidas pela remoção dos constituintes ativos com um solvente adequado (que é eliminado por evaporação) e ajuste do resíduo [seco] a um padrão prescrito.Cissus: Gênero de plantas (família VITACEAE) da goma Cissus rufescence é comparável a goma de TRAGACANTO.Condrodisplasia Punctata Rizomélica: Forma autossômica, recessiva, da CONDRODISPLASIA PUNCTATA, caracterizada por biossíntese de plasmalogênio defeituoso e de peroxissomos com atividade prejudicada. Os pacientes têm membros proximais encurtados e formação óssea endocondrial gravemente afetada. Os defeitos metabólicos associados com os peroxissomos de atividade prejudicada estão presentes somente na forma rizomélica da condrodisplasia punctata. (Tradução livre do original: Scriver et al, Metabolic Basis of Inherited Disease, 6a ed, p1497)Fenômenos Químicos: Composição, conformação e propriedades de átomos e moléculas, e seus processos de reação e interação.Hidrocarbonetos HalogenadosFosfolipídeos: Lipídeos que contêm um ou mais grupos fosfatos, particularmente aqueles derivados tanto do glicerol (fosfoglicerídeos, ver GLICEROFOSFOLIPÍDEOS) ou esfingosinas (ESFINGOLIPÍDEOS). São lipídeos polares de grande importância para a estrutura e função das membranas celulares, sendo os lipídeos mais abundantes de membranas, embora não sejam armazenados em grande quantidade.Anestésicos: Agentes capazes de induzir perda total ou parcial da sensação , especialmente das sensações tátil e dor. Eles podem induzir ANESTESIA geral, na qual se atinge um estado de inconsciência, ou agir localmente induzindo entorpecimento ou falta de sensibilidade em um local escolhido.Catálise: Facilitação de uma reação química por um material (catalisador) que não é consumido na reação.Ácido Egtázico: Quelante relativamente mais específico para o cálcio e menos tóxico que o ÁCIDO EDÉTICO.Tensoativos: Substâncias que modificam a tensão superficial da água. Costumam ser substâncias que apresentam um grupo lipofílico e outro hidrofílico na [mesma] molécula; incluem sabões, detergentes, emulsificantes, dispersantes e umectantes, e vários grupos de antissépticos.Relação Estrutura-Atividade: Relação entre a estrutura química de um composto e sua atividade biológica ou farmacológica. Os compostos são frequentemente classificados juntos por terem características estruturais em comum, incluindo forma, tamanho, arranjo estereoquímico e distribuição de grupos funcionais.Bromo: Halogênio com símbolo atômico Br, número atômico 36 e peso atômico 79,904. É um líquido marrom-avermelhado volátil que desprende vapores sufocantes. É corrosivo para a pele e pode causar gastroenterite se ingerido.Acetatos: Derivados do ÁCIDO ACÉTICO. Sob este descritor estão incluídos uma grande variedade de formas ácidas, sais, ésteres e amidas que contêm a estrutura carboximetano.Polietilenoglicóis: Polímeros de ÓXIDO DE ETILENO e água e seus éteres. Variam em consistência de líquido a sólido, dependendo do peso molecular, indicado por um número após o nome. São utilizados como SURFACTANTES, agentes dispersores, solventes, unguentos, bases para supositórios, veículos e excipientes de comprimidos. Alguns grupos específicos são: NONOXINOL, OCTOXINOL e POLOXÂMERO.Cinética: Taxa dinâmica em sistemas químicos ou físicos.Teratogênios: Agente que causa a produção de defeitos físicos no embrião em desenvolvimento.Compostos AlílicosAgrocybe: Gênero de cogumelos saprófitas da família Bolbitiaceae que cresce na grama, no excremento, forragem ou em bosques.CiclopropanosAldeídos: Compostos orgânicos contendo o grupo carbonil sob a forma -CHO.Alquinos: Hidrocarbonetos com pelo menos uma ligação tripla na parte linear da fórmula geral Cn-H2n-2.Bifenilos Policlorados: Produtos industriais constituídos por uma mistura de isômeros e congêneres bifenil clorado. Esses compostos são altamente lipofílicos e têm a tendência de se acumularem em armazenamentos de gordura nos animais. Muitos destes compostos são considerados tóxicos e poluentes ambientais em potencial.Cromatografia Líquida de Alta Pressão: Técnica de cromatografia líquida que se caracteriza por alta pressão de passagem, alta sensibilidade e alta velocidade.Hematoporfirinas: Derivadas da heme, livres de ferro, com 4 grupos metila, 2 grupos hidroxietil e 2 grupos de ácido propiônico ligados a anéis pirrólicos. Alguns destes AGENTES FOTOSSENSIBILIZANTES são utilizados na FOTOTERAPIA de NEOPLASIAS malignas.Fosfinas: Compostos inorgânicos ou orgânicos derivados da fosfina (PH3) pela substituição dos átomos de hidrogênio.Fenóis: Derivados de benzeno que incluem um ou mais grupos hidroxila ligados à estrutura em anel.Compostos de Organossilício: Compostos orgânicos que contêm silício como parte integral da molécula.Indicadores e Reagentes: Substâncias usadas para detecção, identificação, análise, etc. de processos ou condições químicas, biológicas ou patológicas. Indicadores são substâncias que mudam sua aparência física (p.ex., cor) no ponto final de uma titulação química (ou dele se aproximando), p.ex., na passagem entre a acidez e a alcalinidade. Reagentes são substâncias usadas para detecção ou determinação (especialmente análise) de outra substância por meios químicos ou microscópicos. Os tipos de reagentes são precipitantes, solventes, oxidantes, redutores, fluxos, e reagentes colorimétricos.Lipídeos: Termo genérico para gorduras e lipoides, constituintes do protoplasma, solúveis em álcool e éter, e são insolúveis em água. Compreendem as gorduras, óleos graxos, óleos essenciais, ceras, fosfolipídeos, glicolipídeos, sulfolipídeos, aminolipídeos, cromolipídeos (lipocromos) e ácidos graxos. (Tradução livre do original: Grant & Hackh's Chemical Dictionary, 5th ed)Metanol: Líquido incolor e inflamável utilizado na fabricação do FORMALDEÍDO e do ÁCIDO ACÉTICO, na síntese química, como anticongelante e como solvente. A ingestão de metanol é tóxica e pode causar cegueira.