Tendões: Feixes fibrosos ou cordas de TECIDO CONJUNTIVO nas terminações das FIBRAS MUSCULARES ESQUELÉTICAS, que servem para ligar os MÚSCULOS a ossos e outras estruturas.Traumatismos dos Tendões: Traumatismos das cordas fibrosas do tecido conjuntivo que unem músculos aos ossos ou outras estruturas.Tendão do Calcâneo: Cordão fibroso que conecta os músculos na parte posterior da batata da perna até o CALCÂNEO.Transferência Tendinosa: Procedimento cirúrgico pelo qual um tendão é cortado na sua inserção e colocado numa região anatômica distante da inserção original. O tendão permanece ligado ao ponto de origem e retira a função de um músculo inativado por trauma ou doença.Ligamento Patelar: Fita de tecido fibroso que liga o ápice da PATELA à parte inferior do tubérculo da TÍBIA. Na realidade, o ligamento é a continuação caudal do tendão comum do QUADRÍCEPS FEMORAL, estando a patela implantada no tendão. Assim, o ligamento patelar pode ser considerado como uma conexão entre tendão do quadríceps femoral e tíbia; assim, às vezes é denominado tendão patelar.Tendinopatia: Síndrome clínica que descreve o uso excessivo de tendões lesionados, caracterizada por uma combinação de DOR, inchaço difuso ou localizado e desempenho prejudicado. A diferença entre tendinose e tendinite é clinicamente difícil e só pode ser feita após avaliação histopatológica.Ruptura: Fratura ou rompimento traumático ou forçoso de um órgão ou outra parte macia do corpo.Bainha Rotadora: Bainha musculotendínea formada pelos músculos supraespinhal, infraespinhal, subescapular e redondo menor. Estas estruturas ajudam a manter a cabeça do ÚMERO na cavidade glenoide e permitem a rotação da ARTICULAÇÃO DO OMBRO no eixo longitudinal.Fenômenos Biomecânicos: Propriedades, processos e comportamento de sistemas biológicos sob ação de forças mecânicas.Resistência à Tração: Tensão máxima de estiramento que um material pode suportar sem se romper (tear).Ligamentos: Fitas brilhantes e flexíveis de tecido fibroso conectando as extremidades articulares dos ossos. São maleáveis, resistentes e inextensíveis.Tenossinovite: Inflamação do revestimento sinovial de uma bainha do tendão. Entre as causas estão trauma, estresse no tendão, doença bacteriana (gonorreia, tuberculose), doença reumática e gota. Os locais comuns são: mão, punho, cápsula do ombro, cápsula do quadril, músculos posteriores da coxa e tendão de Aquiles. As bainhas dos tendões tornam-se inflamadas e doloridas e acumulam líquido. A mobilidade da articulação geralmente é reduzida.Disfunção do Tendão Tibial Posterior: Estado caracterizado por uma ampla faixa de distúrbios progressivos que variam da TENOSINUVITE à ruptura do tendão, com ou sem colapso da parte posterior do pé para uma deformidade do PÉ CHATO fixa e rígida. As alterações patológicas podem envolver tendões relacionados, ligamentos, estruturas da articulação do TORNOZELO, regiões posterior e medial do pé. A disfunção do tendão tibial posterior é a causa mais comum da deformidade adquirida do pé chato em adultos.Tenotomia: Segmentação cirúrgica de um tendão para atenuar uma deformação que é causada por encurtamento congênito ou adquirido de um músculo (Tradução livre do original: Stedman, 27th ed). A tenotomia é realizada para aumentar o tamanho de um músculo que tenha se desenvolvido de forma errada ou que esteja encurtado e resistente ao estiramento.Estresse Mecânico: Condição puramente física que existe em qualquer material devido à distensão ou deformação por forças externas ou por expansão térmica não uniforme. É expresso quantitativamente em termos de força por área unitária.Traumatismos dos Dedos: Traumatismos gerais ou inespecíficos envolvendo os dedos.Técnicas de Sutura: Técnicas para juntar as bordas de uma ferida com alças de fio ou materiais semelhantes (SUTURAS).Patela: Osso achatado, triangular, situado na parte anterior do JOELHO.Suporte de Carga: Estado físico de suportar uma carga aplicada. Refere-se frequentemente aos ossos ou articulações que sustentam o peso do corpo, especialmente os da coluna vertebral, quadril, joelho e pé.Cadáver: Corpo morto, geralmente corpo humano.Bolsa Sinovial: Saco cheio de líquido delineado pela MEMBRANA SINOVIAL que fornece uma almofada entre os ossos, tendões e/ou músculos ao redor de uma articulação.Colágeno: Substância polipeptídica composta por aproximadamente um terço da proteína total do organismo de mamíferos. É o principal constituinte da PELE, TECIDO CONJUNTIVO e a substância orgânica de ossos (OSSO e OSSOS) e dentes (DENTE).Aderências Teciduais: Processos patológicos constituídos pela união das superfícies opostas de uma ferida.Módulo de Elasticidade: Expressão numérica que indica a medida de rigidez de um material. É definida como a razão de estresse de uma substância em uma unidade de área em relação à deformação resultante (distensão). Isto permite calcular o comportamento de um material sob carga (como o osso).Colágenos Fibrilares: Família de colágenos estruturalmente relacionados que forma a característica dos feixes de colágenos fibrilares vistos no TECIDO CONJUNTIVO.Articulação do Tornozelo: Articulação formada pelas superfícies articulares inferior e maleolar da TÍBIA, a superfície articular maleolar da FÍBULA e superfícies maleolares medial, lateral superior do TÁLUS.Procedimentos Ortopédicos: Procedimentos utilizados para tratar e corrigir deformidades, doenças e lesões do SISTEMA MUSCULOSQUELÉTICO, articulações e estruturas associadas.Cicatrização: Restauração da integridade a tecido traumatizado.Reflexo de Estiramento: Contração reflexa de um músculo em resposta ao estiramento, que estimula músculos proprioceptores.Transtornos Traumáticos Cumulativos: Transtornos dolorosos e prejudiciais causados pelo uso excessivo ou atividade excessiva de alguma parte do sistema musculoesquelético, geralmente resultante de atividades físicas relacionadas ao trabalho. Caracterizam-se por inflamação, dor ou disfunção de articulações, ossos, ligamentos e nervos envolvidos.Amplitude de Movimento Articular: A distância e direção para qual uma articulação óssea pode ser estendida. A amplitude de movimento é uma função da condição das articulações, músculos e tecidos conjuntivos envolvidos. A flexibilidade da articulação pode ser melhorada através de EXERCÍCIOS DE ALONGAMENTO MUSCULAR apropriados.Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos: Procedimentos utilizados para reconstruir, restaurar ou melhorar estruturas defeituosas, danificadas ou perdidas.Tenodese: Fixação da extremidade de um tendão ao osso, frequentemente por sutura.Músculo Esquelético: Subtipo de músculo estriado fixado por TENDÕES ao ESQUELETO. Os músculos esqueléticos são inervados e seus movimentos podem ser conscientemente controlados. Também são chamados de músculos voluntários.Ligamentos Articulares: Cordões fibrosos de TECIDO CONJUNTIVO que unem ossos uns aos outros e mantêm reunidos os vários tipos de articulações do corpo. Os ligamentos articulares são fortes, elásticos e permitem movimento apenas em direções específicas, dependendo da articulação particular.Elasticidade: Resistência e recuperação da distorção de uma forma.Tecido Conjuntivo: Tecido que sustenta e conecta outros tecidos. Consiste de CÉLULAS DO TECIDO CONJUNTIVO inseridas em uma grande quantidade de MATRIZ EXTRACELULAR.Ligamento Cruzado Anterior: Ligamento resistente localizado no joelho que se origina a partir da porção posteromedial do côndilo lateral do fêmur, passando anteriormente e inferiormente entre os côndilos e ligando-se à depressão encontrada na área anterior da eminência intercondilar da tíbia.Cápsula Articular: Cápsula que recobre a articulação. Externamente é composta por uma cápsula articular fibrosa e internamente pela MEMBRANA SINOVIAL.Membro Anterior: Membro dianteiro de um quadrúpede.Articulação do Ombro: Articulação entre a cabeça do ÚMERO e a cavidade glenoide da ESCÁPULA.Dedos do Pé: Qualquer um dos cinco dígitos terminais do PÉ de vertebrados.Traumatismos em Atletas: Traumatismos que ocorrem durante a participação em esportes competitivos ou não competitivos.Fricção: Resistência ao movimento de um corpo (envolvendo deslizamento, rolagem, ou fluxo) em relação a outro, devido às características das superfícies em contato.Âncoras de Sutura: Implantes utilizados em cirurgia artroscópica e outros procedimentos ortopédicos para ligar o tecido mole ao osso. Uma das extremidades da sutura é ligada ao tecido mole e a outra ao implante. As âncoras são feitas de vários materias, incluindo titânio, aço inoxidável ou polímeros absorvíveis.Calcâneo: O maior OSSO DO TARSO que está situado na parte posterior e inferior do PÉ, formando o CALCANHAR.CaudaArticulação do Punho: Articulação formada pela extremidade distal do RÁDIO, pelo disco articular da articulação radioulnar distal, e pelo grupo proximal dos OSSOS DO CARPO (OSSO ESCAFOIDE, OSSO SEMILUNAR e osso triquetral).Suturas: Materiais usados no fechamento de uma ferida cirúrgica ou traumática com pontos. (Dorland, 28a ed)Traumatismos do Joelho: Traumatismos do joelho ou junção do joelho.Polegar: Primeiro dedo no lado radial da mão que, em humanos, é oposto aos outros quatro.Artroscopia: Exame endoscópico, terapia e cirurgia das articulações.Articulações dos Dedos: Articulação, em cada dedo, entre a cabeça de uma falange e a base da falange distal a ela.