Sensibilidade Química Múltipla: Transtorno adquirido caracterizado por sintomas recidivantes, relacionado a múltiplos sistemas de órgãos, que ocorre em resposta a exposição de muitos compostos químicos não relacionados, em doses abaixo daquelas estabelecidas na população geral capazes de causar efeitos danosos. (Tradução livre do original: Cullen MR. The worker with multiple chemical sensitivities: an overview. Occup Med 1987;2(4):655-61).Doença Ambiental: Situação polissintomática que os ecologistas clínicos acreditam resultar de desregulação imunológica induzida por alimentos comuns, alérgenos e produtos químicos, resultando em vários transtornos físicos e mentais. A comunidade médica permaneceu bastante cética quanto à existência desta "doença", dada a quantidade de sintomas atribuídos à doença ambiental, a falta de anormalidades laboratoriais reproduzíveis e o uso de terapias não comprovadas para tratar a afecção. (Tradução livre do original: Segen, Dictionary of Modern Medicine, 1992)Medicina Ambiental: Especialidade médica voltada para os fatores ambientais que podem desencadear (impinge) doenças humanas, e para o desenvolvimento de métodos para detectar, prevenir e controlar doenças relacionadas com o ambiente.Síndrome do Edifício Doente: Grupo de sintomas que são duas a três vezes mais comuns em trabalhadores de grandes edifícios, com eficiência energética, associado com um aumento na frequência de cefaleias, letargia e pele seca. Entre as manifestações clínicas estão pneumonite por hipersensibilidade (ALVEOLITE ALÉRGICA EXTRÍNSECA), rinite alérgica (RINITE ALÉRGICA PERENE), ASMA, infecções, erupções cutâneas e síndromes de irritação da mucosa. O uso corrente tende a ser menos restritivo em relação ao tipo de prédio e perfil das queixas. (Tradução livre do original: Segen, Dictionary of Modern Medicine, 1992)Saúde Ambiental: 1) Ciência que controla ou modifica as condições, influências ou forças que rodeiam o ser humano que se relacionam a promover, estabelecer e manter a saúde. (MeSH). 2) Refere-se ao controle de todos os processos, influências e fatores físicos, químicos e biológicos que exercem ou podem exercer, direta ou indiretamente, efeito significativo sobre a saúde e bem-estar físico e mental do homem e sua sociedade.Transtornos Psicofisiológicos: Grupo de transtornos caracterizado por sintomas físicos que estão afetados por fatores emocionais e envolvem um único sistema orgânico, geralmente sob controle do SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO. (Tradução livre do original: American Psychiatric Glossary, 1988).Síndrome do Golfo Pérsico: Sintomas não explicados, relatados por veteranos da Guerra do Golfo Pérsico com o Iraque em 1991. Os sintomas relatados incluem fadiga, erupções cutâneas, dor nas articulações e músculos, cefaleias, perda de memória, respiração curta, sintomas gastrintestinais e respiratórios, e sensibilidade extrema aos agentes químicos de ocorrência comum.Tolueno: Solvente industrial amplamente utilizado.Meio Ambiente Construído: Estado em que os ambientes de hospitais, laboratórios, habitações domésticas e de animais, espaços laborais, aeronaves e outros meios circundantes estão sob controle tecnológico com relação ao ar condicionado, calor, luminosidade, humidade, ventilação e outras características ambientais. O conceito inclui o controle da composição atmosférica. (Tradução livre do original: Jane's Aerospace Dictionary, 3d ed)